Quando descobre um fóssil duvidoso tido por algum especialista como “elo perdido” ou coisa que o valha, a mídia geralmente faz aquele estardalhaço. Por que, então, silenciaram sobre a primeira descoberta arqueológica referente a Jesus e Sua família? O ossuário (urna funerária) de Tiago data do século 1 e traz a inscrição em aramaico “Tiago, filho de José, irmão de Jesus” (Ya´akov bar Yosef achui d´Yeshua). Oculto por séculos, o ossuário foi comprado muitos anos atrás pelo engenheiro e colecionador judeu Oded Golan, que não suspeitou da importância do artefato. Só quando o renomado estudioso francês André Lemaire viu na urna, em abril de 2002, a inscrição na língua falada por Jesus, foi que se descobriu sua importância. O ossuário foi submetido a testes pelo Geological Survey of State of Israel e declarado autêntico. Segundo o jornal The New York Times, “essa descoberta pode muito bem ser o mais antigo artefato relacionado à existência de Jesus”.

Veja todo o artigo aqui: http://bit.ly/eHyVRS

Bom fim de semana, pessoal. Paz!

Germano Luiz Ourique Continue lendo »


A Escritura não ordena que os cristãos jejuem. Não é algo que Deus peça ou exija dos cristãos. Ao mesmo tempo, a Bíblia apresenta o jejum como algo bom, lucrativo e esperado. O Livro de Atos registra os crentes jejuando antes de tomarem importantes decisões (Atos 13:3; 14:23). Jejum e oração freqüentemente andam juntos (Lucas 2:37; 5:33). Muito freqüentemente, o foco do jejum é a falta de comida. Mas ao invés disto, o propósito do jejum deveria ser desviar seus olhos das coisas deste mundo, e então direcionar sua mente a Deus. Jejuar é uma maneira de demonstrar a Deus e a você mesmo que você leva a sério seu relacionamento com Ele. Jejuar ajuda você a ganhar nova perspectiva e uma renovada confiança em Deus. Continue lendo »


Pessoal, perguntem lá no Formspring sempre que quiserem e, se preferirem, podem perguntar anonimamente.


A Bíblia nos diz que só temos o direito de separar do cônjuge ao cometer traição ou um morrer, mas então pq qdo casamos dizemos: “ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE” entao anula a questao da traiçao? Porque nao falamos: “ATE QUE VC ME TRAIA”

De acordo com a Bíblia, o plano de Deus é que o casamento seja um compromisso para toda a vida. Mateus 19:6 “Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.”


Porque existem tantas seitas e “igrejas” mundo afora, se só há uma Verdade?A Igreja verdadeira não seria a Católica, já q foi a feita por Pedro?Como pode-se criar uma “doutrina nova” da noite para o dia, só seguindo o seu pensamento do q é certo?obrigada!

A verdade é uma só. E a Igreja é uma só. Mas, o que é a Igreja biblicamente falando? Efésios 2:19-22 “Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus; edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina; no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor. No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito.” Aqueles que são edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas (o Evangelho de Jesus Cristo), são edificados para morada do Espírito Santo de Deus. Ou seja, fazem parte da Igreja aqueles nos quais habita o Espírito Santo de Deus. Isso é a Igreja conforme diz a Palavra de Deus. Bem diferente disto são as seitas, religiões e denominações que existem pelo mundo afora. Quanto a criar uma doutrina nova da noite para o dia, qualquer um pode fazê-lo desde que seja por exemplo, no Brasil, onde a lei permite este tipo de situação. Qualquer um pode abrir uma igreja desde que cumpra um mínimo de requisitos legais. Quanto à Igreja Católica, ela foi fundada pelo Imperador Constantino no ano de 313, bem mais de 200 anos depois de Pedro ter morrido. Pesquise no Google sobre “origens da Igreja Católica”. Existe muita coisa a respeito. Deus abençoe você. Continue lendo »


A Bíblia não se dirige especificamente a um Cristão tendo cirurgia plástica ou cosmética. Não há nada na Bíblia que indique que cirurgia plástica em si seja errada. No entanto, há vários pontos a serem considerados antes de decidir ir adiante com uma cirurgia assim. Alterar o próprio corpo não é natural, e há sempre riscos e possíveis efeitos colaterais – tanto fisicamente quanto mentalmente. Ninguém deve decidir se colocar “sob a faca” sem fazer uma pesquisa completa sobre alternativas, riscos e efeitos colaterais da cirurgia. Essa pessoa também precisa compreender por completo a sua motivação em desejar fazer a cirurgia. Para muitos que nasceram com ou passaram a ter deformidades físicas, é natural querer fazer parte da sociedade e sentir-se “normal”. Também há casos de pequenas abnormalidades que causariam alguém a se sentir desconfortável consigo mesmo, tal como nariz grande ou mal formado. No entanto, muitas, se não todas, as cirurgias plásticas são feitas na tentativa de cuidar de vazios emocionais, chamar atenção ou de conseguir a aprovação de outras pessoas.

De acordo com a Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, as cirurgias cosméticas mais comuns são aumento/elevação dos seios, lipoaspiração (remoção da gordura corporal), elevação da face, pálpebras e nádegas, tratamento de veias nas pernas, injeções de botox/gordura e remodulação do nariz e face. Aproximadamente dois milhões de pessoas se sujeitam a esses tipos de cirurgias todos os anos, gastando muito dinheiro e sacrificando tempo e conforto. Quando a motivação de uma pessoa para fazer cirurgia é apenas vaidade, ela se tornou o próprio ídolo. A Bíblia nos adverte contra vaidade e orgulho:

Filipenses 2:3,4 – “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.”

e para não chamar atenção a nós mesmos com nossas aparências (1 Timóteo 2:9). Uma outra consideração deve ser o custo. Muitos planos de saúde não cobrem os custos associados com cirurgia cosmética, então todas as despesas teriam que ser pagas pelo próprio paciente. Isso é algo que deve ser honestamente considerado, pois muitas famílias têm necessidades que precisam ser cuidadas e a despesa com cirurgia plástica não deve nunca vir antes das necessidades da família. A Bíblia também nos diz que devemos usar com sabedoria o dinheiro que Deus tem nos providenciado (Provérbios 11:24-25; Lucas 16:10-12).

A coisa mais importante que devemos fazer antes de decidir fazer ou não cirurgia é consultar ao Senhor sobre o assunto. A Bíblia nos diz que Deus se importa com tudo que nos preocupa, por isso devemos levar nossos problemas a Ele em oração

1 Pedro 5:7 – “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”

Através da sabedoria e direção do Espírito Santo e da Palavra de Deus, temos a habilidade de fazer decisões que vão honrar e agradar a Ele. “Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada”(Provérbios 31:30). Nem mesmo o cirurgião mais competente pode reverter o envelhecimento e todas as cirurgias cosméticas vão eventualmente ter o mesmo efeito – envelhecimento. Aquelas partes do corpo que foram elevadas vão cair novamente e a face cosmeticamente alterada vai eventualmente enrugar. É bem melhor se preocupar em embelezar a pessoa interior, “o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus” (1 Pedro 3:3).

Fonte: http://www.gotquestions.org/portugues/cirurgia-cosmetica.html

Deus os abençoe a todos. A Paz de Cristo!

Germano Luiz Ourique