Realizando uma leitura bíblica, decidi meditar profundamente, com a ajuda do Espírito Santo, sobre o Salmo 107. Aventurando-me em mais uma de minhas leituras bíblicas deparei-me com esta bela passagem e pude sentir o poder do Espírito Santo abrindo-me os olhos espirituais para ver a sua sublime mensagem. É claro que sempre que lemos a Bíblia, devemos orar pedindo entendimento a Deus para que possamos obter resultados satisfatórios com a nossa leitura. Esses resultados incluem a prática do que aprendemos que poderão gerar frutos espirituais de serventia não só para nós, mas em primeiro lugar para o nosso relacionamento com Cristo e para um testemunho eficiente, uma boa dialética bíblica e para contribuir com a vida cristã de nossos irmãos de fé. No Salmo citado (107), Davi mostra-se extremamente confiante em Deus e seus feitos, utilizando de todos os meios possíveis para louvar a Deus e deixa bem clara a sua felicidade e deleite em declarar Jesus Cristo o Senhor de sua vida.

Ler este Salmo alegra-nos os olhos da alma quando somos estimulados a pensar na bondade de Deus, muitas vezes desentendida por nós, reles humanos. Podemos ver que Deus age através de fatos que a nossos olhos seria impossível haver alguma solução. Podemos ver o poder de Deus ser manifestado, podemos ver o Seu amor para conosco mesmo quando somos teimosos e arredios. E sabemos que O único que sempre estará disponível para nos ajudar com o amor mais sincero é Ele.

Podemos chorar e sofrer por conta de nossas próprias decisões, mas estejamos cientes de que somos amados e podemos escolher pelo que sofremos. Escolhamos sofrer pela causa de Jesus, o Evangelho, porque mesmo quando sofremos somos felizes e completos em Cristo. O fato é que abençoadamente, Davi canta louvores ao Senhor, como sabendo que a sua magnitude ultrapassa todo e qualquer entendimento. Mas, graciosamente, Deus permite-nos entender o que precisamos sobre Ele. Não obstante encontramo-nos murmurando sobre a vida e seus acontecimentos, por acontecimentos aleatórios que deixamos de entender por pura ignorância. Deus concede-nos as ferramentas para que possamos entender o que Ele permite que entendamos através das Escrituras. Estas ferramentas não podem ser contadas e dentre elas estão: a fé, a sabedoria, a felicidade.

Fé: Tentando cuidar de nossas vidas com nossos próprios braços, tornamo-nos seres carrascos até de nós mesmos, com olhos voltados para o aqui e o agora. O mundo e seus prazeres é o que interessam a seres totalmente racionais e no sentido ruim do adjetivo. Deixamos de acreditar no milagre da Fé para apegar-nos às nossas próprias e supostas forças, cometendo um engano gigantesco que pode sacrificar toda uma vida. A fé faz-nos enxergar a partir de espectros e sentidos jamais experimentados antes. Através de Jesus Cristo conquistamos a fé. Nosso Mestre nos ensinou o cerne do significado da Palavra fé, Ele vivia e exalava fé em todas as suas atitudes e palavras. Ele exercitava a fé em Seu Pai e isto provocava em alguns portentos pensamentos, em outros a ira e em outros, profunda inspiração. Portentos pensamentos porque estimulava determinadas pessoas a seguirem esta mesma fé, ira por ignorância de outros e profunda inspiração porque todos queremos partilhar de uma fé capaz de ultrapassar toda e qualquer barreira! A fé em Jesus liberta-nos de ver o mundo com olhos carnais, para que tomemos posse dos olhos espirituais que Deus nos concede. E sabemos que sem ela, é impossível agradar a Deus. Portanto, oremos cada vez mais para que Deus faça resplandecer em nós a fé!

Sabedoria: Que esplêndida é a sensação de lermos uma passagem bíblica e termos a certeza de que a entendemos de acordo com a vontade do Espírito Santo, não é mesmo? Esta é uma maravilhosa dádiva disponível aos agraciados pela salvação. Podemos aconchegar-nos nos braços do Pai e obter o entendimento necessário para entender as Escrituras Sagradas, e podemos deleitar-nos na mais bela carta de amor já escrita. Precisamos orar fervorosamente para que O Senhor nos dê a sabedoria necessária para entendermos a Sua Palavra, para que então possamos viver de acordo com a mesma. Esta sabedoria já existe, está apenas esperando que a utilizemos! Podemos alcançá-la através da oração. Lembrando que só poderemos entender o que Deus permitir. Algumas coisas, entenderemos apenas na prática, ou com bastante preparo. Precisamos ter paciência para trilharmos o caminho da santificação, não adianta tentarmos conseguir as coisas através de nosso xulo entendimento, precisamos entender com o entendimento concedido pelo Espírito Santo, fonte de toda a sabedoria divina.

Felicidade: Todos a querem. Pessoas morrem ou vivem a procura dela. Mas sabemos que a verdadeira felicidade só pode ser encontrada em Jesus Cristo. E isto é muito evidente uma vez que nunca pisou na Terra alguém tão saudável e pleno espiritualmente quanto Jesus Cristo. Do nosso Mestre provém a verdadeira felicidade, aquela jamais vista no coração de um ímpio. Aquela que não pode ser encontrada nos pobres prazeres da vida, mas que pode ser encontrada quando levamos uma vida de adoração a Deus. Quando passamos a perceber que a verdadeira alegria reside em pequenos detalhes, como a leitura da Bíblia com satisfação, para alguns a observação da Criação de Deus, o abandono do estresse cotidiano para darmos o valor necessário ao que realmente interessa (as coisas de Deus!), quando ajudamos os necessitados, quando abraçamos uma pessoa amada. As maneiras de ser feliz em Cristo não têm limites! Viver feliz em Cristo é uma benção que você pode ter. Ore para que Deus lhe dê um novo cântico de vida, pois Ele conhece o seu coração e sabe o que lhe faz feliz. Só Ele sabe. Jesus Cristo é o Mestre da felicidade e a conhece como ninguém! Ele É a própria felicidade.

Vale ressaltar que fé, sabedoria e felicidade caminham juntas e estão conectadas, uma vez que através da fé obtemos sabedoria e através da sabedoria, a felicidade por sabermos qual é a vontade do Pai.

‘’Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre’’. (Salmos 107:1)

Que Jesus Cristo abençoe toda a Igreja hoje e sempre.

Agraciada e agradecida pela inspiração do Espírito Santo,

Esther Moore


Comentários:


  1. José A. Queiroz disse:

    Maravilhoso texto! Fui muito edificado graças a inspiração que o Espírito Santo lhe deu Esther. Que o Senhor Deus continue abençoando e usando a prezada irmã.

  2. Esther Moore disse:

    Amém! Louvado seja Deus por isso, irmão. Que Deus abençoe toda a Igreja.

  3. George Washington de Oliveira Sousa disse:

    Que as Graças de Deus Pai e o Amor de Jesus Cristo sejam derramadas em abundância entre toda a humanidade. Amém

  4. Anny Karoline disse:

    Texto lindo e Edificante….

  5. Carina Lino disse:

    Que benção, Deus é grandioso!

  6. Esther Moore disse:

    Amém, pessoal. Louvado seja Deus. A Paz do Senhor! :)


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório