‘’Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. ’’ – (Filipenses 4:11-13)

Sabe-se que não merecemos nada que venha de Deus. Na verdade, merecemos Sua ira e fúria, mas o que ocorre é exatamente o inverso: somos alvo deste amor infinito e transbordante, disponível a nós através da justiça de Cristo. Bendito seja!

O amor, a graça e a misericórdia do Senhor operam em nossas vidas nas mais diversas áreas diariamente. O Senhor ouve todas as nossas orações e nos contempla com magníficas respostas. Às vezes precisamos estar atentos para compreendê-las, em muitas outras Ele nos concede exatamente o que pedimos, o que é extremamente gratificante, pois assim nos damos conta de que o que pedimos está dentro da vontade divina. Esta simbiose milagrosa e frutífera nos fortalece a fé, uma vez que nos aproxima do Mestre cada vez mais.

Estar mais perto dEle é o maior privilégio que podemos ter. A fé é o que nos sustenta em Cristo, exercitá-la é uma atitude mais que fundamental. A cada momento precisamos crer e confiar em Deus e Seus propósitos, na certeza de que Ele os executará perfeitamente e que eles cooperarão para o nosso bem. Adversidades surgirão, pois estão naturalmente acopladas à vida terrena. Natural também é permitir que os problemas nos controlem e ditem como pensaremos e reagiremos. Reaja com fé! Continue lendo »


Parábola é um estilo de comunicação que faz uso simbólico de pessoas, coisas e situações para transmitir um ensinamento. Jesus fala por parábolas, porém o leitor desatento poderá achar que isso seja para facilitar o entendimento. Muito pelo contrário. Ele fala por parábolas, não para simplificar, mas para ver até onde vai o interesse dos ouvintes. Pessoas indiferentes não estão interessadas em entender, portanto para elas as parábolas não trazem qualquer benefício.

Em Mateus 13 os discípulos perguntam por que Jesus fala por parábolas, e ele responde: “A vocês foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos céus, mas a eles não… Por essa razão eu lhes falo por parábolas: ‘Porque vendo, eles não veem e, ouvindo, não ouvem nem entendem’. Neles se cumpre a profecia de Isaías: ‘Ainda que estejam sempre ouvindo, vocês nunca entenderão; ainda que estejam sempre vendo, jamais perceberão. Pois o coração deste povo se tornou insensível; de má vontade ouviram com os seus ouvidos, e fecharam os seus olhos’” (Mt 13:10-17).

As parábolas servem para testar os ouvintes e ver até onde vai o interesse de cada um. Os indiferentes ouvem e não entendem. Os interessados pedem uma explicação. Ao comentar esta mesma Parábola do Semeador, o evangelista Marcos diz que “quando ele ficou sozinho, os doze e os outros que estavam ao seu redor lhe fizeram perguntas acerca das parábolas” (Mc 4:10). Continue lendo »


É proibido sexo durante o namoro? Aonde está na Bíblia?

Não existe namoro na Bíblia. E sexo é o mesmo que casamento. Você precisa ler e estudar a Bíblia para entender. Comece pelo Novo Testamento.

.

O que devo responder quando minha professora pergunta ” Prove que Deus existe” ?

Leia a Bíblia, estude a Palavra de Deus. Ore sempre antes de ler pedindo entendimento ao Espírito Santo. Então você saberá o que responder. É na Bíblia que está a resposta. Rm 13, por exemplo.

.

Mesmo sendo batizado e não ver a transformação na tua vida significa que Jesus ainda não entrou na tua vida?

Muito provavelmente. Dedique-se à leitura e estudo da Bíblia bem com à oração com persistência. Continue lendo »


Jesus continua viajando e pregando as boas novas do Reino. Ao contrário dos reinos humanos, cuja expansão é garantida pela espada, a expansão do Reino de Deus se dá pela semeadura, e aqui é o próprio Rei que sai a semear. Este não é o trabalho de um rei, mas Jesus veio ao mundo em humilhação e não em exaltação. Ele veio antes para plantar, não para colher. Um dia ele voltará para recolher o trigo no celeiro e queimar a palha.

Jesus é um pregador itinerante, ele sai a semear. É comum encontrarmos “igrejas”que são apenas pontos de pregação esperando por incrédulos. Porém a igreja, palavra que significa “reunião”ou “assembleia”, não é para incrédulos, mas pessoas salvas pela fé em Jesus e congregadas pelo Espírito ao seu nome. Em Atos 2:42 os primeiros cristãos estavam congregados para perseverar “na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações”.

A atividade da igreja não incluía o evangelismo, pois a igreja não evangeliza — a igreja se reúne para aprender, orar e adorar. Quem evangeliza é o crente individualmente, em especial os que têm o dom de evangelista. Estes saem como Jesus saiu levando a preciosa semente. Os convertidos são reunidos pelo Espírito, e os que têm o dom de pastor os exortam a permanecerem no Senhor, e os que têm o dom de mestre ou doutor entram em cena para ensiná-los e edificá-los. Continue lendo »