A segunda vinda de Cristo pode ser relacionada com a chegada do messias para os Judeus?

A chegada do Messias já aconteceu e os judeus não perceberam, pelo contrário O mataram: “Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.” (João 1:11)

Já a segunda vinda de Cristo se dará após os sete anos de tribulação quando o Senhor Jesus virá para instaurar o milênio.

.

Se fosse para guerra, e matasse alguem, seria pecado? Pois á várias histórias na Biblía de soldados que mataram 800 pessoas.

Gente, entendam de uma vez por todas, a pergunta está errada. A pergunta não é se algo é pecado ou não. A pergunta é: “Isto agrada a Deus?” Porquê? Primeiro, porque cristãos não se preocupam com o pecado, pois o que está escrito é: I João 5:18 – “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca.” Quer dizer que cristãos não cometem pecados? Não! Quer dizer que Jesus já pagou por todos os pecados daqueles que são salvos. Quem é salvo não tem que se preocupar com o pecado; quem é salvo se ocupa em agradar a Deus. E só. Simples assim.

.

As igrejas que louvam com ritmos diferentes, como rap, pagode etc a Biblia diz algo contra esses ritmos? E pq muitas pessoas tem o preconceito de uma igreja que canta dessa forma?

Leia para entender: http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja/

.

Eu vivo junta com meu “marido” ha 10 anos, nunca nos casamos, fui chamada pra Graça ha dois, mas dizem q so posso me batiza se eu me casar, é verdade isso? E o pior meu marido nao quer casar.

Essa é uma situação muito recorrente e até comum hoje. Obedecer às leis dos homens é mandamento. Leia Romanos 13. No que diz respeito ao batismo, a ordem é que o convertido seja batizado, independente do estado em que se encontra. Quando Pedro pregou em Atos 2:41 diz que “foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas”. Não acredito que tenha sido viável examinar cada pessoa ali para que fosse batizada, já que a única condição era terem recebido o evangelho. “Foram batizados os que receberam a sua palavra”.

Quanto à ceia, a questão é diferente. Uma pessoa convertida, para ser recebida à mesa do Senhor e participar da ceia do Senhor não pode estar com coisas pendentes ou para serem resolvidas em sua vida, se estas coisas puderem, de algum modo, aparentar falta de ordem ou pecado. Então, uma pessoa que, por exemplo, tenha se convertido depois de uma vida devassa, certamente será provada ou aguardará até dar indícios de que mudou de vida. Ou alguém que esteja em um relacionamento considerado ilegal ou inconveniente precisará resolver isso antes de participar da ceia.

.

Podemos julgar de alguma certa forma?

Sim, julgar é bíblico. Leia com atenção:

Não podemos misturar duas coisas que são diferentes:

a) Julgar as pessoas, seu coração, intenções etc. (o que cabe a Deus)

b) Julgar as ações e práticas, pecados, erros etc. (o que cabe a nós)

Para o primeiro caso temos passagens como Mt 7:1 “Não julgueis, para que não sejais julgados”.

Para o segundo caso temos “JULGUEIS” em várias situações que envolvem ações:

Mateus 19:28-29 – “E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para JULGAR as doze tribos de Israel. E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá CEM VEZES TANTO, e herdará a vida eterna.”

Lucas 7:43 – “E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E Ele (Jesus Cristo) lhe disse: JULGASTE bem.”

Lucas 12:56-57 – “Hipócritas, sabeis discernir a face da terra e do céu; como não sabeis então discernir este tempo? E por que não JULGAIS TAMBÉM POR VÓS MESMOS o que é justo?”

João 7:24 – “Não julgueis segundo a aparência, mas JULGAI SEGUNDO A RETA JUSTIÇA.”

Atos 4:19 – “Respondendo, porém, Pedro e João, lhes disseram: JULGAI vós se é justo, diante de Deus, ouvir-vos antes a vós do que a Deus;”

Atos 15:19 – “Por isso JULGO que não se deve perturbar aqueles, dentre os gentios, que se convertem a Deus.”

Atos 16:15 – “E, depois que foi batizada, ela e a sua casa, nos rogou, dizendo: Se haveis JULGADO que eu seja fiel ao SENHOR, entrai em minha casa, e ficai ali. E nos constrangeu a isso.”

1 Co 5:12-13 “Porque que tenho eu em JULGAR também os que estão de fora? Não JULGAIS vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo”.

I Corintios 6:2-3 – “Não sabeis vós que os santos hão de JULGAR o mundo? Ora, se o mundo deve ser JULGADO por vós, sois porventura indignos de JULGAR AS COISAS MÍNIMAS? Não sabeis vós que havemos de JULGAR OS ANJOS? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida? Então, se tiverdes negócios em juízo, pertencentes a esta vida, pondes para JULGÁ-LOS os que são de menos estima na igreja? Para vos envergonhar o digo. Não há, pois, entre vós sábios, nem mesmo um, que possa JULGAR ENTRE SEUS IRMÃOS?”

I Corintios 10:15 – “Falo como a entendidos; JULGAI VÓS MESMOS o que digo.”

I Corintios 11:13 – “JULGAI ENTRE VÓS MESMOS: é decente que a mulher ore a Deus descoberta?”

I Corintios 11:31 – “Porque, SE NÓS NOS JULGÁSSEMOS A NÓS MESMOS, NÃO SERÍAMOS JULGADOS. Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo.”

I Corintios 14:29 – “E falem dois ou três profetas, E OS OUTROS JULGUEM.”

E ainda: “E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes CONDENAI-AS.” Efésios 5:11

Portanto, julgar não só é bíblico como é obrigação de todo verdadeiro cristão.

.

Um bom motivo para estar vivo para alguém que não achou nenhum até agora?

Ler a Bíblia.

.

Tenham um dia abençoado.

Germano Luiz Ourique

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório