“Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.” – João 15:4-5

Aos nascidos novamente em Cristo, infringir Seus princípios é dolorido e desgastante. É confortante quando sentimos o arrependimento que provém do Espírito Santo, que nos faz perceber onde e como erramos, provocando em nós a humildade que nos faz reconhecer nossos erros. Esse processo ocorre diversas vezes em um só dia, e quanto mais aprendemos e nos arrependemos, mais crescemos em santidade.

O problema é quando acreditamos que podemos fazer tudo conforme a vontade de Deus por nossos próprios méritos e esforços, passando a viver mecanicamente em busca de erros nos outros e em nós mesmos, na esperança de corrigi-los a cada instante.

É fato irremediável que pecaremos enquanto estivermos na Terra, e o que devemos fazer é nos apoiar no Espírito Santo, confiando que Ele nos concederá arrependimento e redenção, mantendo-nos em perfeita comunhão com o Pai em Cristo, independentemente do que venhamos a fazer. Nada poderá nos separar do amor de Deus, nem mesmo nossas transgressões, as quais já foram pagas por Cristo na cruz.

Mesmo vivendo para agradecê-Lo e engrandecê-Lo por tudo o que Ele fez e faz, cometeremos erros, mas a paz que o Senhor nos proporciona se encarrega de nos permitir viver todos os momentos livre e serenamente, na certeza de que Seu Espírito nos guiará e direcionará em todas as decisões, principalmente levando em consideração a constante leitura bíblica a qual nos dedicamos, que nos permite conhecer a vontade de Deus gradativamente, atividade que diminui drasticamente a possibilidade de ferirmos Seus ensinamentos, uma vez intensamente familiarizados com eles.

Pode causar estranheza a seguinte afirmação, mas sim: existe um lado bom em pecar. Quando pecamos e nos arrependemos, entendemos o quanto precisamos de Deus para/em tudo. Compreendemos que nada podemos fazer por nós mesmos, e o quanto somos imaturos, insensatos e ignorantes quando decidimos confiar em nós mesmos e tomar decisões a partir desta premissa.

Ao nos arrependermos, percebemos que somos infinitamente dependentes de Deus, e que sem Ele estamos perdidos e dilacerados. Nossa suposta sabedoria de nada serve se não estiver alinhada aos comandos do Pai. Portanto, nos arrependamos enquanto há tempo e confiemos em Deus para tudo.

O Espírito Santo é o único capaz de nos despertar a consciência de modo que entendamos o lado bom de pecar: depender mais e mais de Deus a cada etapa desta caminhada.

Que Deus os abençoe.

Com amor em Cristo,

Esther Moore

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório