No versículo 22 de Lucas 17 Jesus deixa de lado os fariseus para falar em particular aos discípulos. É importante distinguir quando ele fala aos líderes religiosos, ao povo em geral ou aos discípulos em particular. O apóstolo Paulo exortou Timóteo a “apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro… que maneja corretamente a palavra da verdade” (2 Tm 2:15). O verbo “manejar” tem o sentido de “dissecar” ou separar cuidadosamente as partes. Para entender as Escrituras é preciso perguntar ‘quando’ algo está sendo dito, ‘onde’, ‘em que circunstância’ e ‘com qual objetivo’.

Neste momento Jesus está em Israel, falando a judeus que aguardam pelo Messias em meio à rejeição dos líderes e do povo em geral. Considerando que estes discípulos logo deixariam o status de judeus para serem feitos Igreja, morrendo antes de Cristo voltar para reinar, o discurso não era diretamente para eles. Todavia as instruções permaneceriam válidas para pessoas naquele mesmo caráter: o remanescente de judeus fiéis que viverá na terra nos momentos que precedem a vinda de Cristo para reinar.

Jesus começa falando do período de sua ausência: “Chegará o tempo em que vocês desejarão ver um dos dias do Filho do homem, mas não verão. Dirão a vocês: ‘Lá está ele! ‘ ou ‘Aqui está! ‘ Não se apressem em segui-los. Pois o Filho do homem no seu dia será como o relâmpago cujo brilho vai de uma extremidade à outra do céu” (Lc 17:22-24). Mesmo que a aplicação direta da passagem seja para os judeus que se converterão após o arrebatamento da Igreja, o princípio vale também para hoje. Muitos falsos cristos surgiram nos últimos dois mil anos e enganaram a muitos, porém a vinda do verdadeiro para reinar será tão visível quanto um raio no céu.

Mas não é só contra aqueles que descaradamente declaram ser Jesus que devemos nos precaver. Mesmo para o período da Igreja o apóstolo Paulo deixou um alerta ao despedir-se dos anciãos de Éfeso: “Sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio de vocês e não pouparão o rebanho. E dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos. Por isso, vigiem! Lembrem-se de que durante três anos jamais cessei de advertir a cada um de vocês disso, noite e dia, com lágrimas” (At 20:29). Os “lobos ferozes” seriam os interessados em se alimentar do rebanho. Os “homens que torcerão a verdade” seriam aqueles em busca de seguidores. Como identificá-los? É o que você verá no próximo post.

Por Mario Persona

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, Igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório