II Pedro 3:18 – “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém.”

Nossas vidas são formadas por diversas etapas. Ao longo dos anos, somos submetidos a fases que desencadeiam profundas mudanças em nosso caráter e personalidade e, por conseguinte, nosso espírito. Somos treinados desde a infância a agir de acordo com costumes politicamente corretos aos olhos do mundo, que nos faz crer que somos dotados de uma soberania e um Eu indestrutível… Erroneamente acreditamos que já somos maduros por completo. Pessoas que se consideram autossuficientes e que são emocionalmente descontroladas foi o que criou esta falsa noção de maturidade.

A maturidade requer trabalho, agilidade e humildade. E não relato por tê-la suficientemente, mas sim por ser uma assídua leitora bíblica. Jesus Cristo detém de toda a maturidade, a qual se encontra disponível a nós através da Salvação. Ela é um dos resultados provenientes da santificação, que é necessária para atingir o objetivo final e crucial da vida cristã: o Céu.

Basta lermos os Evangelhos e logo estaremos estarrecidos com o grau de eficiência empírica, por assim dizer, arqueada no caráter de Cristo. Empírica porque Jesus É a própria experiência divina. E o que podemos esperar de tal fato? A perfeição estampada na leitura bíblica! Podemos alcançar um nível de sabedoria através de Cristo, uma vez que tudo podemos nEle que nos fortalece. Este é um processo diário, e para isso somos submetidos a diversos ‘’testes operacionais’’.

Um destes testes pode ser uma nota baixa, um coração partido, ou até mesmo dívidas. E então você se pergunta: Mas o que essas coisas têm a ver com a minha vida cristã, e no que isso poderia me ajudar? Aí está a questão. Se você conseguiu perceber, agradeça a Deus, pois este é um grande vestígio de maturidade. Vejamos bem: para que haja a luz, é necessário haver escuridão. Podemos aplicar este fato aos princípios do crescimento espiritual, já que nascemos desprovidos de capacidade para crescermos sozinhos espiritualmente. Logo, para que haja maturidade, tem de haver imaturidade. A imaturidade é a raiz de problemas como os que citei no começo do parágrafo. Através da imaturidade percebemos o amargo gosto do desapontamento, do fracasso e dos problemas mais comuns vividos por milhares de pessoas, e então somos estimulados a mudar. Uma pessoa que não anseia por mudanças pode se considerar espiritualmente morta. O Evangelho é pura mudança! Jesus Cristo rompeu todos os paradigmas que nos mantinham longe de Sua plenitude, gerando uma mudança extraordinária.

Jesus, por Sua natureza, é totalmente maduro. O ápice. Mais precisamente, Ele é a própria maturidade. Até mesmo nossas experiências fracassadas pela falta de sabedoria nos remetem ao quanto precisamos de Jesus! Analisando e lendo dedicadamente os evangelhos, vemos a sensatez do Senhor se manifestar. E Ele sempre prova nossa imaturidade através de Sua maturidade. Lendo a Bíblia nos damos conta de que seres nascidos em pecado podem ter suas mentes transformadas pelo Espírito Santo. Foi o caso de Moisés ou Jeremias, que não acreditavam ser capazes de serem locutores da vontade de Deus. Ou até mesmo Abraão e Sara, que não achavam ser capazes de gerar filhos devido a avançada idade de ambos. Deus, através de sua benignidade, nos abençoa na medida em que nos põe em estado de maturação o suficiente para entender que Ele tudo pode fazer.

Por Deus somos treinados a ser maduros, mas nossa insolente natureza humana pode nos sabotar com vontades e desejos impróprios, nos fazendo regredir em santificação, o que é totalmente normal. A atitude fundamental que a ser tomada é confiar em Jesus Cristo e buscar fazer o que Lhe agrada, pois esta atitude nos desligará de nossos desejos carnais progressivamente.

Filipenses 1:6 – “Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;”

Que Deus os abençoe.

Esther Moore

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.


Comentários:


  1. Paulo Kwak disse:

    Amém!


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório