Pode me dar algum outro exemplo de PACIÊNCIA na Bíblia, exceto Jó?

Ana (mulher de Elcana), Sara, José, a mulher cananéia, Estevão, Paulo, tem muita gente. Mas o melhor exemplo de paciência é o próprio Senhor. Que paciência tem o nosso Deus!

.

Aonde está a passagem da mulher cananéia?

Mateus Cap. 15.

.

Você disse que não são todas as orações que Deus ouve, as orações que Ele não ouve seriam aquelas que…?

Não estão de acordo com a Sua Palavra. As rezas dos católicos, por exemplo.

.

O que você quis dizer com : não é correto pedir sinais a Deus oO…

Jesus Cristo disse: “porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.” (Mateus 6:8)

Se Deus sabe o que nos é necessário antes mesmo de pedirmos, Ele sabe que precisamos de direção, de “dicas”, de ajuda, de auxílio, etc. O que precisamos fazer é confiar (Salmo 37:5). Estabelecer um relacionamento com Deus pressupõe querer fazer a Sua vontade e basear este relacionamento na confiança. Deus é misericordioso e em sua infinita sabedoria nos orienta através da Sua Palavra e também do Seu Espírito Santo que em nós habita. Devemos confiar e acreditar que estes sinais que precisamos, Ele nos dará. Não precisamos pedir.

.

Eu estou preocupada pq eu sou convertida há uns 5 ou 6 meses e tem muita coisa que eu erro, mas não quero mais errar. Eu quero ser Cristã de VERDADE, mesmo eu só tendo 14 anos, pode me ajudar? Eu leio a bíblia e oro, mas não consigo mudar o que está errado.

Você diz que é convertida há uns 5 ou 6 meses e isso é muito pouco tempo. A caminhada de um cristão é um processo de santificação e para que as coisas aconteçam é necessário tempo. Entenda que não somos nós que mudamos. É Deus que nos muda através de uma obra sobrenatural da ação do Seu Espírito Santo em nossas vidas. Quanto a errarmos, quanto a sermos pecadores, isso não vai mudar, nós vamos continuar assim e vamos morrer pecadores (Romanos 3:23).

Paulo afirma em Filipenses 3:13-14 – “uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”

Ou seja, quando erramos, quando percebemos que somos pecadores, devemos colocar nossa confiança em Jesus Cristo e seguir em frente, “seguir para o alvo”, como diz Paulo. Afinal, o que almejamos é a vida eterna com Jesus Cristo. Seja persistente quanto à leitura e estudo da Bíblia e em oração. Procure estabelecer comunhão com pessoas cristãs e viver de acordo com o que você lê na Bíblia. Não se preocupe se você errar porque Deus sabe de tudo e a conhece melhor do que você mesmo. Confie, Deus mudará em você o que for necessário e no tempo certo.

.

Existe alguma relação entre lúcifer e satanás? Ou são a mesma coisa?

O nome Lúcifer é freqüentemente aplicado a Satanás, mas não há base bíblica para esta idéia. A palavra “Lúcifer” é a tradução em algumas Bíblias (ainda que não nas versões portuguesas mais comuns) da palavra hebraica hêlîl em Isaías 14:12. Versões bem conhecidas como a Revista e Corrigida, a Revista e Atualizada (1 e 2) e a Linguagem de Hoje traduzem esta palavra como “estrela da manhã.”

Isaías 14 é uma profecia sobre a queda do rei de Babilônia (veja 14:4). Este rei exaltava-se, buscando tomar a glória que pertence a Deus. A profecia de Isaías 14 mostra que ele seria derrubado de volta à terra.

É interessante que o Novo Testamento fale sobre a “estrela da alva” (2 Pedro 1:19) e a “estrela da manhã” (Apocalipse 2:28; 22:16). Em todas estas passagens, é claro que a estrela da manhã não é Satanás, ou qualquer outra criatura blasfema. O próprio Jesus é a brilhante estrela da manhã que abençoa seus servos fiéis.

Então, por que o nome “Lúcifer” é freqüentemente aplicado a Satanás? O uso partiu de uma interpretação errada de Isaías 14:12. Muitos comentaristas inseriram algo maior neste texto, vendo-o como uma explicação da origem de Satanás. Certamente há razão para acreditar que o Diabo foi um dos anjos (Jó 1:6), que ele tem estado em rebelião contra Deus desde antes da criação da Terra (1 João 3:8; veja Gênesis 3), e que vários anjos seguiram sua desobediência e serão castigados eternamente (Judas 6). O que o rei de Babilônia fez foi o mesmo tipo de pecado: desafiar a autoridade do Rei dos reis. Neste sentido, podemos pensar em “Lúcifer” como um filho ou discípulo de Satanás (veja João 8:44), mas a profecia de Isaías 14:12 não está falando especificamente do Diabo.

Esta é uma lição permanente para nós de Isaías 14. O rei de Babilônia serve como um lembrete claro da verdade das palavras de Jesus em Lucas 14:11: “… todo o que se exalta será humilhado; e o que se humilha será exaltado.” Que possamos andar humildemente com nosso Deus.

.

Tenham um dia abençoado.

Germano Luiz Ourique

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório