Quando uma mulher Cristã está procurando por um marido, a qualidade principal que ele deve ter é a de ser um homem “segundo o coração de Deus” (Atos 13:22). O relacionamento mais importante que qualquer um de nós pode ter é um relacionamento pessoal com o Senhor Jesus Cristo. Esse relacionamento deve ser uma prioridade antes de qualquer outro relacionamento. Se o nosso relacionamento vertical com o Senhor se baseia em Sua graça diária, então nossos relacionamentos horizontais vão refletir essa realidade. Portanto, um possível “candidato” deve ser um homem que tem seu foco em andar em obediência à Palavra de Deus e quer viver uma vida que glorifica a Deus (1 Coríntios 10:31).

Quais são algumas qualidades que ele deve ter? O apóstolo Paulo nos dá em 1 Timóteo 3 uma ótima lista de qualidades que devemos procurar em um marido. Nessa passagem podemos achar as qualificações de um presbítero / pastor / bispo / diácono na igreja local. No entanto, essas qualidades devem fazer parte de qualquer homem que vive segundo o coração de Deus. Em resumo, as qualidades são as seguintes: esse homem deve ter um comportamento paciente e controlado, não deve ser soberbo e sim cheio de atitude mental sóbria, capaz de controlar suas emoções, demonstrar bondade a outras pessoas, apto para ensinar pacientemente, não dado a muito vinho ou uso descontrolado dos dons de Deus, não inclinado à violência, não focalizado demais nos detalhes dessa vida mas sim em Deus, não ser ofendido facilmente, um homem que mostra gratidão pelo que Deus tem providenciado, ao invés de invejoso dos dons que outras pessoas têm recebido.

Em outras palavras, o que temos aqui é uma descrição de um homem que está completamente engajado em se tornar um Cristão maduro. Esse é o tipo de homem que uma mulher deve considerar como um provável marido. Sim, atração física, interesses semelhantes, pontos fortes e fracos que se complementam, desejo de ter filhos, etc., são coisas que devem ser consideradas. Essas coisas, no entanto, não são tão importantes quando as qualidades espirituais que uma mulher deve procurar em um homem. Um homem que você pode confiar, respeitar e seguir na sua caminhada com Deus é de muito mais valor do que um homem com boa aparência, fama, poder e dinheiro.

Finalmente, quando “procurando” por um marido, devemos ter uma mentalidade submissa à vontade de Deus para as nossas vidas. Devemos confiar no que Deus providencia para nós, pois Ele vai trazer a nossas vidas oportunidades e testes. Nem todas as coisas que aparentam ser oportunidades são boas, e nem todos os testes são ruins. O importante é escolher descansar na graça de Deus em qualquer situação que estejamos enfrentando. Toda mulher quer encontrar seu “príncipe encantado”, mas a realidade é que ela provavelmente vai se casar com um homem com o mesmo número de falhas que ela mesma possui. Então, pela graça de Deus, eles vão passar o resto de suas vidas juntos aprendendo a como ser um bom companheiro e servo um ao outro. Devemos entrar no segundo relacionamento mais importante de nossas vidas – casamento – não sob uma nuvem emocional, mas com os olhos bem abertos. Nosso relacionamento mais importante, o que temos com o nosso Senhor e Salvador, tem que ser o foco de nossas vidas.

Fonte: http://www.gotquestions.org/portugues/qualificacoes-marido.html

Deus os abençoe e aos seus relaconamentos.

A Paz de Cristo!

Germano Luiz Ourique


Comentários:


  1. Denise Viana disse:

    Que texto incrível! Simples, bem esclarecedor e que com certeza irá ajudar a muitas pessoas (aos jovens principalmente) a tomar suas decisões, que Deus abençoe sua vida ricamente!

  2. Elissandra ferro disse:

    Temos que orar muito e fechar os olhos para a tentação mundana,pois depois que fazemus escolhas, temus que arcar com as responsabilidades. Hoje mim arependo muito de ter saido da presença de DEUS e ter casado c/uma pessoa mundana,pois meu casamento nao é la esas coisas,as brigas sao constantes… Se eu podese voltar o tempo… Mais o q peço a Deus,é que eu possa ter forças de voltar pra igreja,ai tudo pode mudar. Abraços

  3. Kátia Regina Cardoso disse:

    Esse post veio em boa hora, já que eu continua a espera do meu varão.
    As qualidades são bem óbvias, não tem nem o que discordar. Agora o que me chamou mais atenção foi ” mas a realidade é que ela provavelmente vai se casar com um homem com o mesmo número de falhas que ela mesma possui.” Será que é por isso que estou solteira? Vou ficar atenta.
    Grata pelo post

  4. Andréia disse:

    A paz!Muito boa essa palavra de hj, pq realmente, temos que esperar um esposo segundo o coração de Deus!

  5. O que está acontecendo hoje, é que as pessoas não procuram alguém que elas amam de verdade… Estão interessadas apenas no dinheiro. Isso me decepciona tanto, ver essas pessoas desse jeito. No meu colégio, as meninas são todas oferecidas, não buscam um relacionamento fixo/estável, sempre estão á procura do pecado! Que Deus tome posse dessas vidas “pecadoras”! Amém!

  6. Tiago Lima disse:

    Busque alguém que sirva ao Senhor Jesus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento. Mesmo assim a chance de acertar é de 50% e aí entra a fé e a coragem de cada um.

  7. Bruna disse:

    Realmente,excelente texto inspirado na santa palavra bíblica.Devemos ter como foco o nosso relacionamento para com Deus,que então o relacionamento com o outro virá por consequência e mérito.

  8. A. disse:

    Prezados, aproveito este post para compartilhar de algo que estou vivendo e quem sabe encontrar alguma palavras que me ajude. Sou nascido em berço evangélico e cresci dentro da igreja, em 2001, quando eu tinha 15 anos o Senhor levou a minha mãe, a partir deste momento eu fiquei vulnerável e acabei me afastando dos caminhos do Senhor, desde então eu não congreguei mais em lugar algum, no máximo consegui frequentar alguns cultos, até que em 2007 eu voltei para os caminhos do Senhor e me batizei, congreguei por 2 anos numa igreja de minha cidade, onde posso dizer que vivi maravilhosas experiências com Deus, fiz algumas amizades, mas acabei me deixando levar por inimizades e situações dentro da igreja e novamente, lá estava eu no mundo. No ano passado eu me sentia pesado e meu coração meu coração sabia que tudo que eu sempre precisei foi estar nos braços de Deus, daí eu conheci uma garota super gentil, meiga, séria e nova convertida… pensei que era a pessoa que iria me incentivar a estar firme na igreja e vice-versa, porém acabamos que não estávamos mais tão comprometidos com Deus e acabamos indo morar em outra cidade aproveitando uma oportunidade de emprego, hoje estamos a algum tempo juntos e o que eu sinto é que nosso relacionamento é algo que não deve prosseguir, minha mente fica confusa com relação ao prosseguimento do relacionamento com a dúvida de “esse realmente é o relacionamento que eu devo estar”.
    As vezes tenho vontade de desmanchar, e resetar toda minha vida, recomeçar, voltar para os caminhos do Senhor… enfim… Tenho medo de magoa-la, mas ao mesmo tempo acho errado uma pessoa “empurrar” com a barriga um relacionamento… Estou indo aos cultos de domingo, faço orações pedindo sabedoria e ajuda sobre o que fazer a respeito da minha vida, pois hoje eu já não tenho mais tempo para viver em desacordo com a Palavra de Deus… Quero poder voltar ao meu primeiro amor e viver aquilo que Deus tem para minha vida.

    Ter uma família, e servir ao Senhor… enfim… creio que este espaço foi importantíssimo, pois eu precisava muito expor isto…

    Fiquem na PAZ !

  9. Alba Valéria disse:

    A Palavra de Deus é mesmo marvilhosa, nunca volta vazia, enquanto lia o post me veio
    á memória outro texto que traz coerência: “Buscai primeiro o Reino de Deus, a Sua justiça e as demais coisas serão acrescentadas.” Quando se encontra um homem segundo o coração de Deus, certamente este está focado no Reino. Não quero dizer com isso que o Reino está contido no homem, mas, o homem contido no Reino.
    Toda honra e toda glória somente a Ti Senhor!


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório