‘’Em Deus está a minha salvação e a minha glória; a rocha da minha fortaleza, e o meu refúgio estão em Deus. ’’ – Salmos 62:7

Todos os dias Deus nos oferece a chance de viver para a Sua honra, glória e louvor. Infelizmente são muitas as distrações mundanas que tentam tirar esse objetivo de nosso foco. É extremamente fácil nos ocupar com o que é carnal e passageiro, pois frequentemente damos importância ao que é efêmero e fugaz à luz do evangelho.

São poucos os que se dão conta desta dura realidade, e destes poucos, muitos já sofreram as consequências de viver conforme as regras do mundo. Jesus nos oferece uma nova vida, a qual nos proporciona novos desafios e avanços, muito distantes do que é proposto e louvável aqui na Terra.

Agora temos a liberdade de nos aproximar do Pai em Cristo, buscando fazer o que Lhe agrada e convém com seriedade e prudência. O Senhor nos dá diversos motivos para vivermos com um propósito claro e definido, o qual nos levará à vida eterna. Continue lendo »


Depois da revelação de que Jesus é o Messias esperado por Israel, os discípulos são exortados a não divulgarem essa informação, pois ainda não era a hora de ele ser manifestado como o Messias vitorioso. Antes de vir como o Rei de reis e Senhor de senhores Jesus precisa passar pela morte de cruz, e é da cruz que ele fala no versículo 23, porém agora se referindo aos seus seguidores: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me” (Lc 9:23).

As pessoas costumam dizer que têm uma cruz para carregar, referindo-se a uma doença, sofrimento ou problema. A expressão tem sua origem nesta passagem, mas a rigor não é o que Jesus está querendo dizer aqui. Ele não está falando de cruz no sentido de algum problema que nos aflige e ao qual devemos nos conformar. Ele está falando de morte. Tomar a cruz é considerar-se morto, por dentro e por fora. Na época, quem visse alguém carregando uma cruz minutos antes da execução podia dizer sem medo de errar: “Esse aí já está morto”.

É assim que o cristão deveria se apresentar: como alguém que diariamente expõe sua condição de morto para este mundo, e é este o significado de tomar diariamente a sua cruz. Há, porém, outro aspecto além dessa expressão exterior de morte. A mesma passagem diz “negue-se a si mesmo”, e isto nos fala da negação interior, do reconhecimento de que o meu “eu” está morto e já não dou ouvidos para ele. O assunto é tratado com mais detalhes em cinco passagens que falam da cruz na carta aos Gálatas. Continue lendo »


Como ser cheio do Espírito Santo quando se é um pecador incrédulo?

Pecadores incrédulos podem ser cheios de muita coisa, mas do Espírito Santo, não. A não ser que deixe de ser um pecador incrédulo.

.

Como podemos ajudar uma pessoa a se firma na casa de Deus?

Não existe mais a “casa de Deus”. O que existe é o templo do Espírito Santo, que é o corpo das pessoas verdadeiramente salvas pela graça de Deus através da sua fé em Jesus Cristo.

.

O que fazer quando você faz coisas erradas e as pessoas que sabem que você é crente ficam te julgando?

Agradecer a eles, se arrepender, pedir perdão e fazer as coisas certas. Continue lendo »


Agora que os discípulos sabem quem é aquele que eles seguem — o Cristo de Deus — Jesus ordena que eles não digam isso a ninguém e acrescenta: “É necessário que o Filho do homem sofra muitas coisas e seja rejeitado pelos líderes religiosos, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da lei, seja morto e ressuscite no terceiro dia” (Lc 9:22).

Quando Pedro respondeu, no versículo 20, que Jesus era o Cristo, ele estava falando do Messias prometido para reinar sobre Israel e as nações gentias. Mas no versículo 22 Jesus fala de si como o “Filho do Homem”, um título que tem a ver com sua humanidade e com a nova criação, em contraste com aquela que foi arruinada pelo pecado no Éden. É como Filho do Homem que ele assumirá a posição em que Adão falhou: ser Senhor de toda a criação. O Salmo 8 fala disso:

“Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites? Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés: Todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo, as aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares” (Sl 8). Continue lendo »