‘’E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente. Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza. Mas vós não aprendestes assim a Cristo, se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus; que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; e vos renoveis no espírito da vossa mente; E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. ’’ – (Efésios 4:17-24)

Há entre muitos ímpios a crença de que a hipocrisia reina entre os cristãos e por isso são relutantes em olhar para Cristo ou ler as Escrituras despretensiosamente por conta do testemunho tóxico de alguns.

Infelizmente a hipocrisia realmente tem se alastrado na cristandade de forma abominável, tomando como parâmetro o que está escrito. Muitos ouvem, leem e sabem muito bem o que está nas Escrituras a respeito de diversos comportamentos inapropriados e pecaminosos, mas que são comuns e inofensivos ao mundo e preferem anuir ou até mesmo manter tais comportamentos a agir com base bíblica por medo ou omissão.

Não fomos chamados para agradar homens (Gálatas 1:10) ou muito menos viver de acordo com seus padrões decadentes e desprezíveis, mas sim para viver em novidade, o que com certeza é desagradável ao mundo, pois confronta tudo o que ele tem como certo. Estude a Palavra de Deus, conheça o que Ele aprova e desaprova e faça dela o seu baluarte para juízo de valor. Permita que os critérios ali escritos sejam seus também. Isso é ser cristão.

Afirmar amar a Deus e ter consciência do que as Escrituras dizem e ainda assim viver aos sabores mundanos evidencia um desprezo imensurável ao Pai. Não sejamos relapsos neste aspecto tão importante e fundamental: o nosso testemunho. É através dele que proclamamos ao mundo o nosso amor por Deus. É através dele que iluminamos e salgamos.

Certamente perderemos diversas amizades e arranjaremos encrenca até mesmo com familiares se quisermos seguir à risca os princípios de Cristo. De fato Ele mesmo nos diz que seremos odiados de todos por causa do Seu nome (Mateus 10:22). É por essas e outras que devemos amá-Lo acima de tudo e todos para que nada nem ninguém nos sirvam de empecilho em nossa jornada de fé.

‘’Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; e assim os inimigos do homem serão os seus familiares.’’ – (Mateus 10:34-36)

Não podemos consentir com costumes que são contra a Palavra, compactuar com tais é uma afronta ao próprio Deus, que nos instrui a viver em luz e santidade. Devemos orar pelos que assim agem, exortá-los uma ou outra vez e então, se for inútil alertá-los, nem mesmo devemos cumprimentá-los (II João 1:10-11, Tito 3:1). Sim, a Palavra de Deus demonstra esta exata conotação séria e autoritária! Por isso Cristo afirmou que até mesmo o meio familiar seria transtornado por conta dEle.

Muitas vezes as circunstâncias exigem de nós uma atitude efetivamente cristã onde podemos escolher entre ser sal e luz ou fazer parte das trevas. Se optarmos pela última alternativa já não podemos estar em comunhão com o Senhor, pois seria inconveniente até mesmo sermos chamados de cristãos. Evitemos a todo custo dois pesos e duas medidas.

Meditemos na seguinte passagem para que possamos guardá-la em nossos corações:

‘’SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros. Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no SENHOR; andai como filhos da luz (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade); aprovando o que é agradável ao Senhor. E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe. Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta. Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. ’’ – (Efésios 5:1-17)

Que Deus os abençoe.

Com amor em Cristo,

Esther Moore

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, Igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório