A prática de fazer o sinal da cruz é o que há de mais visível na Igreja Católica Romana, mas é também praticado pela Ortodoxa Oriental e Episcopal. A história do sinal da cruz remonta a Tertuliano, o pai da igreja primitiva que viveu entre 160 e 220 d.C. Tertuliano escreveu: “Quando nos pomos a caminhar, quando saímos e entramos, quando nos vestimos, quando nos lavamos, quando iniciamos as refeições, quando nos vamos deitar, quando nos sentamos, nessas ocasiões e em todas as nossas demais atividades, persignamo-nos a testa com o sinal da Cruz.”

Originalmente, uma pequena cruz era “desenhada” com o polegar ou dedo na própria testa. Apesar da dificuldade em se determinar exatamente quando foi feita a transição entre desenhar uma pequena cruz na testa à prática moderna de desenhar uma grande cruz desde a testa até o tórax e ombro a ombro, sabemos que esta troca ocorreu por volta do século XI d.C., quando o Livro de Orações do Rei Henry dá instrução para “marcar com a santa cruz os quatro lados do corpo”.

Os católicos encontram apoio para o sinal da cruz principalmente em seus muitos anos de tradição da igreja, e em segundo lugar, em Êxodo 17:9-14 e Apocalipse 7:3; 9:4; 14:1. Apesar das passagens falarem de um sinal na testa para proteção do julgamento de Deus, elas devem ser interpretadas à luz de seu contexto. Com base em seu contexto, não há razão para crer que qualquer um dos versos prescreva o ritual do sinal da cruz.

No século XVI, uma das principais doutrinas da Reforma Protestante era a sola scriptura, através da qual qualquer prática que não se alinhasse às Escrituras seria descartada. Os reformadores ingleses acreditavam que o uso do sinal da cruz deveria ser algo a ser decidido por cada pessoa, como estava escrito no Livro de Orações do Rei Edward VI. “…ajoelhar-se, fazer o sinal da cruz, levantar as mãos ou qualquer devoção do homem, seja observado sem culpa.” Os protestantes geralmente viam o sinal como uma tradição que não tinha qualquer fundamento nas Escrituras, ou mesmo como algo ligado à idolatria, sendo por isto abandonado pela maioria.

Apesar da Bíblia não nos instruir a que o façamos, o sinal da cruz tem seu simbolismo bíblico. O formato do sinal é um lembrete da cruz de Cristo. Historicamente, o sinal já foi visto como representativo da trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. Através da fé no Senhor Jesus Cristo e Sua morte substitutiva na cruz, a salvação é estendida como um presente a toda a humanidade. A trindade é a doutrina da essencial e divina Natureza de Deus: Deus existe em três pessoas distintas. Ambas as doutrinas são base tanto para os católicos quanto para os protestantes e são certamente bem fundamentadas na Bíblia. O sinal da cruz foi, em certas épocas, associado a poderes sobrenaturais tais como expulsão do mal, demônios, etc. Este aspecto místico do sinal da cruz é completamente falso e não pode, de forma alguma, ter sustentação bíblica.

Fora o aspecto místico, fazer o sinal da cruz não é nem certo nem errado e pode ser positivo, se servir para lembrar da cruz de Cristo e/ou da trindade. Infelizmente, este não é sempre o caso, e muitas pessoas simplesmente fazem os movimentos do ritual e fazem o sinal da cruz sem saber por que o fazem. Uma análise final do sinal da cruz é que ele não é, de forma alguma, exigido dos cristãos, pois não é instruído pela Palavra de Deus.

Fonte: http://www.gotquestions.org/portugues/sinal-da-cruz.html

Deus os abençoe. Paz!

Germano Luiz Ourique


Comentários:


  1. Sem confirmação disse:

    Olhe, quando você faz o sinal da cruz, você faz uma cruz de ponta cabeça. Ainda acha que não é errado ?

  2. Joelton disse:

    Além do mais, cruz é um simbolo pagão, simbolo do deus Tamuz. Poucas pessoas sabem disso.

  3. Vinnie disse:

    Olha, isso da cruz de ponta cabeça depende da amplitude dos movimentos da pessoa. N acho q seja motivo para julgar, se usado como reverência à santa cruz de Cristo. Ótimo post parabéns à equipe!

  4. Isabela disse:

    Acho extremamente desnecessário, pois acaba se tornando um hábito. Um simples gesto sem sentido.
    Mas não creio que Deus se importe com isso, se for uma desmonstração de fé, ele saberá e se for hipocrisia ele saberá também.

  5. Ray disse:

    É simples habito, assim como frases de rotineiras como: “Se Deus quiser”

  6. Tiago Lima disse:

    Sinceramente, não significa nada. Apenas ritual religioso feito por pessoas religiosas. Uma superstição, podemos até classificar como feitiçaria, idolatria.
    O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. Oséias 4:6

  7. wal disse:

    não faço sinal da cruz porque são costumes católicos. Sinceramente não gosto. obrigada pelo post

  8. Lucas Dias disse:

    Muitas pessoas mal intencionadas usam de símbolos religiosos em rituais pagões desde a idade media.
    Não será por causa destas pessoas que deixaremos de usá-los nos verdadeiros sentidos
    Posso lhe citar um exemplo:
    Hoje no mundo esta cheio de falsos profetas, se disfarçados de cervos de Deus apenas com interesses financeiros.
    Pessoas que fazem uso da bíblia sagrada para arrancar dinheiro do povo e nem por isso nos verdadeiro cristãos deixaremos de ser cristãos.

  9. FilippeJuao disse:

    O Sinal da Cruz é a Cruz Invertida… Maligno.

  10. Anderson Stopa disse:

    Poder e significado não são palavras sinônimas! Que poder tem a cruz de Pedro para o cristão? Nenhum, porque fomos salvos *unicamente* por Cristo, por sua morte redentora na cruz. Que significado tem a cruz de Pedro? Vários: o valor do martírio, sua sucessão, e, principalmente, a lição de humildade deste servo dos servos de Deus, já que foi o próprio São Pedro que pediu para ser crucificado de cabeça para baixo por se julgar indigno de morrer exatamente da mesma forma que seu Mestre e Senhor, Jesus (certamente já prevendo que depois, num mundo paganizado e blasfemo, existiriam pessoas – como você mesmo! – que poderiam fazer alguma espécie de confusão, não sabendo distinguir *com precisão* o significado da morte de ambos por crucifixão, embora de maneira distinta para salientar as diferenças de significado).

    A cruz de cabeça para baixo significa anticristo? Isto é o que *você* diz! Mas de onde você retirou esta afirmação??? Da Bíblia?? Qual?? Onde se encontra essa passagem??? Tenho 11 Bíblias, sendo 5 de origem protestante e nenhuma delas diz que a cruz invertida é símbolo do anticristo. Ao contrário, parece que esta sua afirmação provém de algum livro de magia negra ou satanismo, escrito por pessoas que ignoram completamente *o fato* de Pedro ter sido crucificado de cabeça para baixo e usam a *”criatividade”* da cruz invertida para demonstrar a total contrariedade entre Satanás e Deus. Ou será que você vai querer afirmar que Satanás foi crucificado também (o que, aliás, não me causaria espanto; afinal, recentemente, um pastor da Assembléia de Deus afirmou que Satanás se converteu… O que não permite a “sola scriptura”, não?)?? Ora, entre a Bíblia e os livros de origem satânica, fico com a Bíblia pois ela é verdadeiramente inspirada por Deus e nela não se encontra qualquer afirmação de que a cruz invertida não pode ser usada como símbolo cristão, por ser “símbolo do anticristo”.

  11. Mauro disse:

    O jeito correto de fazer o sinal da cruz é da testa até o umbigo e nao no torax. E depois nos ombros. Sei disso porque um padre me ensinou o jeito certo de fazer. As pessoas fazem errado porque nao prestam atençao. A intençao é que a cruz pros Catolicos é sinal de salvaçao, e ao fazer o sinal da cruz nós invocamos o Pai o Filho e o Espirito Santos sobre nos e nossas vidas.

  12. Mauro disse:

    Que Deus os Abençoe.

  13. carla disse:

    quero falar ao lucas dias e verdade que tem muitos falços profetas mas nem todos do mesmo jeito tem na igreja catolica tabem tem falsos e como tem

  14. leonardo disse:

    não vejo necessidade nenhuma do gesto com cruz , pois na verdade a cruz não tem poder nenhum e sim a mensagem da cruz

  15. nilton disse:

    olha , para vocês protestante tudo que a igreja católica a verdadeira igreja de cristo , pratíca tem o fundamento,e tirado da biblia, leiam todos os saites, que vocês vão intender porque os católicos fazem o sinal da cruz, não falam besteira!!! só porque o pastor da sua seita , disse que a cruz envertida é satanica, outra coisa as vestes que os bispos e o papa e os sacerdote usa está na biblia, mais uma a cruz envertida na túnica do papa, é em homenagem do primeiro papa católico, SÃO PEDRO, que pediu ele para ser crucificado de cabeça para baixo, olha meus irmãos, cuidado? acautelai-vos dos falsos pastores,que vem até vóz vestido como ovelhas, mas, interiormente são lobos devoradores.

  16. Airton Adans disse:

    Ezequiel 8: 13 e 14
    “Também me disse: Verás ainda maiores abominações que eles fazem. Depois me levou à entrada da porta da casa do Senhor, que olha para o norte; e eis que estavam ali mulheres assentadas chorando por Tamuz”.
    O verso fala de mulheres chorando por Tamuz. Para entender essa segunda abominação, precisamos conhecer um pouco a história de Tamuz.

    Segundo a história Eclesiástica, de acordo com as lendas que envolvem os primórdios de Babilônia e dos seus ensinos religiosos, SEMIRAMES, ESPOSA DE NINRODE, era filha da deusa peixe deceto e de um jovem Sírio.
    Após o trágico assassinato de Ninrode, Semirames, mesmo sendo ainda virgem, deu a luz a TAMUZ. Neste filho, segundo a própria Semirames, seu esposo se havia reencarnado. Semirames, então proclamou a divindade de seu marido, afirmando que, sendo o seu estimado filho o próprio pai reencarnado, era ela a própria mãe de Deus! E mais: Disse ainda que seu filho TAMUZ havia sido destinado a libertar a raça humana do
    jugo tirânico do Criador.
    O T de TAMUZ ficou sendo símbolo entre os devotos pagãos. A cruz usada hoje pelo Catolicismo, é mais símbolo do paganismo do que do cristianismo. Esta passou a ser símbolo do cristianismo, depois da conversão nominal de Constantino ao Cristianismo(Pesquisem por Constantino I no Wikipedia. org para confirmação dos fatos Constantino nunca foi cristão) pois este queria unificar o povo para o sucesso político, e maneira que ele viu que teria sucesso era através da religião. Constantino era pagão, devoto de TAMUZ e adorador do Sol. Com sua falsa conversão ao cristianismo trouxe essas abominações para a igreja primitiva. Desde então unificou-se o T de TAMUZ com A
    cruz de Jesus que também tem a forma de um T, em símbolo do Cristianismo apostatado da igreja Primitiva.
    Foi ele que também mudou o Sábado da Lei e estabeleceu a guarda do Domingo, em homenagem ao Sol. Constantino fez isso em 7 de Março 321 nossa era.
    Portanto se o Senhor mostra ao profeta que o Seu professo povo teria alguma ligação com TAMUZ, o Senhor está dizendo que esse povo formaria laços com o paganismo, que conforme vimos está hoje misturado ao
    Catolicismo, que sem dúvida alguma, é, segundo a profecia de Apocalipse 13 o poder mais interessado no Ecumenismo, que é a união das igrejas.
    Ezequiel 8: 15 e 16.
    “Então me disse: Viste, filho do homem? Verás ainda abominações maiores do que estas. E levou-me para o átrio interior da casa do Senhor; e eis que estavam à entrada do templo do Senhor, entre o pórtico e o altar, cerca de vinte cinco homens, de costas para o
    templo do Senhor, e com os rostos para o oriente; e assim, virados para o oriente, adoravam o sol”
    Para mim esta é a mais grave de todas as revelações proféticas. E para ela não há muitos comentários, pois todos sabemos que o Domingo é o dia do Sol.

  17. jairo silva barbosa disse:

    Protestante sem sabedoria nao passa diso

  18. natalia disse:

    seria até ignorância usar apenas um livro para falar sobre o uso da bíblia, temos que ler o velho mas também o novo testamento.

  19. Paulo Lelis disse:

    OSEIAS 4, 6. porque meu povo se perde por falta de conhecimento;

  20. leila disse:

    Gostaria de saber porque alguém faz o sinal da cruz nas costas de outra pessoa escondido para que a pessoa não o veja fazendo? por favor, gostaria de saber.

  21. ewerton disse:

    “… qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus” (Mt 10.32). Apenas isso


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório