Ainda na casa do fariseu, Jesus observa como os convidados escolhem os lugares de honra à mesa, e conta uma parábola: “Quando alguém o convidar para um banquete de casamento, não ocupe o lugar de honra, pois pode ser que tenha sido convidado alguém de maior honra do que você. Se for assim, aquele que convidou os dois virá e lhe dirá: ‘Dê o lugar a este’. Então, humilhado, você precisará ocupar o lugar menos importante. Mas quando você for convidado, ocupe o lugar menos importante, de forma que, quando vier aquele que o convidou, diga-lhe: ‘Amigo, passe para um lugar mais importante’. Então você será honrado na presença de todos os convidados. Pois todo o que se exalta será humilhado, e o que se humilha será exaltado” (Lc 14:7-11).

A exaltação própria é uma forma de hipocrisia, por você achar que é mais importante do que é na realidade. Jesus denuncia a hipocrisia dos fariseus, que queriam parecer justos, quando não passavam de “sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro cheios de ossos e de todo tipo de imundície” (Mt 23:27). Se você achar que é bom o suficiente para merecer o céu ainda não entendeu que “Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores”, e não os bons (1 Tm 1:15). Se você se considera pecador, há esperança para você. Caso se considere melhor que um marginal, o mais provável é que ele seja salvo e você não. Continue lendo »


Autor: 1 Tessalonicenses 1:1 indica que o livro de 1 Tessalonicenses foi escrito pelo apóstolo Paulo, provavelmente junto com Silas e Timóteo.

Quando foi escrito: O livro de 1 Tessalonicenses foi escrito em cerca de 50 dC.

Propósito: Na igreja de Tessalônica havia alguns mal-entendidos sobre o retorno de Cristo. Paulo desejava esclarecê-los em sua carta. Ele também a escreve como uma instrução a uma vida santa.

Versículos-chave: 1 Tessalonicenses 3:5: “Foi por isso que, já não me sendo possível continuar esperando, mandei indagar o estado da vossa fé, temendo que o Tentador vos provasse, e se tornasse inútil o nosso labor.”

1 Tessalonicenses 3:7: “…sim, irmãos, por isso, fomos consolados acerca de vós, pela vossa fé, apesar de todas as nossas privações e tribulação…”

1 Tessalonicenses 4:14-17: “Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem. Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem. Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor.”

1 Tessalonicenses 5:16-18: “Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” Continue lendo »


O capítulo 14 de Lucas começa com o convite de um fariseu para Jesus comer em sua casa. Na sequência vemos três coisas que caracterizam alguém que se aproxima de Jesus na condição que Deus espera do pecador: cura, exaltação e recompensa. Estas três coisas estão representadas na cura de um homem hidrópico, na exaltação do que se coloca em último lugar e na recompensa dos que sabem que “há maior felicidade em dar do que em receber” (At 20:35).

Tão logo Jesus entra na casa do fariseu duas coisas ficam evidentes. Ali está um homem hidrópico, isto é, que sofre de inchaço no corpo, uma figura perfeita do pecador inchado de pecados e incapaz de curar-se a si mesmo. Jesus conhece os pensamentos dos fariseus e doutores da lei que estão ali e lança uma pergunta desafiadora: “É permitido ou não curar no sábado?” (Lc 14:3). Eles obviamente acham que curar no sábado é uma transgressão da Lei e no capítulo anterior o dirigente da sinagoga havia declarado isto. Porém agora até mesmo os juízes de Israel ficam em silêncio. Aqueles homens que sabiam a Lei de cor e salteado não podem apontar uma passagem sequer em que a guarda da lei anule a misericórdia e graça de Deus.

Jesus cura o homem e ainda revela o que há no coração daqueles que exigem que você guarde a Lei para ser salvo. Anote aí para nunca mais se esquecer: Todo religioso legalista é um hipócrita. Ele vai dizer o que você deve fazer enquanto ele mesmo só finge que faz. Continue lendo »


Eu não perguntei se guardar o sábado é heresia ou cuspir na cruz, a pergunta é que se mandamentos são aqueles 10 e Jesus afirma que guardava os mandamentos do Pai,, então o sábado era incluso

Em nenhuma vez que a Bíblia se refere no Novo Testamento a “mandamentos” ou “lei”, ela se refere aos dez mandamentos do Sinai. A referência é à “Lei de Moisés”, a todas as leis de Deus para o povo judeu. Portanto, “mandamentos” não são só aqueles dez, é toda a Lei de Moisés que foi totalmente abolida por Jesus.

.

Acho que é uma hipocrisia pregar que dançar é pecado. Você acha que dançar é pecado? Se sim onde na bíblia diz isso?

O que você e eu achamos não faz a menor diferença. O que está na Bíblia, faz. Leia a Bíblia. Mas leia como deve ser lida, orando sempre antes de ler e pedindo entendimento ao Espírito Santo de Deus. Se você ler de 4 a 6 capítulos por dia, em um ano terá lido toda a Bíblia. Adoração é em espírito e em verdade.

.

Mesmo fazendo tuas perguntas ao texto, não existe a confirmação de que aquela ordem foi apenas para os apóstolos.

Se você não consegue entender que Jesus Cristo ressuscitado chegou junto aos apóstolos em um lugar que estava fechado, se reuniu com eles somente e deu instruções específicas para eles, paciência. É o que está escrito na Bíblia, mesmo que você não consiga entender. Continue lendo »