“Jesus lhes respondeu, e disse: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou. Se alguém quiser fazer a vontade dele, pela mesma doutrina conhecerá se ela é de Deus, ou se eu falo de mim mesmo. Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça.” – João 7:16-18

Uma menina de 6 anos, vendo a sua mãe fazer um peixe assado para o almoço, perguntou: “Mamãe, porque a senhora corta a cabeça e o rabo do peixe antes de assar? Eu já vi muitas fotos de peixe assado com a cabeça e o rabo.” A mãe então responde: “Minha filha, sua avó foi quem me ensinou a fazer assim. Porque você não vai lá na sala e pergunta para ela?” A menina vai até a sala e faz para a avó a mesma pergunta recebendo a resposta: “Minha netinha, eu sempre fiz assim porque foi assim que aprendi com a sua bisavó. Vamos ligar para ela e perguntar?” A menina liga para a bisavó e pergunta: “Bisa, eu liguei para lhe fazer uma pergunta: Porque a senhora cortava a cabeça e o rabo dos peixes antes de colocar na forma para assar?” Ao que a bisavó da menina responde: “Sabe o que acontecia, minha menina? Eu tinha que cortar a cabeça e o rabo dos peixes para assar porque quando eu e meu marido nos casamos nós não tínhamos muito recursos e ao comprarmos a forma para assar peixes precisamos comprar uma pequena. Para caber o peixe dentro da forma eu tinha que cortar a cabeça e o rabo.”

Em toda a Bíblia temos apenas um exemplo de pessoas como a menina curiosa do relato acima. Se trata da passagem que está em Atos 17:10-11 – “E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. Ora, estes foram MAIS NOBRES do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, EXAMINANDO CADA DIA NAS ESCRITURAS SE ESTAS COISAS ERAM ASSIM.”

O sistema religioso usa o desconhecimento das pessoas para transformá-las em hipócritas que vivem segundo um padrão que elas jamais poderão atingir. Em outras palavras, o sistema religioso tira de Deus toda a honra e toda a glória pelo milagre da salvação e do arrependimento (que são obras exclusivamente divinas) e coloca no homem o fardo de “manter” a própria salvação estabelecendo princípios próprios dos religiosos (e portanto antibíblicos) alegando que tais padrões de conduta que seriam “necessários” para a salvação.

O sistema religioso faz o que faziam os religiosos da época de Jesus, que a dois mil anos atrás já dizia que eles: “atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los;” – Mateus 23:4

Já o jugo de Jesus é suave e seu fardo é leve, ao contrário do jugo e do fardo que a religião coloca sobre as pessoas. (Leia Mt 11:28-30)

Precisamos, enquanto cristãos, ser como os bereanos e a menina curiosa e nos questionarmos quanto a tudo o que ouvimos e fazemos tendo como padrão a Palavra de Deus e não qualquer sistema religioso. Não devemos cortar a cabeça e o rabo do peixe simplesmente porque alguém disse que “é assim que fazemos”. Para solucionar qualquer dúvida e principalmente para conferir a verdade de qualquer coisa que nos digam, precisamos examinar cada dia nas Escrituras se as coisas são assim.

O Senhor Jesus não só fez tudo o que era necessário para a salvação dos santos como também nos deixou o melhor guia, o melhor manual que alguém poderia ter para a sua jornada aqui neste mundo: a Sua Palavra, a Bíblia.

Leia a Bíblia e vá a Cristo. É lá que estão as respostas.

“Saiamos, pois, A ELE FORA DO ARRAIAL, levando o seu vitupério.” – Hebreus 13:13

Germano Luiz Ourique

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comentários:


  1. joão degan disse:

    Ótima reflexão, ainda mais hoje que infelizmente muitos não buscam o esclarecimentos da Palavra de Deus, e se deixam levar por engôdos religiosos praticados por homens de mal indoles, que estabelecem e exigem regras criadas por eles que não tem respaldo na Bíblia Sagrada, para e tiram proveitos financeiros dos seus seguidores.


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório