Esses dias ouvi uma pregação de um pastor, e o pastor citou que apenas aqueles “crentes” que foram batizados pelo Espírito Santo iriam ser arrebatados e teriam a vida eterna. Na Bíblia tem algo a respeito disso? E quanto aos que ainda não receberam o batismo no Espirito?

O que a Palavra de Deus nos ensina é que não existe mais batismo no Espírito Santo desde o primeiro século, ou seja, há 1.900 anos. O “batismo no Espírito Santo” ocorreu uma vez no Pentecostes e o próprio apóstolo Paulo se  incluía nesse batismo “Pois TODOS NÓS FOMOS BATIZADOS EM UM ESPÍRITO, formando UM CORPO, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.” – I Corintios 12:13

Hoje os cristãos são SELADOS com o Espírito Santo “Em quem também vós estais, depois que OUVISTES a PALAVRA DA VERDADE, o EVANGELHO DA VOSSA SALVAÇÃO; e, tendo nele também CRIDO, fostes SELADOS com o Espírito Santo da promessa.” – Efésios 1:13

Portanto, hoje quem crê em Cristo como Senhor e Salvador, é SELADO com o Espírito Santo que passa a habitar aquela pessoa.

.

A base bíblica para não existir mais dízimos seria esta apenas? Por exemplo, não teria algum versículo que extinguisse esse ato?

Para que possamos entender, é necessário ler a Bíblia com dedicação e dar uma acompanhada na história. Aí as coisas fazem sentido. Quer ver? Os dízimos, que nunca foram dinheiro e nunca foram para Deus, eram para os Levitas que cuidavam do Templo, certo? No Ano 70 o exército romano invadiu Jerusalém e destruiu o Templo numa das maiores carnificinas da história da humanidade. Os judeus foram dispersos pelo mundo e ficaram sem pátria. Eram um povo “sem chão” e assim ficaram até o ano de 1948 quando foi reconstituído o Estado de Israel. A partir do momento que não existia mais Templo, nem Levitas pra cuidar do Templo, nem Israel tinha território, o dízimo passou a não fazer nenhum sentido. Entendeu? As “igrejas” de hoje, as denominações inventadas pelos homens é que criaram essa enganação de dízimo em dinheiro pra cobrar das pessoas. Isso não tem nenhuma base bíblica.

.

Devemos orar ajoelhados, ou pode ser deitado, sentando e etc?

Devemos orar em conformidade com o respeito e reverência que temos a Deus.

.

Por causa da forma como ele agia no sábado, não por não guarda-lo. Deus não se contradiz, trabalhar é fazer o que ele fazia, proclamar o evangelho, esse era o trabalho, e não o trabalho de quebrar o sábado. Quando tu interpreta “guardar o sábado”, como é a interpretação disso? Como tu entende que é esse guardar o sábado? Lc 4 sim, escancara que ele guardava. Mas enfim, o que seria guardar o sábado na tua visão e base biblica?

Pare com essa bobagem de Deus não se contradiz. Qualquer um com duas aulas de EBD sabe disso. Você parece aquelas pessoas que ficam repetindo só porque ouviram falar e nem pensam no que está falando. Guardar o sábado (ou qualquer dia) é achar que existe algo diferente em qualquer dia. Não existe. Não existe um dia para cultuar a Deus, nossa vida deve ser um culto a Deus (Rm 12:1), não existe um momento para louvar a Deus; nossa vida deve ser o nosso louvor. Não existe um dia para nos reunirmos, devemos estar em constante comunhão com nossos irmãos. A partir do momento que uma pessoa é salva e tem a habitação do Espírito Santo, Deus habita aquela pessoa. Emanuel – Deus conosco. Esse é Jesus, que veio trazer Deus para dentro de nós. Fim. Não tem dia, hora, ocasião especial, nada…. Deus está conosco 24 horas por dia. A partir dali a pessoa só espera se ver livre do corpo físico para se encontrar com Jesus. Ou Jesus voltar e nos levar daqui. Até lá, pregamos o Evangelho da graça de Deus para as pessoas, pois se estamos felizes porque somos salvos, queremos que outras pessoas também o sejam porque, além de amar a Deus sobre todas as coisas, amamos ao próximo. É só isso, qualquer coisa fora disso é invenção. O Evangelho é muito simples. Jesus foi mais simples ainda. Seguir Jesus é fazer o mesmo.

.

Estou meio sem acreditar da bobagem que eu acabei de ler, “Não existe mais batismo no Espírito Santo” coisa de quem nunca teve alguma experiência com o Espírito Santo, ainda existe sim o batismo no Espírito Santo, quem diz que não é porque não crê que Deus seja capaz de dar o seu Espírito…

Ou porque conhece o texto bíblico, o que não parece ser o seu caso. O que você está dizendo não tem nenhuma base bíblica. Acontece que você não sabe porque não leu a Bíblia. Faça isso, leia a Bíblia. Mas leia como deve ser lida, orando sempre antes de ler pedindo entendimento ao Espírito Santo. Não existe isso de “ter uma experiência” com o Espírito Santo, o que está escrito é I Corintios 6:19 – “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?”
Ou seja, ou a pessoa tem a habitação do Espírito Santo, ou não. Simples assim. Isso que você vê nas igrejas por aí e na TV não é o Evangelho, é circo.

.

Existe sim o batismo com o Espírito Santo!

Eu entendo o que você diz e sei como você sente. Eu já me senti assim. Por isso recomendo fortemente que você leia a Bíblia e ore a respeito, ok? Faça isso, dedique-se com seriedade à leitura, estudo da Palavra de Deus e à oração. Não acredite em mim, não acredite no que lhe dizem. Creia em Deus e na sua Palavra.

.

Tenham um dia abençoado.

Germano Luiz Ourique

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório