Não existe uma palavra hebraica ou grega usada na Bíblia que precisamente se refira ao sexo antes do casamento. A Bíblia inegavelmente condena o adultério e imoralidade sexual, mas é o sexo antes do casamento considerado sexualmente imoral? De acordo com 1 Coríntios 7:2, “sim” é a resposta clara: “mas, por causa da prostituição, tenha cada homem sua própria mulher e cada mulher seu próprio marido.” Neste versículo, Paulo declara que o casamento é a “cura” para a imoralidade sexual. Primeiro Coríntios 7:2 está essencialmente dizendo que, porque as pessoas não conseguem se controlar e por isso muitas estão tendo sexo imoral fora do casamento, elas devem se casar. Só então poderão satisfazer as suas paixões de uma forma moral.

Já que 1 Coríntios 7:2 claramente inclui o sexo antes do casamento na definição de imoralidade sexual, todos os versículos bíblicos que condenam a imoralidade sexual como sendo pecaminosa também condenam o sexo antes do casamento como pecado. O sexo antes do casamento faz parte da definição bíblica de imoralidade sexual. Existem inúmeras Escrituras que declaram o sexo antes do casamento como sendo um pecado (Atos 15:20, 1 Coríntios 5:1; 6:13, 18; 10:8, 2 Coríntios 12:21, Gálatas 5:19, Efésios 5:3 ; Colossenses 3:5, 1 Tessalonicenses 4:3; Judas 7). A Bíblia promove a abstinência completa antes do casamento. O sexo entre o marido e sua esposa é a única forma de relações sexuais que Deus aprova (Hebreus 13:4).

Muito frequentemente nos concentramos no aspecto de “recreação” do sexo sem reconhecer que há um outro aspecto – o da procriação. O sexo no casamento é prazeroso, e Deus o projetou dessa maneira. Deus quer que homens e mulheres desfrutem da atividade sexual dentro dos limites do casamento. O Cântico dos Cânticos e várias outras passagens bíblicas (como Provérbios 5:19) descrevem claramente o prazer do sexo. No entanto, o casal deve entender que a intenção de Deus para o sexo inclui produzir filhos. Assim, para um casal praticar sexo antes do casamento é duplamente errado — estão desfrutando de prazeres que ainda não lhes pertencem e estão tendo uma chance de criar uma vida humana fora da estrutura familiar que Deus planejou para todas as crianças.

Embora a praticidade não determine o certo do errado, se a mensagem da Bíblia sobre o sexo antes do casamento fosse obedecida, haveria bem menos doenças sexualmente transmissíveis, abortos, mães solteiras e gestações indesejadas, assim como existiriam bem menos crianças crescendo sem ambos os pais em suas vidas. A abstinência é a única política de Deus quando se trata do sexo antes do casamento. A abstinência salva vidas, protege bebês, dá às relações sexuais o valor adequado e, mais importante, honra a Deus.

Fonte; http://www.gotquestions.org/Portugues/sexo-antes-casamento.html

Tenham uma ótima quarta-feira.

A Paz de Cristo!

Germano Luiz Ourique


Comentários:


  1. Lucas disse:

    perfeito, gostei muito da análise, sempre com base na palavra de Deus, a bíblia sagrada !

  2. Roberta disse:

    Quando era pré-adolescente, minha mãe havia me dito que sexo antes do casamento era pecado. Então tentei imaginar porquê, e a conclusão que cheguei foi que se isso ocorresse entre um casal de namorados e depois por qualquer razão o namoro não desse certo, essa pessoas estariam impuras para quando a pessoa certa chegasse. E também quem ama mesmo sabe esperar e não vê a pessoa somente como um pedaço de carne.

  3. Thiago disse:

    Basta agora definirmos o que significa a palavra casamento. É uma festa em que a noiva coloca um vestido branco? É a assinatura de um papel em cartório? Devemos nos lembrar que nas épocas bíblicas o casamento não era assim. Por exemplo, Isaque conheceu Rebeca, a levou para a tenda e consumaram o ato sexual sem que houvesse sequer um discurso de um líder religioso “autorizando” o casamento dos dois. Pelo que entendi, o próprio ato sexual já é considerado por Deus como o início do casamento, pois neste momento, ambos se tornaram uma só carne. O fato de se registrar uma união em cartório, a meu ver, é importante apenas para garantir direitos que não se deve negar a quem se ama.

  4. germano disse:

    Thiago,
    .
    O fato de se registrar uma união em cartório é o cumprimento em obediência ao que está em Romanos 13. Olha lá.

  5. Antonia disse:

    O inimigo tem tentado colocar o sexo “que praticado antes do casamento” seja algo normal, inclusive dentro das igrejas, devemos vigiar para que o nome do Senhor seja Glorificado através das nossas vidas.

  6. Excelenteee ! Nada como a própria palavra de Deus para fazer cair por terra todo “achismo”.

  7. Laryssa Tamara disse:

    Excelenteeeeeeeeee


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório