Guerras e rumores de guerras! Conflitos entre nações no Oriente Médio. Ataques terroristas em Israel. As manchetes do dia sugerem, para muitas pessoas, que estejamos na contagem regressiva aos eventos finais do plano de Deus para este mundo. Qualquer dia, pensam alguns, deve aparecer o terrível Anticristo.

Segundo a bem divulgada doutrina de premilenarismo, o Anticristo reunirá as forças do mal para enfrentar o exército de Cristo numa batalha decisiva. Há diversos aspectos dessa doutrina que contradizem os ensinamentos bíblicos, mas neste artigo vamos considerar um ponto só: o Anticristo.

A palavra “anticristo” é bíblica, mas a doutrina citada acima não é. Ao invés de inventar e espalhar teorias humanas sobre o Anticristo, devemos nos contentar com a palavra de Deus. Vamos ler agora todas as passagens bíblicas que usam a palavra “anticristo”:

“Filhinhos, já é a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também, agora muitos anticristos têm surgido; pelo que conhecemos que é a última hora” (1 João 2:18).

“Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo, o que nega o Pai e o Filho” (1 João 2:22).

“Nisto reconheceis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; e todo espírito que não confessa a Jesus não procede de Deus; pelo contrário, este é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que vem e, presentemente, já está no mundo” (1 João 4:2-3).

“Porque muitos enganadores têm saído pelo mundo fora, os quais não confessam Jesus Cristo vindo em carne; assim é o enganador e o anticristo” (2 João 7).

Nestes trechos – os únicos na Bíblia que usam a palavra “anticristo” – podemos observar alguns fatos importantes:

1. A Bíblia não fala de uma só pessoa conhecida como o Anticristo, mas de muitos anticristos.

2. A última hora, no contexto dos anticristos, não se refere ao fim do mundo, porque João disse que a última hora já havia chegado no primeiro século.

3. Estes textos não falam de um Anticristo futuro, mas de muitos que já saíram do meio dos cristãos do primeiro século.

4. Um anticristo é uma pessoa que nega Cristo, ou que nega que este veio na carne.

O perigo das doutrinas humanas sobre o Anticristo é que desviam a atenção dos fiéis das verdadeiras ameaças em forma de tentações e doutrinas contra Cristo, porque as pessoas examinam os jornais procurando sinais da vinda de uma figura terrível. Ao invés de esperar a vinda de um grande inimigo de algum outro país, devemos nos defender contra os inimigos de Cristo que já estão no mundo desde a época da Bíblia.

Por Dennis Allan

Fonte: http://estudosdabiblia.net/bd102.htm

Tenham uma ótima quinta-feira.

A Paz de Cristo!

Germano Luiz Ourique


Comentários:


  1. Georges disse:

    Mas aí você deixou de fora as passagens de Apocalipse que falam das “bestas”, que claramente identificam a personalização do mal, uma “sintese” de todos os outros “anticristos”. É óbvio que ali não se encontra a palavra “anticristo”, mas percebe-se claramente o espírito que o move, o mesmo de II Ts 2:3-4.

  2. Dom disse:

    Bom, (1 João 2:18) diz que como Ouviste que vem O ANTICRISTO, também agora muitos anticristos tem surgido. Creio que ele destacou um grande, ou único, e se estudarmos apocalipse vamos ver que é realmente isso, um anticristo que receberá apoio, força de outros. A batalha final sabemos que é contra Satanás. E ele é o anticristo, eu acho que isso já explica bem. (Resumido)

  3. Pedro Formiga disse:

    Germano, meu amado, o regime ditatorial na Alemanha de Hitler pode ser interpretado como sendo uma figura do Anticristo, assim como as pessoas de Nero, Stalin, Napoleão, Bin Laden?

  4. Michele Camila disse:

    Então, pessoas que negam a Cristo, são anticristo?


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório