Deus odeia quem faz mau uso da própria língua, e abomina quem a usa para provocar contendas entre irmãos.

“Estas seis coisas o SENHOR odeia, e a sétima a sua alma ABOMINA: olhos altivos, LÍNGUA MENTIROSA, mãos que derramam sangue inocente, o coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, A TESTEMUNHA FALSA QUE PROFERE MENTIRAS, E O QUE SEMEIA CONTENDAS ENTRE IRMÃOS.” Provérbios 6:16-19

Somos instruídos por Cristo a ser sal e luz e isto envolve mais que apenas sentimentos e emoções, pois praticar o que é ensinado por Ele exige atitude e proatividade, e também sabedoria, prudência e cautela, sendo estas últimas características escassas e subestimadas no mundo.

Que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas modestos, mostrando toda a mansidão para com todos os homens. – (Tito 3:2)

Tagarelices e boatos desnecessários são terminantemente abomináveis à luz da Bíblia. Porém são muitos os que, por serem cristãos, pensam ter o dever de se intrometer na vida alheia por se julgarem moralmente superiores, e estão sempre dispostos a dar conselhos que não foram solicitados revelando apenas o chulo prazer em provocar intrigas e fofocar. Precisamos ter responsabilidade por tudo o que falamos, além de pensar nas consequências antes de tomar atitudes que possam gerar escândalo e desonra ao evangelho.

Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido.  – (Provérbios 17:28)

As normalizações mundanas não devem ganhar espaço em nossos hábitos, precisamos contrastar com tudo o que é aceitável e tolerável ao mundo, e dentre essas práticas encontram-se indiscrições, difamações e maledicências, e diversos irmãos não têm zelado por sua conduta por acreditar que fofocar é algo inocente e corriqueiro, afinal, já estão acostumados a isso, ignorando o fato de que conversão é sinônimo de mudança.

Frequentemente pecamos através da língua para nos sentirmos aceitos e termos nossos egos massageados por sermos os portadores de tais falácias. Sendo assim, é útil ressaltar que nem mesmo o Mestre e Seus discípulos foram aceitos, então por que nós deveríamos almejar ser?

A transformação realizada em nós pelo Espírito Santo mortifica gradativamente o desejo pelo pecado já que agora sentimos uma intensa vontade de nos aproximar de Deus. Ao invés de usar o dom da fala para amaldiçoar, praguejar, mexericar e blasfemar, devemos nos ocupar em proclamar as boas novas em louvor, adoração e glória ao nosso Senhor, nos esforçando a cada oportunidade para propagar palavras edificantes e construtivas.

É cristão? Segure a língua, pare e pense se o que falará é realmente proveitoso e conveniente. Para muitos pode ser uma tarefa árdua, mas para quem crê em Deus nada é impossível.

Porque quem quer amar a vida, e ver os dias bons, refreie a sua língua do mal, e os seus lábios não falem engano. – (I Pedro 3:10)

Que Deus os abençoe.

Com amor em Cristo,

Esther Moore

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, Igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comentários:


  1. Luan disse:

    Perfeito.


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório