Você se daria ao trabalho de ir até um deserto para ouvir um homem vestido em um manto de pelos de camelo? E se soubesse que ele se alimentava de gafanhotos e mel, interessaria?

João Batista não é nem um pouco atraente ou diplomático, mas é justamente um homem assim que Deus escolhe para anunciar a chegada de um reino que não é da terra, mas do céu, e de seu rei, Jesus.

Nada de soldados uniformizados tocando trombetas douradas como nos contos de fadas, mas um João com aparência de louco foi o escolhido para anunciar uma mensagem nada agradável: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo” (Mt 3:2).

Quem escuta João e se arrepende é batizado por ele no rio Jordão. Quem não lhe dá ouvidos…

Bem, algumas pessoas estão ali apenas por curiosidade e acabam ouvindo o que não queriam ouvir. João chama aqueles cidadãos distintos da sociedade judaica de “raça de víboras” (Mt 3:7). Eles são os fariseus e saduceus.

Os fariseus professam grande devoção à lei de Moisés e são cheios de justiça própria. É claro que há fariseus sinceros, que se esforçam para levar uma vida correta, mas sinceridade não salva ninguém de seus pecados. Se você conhece alguém que acha que sua vida correta irá salvá-lo, então já sabe o modo de pensar de um fariseu.

Os outros alvos das broncas de João eram os saduceus, que duvidavam da ressurreição, não acreditavam na existência de anjos, na imortalidade da alma e no castigo eterno. Quem são eles hoje? Os racionais, os céticos, os que colocam sua confiança na ciência, na lógica e na razão.

Fariseus e saduceus acreditam que, por serem descendentes de Abraão, isso lhes dá alguma vantagem em relação aos outros povos. Mas para Deus a responsabilidade e o arrependimento são questões individuais.

João avisa que a prova de uma conversão genuína está nos frutos: quem realmente crê na Palavra de Deus é nascido de novo e isso fica evidente em sua vida. Quem não der fruto — João alerta — será cortado, como se corta uma árvore, e lançado no fogo. João não mede suas palavras.

Enquanto ele batiza os arrependidos nas águas do Jordão, avisa que aquele Jesus de quem ele fala batizará uns com o Espírito Santo, mas outros com fogo; recolherá uns ao celeiro de Deus como trigo precioso, e queimará outros como palha imprestável.

Quem é você: o religioso fariseu ou o cético saduceu. Espero que seja o pecador arrependido. Se assim for, no próximo post você terá companhia.

Por Mario Persona

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, Igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório