Os religiosos fariseus decidem matar Jesus. Eles estão mais preocupados com a obediência às regras de sua religião do que com a salvação das pessoas. Jesus pede aos que o seguem que não façam alarde a respeito dele. Ele não quer ser visto como um líder revolucionário que irá libertá-los do inimigo romano.

Se existe um inimigo aos olhos de Deus, esse inimigo é a própria religião e os líderes religiosos, mais preocupados em conservar seu status do que permitir que as pessoas sejam curadas. Além disso, Jesus não tinha vindo para derramar sangue romano, mas o seu próprio sangue; não tinha vindo para libertar o povo de um invasor de suas terras, mas de um invasor de seus corpos: o pecado.

Se os judeus tivessem dado atenção à profecia de Isaías teriam visto que o escolhido de Deus viria como um Servo, não como um general. Se tivessem prestado atenção à cena do batismo de Jesus, teriam visto o cumprimento da profecia que dizia que o Espírito de Deus estaria sobre ele. Continue lendo »


Autor: Moisés foi o autor do Livro de Números.

Quando foi escrito: O Livro de Números foi escrito entre 1440 e 1400 AC.

Propósito: A mensagem do Livro dos Números é universal e eterna. Ela relembra aos crentes da guerra espiritual na qual estão engajados, pois números é o livro do serviço e caminhar do povo de Deus. O Livro de Números essencialmente preenche a lacuna entre os israelitas recebendo a Lei (Êxodo e Levítico) e a sua preparação para entrar na Terra Prometida (Deuteronômio e Josué).

Versículos-chave: Números 6:24-26: “O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR sobre ti levante o rosto e te dê a paz.”

Números 12:6-8: “Então, disse: Ouvi, agora, as minhas palavras; se entre vós há profeta, eu, o SENHOR, em visão a ele, me faço conhecer ou falo com ele em sonhos. Não é assim com o meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa. Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a forma do SENHOR; como, pois, não temestes falar contra o meu servo, contra Moisés?”

Números 14:30-34: “…não entrareis na terra a respeito da qual jurei que vos faria habitar nela, salvo Calebe, filho de Jefoné, e Josué, filho de Num. Mas os vossos filhos, de que dizeis: Por presa serão, farei entrar nela; e eles conhecerão a terra que vós desprezastes. Porém, quanto a vós outros, o vosso cadáver cairá neste deserto. Vossos filhos serão pastores neste deserto quarenta anos e levarão sobre si as vossas infidelidades, até que o vosso cadáver se consuma neste deserto. Segundo o número dos dias em que espiastes a terra, quarenta dias, cada dia representando um ano, levareis sobre vós as vossas iniqüidades quarenta anos e tereis experiência do meu desagrado.”

Resumo: A maioria dos eventos do Livro de Números se realiza no deserto, principalmente entre o segundo e quadragésimo ano da peregrinação dos israelitas. Os primeiros 25 capítulos do livro relatam as experiências da primeira geração de Israel no deserto, enquanto que o resto do livro descreve as experiências da segunda geração. O tema de obediência e rebelião seguidas de arrependimento e bênção percorrem todo o livro, assim como todo o Antigo Testamento. Continue lendo »


Os fariseus criticaram Jesus por seus discípulos terem colhido um punhado de grãos no sábado. Agora ele entra na sinagoga, o local onde os judeus se reúnem para estudar a Palavra de Deus, e encontra ali um homem com uma mão atrofiada.

No Evangelho de Lucas diz que os fariseus estão ali para descobrir alguma falta em Jesus. “É permitido curar no sábado?”, perguntam a ele. A resposta vem na forma de outra pergunta: “Qual de vocês, se tiver uma ovelha e ela cair num buraco no sábado, não irá pegá-la e tirá-la de lá? Quanto mais vale um homem do que uma ovelha! Portanto, é permitido fazer o bem no sábado”(Mt 12:10-12). Em seguida Jesus diz ao homem que estenda sua mão atrofiada e ela é curada.

Os religiosos fariseus, obviamente, continuam com suas mãos atrofiadas, incapazes de eliminar a miséria humana. Os líderes religiosos não podem e não querem por um fim à miséria, ao sofrimento e à incerteza, pois é disso que eles vivem.

O que a religião do homem diz? Faça isso e aquilo e você será uma pessoa melhor e aí, talvez, sua bondade supere sua maldade na balança de Deus e você possa ser salvo. É preciso ser muito ingênuo para achar que a coisa funciona assim. Por melhor que você seja jamais atingirá o padrão de Deus, que é perfeito. Adão e Eva foram expulsos do paraíso por causa de apenas um pecado. Com quantos pecados você acha que pode entrar na presença de Deus? Zero! Continue lendo »


Oi eu kero saber eh vdd ki o batismo do espirito soh acontece qdo se fala em linguas, o batismo do espirito santo ñ acontece qdo se batiza pelas aguas???? Ond esta na bíblia?

Não existe mais batismo do Espírito Santo. Jesus prometeu batismo com o Espírito Santo aos apóstolos (Atos 1:1-5) e prontamente cumpriu a promessa (Atos 2:1-4), capacitando os doze a falar em línguas estrangeiras à multidão internacional reunida no dia de Pentecostes (Atos 2:11,14). Todos aqueles que foram batizados para perdão de pecados receberam o dom do Espírito Santo (Atos 2:38), mas não há menção de nenhum sinal miraculoso acompanhando este dom. Anos se passaram, e algumas pessoas receberam poder para operar milagres ou falar outras línguas quando os apóstolos impunham suas mãos sobre elas (Atos 6:5-8; 8:5-7,14-19; veja, também, Atos 19:6-7). Em todo o Novo Testamento, há apenas um outro caso registrado de batismo com o Espírito Santo. Quando Pedro levou o evangelho aos gentios, a família e os amigos de Cornélio receberam este batismo especial (Atos 10:44-48). Quando Pedro descreveu o que tinha acontecido na casa de Cornélio, ele observou que este não era um evento de todos os dias que acontecesse a todos os crentes. Deus usou este batismo no Espírito Santo quando apresentou a salvação aos judeus, e quando ela foi oferecida aos gentios. Ele não o prometeu a todos, e não o deu a todos os seus seguidores. Alguns anos depois, Paulo afirmou que há somente um batismo (Efésios 4:5). Em Atos 2, havia dois. Em Atos 10, havia dois. Ao tempo em que Paulo escreveu aos efésios, somente o batismo em água para a remissão dos pecados permanecia. Hoje, muitos declaram que receberam batismo no Espírito Santo, mas a Bíblia mostra que ninguém recebeu este batismo durante mais de 1.900 anos. Para sermos salvos, precisamos arrepender-nos e crer em Jesus Cristo, assim entrando em comunhão com o Espírito Santo. Veja também: Batismo com Espírito Santo

.

Existe amizade construída, pensada por Deus? Eu tenho uma amiga que parece que foi Deus mano, caramba. Eu ajudo ela com a palavra, e ela me ajuda também. Juntas vamos caminhando.

Tudo é pensado por Deus: Mateus 10:30 – “E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.” Continue lendo »