Ao voltarem da missão à qual foram enviados, os apóstolos estão ansiosos para contar tudo o que fizeram com o poder e autoridade do Senhor. Sabendo que eles precisam descansar, Jesus os leva a um lugar deserto próximo a Betsaida, mas é seguido por uma multidão e acaba ministrando a ela, falando-lhes do Reino e curando seus enfermos.

“Ao fim da tarde os doze aproximaram-se dele e disseram: ‘Manda embora a multidão para que eles possam ir aos campos vizinhos e aos povoados, e encontrem comida e pousada, porque aqui estamos em lugar deserto’. Ele, porém, respondeu: ‘Deem-lhes vocês algo para comer’. Eles disseram: ‘Temos apenas cinco pães e dois peixes — a menos que compremos alimento para toda esta multidão’. E estavam ali cerca de cinco mil homens” (Lc 9:12-14).

Não somos diferentes dos apóstolos. Quando o assunto é sair em missões para terras distantes, nenhuma dificuldade é grande demais. Mas, quando é questão de atender aqueles que estão próximos de nós, procuramos nos livrar do problema. Somos mais propensos a contribuir para uma obra missionária na África, do que a falar de Cristo ao mendigo que dorme ali na calçada. “Manda embora a multidão”, dizem os discípulos a Jesus. Continue lendo »


“Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.” (Romanos 8:6-8)

Em nossa jornada de fé, muitas vezes nos questionamos o porquê de Deus exigir certas coisas de nós, e nos parece injusto julgar como pecado coisas que nos parecem tão banais e irrelevantes.

Egoístas e presunçosos, preferimos fazer tudo aos nossos próprios gostos e interesses, ultrapassando o bom senso e ainda mais os preceitos divinos. Talvez este seja um dos motivos pelos quais somos extremamente relutantes à leitura bíblica, já que por natureza somos inclinados a querer desobedecer a regras que nos levam a viver em harmonia com Deus.

É importante compreender que não sabemos o que é melhor para nós, mas Deus sim. Todos os Seus ensinamentos são baseados no infinito amor que Ele nutre por nós antes mesmo da fundação do mundo. Ele nos presenteou com as sagradas Escrituras para que conheçamos o que Lhe agrada e possamos viver de acordo com ela, obedecendo e acatando o que está ali. Continue lendo »


Herodes Antipas é filho de Herodes, o Grande, o rei que mandou matar os meninos de até dois anos quando Jesus nasceu. Satanás tentava eliminar aquele que viria a pisar a cabeça da serpente e reinar sobre Israel. O que Satanás não conseguiu por meio do pai, iria conseguir por seu filho. Herodes Antipas, com Pilatos e os sacerdotes judeus, participaria da condenação e execução de Jesus. Mas aí o tiro de Satanás sairia pela culatra. Conforme Deus prometera no jardim do Éden, o descendente da mulher pisaria a cabeça da antiga serpente, que é o diabo, Satanás. Hoje sabemos que isso ocorreu na cruz.

Mas aqui é de duas outras cabeças que Lucas nos fala: da cabeça de João Batista e da cabeça de Herodes Antipas. Este havia mandado decapitar a João, porém o profeta não saiu da cabeça de Herodes. Ele se preocupa ao ouvir falar dos grandes feitos de Jesus. Alguns afirmam que é Elias que voltou, outros que um profeta ressuscitou. No evangelho de Mateus Herodes dá sua opinião: “Este é João, que mandei degolar; ressuscitou dentre os mortos” (Mt 6:16).

A má consciência transforma o valente em covarde. A possibilidade de Jesus ser João ressuscitado de entre os mortos faz Herodes tremer. A ressurreição da vítima é a última coisa que um homicida deseja, pois demonstra que Deus, o único que pode dar vida, decidiu ficar do lado do assassinado. E quando Deus fica do lado do inocente, que lado resta para o culpado? Continue lendo »


Qual o significado do batismo com Espírito Santo é: salvação ou revestimento de poder?

Não existe mais batismo com o Espírito Santo já há dois mil anos, mais ou menos. Hoje, o Espírito Santo de Deus habita os salvos. Nada mais. Leia os posts abaixo que vão lhe ajudar a entender melhor:

Batismo com Espírito Santo

A Obra do Espírito Santo

Deus limpa, transforma e dá o Espírito

Quando e como recebemos o Espírito Santo?

Podemos Sentir o Espírito Santo?

A habitação do Espírito Santo

O Espírito Santo de Deus em Nós

Quem é O Espírito Santo?

.

Se Deus nos ama tanto e quer que estejamos com ele, porque ele colocaria nossas almas em risco ao deixar a difusão de sua palavra a cargo de seres humanos falíveis, mentirosos e pecadores? Será que um professor deixaria um dos alunos assumir seu lugar se isto pusesse em risco o futuro da classe?

Deus não deixou “a difusão de sua palavra a cargo de seres humanos falíveis”. A Palavra de Deus é a Bíblia. Leia-a!

.

Se Satanás é o Pai da Mentira, como podemos ter certeza de que ele não enganou os cristãos e fez com que eles o adorassem como Deus e rejeitassem o verdadeiro Deus?

Lendo a Bíblia e orando. Continue lendo »