Importante! este é um breve estudo bíblico a respeito do dízimo. Para melhor aproveitamento do mesmo, é necessário que você acompanhe cada uma das citações bíblicas do texto em sua Bíblia.

Germano Luiz Ourique


As pessoas hoje em dia, ouvem muita coisa a respeito do dízimo. Os pregadores, freqüentemente, citam Malaquias 3:10 para encher os cofres de suas igrejas. Nesta passagem, o profeta de Deus disse:

“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós bênção sem medida.”

Que texto de pregação poderoso! Mandamento de Deus. Obrigação clara. Teste de fidelidade. Garantia de bênção. Não é surpresa que esta seja uma passagem favorita de muitos pregadores modernos.

Mas estariam estes pregadores tratando corretamente a palavra de Deus (veja 2 Timóteo 2:15)? Deus exige nossos dízimos hoje em dia? Ele está prometendo bênçãos materiais abundantes em retribuição? Examinemos estas questões de acordo com a Bíblia para determinar o que Deus realmente quer (veja Atos 17:11).

Deus exige nossos dízimos, hoje em dia?

Não há dúvida que Deus exigiu o dízimo na Bíblia. Mas, para entender sua vontade para os dias de hoje, precisamos examinar as passagens que discutem o dízimo. Pesquisemos brevemente o ensinamento bíblico sobre este assunto.

O dízimo antes da lei de Moisés

Antes que Deus revelasse uma lei escrita a Moisés, para governar os descendentes de Israel, encontramos duas ocasiões quando homens deram ou prometeram dízimos a Deus. Depois do resgate de pessoas e de bens que tinham sido tomados de Sodoma numa guerra, Abraão deu um dízimo a Melquisedeque, o sacerdote de Deus (Gênesis 14:18-20). Mais tarde, Jacó (o neto de Abraão) prometeu devolver a Deus 10% de sua prosperidade (Gênesis 28:22). Estes dízimos parecem ter sido voluntários. Não há registro de qualquer mandamento de Deus a respeito do dízimo antes do tempo de Moisés. Certamente, o dízimo de Abraão não é mais um padrão para hoje na mesma forma que o exemplo de Noé não exige que nós construirmos uma arca hoje em dia. Pela mesma razão que pregadores hoje em dia não têm o direito de exigir que você construa um grande barco, eles não têm base para usar os exemplos de doações de dízimo do livro de Gênesis para exigir que você dê 10% de sua renda a uma igreja.

O dízimo na lei de Moisés

É indiscutivelmente claro que Deus ordenou o dízimo na lei que ele deu através de Moisés. Muitas passagens mostram essa exigência (por exemplo, Levítico 27:30-33; Números 18:21-32; Deuteronômio 12:1-19; 26:12-15). O dízimo era uma característica da relação especial entre Deus e o povo escolhido de Israel (Deuteronômio 14:22-29). Nenhum estudante da Bíblia pode negar a necessidade do dízimo, sob a lei de Moisés.

Sempre que as pessoas se referem à lei de Moisés, é importante lembrar que Deus deu essa lei aos israelitas, descendentes de Abraão especialmente escolhidos. A manutenção dessa lei era necessária para mostrar que eles eram um povo separado, escolhido (Êxodo 19:1-6; Deuteronômio 26:16- 19). Estes mandamentos a respeito do dízimo foram parte “da lei de Moisés, que o Senhor tinha prescrito a Israel” (Neemias 8:1).

Malaquias viveu no mesmo tempo que Neemias. Ele era um judeu que pregava aos judeus (Malaquias 1:1). Ele viveu sob a lei de Moisés e encorajou outros israelitas a serem obedientes a essa lei (Malaquias 2:4-8, 10; 4:4). Ele usou pensamentos dessa lei para prever as responsabilidades e bênçãos espirituais, ainda por vir, através de um descendente de Abraão, mas não impôs sobre todas as pessoas de todos os tempos a obrigação de dar o dízimo. Qualquer esforço para voltar à lei de Moisés, hoje em dia, é um esforço para reconstruir o muro de separação que Jesus morreu para destruir (Efésios 2:11-16). Certamente, os verdadeiros seguidores de Jesus não quererão anular seu sacrifício só para acumular dinheiro no tesouro de uma igreja!

O dízimo no Novo Testamento

Todas as pessoas agora vivem sob a autoridade de Cristo, como foi revelada no Novo Testamento (Mateus 28:18-20; João 12:48; Atos 17:30- 31). Sua vontade entrou em vigor depois de sua morte (Hebreus 9:16-28). Estes fatos nos ajudarão a entender as passagens do Novo Testamento, a respeito do dízimo.

Durante sua vida, Jesus reconheceu a autoridade da lei de Moisés. Ele era um judeu, nascido sob a lei (Gálatas 4:4) e com a missão de cumprir essa lei (Mateus 5:17-18). Jesus criticou os judeus hipócritas, que negligenciavam outros mandamentos divinos, enquanto zelosamente aplicavam a lei do dízimo (Mateus 23:23; Lucas 11:42; 18:9-14). Jesus não ensinou que a lei do dízimo seria uma parte de sua nova aliança, que entraria em vigor após sua morte.

O livro de Hebreus fala do dízimo, para mostrar a superioridade do sacerdócio de Jesus, quando comparado com o sacerdócio levítico da Velha Lei (Hebreus 7:1-10). Esta passagem não está ordenando o dízimo para hoje em dia. De fato, o mesmo capítulo afirma claramente que Jesus mudou ou revogou a lei de Moisés (Hebreus 7:11-19). O dízimo não é ordenado na lei de Cristo, que é o Novo Testamento.

Que lei se aplica hoje?

Não vivemos sob a lei de Moisés, hoje em dia. Jesus aboliu essa lei por sua morte (Efésios 2:14-15). Estamos mortos para essa lei para que possamos estar vivos para Cristo (Romanos 7:4-7). A lei gravada nas pedras, no Monte Sinai, extinguiu-se e a nova aliança permanece (2 Coríntios 3:6-11). A lei funcionou como um tutor para trazer o povo a Cristo, mas não estamos mais sob esse tutor (Gálatas 3:22-25). Aqueles que desejam estar sob a lei estão abandonando a liberdade em Cristo e retornando à escravidão (Gálatas 4:21-31). As pessoas que voltam a essa lei estão decaindo da graça e se separando de Cristo (Gálatas 5:1-6). Não temos o direito de retornar a essa lei, para obrigar que guardem o sábado, a circuncisão, os sacrifícios de animais, as regras especiais sobre roupas, a pena de morte para os filhos rebeldes, o dízimo e qualquer outro mandamento da lei de Moisés.

Vivemos sob a autoridade de Cristo e temos que encontrar a autoridade religiosa na nova aliança que ele nos deu através de sua morte. Ele é o mediador desta nova aliança (Hebreus 9:15). Seremos julgados por suas palavras (João 12:48-50). Desde que Jesus tem toda a autoridade, temos a responsabilidade de obedecer tudo o que ele ordena (Mateus 28:18-20).

O que o Novo Testamento diz a respeito das dádivas?

Jesus, através de Paulo, ensina que as igrejas devem fazer coletas nas quais os cristãos darão de acordo com sua prosperidade (1 Coríntios 16:1- 2). Temos que dar com amor, generosidade e alegria, conforme tencionamos em nossos corações (2 Coríntios 8:1-12; 9:1-9). Portanto, podemos dar mais do que 10% ou menos do que 10%. Temos que usar nossos recursos financeiros, e todos os outros recursos, no serviço de Deus. Não somos mandados por Deus para darmos uma porcentagem especial.

E a respeito das bênçãos?

Malaquias pregou a uma nação carnal que estava sofrendo as conseqüências carnais do pecado. Ele prometeu bênçãos materiais de Deus para aqueles que se arrependessem de sua desobediência. Não encontramos esta importância material no Novo Testamento. Deus garante aos fiéis que eles não precisam se preocupar com as necessidades da vida (Mateus 6:25-33).

Mas o Novo Testamento não promete luxo, conforto e riquezas. Jesus sofreu nesta vida, e assim seus seguidores sofrerão (Marcos 10:29-30; Lucas 9:57-62). A preocupação com a prosperidade material nos distrai da meta celestial e nos arrasta à idolatria da cobiça (Colossenses 3:1-5). Tais motivos não têm nenhum lugar entre os cidadãos do reino de Deus.

Distorcendo Malaquias 3:10

Aqueles que citam Malaquias 3:10 para exigir o dízimo, e prometem prosperidade material, estão destorcendo a palavra de Deus. Eles estão enchendo os tesouros das igrejas ao desviarem a atenção de seus seguidores das coisas espirituais para darem atenção às posses materiais. Pedro advertiu sobre tais mestres: “Também, movidos pela avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme” (2 Pedro 2:3).

Mirando a meta celestial

Deus oferece uma coisa muito melhor aos seus seguidores: um prêmio eterno no céu. Paulo nos desafia a mirar essa meta: “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as cousas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensai nas cousas lá do alto, mas não nas que são da terra” (Colossenses 3:1-2).

Por Dennis Allan

Fonte: http://www.estudosdabiblia.net/d11.htm

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões pessoais, questões doutrinárias, ataques pessoais, citações nominais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog serão excluídos. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.


Comentários:


  1. jose disse:

    Concordo com a maior parte do q vc diss, pricipalmente em relacao ao dizimo, mas guardar o sabado, assim como os outros 9 mandamentos foram abolidos tb? Os 4 primeiros mandamentos nao dizem respeito a amar a Deus e os outros 6 nao dizem respeito a amar o proximo?

  2. Kalil disse:

    Pare de inventar moda. Como vc mesmo disse, o dizimo é antes da Lei e essa história que podemos dar mais ou menos não existe. O texto de Coríntios refere-se a ofertas. Vigia!!!

  3. germano disse:

    José,
    Transcrevo aqui abaixo, a resposta que dei para esta questão em outro post. Recomendo que você o leia e também aos comentários. Está em http://leiaabiblia.blog.br/devem-os-cristaos-obedecer-a-lei-do-velho-testamento/

    Entenda que guardar qualquer aspecto da lei é o mesmo que dizer que o sacrifício de Jesus e tudo o que Ele fez não foi suficiente para nos salvar. Isso é uma heresia. Os versículos que você usa provam que não devemos guardar o sábado, quer ver? Preste atenção:
    1. Quem disse “Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos” em Tiago 2:10 não foi Jesus, foi Paulo. Além disso, a lei a que Paulo se refere não é a Lei de Moisés e MUITO MENOS a guarda do sábado. Leia todo o capítulo com atenção.
    2. Já em João 14:21 Jesus diz “Aquele que tem os MEUS MANDAMENTOS E OS GUARDA esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.” Perceba que em momento nenhum Jesus se refere à Lei do Antigo Testamento e muito menos à guarda do sábado. Jesus diz: MEUS MANDAMENTOS, ou seja, esqueça o que está no Antigo Testamento e preste atenção no que JESUS ORDENOU. Entenda que Jesus era acusado de transgredir a lei da guarda do sábado e por isso os fariseus queriam matá-lo. Veja:
    João 5:16 – “E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado.”
    João 5:18 – “Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.”
    Se NEM JESUS GUARDAVA O SÁBADO, porque nós deveríamos guardar? Pense, raciocine, ore, leia a Bíblia e clame por entendimento. Guardar o sábado é ofender a um Deus Santo que já fez TUDO por nós. Paz!

  4. Alexandre disse:

    Gostei do post, muito legal. Mas ficaram algumas dúvidas:
    É errado dar o dízimo?
    As igrejas pecam quando cobram o dízimo?
    Existe alguma denominação que não pede dízimo?
    Se não estamos mais sujeitos às leis do AT, por que a Bíblia completa considera o AT e o NT ?

  5. Verônica disse:

    Em mateus 23:23 o Senhor Jesus exorta os fariseus que tinha o máximo de cuidado em dizimar até das mínimas coisas, mas não obedeciam sua palavra. Ele ensinou que devíamos obedecer sem deixar de lado as outras coisas. (dízimo).

  6. kelly disse:

    Nao entendi nada. Entao é ou nao é pdar o dizimo??

  7. Henrique Medeiros disse:

    Dize-nos, pois, que te parece? É lícito pagar o tributo a César, ou não?
    Jesus, porém, conhecendo a sua malícia, disse: Por que me experimentais, hipócritas?
    Mostrai-me a moeda do tributo. E eles lhe apresentaram um dinheiro.
    E ele diz-lhes: De quem é esta efígie e esta inscrição?
    Dizem-lhe eles: De César. Então ele lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.
    Mateus 22:17-21

    O que é de Deus?

  8. Leandro Martins disse:

    Excelente estudo. Tinha que ser do Dennis Allan

  9. germano disse:

    Alexandre:
    É errado dar o dízimo?
    R. Se você não entendeu, por favor, faça o que eu recomendei no início do post, ou seja, leia atentamente, com calma e estudando em sua Bíblia cada uma das passagens citadas no texto. Ore antes pedindo entendimento ao Espírito Santo. Você entenderá.
    As igrejas pecam quando cobram o dízimo?
    R. Não existem “igrejas”. Existe a Igreja Verdadeira, a Noiva de Cristo e as denominações criadas pelos homens. E denominações não pecam; homens pecam.
    Existe alguma denominação que não pede dízimo?
    R. Existe, eles mudam o nome.
    Se não estamos mais sujeitos às leis do AT, por que a Bíblia completa considera o AT e o NT ?
    R. Porque Deus, em sua infinita sabedoria e bondade nos permite, através do texto bíblico, conhecer o Seu Plano de Salvação e toda a história da humanidade do primeiro ao último dia através das Escrituras. Leia a Bíblia, estude as Escrituras e você entenderá.

    Veronica,
    O que Jesus disse em Mateus 23:23 foi para os fariseus – portanto judeus e cumpridores da Lei de Moisés – e foi antes da morte de Jesus, quando o véu do Templo se rasgou de alto a baixo e a partir daí sim, passou a valer a Nova Aliança, o que Jesus nos ensinou. Até o momento da morte de Jesus, todos os JUDEUS (e somente os judeus) deveriam dar o dízimo. A partir da morte de Jesus, ninguém precisa dar o dízimo. Ninguém que não fosse judeu dava dízimo e o dízimo nunca foi dinheiro e nunca foi para Deus.

    Kelly,
    Se você não entendeu, por favor, faça o que eu recomendei no início do post, ou seja, leia atentamente, com calma e estudando em sua Bíblia cada uma das passagens citadas no texto. Ore antes pedindo entendimento ao Espírito Santo. Você entenderá.

    Henrique Medeiros,
    O que é de Deus?
    R. Louvor, adoração, seu tempo, sua vida e, principalmente, seu amor. Se você ama a Deus sobre absolutamente TODAS as coisas, a ponto de nada mais ser importante em sua vida, você está dando a Deus o que é dEle. Senão, repense. Dízimo NUNCA foi para Deus, NUNCA foi dinheiro e NUNCA foi para qualquer um que não fosse judeu de uma das doze tribos de Israel.

  10. Felipe disse:

    Pra que se limitar aos 10% de uma lei que foi cumprida e que não nos serve para nada? Dêem muito mais que isso! Seja na sua igreja local, seja em ajudar aos próximos, seja em compra de bíblias para distriobuir! São inúmeras possibilidades! Lembrem-se, o dinheiro te é dado para que você mostre ao mundo que ele não é importante em sua vida. Cristo é!

  11. Igor Jordao disse:

    Sr. Germano Luiz Ourique, admito que as igrejas de hoje tem feito da teologia da prosperidade baseada em dízimos e ofertas uma verdade mais importante que a cruz de Cristo. No entanto, seus argumentos (apesar de bem articulados), não estão falando a verdade, pois ainda é sim necessário e mandamento do próprio Cristo dizimar. Uma prova disso é MT 23:23 (que vc mesmo sitou). Nessa passagem Jesus fala que o principal é o não é o dízimo, só que, não anulou de forma alguma a ordem que vem desde Moisés de dizimar. Quero lembrar você que é um pecado de consequência grave distorcer a Palavra de Deus. Amém!

  12. germano disse:

    Igor Jordão,
    Como eu já mencionei ali acima, o que Jesus disse em Mateus 23:23 foi só para os fariseus – portanto judeus e cumpridores da Lei de Moisés – e foi ANTES da morte de Jesus, quando o véu do Templo se rasgou de alto a baixo. A partir DESTE EXATO MOMENTO é que passou a valer a Nova Aliança, o Novo Testamento. Até o momento da morte de Jesus, todos os JUDEUS (E SOMENTE OS JUDEUS) deveriam dar o dízimo. A partir da morte de Jesus, ninguém precisa dar o dízimo, nem judeus e muito menos os que não são judeus. Ninguém que não fosse judeu DE UMA DAS DOZE TRIBOS DE ISRAEL dava dízimo e O DÍZIMO NUNCA FOI DINHEIRO E NUNCA FOI PARA DEUS. O dízimo se destinava ao sustento dos Levitas, a tribo que ficou responsável pelo Templo e portanto não teriam condições de se sustentar por si próprios por não terem como plantar e criar animais. Veja: Números 18:21 – “E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo ministério que executam, o ministério da tenda da congregação.”
    Portanto, Igor, distorce a Palavra de Deus quem usa um versículo específico onde Jesus se dirige SÓ AOS JUDEUS para tentar fazer valer para nós nos dias de hoje. Entenda que somos salvos pela graça através da fé. Só. Nada mais. Isso é o Evangelho. Simples assim.

  13. Alexandre disse:

    Ao meu ver, o dízimo pode ser dado como uma forma de contribuição. O objetivo do dízimo é o que foi citado na resposta do Germano – manter alguma entidade/denominação e ajudar a pagar despesas com templo, ação social e remuneração de pessoas que dediquem-se exclusivamente a pregar a palavra. O que parece claro é que o NT não ordena essa prática expressamente como o AT…mas também não parece proíbir se as pessoas quiserem fazer uma contribuição fixa mensal de coração aberto, de acordo com sua prosperidade e possibilidade. Talvez falte nos cultos justamente mudar o enfoque – falar que a obra precisa de recursos e levantar mantenedores mensais fixos. Mas não sei como isso se daria em um templo.

    Cabe a cada cristão ver e acompanhar se o dinheiro do dízimo está servindo a um propósito conforme a vontade de Deus ou se está enriquecendo alguém, ou ainda se está sendo dado ou pedido como se fosse para somente obter bençãos.

  14. Igor Jordao disse:

    Sr. Germano Luiz Ourique, o lado espiritual não pode ser separado dessas questões e debates, por isso vou orar ao Espírito Santo para que ele me revele a verdade sobre esse assunto. Se seu ponto de vista estiver realmente correto, eu assumirei que o meu ponto de vista está errado.
    Não querendo tomar muito do seu tempo, pergunto: Você dizima?

  15. José Roberto de Oliveira disse:

    A lei que Jesus aboliu, foi a lei cerimonial e ritual, porém a lei moral não! O dízimo é espiritual, e somente os espirituais são motivados a devolver o dízimo. Se pastor a ou b está roubando ou embolsando o dízimo do fiel a Deus, é Deus quem vai tratar com esse pastor a ou b. A bíblia fala mais de administração do dinheiro do que fé e outas coisas mais. Quem pede para trazer o dízimo é o Senhor Deus, e em Mateus 23:23 Jesus apoia o dízimo!

    Vamos acordar!!!!!!!!!!!

  16. germano disse:

    Igor Jordão,
    Entenda que não se trata do meu ponto de vista, é o que está nas Escrituras, nada além disso. Você faz a coisa certa quando diz que vai orar ao Espírito Santo, pois Ele é quem nos dá o conhecimento, entendimento e sabedoria. Eu não dizimo e nem teria como fazê-lo, pois não faço parte de nenhuma denominação.

  17. germano disse:

    José Roberto,
    Leia com atenção a resposta que dei aí mais acima para o Igor Jordão sobre Mateus 23:23 e pesquise mais para entender o que foi o dízimo. Jesus não apoia o dízimo e o que você diz não tem base bíblica.

  18. Igor Jordao disse:

    Sr. Germano Luiz Ourique, perguntei ao Espírito Santo o que ele podia me dizer sobre o assunto ai do dízimo, a resposta: absolutamente nada. No entanto, Ele me falou muito sobre comunhão. Cara você diz ” não faço parte de nenhuma denominação.” Meu irmão o plano de Deus para a nossa vida é que nós, para crescer em fé, amor, paixão, santidade e mais outras maravilhas de Deus temos que estar em comunhão com os santos, e a igreja é o principal lugar para isso. Lembre dessa frase: ” a brasa fora do braseiro se apaga com muita facilidade.”
    Termino com palavras do rei Davi – que segundo a Bíblia era um homem segundo o coração de Deus – ” Fiquei alegre quando me disseram: vamos à casa do Senhor.”
    Sl. 122.1
    e, ” Eu amo o templo do Senhor, nosso Deus.”
    Sl 122,9.
    Amém.

  19. germano disse:

    Igor Jordão,
    Cresço em fé, amor, santidade e graça todos os dias estando em comunhão com outros santos da Igreja. Só que a Igreja não é um lugar, a Igreja somos nós.
    Leia o Novo Testamento. É lá que está a Igreja. Não existe Igreja no Antigo Testamento. O Templo ao qual Davi se refere não tem nada a ver com o Templo de Deus hoje, que somos nós.
    Atos 17:24 – “O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;”
    I Corintios 3:16-17 – “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.”
    I Corintios 6:19 – “Ou não sabeis que O VOSSO CORPO É O TEMPLO do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?”
    II Corintios 6:16 – “E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: NELES HABITAREI, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.”
    Efésios 2:19-22 – “Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus; EDIFICADOS sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que JESUS CRISTO É A PRINCIPAL PEDRA DA ESQUINA; no qual TODO O EDIFÍCIO, BEM AJUSTADO, CRESCE PARA TEMPLO SANTO NO SENHOR. No qual também VÓS JUNTAMENTE SOIS EDIFICADOS PARA MORADA DE DEUS EM ESPÍRITO.”
    Eu sei que pode soar estranho, pois estamos acostumados e ver e ouvir outra coisa, mas as denominações são invenções de homens, não são bíblicas. A porta é estreita, lembra? Mateus 7:14 – “E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, E POUCOS HÁ QUE A ENCONTREM.”
    Leia a Bíblia, estude as Escrituras com amor e dedicação. Nada, absolutamente nada vale mais a pena.
    Paz!

  20. Igor Jordão disse:

    Amém cara se você pensa assim, amém! A paz de Cristo, abraço!

  21. thiago de sena disse:

    Concordo plenamente com vc irmão Germano!
    Acontece que hoje as pessoas não procuram estudar mais o novo testamento. Se deixam ser educadas só pelo velho. Parecem que se convertem só por moda. Batem no peito dizendo que é dizimista fiel. Muitas denominações só querem lucrar financeiramente. Irmão eu procuro aprender e estudar com pessoas como voçê, que não teme a verdade. Lembro- me que uma vez, sendo enganado, me congregava numa denominação, quando cheguei pro tal pastor e disse que ia-me casar. Sabe o que ele veio me falar? “meu filho vc tem que ser dizimista. Dizimando vc afastará o devorador de tudo na sua vida”.
    Eu fiquei revoltado irmão! Desde então busco a verdade sobre Cristo e a nova alinça q ele nos deu. LIVRES de rituais e etc. Se muitos irmãos estudassem realmente o novo testamento não teria TANTAS denominações por aí. Forte Abraço.

  22. germano disse:

    Prezado Thiago,
    Esse é o motivo pelo qual devemos ler e estudar as Escrituras, dando exemplo e exortando outros para que façam o mesmo. Obrigado pelo comentário. Abraço.
    João 8:32 – “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

  23. Nelson D. Camargo disse:

    Pedir dízimo aos cristãos é um absurdo, ou é por ignorancia, ou é por má fé. Sómente os da tribo de Levi, podiam receber dízimos, alimentos, não dinheiro, para os seu sustento, porque os levitas eram proibidos de possuirem propriedades. Os que cobram dízimos hoje, cometem uma ilegalidade, porque, não são da tribo de Levi, possuem propriedades, e como possuem, e pior, não são transparentes na administração do dinheiro arrecadado, para a sua denominação, não prestando contas, aos membros. Dízimo, a maldição da Lei na Graça. A contribuição, segundo os apóstolos, é espontânea, cada um contribui, segundo propõe no coração.

  24. joseval disse:

    rapaz eu não perco o tempo com isso vcs ainda perdem o tempo de vcs, esqueçam essas coisas e preguem a fé, a misericordia e o amor, porque essas coisas só trazem problemas para o evangelho ou melhor para as pessoas pois o evangelho sempre será evalgelho, mais as pessoas ficam confusas, seria melhor deixar cada um se acertar com o proprio Deus.

  25. concordei plenamente com a explicação do dizimo esta corretamente correto.
    e concordo com o Joseval, devemos ensinar somente os ensinamentos que pertence aos gentios das graça os quais foram escrito pelas mãos do apostolo Paulo, ensinando a maneira de viver no reino de Deus. devemos viver a graça e a graça nos basta. na graça tem todos os conselhos eticamente padronizados de vida nova no evangelho de Jesus Cristo.

  26. o dizimo foi legitimado para homens que morre, morre na fé, pois os tais não confiam na poder de Deus e na sua misericórdia.
    devemos confiar somente em Deus, e nele esperar não em dizimo e obras mortas do passado pois tudo foi uma sombra do futuro de Cristo. quem paga dizimo não é filho de Deus, e sim escravo da lei do pecado, porque cristo nos libertou da lei do pecado. ja não somos escravos e sim filhos de um Pai, riquissimo em poder e glória para sempre. quem deve pagar imposto os filhos ou os escravos? os escravos é claro, mas nós ainda pagamos impostos parta não gerar escândalos no mundo, mas nem isso devíamos pagar porque tudo é de Deus e o que é de Deus é nosso também.
    mas como estamos em terra alheia devemos pagar mas somente impostos, dando a Cesar o que é de Cesar, e a Deus o que é de Deus que é obedecer a graça de Jesus escrita no evangelho somente, passou disso vem do maligno. a graça nos basta.

  27. Ricardo disse:

    O que está escrito em Malaquias 3: 10 é uma promessa como em todas as promessas bíblicas tem seus direitos e seus deveres ,estão vamos anular as promessas de Jenesis,exodo, salmos e ect. ? se vc for abrir mão das promessas de Malaquias vai ter que abrir do Salmo 23: 1 O Senhor é meu pastor e nada faltará … e ai ????

  28. Caro Germano, eu notei que conheces bastante sobre bíblia. Muito mais do que eu. Um dia quero ter um conhecimento avançado e juntamente com a graça dada por Deus para poder levar a palavra do Senhor através de textos de minha autoria. Mas quero ficar claro que não concordo. Vejo que tens conhecimento mas não observo em ti um discernimento que pode ser dado apenas pelo Espírito Santo. Por quê falo isso? É simples demais meu raciocínio! Hoje existem sim várias igrejas que aproveitam da condição dada por Deus no livro de Malaquias 3:10. Mas já paraste para pensar que o templo do Senhor precisa ser mantido? Que precisa de manutenção e a maioria deles de se estabilizar até. Onde e moro, no RJ, existem muitas igrejas pequenas, muitas mesmo! Não cabem em algumas delas nem 100 pessoas desconfortavelmente dispostas. Como o Senhor iria abolir sabendo dessas condições? O princípio de soberania e onisciência de Deus terá sido também coisa do passado? Se falar sobre o dízimo é errado… então não podemos citar Abraão como pai da fé? Davi como homem segundo o coração de Deus e dentre outros que marcaram nossa história? Eles viveram numa época pré-messiânica e pregar sobre eles também não faz sentido, já que muita coisa mudou. Se esse pensamento de mudança julga como errado a ordem de DEVOLVER o dízimo, é errado ser fiel como Abraão foi? O Antigo testamento foi invalidado então? Acredito que não! Tento lhe mostrar com isso, que os tempos sim mudaram, mas deixar de dar entregar o dízimo e as ofertas alçadas é adorar ao Senhor. É uma forma clara ao meu ver de agradecê-lo pelos benefícios que nos tem dado. Em especial, os materiais.

  29. germano disse:

    Ricardo,
    Eu sei que é triste quando a gente descobre isso, mas enganaram você. O dízimo é anti-bíblico e não existe mais dízimo faz dois mil anos. Além disso, o dízimo nunca foi dinheiro e nunca foi para Deus. O dízimo foi instituído por Deus para sustento dos Levitas, que cuidavam da Tenda da Congregação. Veja Números 18:23-26 – “Mas os levitas executarão o ministério da tenda da congregação, e eles levarão sobre si a sua iniquidade; pelas vossas gerações estatuto perpétuo será; e no meio dos filhos de Israel nenhuma herança terão, porque os dízimos dos filhos de Israel, que oferecerem ao SENHOR em oferta alçada, TENHO DADO POR HERANÇA AOS LEVITAS; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel nenhuma herança terão. E falou o SENHOR a Moisés, dizendo: Também falarás aos levitas, e dir-lhes-ás: Quando receberdes os dízimos dos filhos de Israel, que eu deles vos tenho dado por vossa herança, deles oferecereis uma oferta alçada ao SENHOR, os dízimos dos dízimos.”
    Ou seja, o dízimo era o correspondente a dez por cento do produto da agricultura e pecuária que era produzido pelas outras onze tribos de Israel e dados aos Levitas, que não tinham condições de plantar nem criar animais para o seu próprio sustento, pois eles se ocupavam unicamente com a Tenda da Congregação. Veja que o dízimo foi instituído por Deus unicamente para os Israelitas, para ninguém mais. Embora a maioria das denominações hoje aceite e até cobre dízimo com forma de manter as “igrejas”, essa prática é totalmente anti-bíblica e não reflete o que nos foi ensinado por Jesus e pelos apóstolos.
    Além disso, não estamos mais debaixo de lei nenhuma, vivemos o Evangelho da GRAÇA de Deus. Leia, por favor, o post http://leiaabiblia.blog.br/devem-os-cristaos-obedecer-a-lei-do-velho-testamento/ para entender.
    E a promessa de Malaquias se referia unicamente aos israelitas, não tem absolutamente nada a ver conosco.
    Leia a Bíblia, estude as Escrituras. Faça com deve ser feito, orando antes de ler e estudar e pedindo entendimento ao Espírito Santo.
    Sinceramente, espero ter ajudado. Paz!

  30. Dyego Gomes disse:

    Então quer dizer que quando Jesus falou sobre dízimo com os fariseus, ele estava ensinando segundo o velho testamento? E por que quando ensinou sobre o amor, perdão, graça, sobre não ser mais olho por olho e dente por dente, ele ensinou segundo o novo testamento? Ou você acha que quando Jesus pregava ele dizia: só dêem a outra face depois que eu morrer! Porque se o ensinamento sobre não ser preciso dizimar só valeria depois da morte de Cristo, todos os outros seriam da mesma forma. Caso contrário, estaria sendo incoerente. Desculpe amigo, mas prefiro errar pelo excesso que pela falta. Se Deus não cobra de você, tudo bem. Mas de mim ele já cobrou.

  31. germano disse:

    Prezado Wilian Almeida,
    Um dos grande erros hoje em dia é justamente esse de achar que existe algum “templo” além daquele que a Bíblia cita em I Corintios 3:16 – “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” e em I Corintios 6:19 – “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?”
    Não existe nenhum “templo” desde o ano 70 quando o General Vespasiano invadiu Jerusalém e destruiu o Templo de Jerusalém em uma das maiores carnificinas da história da humanidade. Era justamente a respeito disso que Jesus Cristo se referia em Mateus Cap. 24, que muitas pessoas erradamente acham que se refere ao final dos tempos.
    Jesus nunca disse para construirmos prédios e muito menos esses prédios são a Igreja Verdadeira. A Igreja Verdadeira é um corpo vivo cujos membros (os cristãos salvos) estão ligados entre si pelo amor (João 13:35) e cuja cabeça e Supremo Pastor é Jesus Cristo. Os cristãos nunca construíram nenhum lugar especial para se reunirem até que o Imperador Constantino, quando fundou a Igreja Católica, inventou essa coisa de templos. Poucas pessoas sabem e vivem hoje o que é a Igreja Verdadeira. Peço a você que seja paciente e leia e estude os posts abaixo, acompanhando com a sua Bíblia cada uma das citações, para entender o que é a Verdadeira Igreja, a Noiva de Cristo.
    http://leiaabiblia.blog.br/coisas-sobre-a-igreja-que-eu-nao-sabia/
    http://leiaabiblia.blog.br/ha-profetas-na-igreja-de-hoje/
    http://leiaabiblia.blog.br/afinal-o-que-e-igreja/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-igreja-do-senhor-como-se-chama/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-igreja-verdadeira-pode-ser-identificada-por-sucessao-historica/
    http://leiaabiblia.blog.br/qual-a-origem-da-igreja-catolica/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-igreja-e-seu-dinheiro/
    http://leiaabiblia.blog.br/igrejas-que-seguem-o-velho-testamento/
    http://leiaabiblia.blog.br/o-que-significa-a-palavra-igreja/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-igreja-universal-e-a-igreja-local/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-igreja-que-jesus-construiu/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-adoracao-na-igreja-local/
    http://leiaabiblia.blog.br/o-crescimento-da-igreja/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-igreja-verdadeira/
    http://leiaabiblia.blog.br/a-organizacao-da-igreja/
    http://leiaabiblia.blog.br/de-qual-igreja-voce-e/
    http://leiaabiblia.blog.br/nao-conhece-nenhuma-igreja-fiel/
    http://leiaabiblia.blog.br/escolha-a-igreja-certa/
    http://leiaabiblia.blog.br/qual-o-proposito-da-igreja/
    http://leiaabiblia.blog.br/qual-a-verdadeira-igreja/

  32. germano disse:

    Dyego Gomes,
    A partir de quando um testamento passa a valer? Após a morte do testador. Simples. “Quem crer e for batizado será salvo”. E o ladrão na cruz? Foi ANTES da morte de Jesus. Simples. Quando Jesus falou sobre dízimo com os fariseus, ele estava fazendo o que disse que faria, ou seja cumprindo a lei. Depois da morte de Jesus, acabou a lei. Além do mais, dízimo nunca foi dinheiro, nunca foi para Deus e nunca foi para qualquer povo que não os israelitas. Por favor, não peque pelo excesso, aceite a graça de Deus. Aos que pecarem por excesso Jesus dirá “Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” (Mateus 7:23) Leia a Bíblia, estude a Palavra de Deus, é lá que estão as respostas.

  33. Lúcio Flávio disse:

    Lamento discordar profundamente com esta abordagem. Dízimo é uma questão bíblica aplicada a grupos, denominações, altares, igrejas, como um irmão que não tem nenhuma denominação e nem freqüenta igrejas pode pregar sobre o assunto? Enxergo a relutância ao dízimo como a falta do desapego ao dinheiro. Se a igreja acumula riquezas, problema dela, se o pastor acumula riquezas, problema dele, meu dízimo quem recebe é Deus e é a minha paz e consciência que importa. Ou o cidadão de bem deve deixar de pagar impostos porque políticos roubam? Não! Dai a Cézar o que é de Cézar (impostos), e a Deus o que é de Deus! Fiquem na Paz!

  34. germano disse:

    Lucio Flavio,
    Onde, na Bíblia, você encontra base para as suas afirmações? Dízimo na Bíblia nunca foi dinheiro, nunca foi para Deus e nunca foi para qualquer povo que não os israelitas. Isso é bíblico. E Jesus Cristo nunca disse para construirmos um prédio para a congregarmos. Você não vai encontrar isso em lugar nenhum da Bíblia. Pense.

  35. Marcelo Batista disse:

    Gostaria de saber se ser menbro de uma denominação é errado? Não é bom os crentes reunirem para orar, louvar e estudar a palavra?

  36. germano disse:

    Marcelo Batista,
    Para os crentes reunirem para orar, louvar e estudar a palavra não precisa de denominação, precisa da direção do Espírito Santo.

  37. Eu sou livre, gosto da liberdade.

  38. JUNIOR O BEREANO disse:

    Uma questão que a que se tratar com muito discernimento é essa em que as leis do VT foram abolidas;entretanto muitos dos ensinamentos do VT são baseados nas leis de Moises.
    Quando Jesus O Cristo diz para amarmos a Deus sobre todas as coisas e amarmos ao nosso próximo como a nós mesmos logicamente que isso sintetiza os 10 mandamentos, e Jesus como um JUDEU não veio para descumprir a lei de seu PAI, mas instituiu a graça e a misericordia e o seu infinito e puro AMOR para que nós hoje possamos estar aqui discorrendo sobre tais questões.
    Em meu singelo ponto de vista nada se faz para quem quer que seja se não se tiver condições para tal. Não sou a favor de uma obrigatoriedade ,porém todo aquele que entendeu VERDADEIRAMENTE a mensagem de Cristo e de seus apóstolos tem a consciência do propósito do sacrificio de JESUS O CRISTO.
    Amar o próximo não é simplesmente se indignar com as condições desumanas a que muitos sobrevivem,e sim partilhar verdadeira e efetivamente para a mudança dessas situações.
    Por isso quando se dá uma oferta ou até mesmo um dízimo tem que se ter a clareza do que está sendo feito com essas arrecadações.
    Caso contrário o melhor a se fazer é voce mesmo doar diretamente a quem verdadeiramente nescessita.
    Nas comunidades cristãs primitivas haviam pessoas de todas as classes,porém todos viviam da mesma maneira,mas como em qualquer conglomerado humano infelizmente já existia certas divisões.
    E o que o mais certo é que onde existir o DINHEIRO sempre haverá a cobiça,e através disso outros pecados se farão presentes.
    Felizes e prósperos serão todos aqueles que conseguirem manter-se livres desses maus caminhos…
    Que o SENHOR JESUS possa estar abrindo mentes e corações para que o verdadeiro entendimento de seu propósito seja alcançado por uma grande maioria,pois bem sabemos que nem todos terão sabedoria suficiente para conhecer a verdade e serem libertos da ganância de muitos…

  39. Edna disse:

    Ao ajudarmos o nosso próximo , estamos também ofertando , ao darmos o nosso melhor para Deus ,

  40. Marcelli Rosa disse:

    Então, aonde os cristãos se reunirião?! Sim, porq não é todo mundo que tem um bom espaço e condições em casa para poder receber pessoas na mesma. Nós não precisamos de um espaço para podermos congregar?! Temos esse privilégio! E os que morreram lutando por esse direito?! ( falo da Igreja peseguida e jurada de morte ). Eles morreram atoa?! Sofreram em vão?! E se vc, Germano, não fosse brasileiro? Um muçulmano talvez? Como seria? Já pensou que triste viver sem conhecer a verdade e morrer sem nunca ter ouvido falar dela (Jesus) porq nunca ninguém te apresentou? Gostaria muito de poder evangelizar nesses lugares, pois sabemos que não ouvirão se não há quem pregue, mas não conseguiria com o dinheiro que tenho, precisaria sim de um auxilio financeiro. E quem melhor do que a Igreja para me ajudar nesta missão?! Sou a favor das doações e tbm da transparência, penso tbm que o que é doado às denominações deve servir tbm à pessoas que precisam.

  41. Gleison disse:

    Deuteronômio 14:24-27 “E quando o caminho te for tão comprido que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que escolher o SENHOR teu Deus para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR teu Deus te tiver abençoado;Então vende-os, e ata o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que escolher o SENHOR teu Deus;E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; come-o ali perante o SENHOR teu Deus, e alegra-te, tu e a tua casa;Porém não desampararás o levita que está dentro das tuas portas; pois não tem parte nem herança contigo.”
    Vejamos: O autor bíblico referindo-se ao dízimo judaíco, diz que se não for possível carregá-lo, vende-o por DINHEIRO e compra tudo que SUA alma deseja e desfrute ali diante do SENHOR. Naquela época já existia dinheiro sim e nem por isso o dízimo foi atribuido a ele. Digo porque a não existencia de moeda é uma argumentação comum entre os que pregam o dizimo citado do Senhor Jesus a respeito do coentro, cominho e hortelã ter sido daquela forma por causa da falta de moeda. E a dracma, e o talento, e as moedas de prata…. Reafirmando as palavras do irmão: Dízimo nunca se referiu a dinheiro. Quando da reforma Josianica os escritos reencontrados levaram Josias a reescrever o códico deuteronomico no formato que tão comumente atribuimos a Moisés, mas reparem que o reporter do texto sempre se refere a Móisés na terceira pessoa, não na primeira. Digo isso porque a prática do Dizimo templário e monárquico que o povo havia adotado até o tempo de Josias não tinha haver com o Dizimo dos hebreus, onde todo o povo se ajuntava para comemorar e usufruir. Ainda sobre o trecho biblico, como o ultimo verso fala sobre a parte do Levita, me adianto em dizer que levita eram os que eram da tribo de Levi e não pastores, musicos gospel (aliás Davi sendo um dos maiores compositores,divinamente inspirado não era levita e sim da tribo de Judá). Se levita cantava naquela época(como Mirian), cantar talvez fosse a menor atribuição de um Levita. Os profetas de cada época, destinados a conduzir o povo não necessariamente eram da tribo de Levi. Bom isso é teologia. O que importa é: O VT é a sombra do NT. A melhor forma de estudarmos o VT é com o intuito de achar Jesus nele: Ex: A pomba de Noé que volta com o galho de oliveira. Ora, a esperança de vida da humanidade estava onde a pomba repousasse. No NT O Espírito Santo em forma corporea de pomba pousa em Jesus(Oliveira Verdadeira) e retorna no tempo para Noé indicando que a esperança para a humanidade em meio ao dilúvio (morte pelo pecado) estava providenciada. Veja, tudo no VT são sombras a respeito de Jesus. Isaque e Abrãao. O Pai que entrega o Filho amado. Isaque pergunta, onde esta o cordeiro e João Batista, no futuro responde, eis o Cordeiro de Deus. Davi se pergunta: como pode o Senhor dizer ao MEU Senhor. Ora, se o Senhor de Davi, com quem ele se relacionava acentou-se a direita Daquele Senhor, sabemos que Este Senhor de Davi é Jesus. Não o Pai como alguns interpretam. Sempre foi e sempre será o Único que viu o Pai. A nós nos resta(e basta) conhecer o Pai pelo Filho até o dia em que veremos tal qual Ele é. “A sua Graça nos basta”. Lembrando que não deixo de amar a nenhum dos que me lem, os que concordam e os que livremente não. E sim concordo com caridade, ofertas e tudo que vá de encontro ao “Um novo mandamento vos dou: Ame ao seu próximo como EU os amei” Vejam que o mandamento ama a teu próximo como a ti mesmo também foi abolido e substituido pelo amor igual ao de Cristo. Imagino que por causa de tão pouco amor que alguns sentem por si próprio o Senhor Jesus não nos deixa escolha além do Agape que no latim pode ser traduzido como um verbo, uma ação, associada a caridade, possível ao homem, pois o entendimento principal: de um amor incondicional de Deus não há quem possa imitar. Amor Agape entre os homens não é sentimento, nem emoção é uma ação, um verbo, um fazer e sim, pode ser uma doação, uma oferta, um auxilio a missões, manter voluntariamente as necessidade de uma congregação como é do costume de algus(ainda que Paulo falava aos Judeus), uma marmita para um faminto, uma roupa… Boas obras sim, porque eu sou salvo, não para ser salvo.
    Jesus é o meu Senhor e Salvador e espero ser encontrado digno em sinceridade na sua volta.

  42. germano disse:

    Gleison,
    Afinal, você quis dizer o quê, com isso tudo aí? Confesso que não entendi. E gostaria de entender.

  43. Gleison disse:

    Essa colcha de retalhos que teci foi proposital. Notá-se pela sua eloqüência e conhecimento teologico que suas habilidades fazem a diferença na hora das suas exegeses biblicas. Não sei se as adquiriu por meio de algum treinamento mais cientifico, como hermeneutica ou se adquiridas por dom do Espirito Santo ou se como a maioria de nós, recebeu de graça por meio da vida de outros irmãos, enfim. Concordo com seu conteudo teológico e no futuro gostaria muito de beber mais dos seus conhecimentos e quem sabe agregar um pouco também. Só pretendi com meu texto confuso, invocar Marcos 6:34. Veja, pode acontecer, nas mentes de muitos irmãos que sinceramente querem descobrir a verdade e que dependem de orientação humana para tal (Romanos 10:14 e Atos 8:31) se verem tragados para dentro de um redemoinho de informações e causar dentro deles esse mesmo sentimento de angustia, por parecer que todos os lados para que se viram tem razão e no meio do fogo cruzado, ter de optar de qual lado ficar, como se estivessem numa guerra. PORQUE SÃO MUITAS AS VOZES. Excluo aqui as vozes dos aproveitadores que intencionalmente adulteram o entendimento das escrituras(destes me permito não entrar no mérito), mas existem inumeros lideres religiosos que são sinceros nas suas posições teologicas, mesmos que sinceramente errados. E isso é um PROBLEMÃO a ser enfrentado pelos que são chamados a anunciar o que de Deus lhes foi dado entendimento (Lucas 10:2). Ciência é um dom e nem todos receberam. Cabe aos que foram agraciados, entender que não dá para imputar a todos os irmãos a capacidade de buscar sozinhos o entendimento das escrituras, mas todos devem examinar o que receberam(Atos 17:11). Não creio que haja erro em congregar e receber do líder dessa congregação as orientações biblicas para um discipulado verdadeiramente Cristão. O problema é a falta de humildade da MAIORIA desses líderes em buscar treinamento para suas atribuições no corpo de Cristo. Porque, se para uns foi dado o dom de cuidar de outras vidas (o que não é fácil), também foi dado a outros (como me parece ser o seu caso), o dom de interpretar as escrituras e repassar para os demais. O problema, eu volto a insistir, é a falta de humildade em aceitar a diversidade de papeis no Corpo (Romanos 12:4-21). Hoje todo mundo quer SER completo, como no caso da maioria dos pastores, e outros querem que todos SEJAM completos, como no caso da maioria dos interpretes. E no meio disso ficamos “nós”(1 Coríntios 12:22) que temos papeis diversos também no mesmo Corpo. Quando a disputa teologica começa são as ovelhas que sofrem ao testemunhar o embate. Hoje eu discordo de muitas coisas que são ensinadas nas igrejas e também não congrego (se bem que congrego no trabalho, em casa…SEMPRE), mas se não fosse os primeiros passos na igreja(templo) eu não evoluiria no mesmo entendimento desses erros. É como a professora primaria que ensina o alfabeto com figuras como o “G de gato”. Hoje me parece tolice, mas me foi necessário no começo e se não fosse por esse caminho seria analfabeto até hoje. Minha posição é que a tempo para tudo e misturar todo mundo no mesmo debate pode causar sérios danos a vida espiritual de muita gente. Espero que entenda onde quero chegar. Não estou afrontando, só estou manifestando o que acho seja a angustia de muita gente. Agora minha relação com o Evangelho, nesse tempo em que vivo, talvez não no futuro e com certeza não era assim no meu inicio é que JESUS CRISTO traçou sua jornada ao INTERIOR do homem. E é sob essa lente que busco orientar os que tenho a honra de evangelizar. Como você disse, o templo somos nós, a mudança proposta pelo evangelho tambem. Não na fachada do prédio, não no entendimento do contexto socio-economico do Velho Testamento, não se devo dizimar ou não, não se eu congrego ou não, mas basear o discipulado no arrependimento que Jesus, segundo a Bíblia, nos pede, que é falar para nós mesmos o que ninguem mais ouve ou vê: Não! Hoje não vou brigar no transito, porque o Cristo que me salvou não brigaria. Não! Não vou olhar indignamente para aquela moça bonita que passa na minha frente porque o Cristo que me salvou não olharia. Não! Não vou brigar com minha esposa, marido, filho, filha, mãe, pai, porque o Cristo que me salvou me pede para aguentar mais um pouquinho… Não basta fazer as pessoas entenderem que somos INTERNAMENTE o templo do Espirito, temos que demonstrar que não são dogmas externos que importam, mas a transformação na mente do novo homem. É na nossa mente e no nosso corpo que a batalha entre os Salvos em Cristo acontece contra o adversário de Deus. Todo o resto são “regras de condomínio”. É dentro do “apartamento” que a obediencia ou não, aos mandamentos de Jesus se manifesta, porque os mandamentos de Jesus, ao contrário da Lei, são cumpridos dentro do homem. A justiça sem amor pode nos fazer implacável e infrutifero(Jó 6:24-26). O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor.Romanos 13:10. Paz e Graça a todos.

  44. Augusto Cunha disse:

    Caro irmão, Germano
    Tenho buscado entender o dízimo adequadamente, e nessa busca me deparei com seu post a respeito do assunto. Li-o e também todos os comentários dos demais irmãos. Quero me congratular com você por ter me esclarecido muita coisa. Sinceramente, sou muito desconfiado do destino que as congregações dão ao dinheiro arrecadado dos fiéis. É dispensável dizer que muitas realmente se desviaram totalmente do propósito de Cristo e dos apóstolos, juntando tesouros na terra. Mas isso não vem ao caso. O que estou sentindo ao final da leitura do seu artigo e dos comentários é algo que vinha florescendo em mim ultimamente: o desejo de servir a Cristo com a liberdade do Espírito. Quero empregar minhas ofertas em algo real, vivo. Por isso, peço ajuda ao irmão que me sugira algumas formas de fazê-lo. Pensei em adquirir bíblias para doação, cestas básicas para ofertar a irmãos em necessidade. Mas, se possível, gostaria de receber outras sugestões. Quanto aos comentários do irmão Gleison, entendo o que ele quis dizer. No final de tudo, só uma coisa basta: o amor. Como diz Paulo em I Co.13:1 a 3, sem amor nada adianta. Sugiro então um propósito aos irmãos que lerem este comentário: Independentemente de dar o dízimo ou não, deem amor ao próximo. Nós vivemos em um tempo tão traiçoeiro, que não temos tempo de amar nem a nós mesmos. Muitas vezes estamos agindo por puro ritualismo. Vamos às congregações aos domingos, achamos que nos enchemos do Espírito, e durante o resto da semana a vida secular nos absorve tanto, e temos tantos compromissos com o mundo, que a vida passa e não falamos de Cristo com ninguém, não lemos a Bíblia, não estudamos e examinamos por nós mesmos a Palavra. O meu desafio a todos é: Deem-se mais a Cristo. Ele não precisa do nosso dinheiro, mas pessoas precisam comer, pessoas precisam ler a bíblia, pessoas precisam sentir que existe um amor que não é simplesmente aquele das canções. Parabéns, irmão, pelo espaço livre de debates. Que não sejam apenas debates infrutíferos, nem geradores de contendas. Mas antes um lugar de congregar irmãos em Cristo, no firme propósito de servi-lo em amor e graça. Que o Senhor nos abençoe a todos, e nos motive, nos inspire a segui-lo com fé e retidão de caráter. Amém!! Amém!! Amém!!

  45. Yan Sousa disse:

    É, por este “estudo”, consigo ver quem é o senhor da sua vida. Fique com todo o seu dinheiro e mostre a Deus que vc não tem fé que se vc for fiel no pouco ele lhe colocará sobre o muito.
    Vejo que vc não se vê como filho de Deus (filho do Rei) e prefere comer as migalhas que caem da mesa.
    E a propósito, percebo que o senhor não entende de matemática, pois você disse que “as igrejas devem fazer coletas nas quais os cristãos darão de acordo com sua prosperidade”, meu caro amigo. Independente de sua renda, 10% serão sempre 10%.
    Se Deus te deu capacidade de conseguir 100%, pq vamos negar os 10%? Roubará o homem a Deus?
    Estou neste momento deixando de seguir suas publicações.

  46. RBD disse:

    Jesus trata do céu, a Torah trata da terra!
    Quando esse amado irmão que fez esse estudo para de usar uma Bíblia católica (traduzida por um padre) e usar os escritos originais das escrituras ele ira se arrepender e mudara de atitude, pois, eu também pensava dessa maneira, ate que eu conheci os escritos em hebraico e tudo mudou dentro de mim. Hoje sou dizimista e Adonai tem me abençoado tremendamente tanto espiritualmente como materialmente, pois, Adonai nos fez: corpo, alma e espírito, isso significa que ele nos abençoa em todas as 3 partes do nosso ser. É muita ignorância pensar que temos que viver mal na terra, pois, nosso corpo físico também é abençoado por Adonai. Quanto ao sábado eu não guardo ele, eu descanso nele, pois, sábado no hebraico significa descanso.
    E quanto a Torah, Jesus não veio abolir, ele veio completar (mateus 5.17 leia no original hebraico), outra coisa foram nos (os gentios) que fomos enxertado no povo de israel e não eles em nos (romanos 11.17-18), nos os gentios é que temos que aprender com o povo da promessa os judeus.
    Que Deus vos abençoe tremendamente.
    Shalom Adonai

  47. Ronald disse:

    Que polêmica…

    É tão simples… O dinheiro é dos caras… Deixa eles darem ps 10% pra quem quiser…

    A casa agradece!

    Ué… Afinal de contas, percebe-se que são muitos analfabetos que são alfabetizados…

    Acho melhor darem 90%… Afinal de contas o pouco com Deus é muito…

    O povão que gosta de ser enganado!!!

    E olha que tem gente de toda classe hein!

    Juíz, médico, doméstica, pedreiro, gari, estudante.. Essa galera do sistema religioso é fera!!! Consegue dobrar muita gente…

    Enquanto isso, o nosso Criador entristece…

    O Nosso Salvador persevera através de poucos que não são manipulados…

    É isso… Continuem a dar o dízimo e sejam felizes, afinal a minha vida continuará apesar disso… Na eternidade ao lado do Pai…

  48. Ronald disse:

    RBD,

    Beleza?!?

    Cara… Você é dizimista… Show… Mas fiquei com uma dúvida… Já que você é o cara ou a mina que lê em hebraico e tal… Me responde:

    E as outras ordenanças de Moisés? Pra não ficar mal explicado, estou falando da “Torat Moshé” תורת משה – A lei de Moisés… Tipo coloquei assim pra você não confundir e tal!

    Você tá mantendo firme tudo que ele determinou através delas?

    Tipo, você tá ligado nas ordenanças né?

    As 613… As 248 positivas e as 325 negativas…

    Não preciso me aprofundar por que você sabe!

    Véio, não vai falhar não hein?!?

    Se vacilar em uma, putzzzz da zebra…

    Paz!

  49. Ronald disse:

    Augusto,
    Boa noite…
    Boas palavras e realmente agraciadas…
    Pense no seguinte:
    “Como seria se fôssemos evangelizar somente pessoas que não sabem ler?”
    A bíblia não seria uma ferramenta adequada.
    Então, qual seria a saída mais rápida?
    Pregar do jeito que dá, oralmente… Era assim é o que o Nosso Salvador fazia…
    Hoje, com toda tecnologia, seja ela escrita numa folha ou através da net, a comodidade atravessa os corações e a mente de muitos…
    E pior, muitos tem a oportunidade de ter o dom da leitura e não o usam, preferem ser direcionados por outra pessoa.
    Agora, qual seria o outro caminho para o analfabeto?
    Poderíamos ensiná-lo a ler!
    Para isso ele teria que querer…
    Hoje, muitos são analfabetos para os ensinamentos do Nosso salvador. Simplesmente por que querem estar na moda.
    E na atualidade, estar na posição de ser melhor…
    E há algo mais nobre que obedecer ao Criador?
    É por isso que essa nobreza está escassa, simplesmente pelo fato de muitos estarem entrando pelas portas largas. Portas que cada vez mais se multiplicam… E levam milhares ao engano, pois estes não tem a humildade de reconhecer que o Verbo já fez uma sacrifício tão grande por nós e mesmo assim é desprezado por costumes e normas criadas por alguns homens manipuladores e inescrupulosos.

  50. Djalma Junior disse:

    Com toda essa polêmica eu venho dizer que eu sou e não sou a favor do dízimo(como forma de agradecimento a Deus por tudo o que tem feito por mim,claro que tudo quanto fizer nunca vai ser tão grandioso quanto a minha vida e minha santificação( Milagres)).
    Atualmente eu deixei de dizimar na denominação em que eu congrego,mas contudo eu utilizo os espaços e os recursos logo tenho que ter um bom censo de dar uma oferta para ajudar a manter a igreja.
    Mas vou deixar uma observação e uma dica,hora pois está nos mandamentos.
    Se você desconfia do rumo dos recursos que você disponibiliza para a denominação ou para alguém em específico,faça diferente.ESTÁ NOS 10 MANDAMENTOS,amor o próximo como a ti mesmo,logo se Deus falou isso é porque ele se agrada e muito com o que você tem feito para ajudar o seu próximo,logo o que você fizer para o seu próximo você estará fazendo para Deus.E também praticando aquilo que se chama anti-avareza que com tudo se transforma em humildade.

    Bom espero ter ajudado.

  51. Ronald disse:

    Djalma,
    Ajudou sim…

    Deixo-te dois pontos:
    1) Na boa… Denominações são empresas administradas em na maioria por pessoas que não tem legitimidade espiritual para guiar ninguém? E não me venha com essa de pessoas boas, sérias, que querem o bem… Por que se fazem o contrário que o nosso Criador determina estão sendo guiado pelo diabo… Mesmo que muitos, aí eu concordo, acabam entrando na onda da santidade postulada por homens, ou seja, entram nas ordens emanadas por homens e instituídas para quem quiser entrar em determinada denominação, deva cumprir essas ordens, sob pena de não poder fazer parte do time.
    Engraçado que a igreja é uma só, mas cada denominação tem sua regra própria. E tenho certeza que tirando as óbvias (amar o próximo, perdoar, ver o próximo com bons olhos, etc) milhares destas regras são infundadas.

    2) Manter a igreja. Entendo que temos uma terra fértil em nossos corações, e acabamos tendo a inclinação de ajudar entregando nossa ajuda a pessoas que organização determinada congregação.
    Deixo-te uma pergunta: Não seria isso uma forma de burlar a orientação do nosso Salvador?
    Por que disse: ‘Ide e pregai o evangelho’.
    São duas ações: Ir e pregar.
    Ir até as pessoas e pregar para estas pessoas.
    Hoje são usadas duas novas ações: “Venha e ouça”.
    Ora, e sabe por que isso. E é aí que quero chegar… Quando é feito isso (entrega recursos e tal), estamos TRANSFERINDO para outra pessoa o que é nossa obrigação. Para ser mais claro: estamos tirando o nosso da reta e colocando nas mãos de outros o deve ser feito por nós.
    Ah… Mas eu também vou e prego as pessoas, beleza! E também ajudo a congregação para que pessoas com dificuldade possam ter aquele primeiro contato com outras pessoas que estavam perdidas e tal. Show!
    Entretanto, como é essa congregação? Ela prega a velha aliança? Caso uma denominação fraudulenta usa alguma história verídica ou algum ensinamento de forma deturpada… Saia do meio desse povo e seja você o responsável por ajudar pessoas perdidas e que estão precisando achar o caminho, a verdade e a vida.
    Que só é possível quando se arrepende dos pecados, aceita o nosso Salvador com fé e assim é batizado com o Espírito Santo.
    Paz!

  52. joao veloso disse:

    Eu vejo essa abordagem válida, mas no meu entendimento, o termo Dizimo não pode ser aplicado no novo testamento, era uma ordenança da lei de moisés, jamais podemos dizer que se alguém não dar dízimo vai ser punido ou não terá a salvação, mas muitos pregadores sugere isso, pura heresia, no entanto eu me apego nas palavras de Jesus quando ele disse que; a nossa justiça deve exceder a dos escribas e fariseus , entendo que as nossas contribuição na obra deve ir além dos valores, deve ser feita em amor e não por qualquer outro motivo, vejo que Deus não se interessa por cotas, e sim pela intenção do nosso coração, portanto sou contra a taxa de 10% ao mês, mas sou a favor que pratiquemos a contribuição na obra do Senhor com amor, se mais de 10% , amem, se menos amem também, desde que seja feito de forma voluntária.

  53. atalaia de DEUS disse:

    dizimo foi abolido! e antes, quando existia, não era dinheiro e sim era alimento! hoje em dia eles pedem dinheiro e vivem em grande conforto os “pastores e seus familiares! e os fieis vivem na maioria das vezes com necessidade junto sua familia!
    não de dinheiro a esses pseudopastores! ajudem um pobre e necessitado!

  54. Anderson Mendes das Neves disse:

    Boa tarde a todos, a paz do Senhor Jesus seja convosco. Pois bem, para resumir toda a falácia e debate inútil, a questão é bem simples: o dízimo é para os levitas, nunca foi dinheiro e não vale mais no novo Testamento, quem gosta de ser enganado, parabéns você é um tolo conformado!

  55. André Mendes Elias disse:

    Germano, sou um fiel leitor de suas publicações, mais não concordei com esse comentário digo a cima sobre a lei que Jesus “aboliu” a lei que foi dada a Moisés a seu povo, Jesus mesmo disse em (Mateus 5:18)-“Que pode passar seus e terras nenhum jota o til se omitirá da lei.” Ou no versículo anterior no (5:17)-“Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas, não vim para ab-rogar , mais sim para cumprir. Se você pegar os evangélicos em nenhum momento Jesus foi em contradição com a lei mosaica.Agora na questão do sábado que foi dito que não devemos guardar se nem mesmo Jesus guardou.Como você sabe Jesus trabalhava como carpinteiro é em nenhum momento ele trabalhava aos sábados, nós sábados ELe fazia sim boas ações ajudando o próximo, você também não vê discípulos trabalhando ou fazendo coisas seculares ao sábados e sim eles espalhavam as boas novas. Muitos dizem que a lei foi abolida e existe duas Amar a Deus a cima de tudo e amar ao próxima . Esse não seria o resumo dos 10 mandamentos ? Os 4 direcionados a Deus e os 6 ao próximo. A lei nunca deixará de existir queria você ou não.

  56. germano disse:

    André Mendes Elias,
    .
    A lei, além de ter sido só para os judeus, acabou no momento da morte de Jesus na cruz do calvário. Leia com atenção. Preferencialmente, estude na sua Bíblia cada uma das passagens.
    .
    “Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o SENHOR: Porei a minha lei NO SEU INTERIOR, E A ESCREVEREI NO SEU CORAÇÃO; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.” (Jeremias 31:33)
    .
    “Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, NÃO EM TÁBUAS DE PEDRA, MAS NAS TÁBUAS DE CARNE DO CORAÇÃO.” (II Corintios 3:3)
    .
    “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do VELHO TESTAMENTO, O QUAL FOI POR CRISTO ABOLIDO;” (II Corintios 3:14)
    .
    “Sabendo que o homem NÃO É JUSTIFICADO PELAS OBRAS DA LEI, MAS PELA FÉ EM JESUS CRISTO, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados PELA FÉ EM CRISTO, E NÃO PELAS OBRAS DA LEI; porquanto PELAS OBRAS DA LEI NENHUMA CARNE SERÁ JUSTIFICADA. Pois, se nós, que procuramos ser justificados em Cristo, nós mesmos também somos achados pecadores, é porventura Cristo ministro do pecado? De maneira nenhuma. Porque, SE TORNO A EDIFICAR AQUILO QUE DESTRUÍ, CONSTITUO-ME A MIM MESMO TRANSGRESSOR. PORQUE EU, PELA LEI, ESTOU MORTO PARA A LEI, PARA VIVER PARA DEUS. Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. NÃO ANIQUILO A GRAÇA DE DEUS; PORQUE, SE A JUSTIÇA PROVÉM DA LEI, SEGUE-SE QUE CRISTO MORREU DEBALDE.” (Gálatas 2:16-21)
    .
    “Só quisera saber isto de vós: RECEBESTES O ESPÍRITO PELAS OBRAS DA LEI OU PELA PREGAÇÃO DA FÉ? SOIS VÓS TÃO INSENSATOS QUE, TENDO COMEÇADO PELO ESPÍRITO, ACABEIS AGORA PELA CARNE?” (Gálatas 3:2-3)
    .
    “Sabei, pois, que OS QUE SÃO DA FÉ SÃO FILHOS DE ABRAÃO. Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de justificar PELA FÉ os gentios, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti. De sorte que OS QUE SÃO DA FÉ SÃO BENDITOS COM O CRENTE ABRAÃO. TODOS AQUELES, POIS, QUE SÃO DAS OBRAS DA LEI ESTÃO DEBAIXO DA MALDIÇÃO; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. E É EVIDENTE QUE PELA LEI NINGUÉM SERÁ JUSTIFICADO DIANTE DE DEUS, PORQUE O JUSTO VIVERÁ DA FÉ. Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá. CRISTO NOS RESGATOU DA MALDIÇÃO DA LEI, FAZENDO-SE MALDIÇÃO POR NÓS; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;” (Gálatas 3:7-13)
    .
    “Logo, PARA QUE É A LEI? FOI ORDENADA POR CAUSA DAS TRANSGRESSÕES, ATÉ QUE VIESSE A POSTERIDADE A QUEM A PROMESSA TINHA SIDO FEITA; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro. Ora, o medianeiro não o é de um só, mas Deus é um. Logo, A LEI É CONTRA AS PROMESSAS DE DEUS? DE NENHUMA SORTE; PORQUE, SE FOSSE DADA UMA LEI QUE PUDESSE VIVIFICAR, A JUSTIÇA, NA VERDADE, TERIA SIDO PELA LEI. Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa PELA FÉ EM JESUS CRISTO fosse dada aos crentes. Mas, ANTES que a fé viesse, ESTÁVAMOS GUARDADOS DEBAIXO DA LEI, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. De maneira que A LEI NOS SERVIU DE AIO, para nos conduzir a Cristo, para que PELA FÉ fôssemos justificados. MAS, DEPOIS QUE VEIO A FÉ, JÁ NÃO ESTAMOS DEBAIXO DE AIO. Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.” (Gálatas 3:19-26)
    .
    “SEPARADOS ESTAIS DE CRISTO, VÓS OS QUE VOS JUSTIFICAIS PELA LEI; DA GRAÇA TENDES CAÍDO.” (Gálatas 5:4)
    .
    “Porque TODA A LEI SE CUMPRE NUMA SÓ PALAVRA, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.” (Gálatas 5:14)
    .
    “MAS, SE SOIS GUIADOS PELO ESPÍRITO, NÃO ESTAIS DEBAIXO DA LEI.” (Gálatas 5:18)
    .
    “Este é o meu filho amado; A ELE OUVI.” (Marcos 9:7).
    .
    “Um NOVO MANDAMENTO VOS DOU: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.” (João 13:34)
    .
    “Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, na sua carne DESFEZ A INIMIZADE, ISTO É, A LEI DOS MANDAMENTOS, QUE CONSISTIA EM ORDENANÇAS, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz,” (Efésios 2:14-15)
    .
    “Assim, meus irmãos, TAMBÉM VÓS ESTAIS MORTOS PARA A LEI PELO CORPO DE CRISTO, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus. Porque, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, que são pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte. MAS AGORA TEMOS SIDO LIBERTADOS DA LEI, tendo morrido para aquilo em que estávamos retidos; para que sirvamos em NOVIDADE DE ESPÍRITO, E NÃO NA VELHICE DA LETRA.” (Romanos 7:4-6)

  57. luiz fonseca disse:

    a paz do senhor JESUS irmão GERMANO que o nosso DEUS continue te abençoando grandemente nos ensinamentos bíblicos , concordo plenamente em tudo que o irmão explicou esta corretíssimo . Para aqueles que acham que é correto dizimar tudo bem ! mais eu quero dizer uma coisa pra vocês meus amados , se vocês acham que dar o dízimo é mais importante que o sacrifício de JESUS CRISTO na crus do calvário , então eu não sei oque precisa para vocês serem salvos AMÉM meus amados .Peço que DEUS faça a obra na vida de vocês meus queridos . A bíblia diz em provérbios cap.2,6 porque o senhor da a sabedoria , da sua boca vem o conhecimento e o entendimento , então meus amados peçam em oração que DEUS concede .Não corrão riscos não se engane não o deixe que vos engane AMÉM meus queridos fiquem com DEUS .

  58. germano disse:

    Luiz Fonseca,
    .
    Obrigado pelo comentário. Deus o abençoe e à sua família.

  59. josé disse:

    Olá nobre Germano, creio que Deus, através do Espírito Santo está me orientando e direcionando a buscar entendimento e creio que cheguei até a ti por Ele e tenho uma dúvida em relação a Hebreus 10:25 que orienta a igreja que somos nós a congregarmos. Me ajude por favor! Podemos adorar e celebrar ao Senhor em nossos lares? E em relação a Santa Ceia, podemos reunir alguns irmãos e compartilhar deste momento precioso? Muito Grato! A Paz de Cristo!

  60. germano disse:

    José,
    .
    Me alegra em Cristo Jesus perceber a ação do Espírito Santo na sua vida.
    .
    Respondendo às suas perguntas:
    .
    Podemos adorar e celebrar ao Senhor em nossos lares?
    R. É claro que sim. Era exatamente isso que os cristãos faziam no primeiro século.
    .
    E em relação a Santa Ceia, podemos reunir alguns irmãos e compartilhar deste momento precioso?
    R. Com relação à ceia, devemos observar o que está na Bíblia. Por favor, leia os posts abaixo que vão lhe ajudar a estudar mais detalhadamente como realizar a ceia de acordo com a vontade de Jesus:
    http://leiaabiblia.blog.br/onde-celebrar-a-ceia-do-senhor
    http://leiaabiblia.blog.br/como-celebrar-a-ceia-do-senhor
    http://leiaabiblia.blog.br/qualquer-um-pode-participar-da-ceia
    http://www.respondi.com.br/2013/04/qualquer-cristao-pode-participar-da-ceia.html
    .
    Deus o abençoe e à sua família.

  61. carlos disse:

    Nem todos estão dispostos a compreender as Escrituras Sagradas. Contudo, sr. Germano, a questão do dízimo é tudo que o sr. esclareceu. Passa pela minha cabeça que o sr. já foi membro ou visitou a Congregação Cristã no Brasil. Pois ela é a única ou uma das únicas que não apelam pelo dízimo, mas se alguém quiser dar 10, 20 , 30 por cento, será para gastos com a igreja ou membros desempregados.
    Ah, é para ajudar os mais necessitados, idosos, órfãos, deficientes. Os gastos são para as contas de luz, água etc. Os membros desempregados recebem ajuda até ficarem empregados novamente.

  62. germano disse:

    Carlos,
    .
    Eu não fui membro nem visitei a CCB. Embora tenha informações que corroboram o que você diz. Obrigado pelo comentário.

  63. Wesley disse:

    Caro irmão Germano, sou um seguidor dos seus posts e particularmente, aprecio sua sabedoria, mas tenho uma dúvida…
    Já ouvi dizer por aí, que como na época da lei não havia ”dinheiro”, o dizimo era com os alimentos….Hoje o nosso dinheiro seria como o alimento da época que era produzido… Por isso o ato de dizimar….
    O que você acha disso? Dessa comparação do alimento daquela época ser como se fosse o dinheiro hoje e por isso a obrigação do dizimo…
    Obrigado
    Que a paz esteja contigo

  64. norival disse:

    É logico meus caro quem não quer dar o dizimo vai arrumar um argumento para não doar o dizimo,a i a obra não cresce a palavra fica amarrada.

  65. Iasmin disse:

    Jesus diz, que veio não para revogar a lei ou os profetas, mas para cumprir.

  66. José Costa disse:

    Eu devolvo o dizimo com alegria, não obedeço taxa de 10%, devolvo o que tocar meu coração, vejo a fala em algumas igrejas que o talão da luz da águs não é prioridade, mas se cortar a igreja vai te dar o dinheiro do talão ?

  67. Daniel disse:

    caro germano tem uma coizinha que voce e varios nao etenderam na biblia ainda. os israelitas nao aprenderam a guardar o sabado para eles nao se podia nem fazer boas obras as obras de Deus. entendi. entao veio cristo fazendo as obras no sabado,em um certo texto disse jesus:meu pai trabalha até agora certo,mas qual é trabalho de Deus, pense voce nao ve jesus exercendo nenhum trabalho para si mesmo a nao ser obras espirituais, o sabado foi interpretado errado e até hoje é lembre se vc nao ve na biblia jesus trabalhando, mas vc ve paulo que fazia tenda-atos c18 v03. fala- se do oficio de cristo mas nao aos sabados como carpinteiro. nao quero brigar e sim aprender foi por isso que entrei aqui no seu blog mas vi isso sobre o sabado e quiz falar. toda via que eu e vc e todos fiquemos unidos e na paz do nosso salvado jesus o messias que havia de vir e veio e voltara.amémmm
    .
    esqueci de uma coiza se nao devemos viver da lei entao voce poderia ter varias esposas, matar,roubar,ter imagens de escultura pois é do tempo da lei, mas lembre-se foi escrito com o dedo de Deus é a unica parte da biblia escrita com o dedo de Deus. Exôdo capitulo3.verso18
    .
    Devemos (observar) a lei mas quem nos justifica é cristo nao quer dizer que voce tenta guardar os dez mandamentos que sera salvo por isso mas sim pela graça somos salvos mediante a fé e isso nao vem de vós é dom de Deus. porque se voce nao conhece a lei nao ha pecado pois vc nao conhece a lei, mas apartir dai que vc conhece voce observar para nao cair naqules erros mas se cair pedimos perdao pois o sangue de cristo nos purifica de todo o pecado basta confessar se arrepender.

  68. germano disse:

    Prezado Daniel,
    .
    Continue lendo e estudando a Bíblia. Você não faz a menor ideia do que significa a graça de Deus. Observar (ou guardar) qualquer lei que seja é uma heresia. Veja Gálatas 5:4 – “Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído.”
    .
    Por favor, leia toda a carta de Paulo aos gálatas com muita atenção e orando antes pedindo entendimento ao Espírito Santo. O que você disse no seu comentário não tem base bíblica.

  69. Daniel disse:

    eu li galatas. 5.4 muito bom. eu nao me justifico pela lei, mas sei que devo observa-la. exemplo voce obviamente tem se for casado tem 1 só esposa mas nao poderia ter mais pois HA LEI DIZ para nao cobiçar. NAO DIGO QUE SE JUSTIFIQUE DIGO QUE SAO 10 MANDAMENTOS E DEVEMOS OBSERVA-LOS E ENTRE ELES ESTA O SABADO QUE SE PODE FAZER O BEM nele O QUE NAO SE PODE É TRABALHAR,MAS PARA OS JUDEUS CURAR ALGUEM no sabado ÉRA UM TRABALHO EU NAO ACREDITO ASSIM. agora com todo o respeito me diz com sua palavras o que era a guarda do sabado ao seu ver. ha faz assim mande para o meu email. excursoesvilelasturismo2002@hotmail.com. fica com Deus. e até la.
    obs: NAO SOU ADVENTISTA DO SETIMO DIA.

  70. germano disse:

    Daniel,
    .
    A guarda do sábado foi um mandamento, uma ordem de Deus dada exclusivamente aos israelitas quando eles estavam no deserto do Sinai. Nenhum outro povo da antiguidade nem dos tempos atuais recebeu este mandamento de Deus que dizia para observar a guarda do sábado. É isso que era a guarda do sábado. Pelo menos é o que está na Bíblia. Para ajudá-lo a entender, recomendo que leia os posts abaixo:
    .
    http://leiaabiblia.blog.br/trinta-razoes-para-nao-guardar-o-sabado
    http://leiaabiblia.blog.br/o-proposito-do-velho-testamento
    http://leiaabiblia.blog.br/igrejas-que-seguem-o-velho-testamento
    http://leiaabiblia.blog.br/alguma-parte-do-velho-testamento-vigora-hoje-em-dia
    http://leiaabiblia.blog.br/por-que-devemos-estudar-o-velho-testamento
    http://leiaabiblia.blog.br/devem-os-cristaos-obedecer-a-lei-do-velho-testamento
    http://leiaabiblia.blog.br/a-lei-do-antigo-testamento-e-boa
    http://leiaabiblia.blog.br/jesus-revogou-a-lei-do-antigo-testamento
    http://leiaabiblia.blog.br/a-lei-de-deus-sempre-foi-a-mesma-para-todas-as-pessoas

  71. Francisco Otaviano disse:

    Por que Jesus tinha um tesoureiro?
    Por que algumas mulheres ajudavam financeiramente o ministério de Jesus Cristo?
    Por que o apóstolo Paulo abre mão do direito de receber salário da igreja?
    Batismo nas águas salva?
    Batismo com o Espírito Santo salva?
    Santa Ceia salva?
    Falar em línguas estranhas salva?
    Ser pobre salva?
    Ser rico salva?
    Ser membro de uma igreja salva?
    Cantar no coral salva?
    Ser cantor gospel salva?
    Ir no show do grupo gospel salva?
    Ser casado salva?
    Ser solteiro salva?

  72. Joao Meira Correia disse:

    Graça e paz , gostei mesmo do post, fiquei feliz que existe pessoas que entende a palavra de Deus e pode explicar muito bem sobre determinado assunto, espero que muitos que nao concordaram com a explicaçao possa orar a Deus e pedir para ele lhe da explicaçao , pois hj muitos lideres religioso só pensam em si mesmos e nao na verdadeira igreja de Cristo , como nós sabemos que a igreja de Cristo somos nós mesmo precisamo que outras pessoas sai da alienaçao da religiao eprocure entender as escrituras sagrada como o proprio Cristo nos manda examina- las para julgarmos ter nela a vida eterna . um certo pastor da igreja que eu frequento diz que nao acredita em salvaçao para que nao é dizimista e só fala em dízimos e ofertas , fico mim perguntando onde estar o amor de Deus para com as pessos irmao Germario e como muitas pessoas sao enganadas por ouvirem tais pregaçoes , as vezes da vontade de levantar e dizer umas verdades para este pastor , mas vc sabe se eu fizer tal procedimento muitos irmaos ali vao mim taxar de rebelde e que estar se levantando contra o pastor e a “igreja do Senhor” e com isto estou muito triste com tanta falsidade que existe hj nos templos feito pelo homem. estou muito feliz em ler este artigo mim esclareceu bastante e tirou minhas duvidas sobre este assunto.

  73. infelizmente hoje nos dias atuais, as igrejas se depravam quando se fala em dizimo, o dizimo se tonou um empecilho no coração daqueles que Já pelo tempo de caminhada deveriam serem mais espirituais, mas continuam carnais devido a cegueira pelo dinheiro, e a ganancia.
    pois os avarentos não entram no reino do céu, e não deixam aqueles que querem entrar, mas não entram devido aos escandalos causados por este pedaço de mandamentos antigos que não leva a nada, a não para a pedição de muitos,.

  74. Daniel disse:

    Ja que voce nao observa a lei gostaria de saber quantas mulheres tem e quantas imagens tem em sua casa, e quantas pessoas matou esse ano e quantos assaltos fez por esses dias.

  75. germano disse:

    Daniel,
    .
    Você tá legal? Tudo bem com você? O cérebro travou, né? Bate com a cabeça na parede que de repente pega no tranco…

  76. Paloma disse:

    Ótimo estudo! É uma pena que as pessoas prefiram ainda continuar no engano e enchendo os bolsos desses falsos pastores. Aposto que quem refuta essa palavra ainda não fez um estudo bíblico profundo. “Meu povo perece por não examinar as escrituras”. A paz.

  77. Jonas disse:

    Germano, a Respeito do nome de Jesus Cristo e Deus a qual devemos chamar, pois dizem que é nomes pagãos. Otimo estudo. estou aprendendo muito, e descobrindo muitas coisas e sem julgar meu proximo. Que Deus te abençoe meu irmão continue assim, sua coroa da vitoria vai ser linda :)

  78. Jonas disse:

    tenho duvidas tambem sobre a Ceia que devemos fazer. nos mesmos em nossas casas a podemos fazer ? onde na biblia diz isso ? e o batismo ? quem vai nos batizar nas aguas se nao tivermos um pastor para isto ? na biblia diz quem pode nos batizar nas aguas ? Obrigado.

  79. Jonas disse:

    Obrigado Irmão, vou ler tudo. tenho mais duvidas. se puder responder. oque aprendemos sobre Apocalipse, sobre a Biblia, profecias que ja aconteceram e que vão acontecer, podemos passar a frente o conhecimento ? ou devemos guardar apenas para nós ? e sobre a igrejas, templos, pastores, padres e etc. pra mim vejo que são todos iguais. me lembro de ter lido algo na biblia que dizia, Deus nao habita em templos feito por maos de homens. Obrigado irmão Deus te abençoe e a ele seja dada toda a gloria e adoração. fica na paz

  80. Jonas disse:

    e sobre o casamento? Deus exige que seja aprovada pela lei do homem ( casar no papel ) ou isso pra ele nao importa ? é so arrumar uma companheira e viverem juntos ? tenho duvidas pois tenho minha companheira porem nao somos casados no papel. Obg

  81. germano disse:

    Jonas,
    .
    O que está escrito é: Atos 17:24 – “O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;”
    .
    E também: Mateus 10:8b – “de graça recebestes, de graça dai.”
    .
    Sobre o casamento, leia Romanos 13.
    .
    Faz o seguinte: clica ali em cima em “Evangelismo na web” e dá uma olhada no conteúdo do CD que o blog está vendendo. Tem tudo isso que você perguntou e muito mais. Olha lá!

  82. Antonio Rodrigues Cruz disse:

    Falta isenção da parte de pessoas que se propõem a comentar assuntos bíblicos.
    Mesmo que a pessoa está ligada a algum credo não pode declará-lo no momento que se propõe a ser formador de opinião. Fazendo isso provoca isonomia, ou seja, a igualdade de direito de pensar que o seu credo é o verdadeiro. É interessante mostrar as fontes isentas, fazer declarações sem paixão.
    Voltando ao assunto fico a perguntar onde acomodaria as pessoas que viessem a aceitar o ensino e quisesse aprender mais de uma pessoa que tornou-se líder por ter convencido pessoas a aceitarem o ensino. A menos que a obra fosse medíocre haveria necessidade de acomodar muita gente o que geraria despesa que de alguma forma teria que ter um fonte. Discordo dos tele-evangelistas que focam em dinheiro e tornam-se milionários, R$ 2.500,000,00 é muito dinheiro e poderia ser empregado em benefício de muitos, tais como ambulância, medicamentos, alimentos e toda uma assistência social necessária. Este valor era pago a uma emissora de TV para exibição de programa por um tele-evangelista. Isto posto concordo com o dízimo como forma de manutenção dos templos e o uso na assistência social.
    Procurei ser o mais moderado possível. Obrigado. Com bençãos.

  83. Luiza Jardim disse:

    Muito bom o artigo Germano, peço licença para divulgá-lo via face, Skype, etc. Muitas Graças!

  84. Resposta:Ao Henrique Medeiros
    COMENTARIO SOBRE MT 22:21: Daí, pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.
    Conforme o contexto Mt 22:15,16; foram os discípulos dos fariseus que falaram com Jesus; enviados pelos próprios fariseus.
    ANALISE DO VERSICULO
    Parte A: Daí a César o que é de Cesar; refere-se de fato aos impostos. Pois a moeda era do tributo Mt 22:19; tinha a efígie (gravura do rosto de César) e inscrição de césar Mt 22:20-21. Então os impostos de fato pertenciam a César.
    Parte B: E a Deus o que é de Deus; Cristo não está referindo-se a dízimos; como muitos ensinadores e avarentos interpretam (Só pensam em dinheiro em muitas coisas que lêem). Cristo está falando de ensinos profundos baseado na Lei e nos profetas.
    Cristo está falando com os discípulos dos fariseus, estes (fariseus) eram dizimistas; conforme Mt 23:23, com certeza os seus discípulos tinham aprendido muito bem com seus mestres; conforme Mt 23:2-3; sobre circuncisão, guarda de sábados, dias festivos, sacrifícios, dízimos, ofertas alçadas e eram ensinados a praticar; conforme Mt 23:4. Cristo não estava falando com leigos no assunto. Tanto prova que Cristo chamou-lhes de hipócritas Mt 22:18, também Cristo não está falando de dízimos como muitos pensam; pois aqueles discípulos dos fariseus conheciam o assunto de dízimos muito bem; não havia necessidade de Cristo ensinar-lhes sobre dízimos; pois conheciam a Lei.
    Para entendermos o verdadeiro sentido desta frase é necessário ter alguns conhecimentos básicos das promessas da lei e dos Profetas.
    Conforme Mt 23:2 Cristo diz: Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.
    Quem era Moisés? Líder do povo durante 40 anos no deserto.
    Quem eram os escribas e fariseus? Os escribas eram copiadores da Lei , os Fariseus eram membros de uma seita conforme At 26:5 composta de mestres da lei Mt 23:7, faziam parte do sinédrio Jo 7:44-53; Mt 26:57, 59 e também os saduceus conforme At 5:17
    Então, concluímos que, escribas, fariseus, saduceus e principais sacerdotes eram os lideres do povo At 4:5-6, e ocupavam o trono de Davi naquela ocasião; dominando, manipulando e tendo autoridade sobre o povo.
    Devemos notar que Jesus disse na Cadeira de Moisés: Esta expressão é símbolo ou sinônimo de liderança e autoridade.
    O povo de Israel sabia que o Cristo seria da descendência de Davi e que nasceria em Belém de Judá Jo 7:42, seria o herdeiro do trono de Davi Sl 132:11-18, Mq 5:2, Jr 23:5, Mt 2:5-6. O próprio cego Bartimeu sabia, quando dizia: Jesus, filho de Davi! Tem misericórdia de mim Mc 10:47, ele cria que Jesus era o Cristo prometido; herdeiro do trono de Davi. O Emanuel (Deus conosco).
    Vejamos quais eram estes ensinos embutidos na frase: E a Deus o que é de Deus:
    Então, concluímos que Cristo não estava falando de dízimos, como muitos avarentos e aproveitadores pregam, Cristo estava REIVINDICANDO O TRONO DE DAVI; que estava nas mãos dos fariseus e saduceus,Cristo estava dizendo: devolvam-me o trono de Davi, o domínio e a autoridade que vocês exercem sobre o povo de Israel; porque pertencem a mim; Eu Sou o Emanuel (Deus Conosco), então; daí a Deus o que é de Deus. Portanto, os discípulos dos fariseus sabiam muito bem a que Cristo estava se referindo e levariam a resposta a seus mestres; que também entederiam a mensagem.
    Para que Jesus concretizasse esse Reino, seria necessário que eles cressem que Jesus era o Cristo (O Messias); então o reinado de Cristo iniciaria na alma, através da fé e depois iria se exteriorizar no físico; eles entregariam o domínio, o controle e a liderança de Israel á Cristo; então eles estariam dando a Deus o que pertencia a Deus: Que é o trono de Davi; O reino de Deus nas suas vidas e na Nação. Louvado seja o Senhor!
    ENSINOS MORAIS PARA IGREJA CRISTÃ, NA EXPRESSÃO: DAÍ A DEUS O QUE É DE DEUS.
    Devemos dar em nossas vidas lugar para Cristo reinar e assim ele será o Emanuel (Deus Conosco).
    O Apostolo Paulo, usado pelo Senhor diz: Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal Rm 6:12, nem tão pouco apresenteis os vossos membros ao pecado como instrumentos de iniqüidade Rm 6:13.

    Conclusão
    Cristo nasceu para reinar Jo 18:37, mas foi rejeitado Jo 18:35; por isso agora o seu reúno não é deste mundo Jo 18:36. Atualmente, Cristo reina sobre a Igreja (Os que crêem em Seu nome e são Fiéis á sua palavra).
    Em Jo 3: 11-12 diz: Veio para o que era seu (O trono de Davi), e os seus (Seus contemporâneos – O POVO) não o receberam.
    Mas, a todos (Judeus e Gentios) quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos que crêem no seu nome.
    Cristo deve reinar em absoluto em nossas vidas. O reino de Deus começa em nossa vida interior; e depois se exterioriza através da honestidade, sinceridade etc.
    Cristo terá o reino de Israel e do mundo; herdará o que pertence a Ele eternamente Ap 11:15.
    A frase do Senhor: Daí, pois César o que é de César; refere-se de fato aos impostos;que deveriam ser pagos á César.
    E a Deus o que é de Deus; refere-se ao reino de Davi, que Cristo veio herdar e não a dízimos como muitos avarentos e aproveitadores pregam e ensinam.
    Louvado seja o Senhor Deus!

  85. gostei da explicação sobre o dizimo, é plenamente um entendimento pelo espirito santo, esta corretíssimo a explicação, a graça nos basta.

  86. ótimo comentário a graça nos basta.

  87. o dizimo na epoca foi autorizado para alimentar os levitas, e os pobres e estrangeiros da epoca da lei.
    hoje em dia devemos doar a fé pela pregação da palavra do evangelho para as pessoas se alimentarem desse dizimo espiritual que é pregar o evangelho.
    dar a cesar o que é de cesar, e dar a Deus o que é de Deus, as almas convertidas do mal caminho dos homens.

  88. vamos doar um tempo de nossa vida para ajudar na pregação do evangelho, não devemos negar o evangelho as pessoas que stão famintas por ouvir de nossa boca esse alimento.

  89. se todos os povos doar dez por cento de seu tempo para levar a palavra aos corações vazios, ou seja, as casas vazias sem alimentos espirituais que hoje simboliza os dizimos para que não falte na casa de Deus que é o coração dos seres humanos a fé que vem pela palavra.

  90. aviso importante: Jesus disse batizai a todos em nome do pai e do filho e do espirito santo, mas infelizmente muitos estão praticando o batismo sem o nome de jesus, o que a bíblia nos ensina é que todos sejam batizados em nome do senhor Jesus, atos cap, 2 ves, 38

  91. rogerio pessoa disse:

    graças a Deus irmão,por Deus ter aberto a sua mente atraves das escrituras,pois por muito tempo compartilho desta mesma visão,e hoje pude me alegrar e ja nao me sinto sozinho por ter esta mesma linha de pensamento,pois a biblia ela é verdadeira ,e por si só se responde. ficarei grato se pudemos nos compartilha de assuntos fora da linha de pensamentos que as comgregaçoes estao ensinando e vedando os olhos dos servos e Deus nestes ultimos tempos tem levantado os seus remanecentes ensinando e pregando o que realmente esta escrito.amém

  92. Eduardo disse:

    Olá irmão Germano. Em relação a Mateus 23:23. Comente esta passagem em relação ao dízimo. Grato!

  93. Anderson Luiz Ferreira disse:

    O mundo está como está porque a Palavra de Deus fica presa em Igrejas, entre 4 paredes onde só o pastor dá seu ponto de vista e todos os aceitam.
    Ide e pregai em meu nome, ide a todos os lugares. Simples assim, reunir entre 4 paredes pra que? É o mesmo que ir em uma escola e ficar sem exercer a função a que fostes formados.

  94. Elton Rodrigues disse:

    Gostei bastante de toda sua argumentação, li todos os comentários também. Nunca achei interessante o dízimo, sempre achei a oferta mais interessante ou a ajuda ao próximo. Uma coisa que me apego bastante, é o afinco que muitos tem sobre o dízimo, mas outras coisas que existiam também na lei de Moisés omitem. Seguem o que acham conveniente seguir kkkkk.
    A unica coisa que não concordei foi sobre o seu comentário sobre a CCB. Na realidade não entendi.
    Eu faço parte do conselho administrativo da CCB em São José dos Campos. Basicamente em toda igreja existem caixas na saída, com vãos “manutenção, obra de caridade e especial (algo especial que apareça, quando acontece calamidades, a ultima no RJ por exemplo)” e quem quiser vai lá escondidinho e coloca o quanto quiser, e para a destinação que quiser. Se não quiser contribuir ninguém verá mesmo kkkk
    Ao final de todo ano existe a prestação de contas, num domingo especifico, o culto é realizado de uma forma diferente para ler o balanço de todo o dinheiro arrecadado e a destinação. Seja para construção de igrejas, manutenção, assistência a pessoas carentes. Cada cidade tem o seu próprio corpo administrativo e por lei é prestado contas, e no final as pessoas que participam assinam a ata de comparecimento, ficando aberto a quem quiser depois da leitura do balanço conferir valores e destinações, tiramos xerox dos balanços e deixamos para lerem com mais calma depois, fora os comprovantes de pagamento e etc que fica o tempo todo na tesouraria para consulta. Eu acho estranho muitas argumentações de outros irmãos quanto o ao real destino do dízimo que alguns dão. Pq ao meu ver toda a igreja tem que fazer uma assembléia de prestação de contas, então fica complicado dar uma destinação errada ao dinheiro. No caso da CCB todos são voluntários (eu por exemplo dedico um dia para a administração do dinheiro da igreja de graça) os pastores (lá tem outro nome) trabalham e não recebem dinheiro também. Finalizando (já me estendi muito) a parte que você diz: “tenho* informações que corroboram o que você diz” significa o que? que você tem informações que é cobrado dízimo, ou da real destinação dos recursos? Se for a segunda opção acho que quem passou essas informações a você se enganou, pq como eu me prolonguei explicando, é difícil alguém “roubar/desviar” o dinheiro (digo pela CCB pq me dedico a essa parte, outras igrejas não sei), já que todo ano é feito a prestação de contas. Boa noite, e novamente parabéns pelo blog, gostei bastante dos seus artigos.

  95. Luiz disse:

    Querido irmão !!
    Meus parabéns pela sua matéria, que Deus possa sempre iluminar sua mente.
    Tenho um blog também com o mesmo pensamento é claro baseado na Palavra de Deus, como você fez.
    Muitos me perguntam se eu conheço algum blog ou site sobre o mesmo assunto e digo que não, mas agora já posso indicar o seu, caso você me autorize é claro.

  96. Pablo Maia disse:

    Homem de Deus, aprendi que o dízimo é 10% oferta é que é o quanto quiser e tenho visto e ouvido experiências de crente sobre isso umas até triste rs não acho isso certo não, dízimo não é seu, é de Deus e do pastor, agora o Senhor deve ser pastor, nãomprecisa de dar o dízimo só receber e administrar né?
    Conheci um pregador que morreu e ressucitou porque não dava o dízimo rs hoje ele conta seu testemunho, rsrs eu creio assim rs amém :)

  97. joao mendonça disse:

    Deus o criador da terra e o que tudo nela ha não precisa do meu nem do teu dinheiro se vc dar o dizimo é para um homem que se diz pastor com certeza não é para o Senhor nosso Deus.

  98. Leila disse:

    Li o seu texto, confesso que fiquei impressionada com o seu conhecimento, mas fiquei com algumas duvidas…. tipo: o sr. falou de denominações. eu frequento uma… será que Deus se agrada? no texto diz que dizimo nos dias de hoje não é bliblico, isso ficou bem claro a luz da palavra…. mas ofertar pode?? o sr. disse que não frequenta nenhuma denominação, então como o sr. faz para se reunir com os irmãos e Cristo, para orar e louvar a Deus…. e aonde o sr. prega o evangelho??? desde já agradeço por sua atenção!!!!!!!! Deus o abençoe!

  99. germano disse:

    Leila,
    .
    Deus se agrada da nossa obediência em amor. Assim como um pai se agrada de um filho. Pelo simples fato de que os planos de Deus são perfeitos e o os nossos não. Ofertar é bíblico e uma prática necessária na ajuda aos santos, ou seja, para auxiliar àqueles irmãos necessitados (não é o que vemos nas “igrejas” denominacionais). Reunir-se com irmãos em nome de Jesus é fazer exatamente o que está na Bíblia (Mt 18:20). Leia o post http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja
    .
    E quanto a “pregar” o Evangelho, o fazemos vivendo o Evangelho. Quando necessário, falamos.

  100. paulo roberto disse:

    perfeito você só esqueceu de citar malaquias cap:2 pra quem Deus usou o profeta.

  101. Fernando Rosa disse:

    Excelente estudo irmão. Segundo as escrituras nos dizem em tiago, a verdadeira religião e visitar os orfãos e viuvas em suas necessidades e guarda-se da corrupção do mundo. se ao menos os dizimos que as denominações recolhem suprissem as necessidades daqueles que não tem nada, seria um bom argumento dizimar em plena graça. Se nós somos a igreja e templo do Espirito, onde está a casa do tesouro pra alguém entregar seus dizimos? Cadê um levita pra nós entregarmos os dizimos a eles? pela lei de moises só eles recebem. A graça de Jesus me é suficinte.

  102. Claudio disse:

    Texto esclarecedor para os dias atuais! Dizer que 10% de que é pobre é a mesma coisa que 10% de quem é rico, é muita falta de leitura bíblica! Chamar de ladrão quem ganha 1mil reais e oferta 2% da renda e não chamar de ladrão quem ganha 20mil e dar míseros 2mil para o Reino de Deus, é muita falta de leitura bíblica! Deus tenha misericórdia de líderes que pregam um falso ensino sobre contribuição financeira para o Reino de Deus, e a você, Germano, Deus continue a lhe dando sabedoria para confrontar o falso evangelho! Graça e paz!

  103. ARTUR disse:

    SÓ LEMBRANDO COMENTÁRIOS ACIMA SOBRE TEMPLO.
    DIZ: E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
    Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

    Atos dos Apóstolos 2:46-47

  104. germano disse:

    Artur,
    .
    O Templo foi destruído no ano 70 por ocasião da invasão de Jerusalém pelos romanos. Exatamente como Jesus disse que aconteceria em Mateus 24. Não ficou pedra sobre pedra. Portanto, não existe mais o Templo. O que existe lá é uma mesquita muçulmana. Digita no Google: “domo da rocha”.

  105. jose nilton disse:

    meu cara germano concordo plenamente com vc nao vejo nenhum amparo biblico para esta pratrica no novo testamento durante muitos ano fui dizimista mas sempre pedir discernimento a deus nesta questao i deus tem mim da discernimento bastante para concluir que si temos que dizimar teremos tambem que obedecer a lei e nois nao vivemos mas na lei e sim na graca sei que para muitos fanatico que nao estuda a biblia e que engole tudo que o seus lider ganaciosos dizem e erado nao dessimar mais gracas a deus que hoje estou liberto deste fardo imposto pelos religiosos hoje sirvo a deus em espirito e em verdade gostaria de falar com vcs pra conversarmos um pouco sobre esta i outras questoes meu cel 74-81431008 claro

  106. NVSouza disse:

    Matéria abençoada desse irmão. Sempre devolvo o dízimo aonde congrego, se usa para reforma da igreja e outras coisinhas mais, mas não fica para os pastores. Mas depois dessa matéria vou preferir ajudar necessitados que conheço. Germano preciso ter mais estudos teus sobre muitos assuntos. Como faço para isso? Quem não aceitar essa verdade no coração peça a Deus que ilumine. Conheço o evangelho a quase 21anos e agora vim a saber verdades sobre dizimar, sempre tive dúvidas mas Deus quando quer é que nos mostra o caminho certo. Germano parabéns!!! Deixa Deus te usar. abs

  107. IVANILDO JST disse:

    paz de CRISTO_ irmao .GERMANO .meu nome e IVANILDO JST . sou – CP.NA – IPDA – creio NA PALAVRA DI { DEUS} AGRAderço PELA Revelaçao -de -DEUS – ao seu coraçao- DEUS tia bençoi -per doimi nao sei esqre ver ; para miditaçao; jeremias – E vos darei pastoris segundo o meu coraçao, que vos apascentem com ciencia e com inteligencia-cp-3 v .15 ;acredito entudo

  108. wesley disse:

    Assunto muito bom! ora dizimo era no tempo da lei ordenança de Deus para seu povo,algumas pessoas vão pegar trechos da qual Jesus falou no novo testamento sobre dizimo ora se Jesus falou estava ainda vivo,se estava vivo ainda vigorava a lei,a graça a qual vivemos hoje começou depois da morte de Jesus.

  109. rosilda disse:

    Irmão o sr diz que não é de nenhuma den ominação , muitos dizem que por Deus não habitar em templo feito por mãos de homem eles não adoram e nen se reunem em templos gostaria que o sr falasse um pouco do seu ministerio.

  110. Jose Nilson disse:

    germano muito obrigado. muito completo li todos os comentários e fiquei satisfeito com a resposta.

    você disse que ofertar é bíblico onde eu posso fazer uma oferta?

  111. jose raio disse:

    Tenho 64 anos, andei 20 e poucos anos na I.U.R
    e até fui obreiro, dei montes de dízimos, carro, campanhas, fogueiras santas e tudo isso não mudou minha vida porque essa seita não dá nada a ninguém ainda tira o pouco que o pobre tem para viver e se ficar na miséria é posto de lado porque já não tem para encher os bolsos desse maçon que se chama edir macedo e a seita que o segue, Graças a Deus que me livrou de tudo isso e é por isso que Deus diz ” dizei a verdade e ela vos libertará” Maldito o homem que acredita no homem porque não há um que seja santo todos são pecadores. Hoje só quero andar nos caminhos de Jesus e seguir seus conselhos. Não sustento mais gatunos que usam o nome de Deus para roubarem os pobres. Deus abençoe a todos. Amen

  112. jair disse:

    gostaria de conhecer uma igreja evangélica que não peça o dízimo.
    campo grande ms

  113. Wilson disse:

    Amigo, vc estudou a Bíblia ou está falando com entendimento no Senhor?
    Não tem sentido vc mencionar Mateus 23:23 se esquecendo de Lucas 11:42 onde Jesus deixa claro que não devemos omitir o dízimo.

  114. germano disse:

    Wilson,
    .
    Por favor, leia novamente com atenção texto do post. Os dois versículos (Mt 23:23 e Lc 11:42) são citados no mesmo. Ah! Deletei a parte que você copiou. Quer comentar? Comente sem copiar de outros sites ou blogs. Obrigado.

  115. Wilson disse:

    Germano, estou cansado de ficar respondendo sempre a mesma coisa para sujeitos que se esperneia, se escandaliza e tenta chamar Cristo de mentiroso dizendo que o dízimo foi abolido, que não é obrigação de gentis (como eu e vc), que morreu na velha aliança, etc e tal.

    É por isso que colo, porque eu já tenho as respostas prontas de tanto debater este tema, porque as desculpas são sempre a mesma, praticamente idênticas, olha a sua réplica? Mudou de assunto, tá vendo como eu tenho razão. Vc ficou nervoso que até esqueceu do foco que é o dízimo e já partiu para o lado pessoal.
    O copiar e colar foi pensado para facilitar o trabalho de pessoas inteligentes que ao invés de ficar sempre falando as mesmas coisas, basta fazer uma vez só para na próxima réplica não ficar perdendo tempo em sempre ter que responder a mesma coisa, mesmo pq, muitas vezes a gente responde de forma incompleta e sempre esquece alguma coisa, elaborando o texto e tendo uma cópia é mais fácil copiar e colar, assim não se esquece nada.
    Quanto a criatividade, não preciso de criatividade para responder sobre o que acho correto, não se trata de um trabalho onde a criatividade conta e sim de uma resposta baseado na palavra de Deus, o importante é manter o foco e responder com palavras firmes para não deixar dúvidas aos que são contrários porque o meu foco não é fazer vc dar o dízimo ou obrigar vc a dar o dízimo e sim que na palavra de Deus está escrito que devemos dar o dízimo, não está escrito o dízimo foi abolido, ou alguma coisa como Jesus disse, quando eu morrer não precisa mais dar o dízimo, ou Jesus falando, só os judeus tem que dar o dízimo, ou ide e pregai o evangelho somente ao povo eleito de Deus. A mensagem meu amigo se estende a todos os Cristãos, e eu sou um deles.

    Outra coisa que esqueci de dizer, eu não sou um religioso, eu sou apenas um Cristão que crê em Cristo!

    Eu creio que Jesus não aboliu o dízimo na nova aliança e provei isso, agora vc…até agora só bla, bla, bla….qdo muda o foco é pq não tem como argumentar.

    Se tiver réplica, na próxima se acalme e concentre-se para manter o foco, não fique bravo comigo pq eu não tenho culpa de entender da forma que acho correta e por fim, cada um acredita naquilo que quer, não é verdade?
    Gostaria que vcs fossem honestos e colocassem o meu texto inteiro, pelo que reparei, a moderação multilou a minha postagem que abordava o assunto completo sobre o meu entendimento sobre o dízimo sem desviar o foco.

    Uma pessoa honesta não faria isso em um assunto onde não existe ofensa, não existe palavras de baixo calão, não existe indução e nem propaganda de igreja e vcs da moderação excluíram todo o meu raciocínio.

    Não escrevi nada falando mal de ninguém, não falei palavrão e nem ofendi religião nenhuma.

    Tem que ser honesto, isso é, ser honesto é principio de um Cristão, se não querem a opinião verdadeira das pessoas, porque criar tópicos de discussão?

    Qual o objetivo de vcs? Impor que o autor é correto? Vamos falar sobre a verdadeira palavra de Deus, neste caso o foco é o dízimo não é verdade?

    A impressão que tenho é que o fórum é tendencioso.

    Tem que moderar e excluir coisas absurdas sim, mas tudo que escrevi é baseado na palavra de Deus.

  116. germano disse:

    Wilson Campos,
    .
    Não foi só o dízimo que foi abolido por Jesus Cristo, todo o Velho Testamento o foi: “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do VELHO TESTAMENTO, O QUAL FOI POR CRISTO ABOLIDO;” (II Corintios 3:14)
    .
    Além disso, o dízimo NUNCA foi dinheiro, era o produto da agricultura e da pecuária: “Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher do campo.” (Deuteronômio 14:22)
    .
    Para ficar bem claro que o dízimo era o produto da agricultura e pecuária e NÃO ERA DINHEIRO, era para ser entregue SOMENTE EM JERUSALÉM e se destinava SOMENTE AOS LEVITAS, leia por favor, com muita atenção o que está escrito em Deuteronômio 14:22-29: “Certamente darás os DÍZIMOS DE TODO O FRUTO DA TUA SEMENTE, QUE CADA ANO SE RECOLHER DO CAMPO. E, perante o SENHOR teu Deus, NO LUGAR QUE ESCOLHER PARA ALI FAZER HABITAR O SEU NOME, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias. E quando o caminho te for tão comprido que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que escolher o SENHOR teu Deus para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR teu Deus te tiver abençoado; ENTÃO VENDE-OS, E ATA O DINHEIRO NA TUA MÃO, E VAI AO LUGAR QUE ESCOLHER O SENHOR TEU DEUS; E AQUELE DINHEIRO DARÁS POR TUDO O QUE DESEJA A TUA ALMA, POR VACAS, E POR OVELHAS, E POR VINHO, E POR BEBIDA FORTE, E POR TUDO O QUE TE PEDIR A TUA ALMA; COME-O ALI PERANTE O SENHOR TEU DEUS, E ALEGRA-TE, TU E A TUA CASA; PORÉM NÃO DESAMPARARÁS O LEVITA QUE ESTÁ DENTRO DAS TUAS PORTAS; pois não tem parte nem herança contigo. Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas; então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o SENHOR teu Deus te abençoe em toda a obra que as tuas mãos fizerem.”
    .
    O dízimo NUNCA foi para Deus, se destinava ao sustento dos Levitas, órfãos e viúvas: “E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo ministério que executam, o ministério da tenda da congregação.” (Números 18:21)
    .
    E o dízimo NUNCA foi ordenado para ser entregue em qualquer outro lugar que não a Tenda da Congregação e posteriormente o Templo em Jerusalém: “Então haverá UM LUGAR que escolherá o SENHOR vosso Deus para ali fazer habitar o seu nome; ali trareis tudo o que vos ordeno; os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e toda a escolha dos vossos votos que fizerdes ao SENHOR.” (Deuteronômio 12:11)
    .
    E, por fim, o dízimo foi uma ordem de Deus somente aos israelitas, NINGUÉM MAIS: “Porque os dízimos DOS FILHOS DE ISRAEL, que oferecerem ao SENHOR em oferta alçada, tenho dado por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel nenhuma herança terão.” (Números 18:24)
    .
    Causa-me estranheza o fato de você não mencionar no seu comentário (que agora eu aprovei na íntegra) um único versículo ou passagem bíblica sequer para embasar seus argumentos. Eu acabei de lhe mostrar aí acima PORQUE o dízimo não existe na Nova Aliança e o fiz com base na Palavra de Deus. E eu não publico aqui nos comentários os textos copiados de outros sites ou blogs em respeito aos leitores e ao tema do blog, que é só a Palavra de Deus. Quando quiser comentar, comente com base no que está na Palavra de Deus sem copiar textos alheios e seu texto não será cortado.
    .
    Recomendo fortemente que você leia com muita atenção, orando antes de ler e pedindo entendimento ao Espírito Santo de Deus, o post http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja

  117. Wilson Campos disse:

    Bom, então tá bom, vamos debater de forma honesta ok.

  118. germano disse:

    Wilson Campos,
    .
    Se você quiser “debater”, vai ficar sozinho, isso é anti-bíblico: “Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs.” Tito 3:9
    .
    E eu achei que você estava sendo honesto. Mas já que você falou em honestidade, vamos começar por você ler com muita atenção e responder com base bíblica às minhas afirmações. Depois que você fizer isso eu permito que você poste aqui.

  119. Wilson Campos disse:

    Anti Bíblico??? Desde quando falar a verdade é anti bíblico? Vc ensina tudo errado pros outros e quando alguém te corrige vc fica nervoso a ponto de censurar só pq tem um entendimento acima do esperado? Quer dizer, vc cria um forúm só para os seus seguidores, e não dá margens para os que não concordam com vc por se basearem na verdade?

    É sempre assim estes que não apoiam o dízimo, sempre tem uma desculpinha para deturpar a palavra de Deus, a primeira é que o dízimo morreu com a lei da Velha Aliança, quando a gente mostra que não morreu, ai que o dízimo era somente alimento, quando provamos que o dízimo na época também era em dinheiro, ai vem com outra passagem que nada tem a ver com a abolição do dízimo por Jesus, ai quando se encontram em dificuldade em entendimento de coisas que não sabe explicar, ai se irrita e vem com essa palhaçada de desculpa esfarrapada de dizer que debate é anti bíblico. E ensinar o evangelho de forma errada, é Bíblico????
    Eu já sabia amigo, seu forum é tendencioso, o senhor não é honesto, se fosse, me convenceria pela palavra de Deus onde está o engano no meu entendimento, em vez disso, com viu que ia passar vergonha, melhor censurar, e foi isso que fez com todos que tem um melhor entendimento que o seu. Muito simples, o forum é seu, melhor eliminar a concorrência.

    Lembre-se, não sou sua concorrência e nem quero ser, mas pelo menos sou honesto, quando vejo que estou errado eu procuro me corrigir com o que eu aprendo com os outros que no caso seria vc, mas como vejo que eu que tenho razão vc deveria aprender comigo, o seu orgulho pode ser o seu fracasso, talvez por isso a sua igreja não cresce.

    Faz o seguinte, deleta todos os meus posts, aqui não é lugar para os que vc considera inimigo.

    Nem me responda que não vai ter resposta da mesma forma que me censurou me recuso a entrar para ver a sua resposta seu desonesto.

  120. germano disse:

    Wilson Campos,
    .
    Ao menos por respeito aos leitores do blog, você poderia responder aos comentários que fiz mostrando para você na Palavra de Deus que o dízimo NUNCA foi dinheiro, NUNCA foi para Deus, NUNCA foi para ser entregue a mais ninguém que não os Levitas (que não existem mais), NUNCA foi para ser entregue em nenhum outro lugar que não no Templo em Jerusalém (que não existe mais) e, além disso, você não vai encontrar nenhuma linha na Palavra de Deus que fale em dízimo para a Igreja. Me entristece que você não consiga buscar na Palavra de Deus nem um versículo ao menos para embasar as suas afirmações. Foi por isso que eu fiz esse blog, Wilson, para que as pessoas se dessem conta da importância de ler a Bíblia. E de buscar entendimento no Espírito Santo de Deus. Eu não tenho nenhum seguidor (a não ser no Twitter; lá tem mais de 250 mil) não sou membro nem frequento nenhuma igreja denominacional, não faço parte de nenhuma seita, religião, grupo ou congregação de qualquer tipo que seja e hoje aguardo meu lugar à Mesa do Senhor enquanto dedico parte do meu tempo em pregar o Evangelho da Graça de Deus através da internet. Faço isso já há mais de 4 anos e nesse tempo tenho visto muitas coisas. Uma delas é gente que não tem o menor conhecimento da Palavra de Deus falando sobre o que não conhece.
    .
    Ao dizer “o senhor não é honesto, se fosse, me convenceria pela palavra de Deus onde está o engano no meu entendimento”, você mostra que não tem o menor entendimento da Palavra de Deus pois nem sabe quem nos dá o entendimento. Recomendo que você humildemente admita que não sabe sobre do que está falando e leia a Bíblia, pois você não leu e SABE que não leu. Isso é sério, Wilson. Cada um dará conta DE SI a Deus (Rm 14:12). Pense.

  121. Wilson Campos disse:

    Agora quer que eu comente pela palavra, coisa que eu fiz e vc dilacerou, responder pra vc me censurar novamente? Depois diz por respeito eu deveria dar satisfação…vc é muito incoerente, por isso não merece crédito, vc quer que as pessoas caiam no seu mesmo engano.

    Eu provo que o dízimo não era somente alimento pela palavra e também provo que Jesus aprovou o dízimo na nova aliança, mas vc manipula a minha resposta da mesma forma que tenta ensinar os seus leitores o seu engano.
    Vc jamais vai aceitar o dízimo por orgulho, para não se envergonhar, para não demonstrar o seu equivoco, e pelo seu orgulho prefere correr o risco de perder a salvação ensinando o evangelho de forma errada.

  122. germano disse:

    Wilson Campos,
    .
    Você não comentou. Você copiou um comentário e isso eu não permito aqui nos comentários. Não consigo enxergar nenhuma incoerência no fato de eu pedir a você que comente com base na Palavra de Deus o que eu já mostrei a você, ou seja, que o dízimo NUNCA foi dinheiro, NUNCA foi para Deus, NUNCA foi para nenhum outro povo que não os israelitas, NUNCA foi para ser entregue em nenhum outro lugar que não em Jerusalém no Templo e NUNCA foi para ser entregue a ninguém mais que não os Levitas (que não existem mais).
    .
    Gostaria muito que você provasse pala Palavra de Deus que Jesus aprovou o dízimo na Nova Aliança. Mas você não vai conseguir. Pelo simples fato de que isso não existe na Palavra de Deus. Duas dicas: a) A Nova Aliança tem início no momento da morte de Jesus; até ali é tudo Velho Testamento. b) Jesus jamais pregou para os gentios. Ele só pregou para os judeus. Quem pregou para os gentios foram os apóstolos, principalmente Paulo.
    .
    Wilson, eu até creio que alguém possa, por engano ou falta de conhecimento, dar dízimos com o coração sincero e achando que está fazendo algo para Deus. Mas quem tem um mínimo de conhecimento da Palavra de Deus sabe que dar dízimos é uma heresia. Além de ser uma das comprovações da apostasia que a Bíblia diz que tomaria conta da Igreja no fim dos tempos.

  123. Pedro disse:

    Não sou teólogo, tampouco frequento alguma denominação (Como os senhores se referem a igrejas, templos, etc). Sou médico neurologista e psiquiatra. Confesso que por muitos anos fiquei afastado de Deus, creio que isso é quase inevitável para quem dedica sua vida ao estudo da neurociência.
    Explico: Fora provado, mediante exaustiva pesquisa pela Universidade de Oxford (Inglaterra), que o cérebro dos ateus é fisiologicamente diferente dos adeptos religiosos. Fora provado que os ateus possuem uma área (lobo temporal) fisiologicamente diferente. Essas mesmas pessoas mostraram total desapego pela política mostrando, assim, que a mesma área controla o comportamento religioso e político. Esse estudo fora feito durante 7 anos com mais de 5.000 voluntários que se declararam ateus e o resultado alcançou margem de comprovação na ordem de 91%, quer dizer, aproximadamente 4.500 voluntários (ateus) possuíam uma redução elétrica muito significante em relação ao cérebro humano considerado “normal”. Tal pesquisa fora publicada nas principais revistas científicas mundiais. Outro estudo de enorme impacto fora realizado em Toronto, Canadá, onde se realizou: 1- Eletrodos foram colocados na região temporal (que controla religiosidade e política) de pessoas extremamente religiosas. 2-emitiram uma carga eletromagnética inativando tal área (reduzindo seu potencial seria uma melhor colocação). 3- Em seguida foram feitas perguntas aos voluntários. O resultado foi, do ponto de vista médico, espantoso. Os voluntários, em suas respostas, mostraram um desapego surpreendente acerca da religiosidade. Importante frisar que tal estudo não deixava os voluntários, vamos dizer: hipnotizados, “drogados” ou com redução de capacidade cognitiva. Os mesmos tinham completa noção de espaço, tempo, lembranças, etc. Esse estudo fora gravado e eu tive o privilégio de assistir em um seminário nos Estados Unidos. Após a retirada dos eletrodos, as gravações foram mostradas aos voluntários, que, como se esperava, simplesmente não acreditavam em suas próprias respostas. Senhores, este estudo não é dedução, mas ciência. Da mesma forma que há excesso de glicose em um diabético, que há carência de ferro em um anêmico, o cérebro humano reage da mesma forma em todas as pessoas (não estou abordando a parte inconsciente, mas anato-fisiológica). Muitos acreditam que a depressão é falta de Deus o possessão demoníaca, mas trata-se de uma simples carência do hormônio Serotonina, que, com medicações apropriadas, o paciente retorna a normalidade.
    Os senhores devem estar se perguntando o que estou fazendo aqui, que tanta bobagem estou falando, qual é a minha finalidade com isso.
    Bom, em primeiro lugar, digo que hoje estou perto de Deus por causa da ciência. O corpo humano é tão complexo que, em minha opinião, só resta a atuação divina. Contudo, percebi nestes comentários um caráter teológico, não meramente religioso e cego. Além de neurologista, sou psiquiatra e posso afirmar com convicção que a Bíblia (estou falando como médico) é a melhor leitura que um enfermo de psicopatologia possa ter. Entretanto, gostaria de ouvir vossas opiniões sobre assuntos que me intrigam.
    Os ateus vão para o inferno? Já ouvi muito isso. Entretanto, se o corpo humano é criação divina, por qual motivo pessoas nascem com propensão (fisiológica) negativa à religião?
    A Bíblia está inteiramente interpretada? Não há mais dúvidas? Será que temos capacidade para compreende-la?
    Bom, tudo é vontade de Deus? As crianças morrem por vontade de Deus? Alexander Fleming, bacteriologista escocês declaradamente ateu, desafiou tal paradigma. “Deus aqui não manda, mando eu”. Então este ateu confesso descobriu a penicilina (primeiro antibiótico) que já salvou, salva e salvará milhões de vidas. Da mesma forma as descobertas de medicamentos, vacinas, etc.
    Então pensemos: Se naquela época, Fleming seguisse o que os interpretadores bíblicos diziam, se considerasse como verdade irrefutável que todos morrem por vontade de Deus, que tudo é vontade de Deus, até hoje morreríamos com no máximo 30 anos (por uma simples infecção na faringe). Então será que Deus não disse à Fleming antes de nascer: “Você duvidará de mim, não aceitará minha vontade”…..Se a escolha de Fleming e outros até hoje salva vidas, (tenho certeza que todos os senhores e seus filhos são vacinados) o ateísmo foi uma benção à humanidade? Fleming foi quase excomungado naquela época. Será que ainda não temos capacidade para interpretar a voz de Deus e que opiniões não são verdades, são apenas meras opiniões. Será que realmente sabemos quem é Deus, o que é Igreja, o que é dízimo, como se deve ou não se deve dizimar?
    Por que Deus deu ao homem tamanha capacidade para ciência se a própria ciência geralmente o afasta Dele? Será que não devemos ter cuidado em acreditar que possuímos a Verdade. Amigos, quando julgares um ateu, espírita, seja quem for,CUIDADO. Eres possuidor da verdade? Foi graças a um Ateu (um não, vários) que os senhores estão vivos e seus filhos vacinados e protegidos. Deus escreve certo por linhas tortas?

  124. Wilson Campos disse:

    Amigo, copiar uma resposta que tenho pronta, qual o pecado? O que está em foco agora é o copiar ou a verdade? Os ensinamentos de Cristo não podem serem copiados? Tem certeza que o Sr não está cansado de copiar e colar trechos da Bíblia para justificar alguma coisa?
    O que me deixa muito chateado é que eu respondi todas as suas questões em apenas uma postagem da qual o Sr teve a coragem de deletar, agora tenho que escrever tudo novamente, respondendo cada uma questão.

    Eu espero que realmente o Sr não censure mais e nem edite o que vou escrever, ser honesto é um dos principios que um Cristão verdadeiro tem que preservar e o Sr editando as postagens mostra um mal caráter impar, porque o Sr editando deturpa a resposta deixando a seu bel prazer, o Sr pode até supor que eu tenha explicado algo de forma errada fazer a sua edição ou deletando coisas importantes da minha explicação, seja honesto desta vez.

    Vou provar o seu engano e me basear na palavra de Deus:

    Sua primeira dúvida: O Sr afirma que o dízimo era somente alimento certo?
    Para a sua afirmativa de dízimo ser somente em alimento, por coerência as ofertas também teriam que ser em dinheiro, pois ambos tem a mesma finalidade e Jesus tinha uma sacolinha de ofertas onde ricos e pobres lançavam dinheiro ali, os ricos muito dinheiro e os pobres pouco dinheiro (lembra da viúva pobre?). Então explique porque Jesus não reprimiu o povo que dava ofertas em dinheiro?

    A segunda prova que o dízimo não era somente alimento, é que, naquela época existiam os que tinham outras profissões (que não eram nem agricultores e nem pecuaristas), se o dízimo era somente alimento, explique como este povo que não produzia alimento devolviam o dízimo? Os marceneiros, os artesões, etc….vamos ver qual vai ser a sua desculpa.

    Quanto ao desafio para eu provar onde Jesus apoia o dízimo, oras, em Mateus 23:23

    Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho,
    e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas
    coisas, e não omitir aquelas. Mateus 23:23 e Lucas 11:42

    Ai está meu amigo, Nova Aliança e Jesus reprimindo e ensinando os fariseus que além do dízimo eles deveriam praticar também os preceitos maiores da lei.

    Só não venha com a desculpa de sempre de dizer que Jesus estava falando com os fariseus, porque no Monte onde Jesus ensinou os dois maiores mandamentos: Respondeu Jesus: ” ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento. E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Mateus 22:37

    E adivinhe para quem Jesus estava direcionando estes dois maiores mandamentos da Nova Aliança? Não foi com os fariseus e os judeus?

    Só este fato derruba qualquer das suas teorias de que Jesus estava falando aos fariseus, aos judeus e por ai vai….se o Sr pensa deste jeito a Bíblia não lhe serva para praticamente nada, porque tudo está direcionado aqueles povos daquelas regiões, ou seja, se vc vem com desculpinhas de dizer essa bobagem então as cartas ao corintios só vale aos corintios? o que foi direcionado aos hebreus só vale aos hebreus? o que foi direcionado gálatas só vale aos gálatas? Então me diga, o que foi direcionado pra nós (gentios)? Me mostra qual ensinamento vai me servir?

    Os que aprenderam como vc, a seguir as suas teorias não se dão conta do engano de entendimento de vcs, por coerência tem que dizer que a Bíblia inteira não serve para nada pq nada foi direcionado a vcs, eu já penso que o que era direcionado aquele povo também é direcionado para mim, porque me considero um seguidor de Cristo.

    Por último a Nova Aliança não teve inicio após a morte de Cristo, pois como disse acima, Jesus nasceu sob a lei mas pregava o evangelho do reino, a sua tese de dizer que teve inicio após a morte de Cristo não tem sentido algum pelo simples fato de que Jesus teria que ter pregado o Novo Evangelho em vida, Mortos não ensinam! Ou seja, Jesus pregava o Novo Testamento sempre…em vida e não em morte, a morte dEle só confirmou seus ensinamentos e validou o seu testamento que era os seus ensinamentos, estes mesmos ensinamentos que vc nega ou insiste em negar.
    E vc sabe muito bem que o dízimo está na Nova Aliança assim como sabe que houve uma mudança do dízimo da lei com o da Graça, O DIZIMO DA LEI ERA DO SACERDÓCIO DE ARÃO E O DIZIMO DA GRAÇA É DA ORDEM DE MELQUISEDEQUE.

    Como o Sr viu, estou provando pela palavra, pela lógica, nada é pessoal, nada é porque eu quero que seja assim…está escrito na palavra de Deus (A Bíblia) e não foi eu quem a escreveu e nem as igrejas que pregam o dízimo.

    O fato é que, vcs negam o dízimo e querem a todo custo tentar provar que o mesmo morreu com a velha aliança, que era obrigação de outros povos, disto e aquilo, tudo na teoria, tudo no achismo e por fim o Sr sabe, que procurar palavras na Bíblia para negar o dízimo é procurar alguma forma de chamar Jesus de mentiroso em Mateus 23:23 e Lucas 11:42.

    Jesus preferiu morrer na cruz ao dizer a verdade, Jesus não ia ensinar errado nem os fariseus, nem os judeus e nem os seus seguidores.

    Note que, não estamos dizendo que vcs que negam o dízimo tem que dar o dízimo, isto vem da fé, da crença, da obediência da palavra de Deus.

    Está ai meu amigo, tudo provado pela palavra de Deus, sem invenção, sem mais e sem menos e sem tentativas de deturpar a palavra que é muito clara, o fato é que Jesus apoiou o dízimo e ensinou aos fariseus e este ensinamento serve para mim também, porque quem ama os mandamentos de Jesus também o ama.

    Então meu amigo, não deturpe e nem edite esta minha postagem.

  125. germano disse:

    Wilson Campos,
    .
    Não sou seu amigo. Meu nome é Germano Luiz Ourique (digite no Google se quiser saber mais). E eu nunca disse que copiar textos de outros sites é pecado. Eu simplesmente não permito aqui. Quem quiser comentar aqui precisa raciocinar.
    .
    Publiquei tudo o que você escreveu sem tirar nem por nem uma vírgula. E até aqui, você nem conseguiu responder com base no texto bíblico, ao que está em Deuteronômio 14:22-29, dizendo que o dízimo era unica e exclusivamente o produto da agricultura e da pecuária e nunca foi dinheiro. Você fez uma bela confusão com as ofertas (que não tem absolutamente nada a ver com o dízimo) e não consegue nada além de Mateus 23:23 e Lucas 11:42, que você deturpa para justificar essa heresia que é dar dízimo para quem quer que seja.
    .
    Vou dar a você mais UMA chance mas antes vou lhe explicar algumas coisas para você nunca mais repetir algumas bobagens que disse aí acima:
    1) O Novo Testamento, a Nova Aliança, só teve início a partir da morte de Jesus. Eu lhe mostro na Bíblia:
    “Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo? E por isso é MEDIADOR DE UM NOVO TESTAMENTO, para que, INTERVINDO A MORTE PARA REMISSÃO DAS TRANSGRESSÕES QUE HAVIA DEBAIXO DO PRIMEIRO TESTAMENTO, os chamados recebam a promessa da herança eterna. PORQUE ONDE HÁ TESTAMENTO, É NECESSÁRIO QUE INTERVENHA A MORTE DO TESTADOR. PORQUE UM TESTAMENTO TEM FORÇA ONDE HOUVE MORTE; OU TERÁ ELE ALGUM VALOR ENQUANTO O TESTADOR VIVE?” (Hebreus 9:13-17)
    Se você não entendeu, leia novamente com calma as passagens destacadas. Um testamento (o Novo Testamento, no caso) só tem valor DEPOIS DA MORTE DO TESTADOR. Entendeu agora? TUDO o que está na Bíblia até a morte de Jesus, é Velho Testamento.
    .
    2) Por favor, mostre NA BÍBLIA:
    – ONDE está escrito que “por coerência as ofertas (e os dízimos) também teriam que ser em dinheiro, pois ambos tem a mesma finalidade e Jesus tinha uma sacolinha de ofertas onde ricos e pobres lançavam dinheiro ali, os ricos muito dinheiro e os pobres pouco dinheiro”. Dica: você não vai encontrar isso em nenhum lugar da Bíblia.
    – ONDE está escrito que “O DIZIMO DA LEI ERA DO SACERDÓCIO DE ARÃO E O DIZIMO DA GRAÇA É DA ORDEM DE MELQUISEDEQUE”? Isso também não existe em nenhum lugar da Bíblia.
    – Onde, na Bíblia, temos gentios dizimando?
    .
    Eu já lhe mostrei NA BÍBLIA que o dízimo NUNCA foi dinheiro, NUNCA foi ordem de Deus para nenhum outro povo que não os judeus, NUNCA foi para ser entregue a ninguém mais além dos Levitas e NUNCA foi para ser entregue em nenhum outro lugar que não no Templo em Jerusalém. Pois bem, Levitas não existem, o Templo não existe e a Lei foi abolida juntamente com todo o Velho Testamento (II Corintios 3:14).
    Continuo aguardando que você responda. Mas não tente enrolar, use o texto bíblico.
    Outra dica: Jesus pregou para os judeus o Evangelho do Reino de Deus (Mt 4:23) e Paulo pregou para os gentios o Evangelho da Graça de Deus (At 20:24). Você sabe a diferença entre os dois?

  126. marcia disse:

    olha, penso que amar, respeitar e ajudar ao próximo é muito mais importante do que se preocupar tanto com dinheiro, as igrejas precisam sim de dinheiro para se manter, mas isso deve ser feito através de doações e ofertas por que a pessoa tem q ser livre para doar o que quizer e puder. Mas a maioria das Igrejas se preocupa mais com o dízimo do que com a verdadeira conversão..com o amor , com a ajuda e o apoio que deveriam dar as famílias..lamentável isso…infelizmente

  127. andré luiz diniz disse:

    Por gentileza gostaria de saber do irmão germano, qual a diferença do evangelho do reino de Deus , para o evangelho da graça de Deus?

  128. Wilson Campos disse:

    Vamos ser honesto, quanto ao dízimo, quem não entende a história do dízimo nem discuta para não passar vergonha.

    Primeiramente o dízimo que falo é o dízimo da Graça e não da lei…

  129. germano disse:

    Wilson Campos,
    .
    Acredito que eu tenha sido claro quando afirmei que daria a você mais UMA CHANCE de responder aos questionamentos que eu lhe fiz. Portanto, vamos ser honestos sim e, pelo menos por respeito aos leitores do blog, responda PRIMEIRO a cada uma da questões que lhe foram formuladas:
    .
    Por favor, mostre NA BÍBLIA:
    .
    1) ONDE está escrito na Bíblia que “por coerência as ofertas (e os dízimos) também teriam que ser em dinheiro, pois ambos tem a mesma finalidade e Jesus tinha uma sacolinha de ofertas onde ricos e pobres lançavam dinheiro ali, os ricos muito dinheiro e os pobres pouco dinheiro”?
    .
    2) ONDE está escrito na Bíblia que “O DIZIMO DA LEI ERA DO SACERDÓCIO DE ARÃO E O DIZIMO DA GRAÇA É DA ORDEM DE MELQUISEDEQUE”?
    .
    3) ONDE, na Bíblia, temos gentios dizimando?
    .
    4) ONDE na Bíblia fala em “dízimo da Lei” e “dízimo da Graça”.
    .
    5) Qual a diferença entre o Evangelho do Reino de Deus (Mt 4:23) e o Evangelho da Graça de Deus (At 20:24)?
    .
    Somente depois que você responder com base bíblica a essas questões é que eu permitirei que você escreva qualquer outra coisa aqui. Continuo aguardando pacientemente que você responda e novamente peço: não tente enrolar, use o texto bíblico. E por favor, não use mais Mt 23:23 porque o que Jesus disse a respeito do dízimo nessa passagem foi unicamente para os fariseus. Não tem nenhuma aplicação prática para nós.

  130. Wilson Campos disse:

    Olha sr germano, eu já sabia que o senhor era desonesto, eu tinha certeza que o sr não iria encontrar uma resposta pela palavra de Deus e ia apelar, editar e deletar a minha postagem.

    Parei!!!.

    O Sr é um desgraçado e desonesto, não tem honra e nem palavra, não postei palavrões, não fiz propaganda da minha igreja e nem induzi ninguém a nada e nem te ofendi.
    E ainda tem a cara de pau de dizer que tinha me dado uma oportunidade, dado uma oportunidade? Que ridículo!!!!

    Tenho dó de quem perde o tempo aqui querendo colocar a opinião dele sobre o tema, o senhor só deixa os que caem nas suas garras como o diabo faz.
    O Sr entendeu tudo que eu falei e conhece toda a verdade, deixo para Deus te corrigir.
    Desde já te aviso, nem adianta dar a sua réplica pq o sr só confirmou a sua índole e o seu mal caráter, por conta disso eu vou deletar o seu endereço e nunca mais vou voltar aqui.
    Deixo para Deus fazer vc enxergar a verdade, isto se o diabo deixar vc enxergar, pelo que estou vendo prefere o orgulho a salvação.

    Lembre-se, está ignorado, não vou voltar aqui, vai colocar uma resposta que eu nunca vou ver, pode acreditar pq eu pelo menos tenho honra e caráter e palavra, seu covarde!!!!

  131. OSCAR disse:

    Nunca lei foi abolida, leia Mateus 5:17 em diante. Falta de conhecimento da palavra levando pessoas a acreditar nas suas mentiras, cuidado pq vc esta mexendo com a verdade e com a fe das pessoas.

  132. germano disse:

    Oscar,
    .
    Jesus Cristo aboliu não só a Lei como TODO o Velho Testamento; “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do VELHO TESTAMENTO, O QUAL FOI POR CRISTO ABOLIDO;” (II Corintios 3:14)

  133. andre Nascimento disse:

    Wilson deve sobreviver com os dízimos das ovelhas para defender desta forma, concordo plenamente que o dízimo foi abolido como toda lei a lei para nada se aperfeiçoou serviu apenas como aio como está escrito.aquele que cuidar guardar a lei e pecar em só mandamento da lei é culpado de toda a lei,
    por exemplo: dar o dízimo e nao guardar o sábado já é culpado de toda lei .

  134. andre Nascimento disse:

    Muito obrigado Germano até que em fim alguém abriu os olhos das pessoas que ficam dando dinheiro para os mercenários que não são pastores que ver vir o lobo e fojem e deixa as suas ovelhas ladrões e salteadores tomando o dízimo do povo em pleno século 21,o dízimo era tomado para atender as necessidades da tribo de Levi que eram responsáveis em cuidar do templo eles não trabalhavam e dividiam entre eles todo dízimos com amor perguntem a um pastor hoje se ele divide as bênçãos dos frutos recebidos pelos fiéis com eles? são avarentos aproveitam essa brecha em Malaquias 3.10 para enganar quem não entende quro ver eles me enganar eu gosto de contribuir para ajudar meus irmãos até mais que 10% com o que o senhor me fazer sentir e as minhas condições acredito que é o correto.

  135. andre Nascimento disse:

    O fato de Jesus dizer aos fariseus vós dizimais o conetetro e o hortelã e esquece o amor e misericordiosa fazeis isso e não omita as outras coisas; afirma que aqueles fariseus não tinha amor dentro dos seus corações e dava o dízimos por obrigação e costume para apenas cumprir aqueles 10% como hoje acontece tanta gente hoje faz isso obrigatório? prefiro dar o que eu posso dar claro que tenho que dar as primícias o melhor para o senhor mais não obrigatório no meu modo de ver e que entendi na bíblia dar o dízimo ou não dar não é pecado portanto prefiro não dar obrigatório mas dar o que eu posso dar.

  136. Profeta disse:

    Se o antigo testamento foi abolido por Cristo então você rasga o Antigo testamento. Pensamento idiota o seu.
    É através do ”dizimo” que você prega contra que de alguma forma o evangelho chega a milhares de pessoas, Deus não precisa de ”’dinheiro” mais a IGREJA precisa para que de uma certa forma alcance vidas. a questão do dizimo é uma questão de fé, maturidade espiritual, obediência a Deus. Se você arruma tantos argumentos para não dizimar e incentivar a outros a fazer a mesma besteira que você, é sinal que usa o evangelho da sua forma e não da forma que realmente é.
    se você não é capaz de entregar o dizimo, ou acha isso um ”sacrifício” você também não é capaz de renunciar nada, não renuncia 10% do seu salario, não vai mesmo renuncia algo por Cristo. ler a Bíblia a favor de si é fácil, viva ela agora. poderia colocar varios verciculos p/ contestar com o seus argumentos. mais como você esta muito cheio de razoes prefiro dar meu recado de uma forma simples e direta.
    Deus te abençoe.

  137. germano disse:

    Paulo,
    .
    Já eu preferiria que você me mostrasse na Palavra de Deus qual a justificativa que você encontra para essa heresia que é “dizimar”. Mas não se preocupe nem tente, porque você não vai encontrar na Bíblia absolutamente NADA que justifique essa ordem de Deus dada aos israelitas e extinta por Jesus Cristo na cruz do calvário. Portanto, nem você nem ninguém poderia “colocar varios verciculos p/ contestar com o meus argumentos”. Você não se dá conta de que nenhum desses “pastores” que cobram ou aceitam dízimos tem peito para vir aqui me contestar? Peça para um pastor lhe ajudar a me provar que o dízimo é bíblico nos dias de hoje com base na Palavra de Deus. Você não vai encontrar NENHUM. Você não se dá conta de que quem tenta justificar essa heresia que é dar dízimo para uma instituição criada por homens são só pessoas que não tem NENHUMA justificativa bíblica além de Mateus 23:23 totalmente fora do contexto? Pense.
    .
    Entenda que o dízimo foi uma ordem de Deus somente para os israelitas. Dízimo NUNCA foi dinheiro, NUNCA foi para Deus e muito menos para a Igreja (que você não sabe o que é), nunca foi para ser entregue em nenhum outro lugar que não o Templo em Jerusalém (que não existe mais) e nunca foi para ser entregue a ninguém mais além dos Levitas (que não existem mais). Além do mais, o dízimo era dado a cada três anos.
    .
    Eu sei que é complicado quando nos confrontamos com algo que vai contra tudo aquilo que acreditávamos que era verdade, mas é assim mesmo. Se você lesse a Bíblia saberia. Quem aboliu o Velho Testamento foi Jesus Cristo, não é um pensamento meu, pois está escrito: “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;” (II Corintios 3:14)
    .
    Se fosse “através do dizimo que de alguma forma o evangelho chega a milhares de pessoas”, nós não saberíamos mais nada do evangelho, pois durante mil e oitocentos anos ninguém deu dízimo de nada para ninguém e no entanto o Evangelho da graça de Deus está aí, firme e forte na Igreja Verdadeira.
    .
    Quer saber? Isso cansa, entristece e alegra. Cansa porque eu tenho que ficar repetindo sempre a mesma coisa e está tudo na Bíblia, a Palavra de Deus. Bastaria lê-la com amor e dedicação. Entristece porque eu vejo bilhões de pessoas sendo enganadas por esse evangelho torpe, aguado, mentiroso, corrompido, morno, herege que é pregado nas denominações criadas pelos homens. E alegra porque eu vejo a Palavra de Deus se cumprindo. É como diz o Mario Persona: “Não falta muito para Deus chamar de prostituta aquela que deveria ser chamada de Noiva”.
    .
    Recomendo muito que você leia o post http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja e todos os posts que estão indicados ali. Talvez você entenda o que é a Igreja.

  138. Eduardo disse:

    Bom dia a todos, grato pelas sua palavras amigo é irmão em Cristo Germano, vou orar para que todos inclusive eu seja sempre sabio para se afastar cada dia mais desses hipocritas e usurpadores da verdade que são esses que se dizem pastores e discipulos de Cristo, infelizmente são poucos que buscam conhecer a verdade que Deus nos mostra atraves das suas escrituras que é a biblia, fico grato pela sua sabedoria, infelizmente a maioria das pessoas não conseguem ver que são dominados pelas doutrinas que esses pastores usam de forma ditatorial para ensinar muitos absurdos aos frequentadortes de seus comercios vulgo (igrejas), por que o que vejo em muitas casas por ai são comercio mesmo, só falam em dar para receber de volta de nosso Deus, ja fui dizimista, meu coração nunca ficou satisfeito com essa pratica o amor que tenho em meu coração me faz livre para adorar ao Senhor, humano o suficiente para reconhecer meus erros e inteligente o suficiente para para buscar conhecer cada dia mais o meu Senhor YHWH. Obrigado. Deus te abençoe! Amém.

  139. nilson disse:

    parabens. pelo relato biblico se nao existice dizimos nao teria tantas igrejas e o evangelho seria mais serio. tem muito mamando na teta dos dizimos

  140. Rogério disse:

    Sr. Germano li seu artigo e achei um tanto intrigante. Me parece que o Sr. até tem uma boa intenção, mas este assunto sobre entregar 10% ou mais ou menos deste principio que é o dízimo não tem uma base confiável, pois a Palavra de Deus no livro de Malaquias 10, como em outros livros do AT, deixa claro que os principios que Deus criou são imutáveis e um deles são: Obediência a Deus, (Dt 28:01…); Não matar, não roubar… (MT: 19: 18,19) e o dízimo também não deixa de ser um principio e se é dízimo é10% e não mais ou menos, porque o que for mais ou menos não é dízimo e sim ofertas. Pense um pouco melhor Sr. germano e veja que o Sr. pode estar um pouco equivocado quanto a este conceito do dízimo, pois entenda que Deus estipulou o dízimo primeiro; para manter a sua obra aqui na terra e segundo; para legalmente sermos abençoados por Ele, por nossa confiança Nele.

  141. germano disse:

    Rogério,
    .
    Li seu comentário e também o achei um tanto intrigante. Me parece até que você tem uma boa intenção, mas este assunto sobre entregar 10% ou mais ou menos deste principio que é o dízimo não tem base bíblica. Se você tivesse lido o texto do post com atenção entenderia. Ali acima está escrito:
    .
    Distorcendo Malaquias 3:10
    Aqueles que citam Malaquias 3:10 para exigir o dízimo, e prometem prosperidade material, estão destorcendo a palavra de Deus. Eles estão enchendo os tesouros das igrejas ao desviarem a atenção de seus seguidores das coisas espirituais para darem atenção às posses materiais. Pedro advertiu sobre tais mestres: “Também, movidos pela avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme” (2 Pedro 2:3).
    .
    Entenda que usar Malaquias para justificar a prática do dízimo é demonstração de falta de conhecimento da Palavra de Deus ou má intenção. Se for má intenção e você é um pastor, você engana as pessoas para arrecadar dinheiro. Se for má intenção e você não é um pastor, você está tentando comprar Deus com dinheiro e não é Deus que você quer, mas as Suas bênçãos. Se for falta de conhecimento da Palavra de Deus, leia a Bíblia e ore pedindo entendimento. O que Jesus Cristo nos ensinou foi que se tivéssemos o que comer e vestir, com isso nos contentássemos (Mt 6:25,31; Lc 12:22).
    .
    Eu não estou equivocado e a prática do dízimo jamais foi um conceito. A prática do dízimo foi uma ordem de Deus só para os israelitas. Você não vai encontrar ninguém mais dizimando na Bíblia além dos israelitas da Antiga Aliança. Malaquias 3:10 não tem nenhuma aplicação prática nos dias de hoje, embora seja usado pela imensa maioria das “igrejas” e “pastores” para justificar arrecadação de dinheiro. O dízimo, além de ter sido uma ordem de Deus unicamente para os israelitas, nunca foi dinheiro, nunca foi para Deus e devia ser entregue unicamente aos Levitas no Templo em Jerusalém pelo trabalho que eles faziam:
    .
    “E eis que AOS FILHOS DE LEVI tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, PELO MINISTÉRIO QUE EXECUTAM, o ministério da tenda da congregação.” (Números 18:21)
    .
    Além disso, o dízimo deveria ser entregue de três em três anos:
    “Ao fim de TRÊS ANOS tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os recolherás dentro das tuas portas;” (Deuteronômio 14:28)
    .
    Leia a Bíblia e você entenderá que Deus jamais estipulou o dízimo “para manter a sua obra aqui na terra” e muito menos “para legalmente sermos abençoados por Ele”. Isso não tem nenhuma base bíblica.

  142. Josias disse:

    Concordo c/ o estudo do irmão…
    Jesus definitivamente não veio p/ criar templos (igrejas) e sim para anunciar a verdade o evangelho.
    Mas tenho certeza q se não fosse as “igrejas” eu e talvez até 100% dos irmãos q postarão aqui, a princípio não teríamos ouvido falar de jesus . . .busquemos então sabedoria no espirito santo… e sermos discípulos de cristo, anunciar seu evangelho isso é o mais importante.

  143. germano disse:

    Josias,
    .
    Seu comentário não tem lógica. Primeiro você diz que Jesus Cristo “definitivamente” não veio criar “igrejas” e depois afirma: “tenho certeza q se não fosse as “igrejas” eu e talvez até 100% dos irmãos q postarão aqui, a princípio não teríamos ouvido falar de Jesus”.
    .
    Bem, essas “igrejas” às quais você se refere tem mais ou menos uns 100 a 150 anos de existência sendo que durante quase 1800 anos a Palavra de Deus se manteve intacta sem que precisássemos de nenhuma “igreja”. Além disso, a igreja católica romana PROIBIU, durante séculos, a leitura da Bíblia. Entenda que a Igreja não evangeliza; evangelistas evangelizam. Leia o post: http://leiaabiblia.blog.br/a-igreja-nao-evangeliza para entender melhor.
    .
    Quanto a buscarmos sabedoria no Espírito Santo sim, devemos. Mas quanto a sermos discípulos de Cristo, isso é impossível. O Mestre não está mais aqui para fazer discípulos, Ele está no céu. E discípulos para serem discípulos precisam de um mestre. Por fim, devemos anunciar o Evangelho da Graça de Deus, que é diferente do Evangelho do Reino de Deus que Jesus pregava para os judeus. Para entender melhor leia o post http://leiaabiblia.blog.br/o-que-e-o-evangelho-do-reino

  144. Bia disse:

    Gostei muito do estudo, vou pedir para o Espírito Santo me esclarecer toda verdade em relação ao dízimo. Parabéns que Deus continue lhe dando sabedoria e entendimento da palavra!

  145. Joel disse:

    O apostolo Paulo disse: provai de tudo e retenha o que é bom. Na teoria a tua tese é válida mas, na pratica tenho minhas duvidas , pois todo dizimista que conheço que o faz de coração por fé é bem sucedido, doutrinas são opiniões, a nossa mente é bloqueada por nós mesmos e esse bloqueio impede a comunicação do espirito de Deus com o nosso espirito, o único que tem a capacidade de nos convencer da realidade divina.

  146. germano disse:

    Joel,
    .
    1) Não é tese, é o que está na Bíblia.
    2) O que você conhece é nada; a Palavra de Deus é tudo.
    3) Não se trata de “doutrinas” e muito menos de opiniões, é a doutrina dos Apóstolos, é o que está na Palavra de Deus.
    4) O Espírito de Deus pode nos convencer, mas vamos precisar da mente para entender. Pense… e leia a Bíblia.

  147. julio disse:

    Infelizmente estão aprisionando o povo com maldição, levando ao povo temer e não amar a DEUS. Dízimo na época da lei, era usado para sustentar os levitas que viviam exclusivamente do templo. Mamon tomou o lugar de JESUS CRISTO à tempos nas denominações. Enquanto os apóstolos morreram pobres, velhos, perseguidos e alguns assassinados os que se proclamam hoje apóstolos vivem abastados e ensinando ao povo a barganhar com DEUS, muita gente tem passado necessidade dentro da igreja. O dízimo não faz parte da nova aliança. DEUS abençoe à todos !

  148. CESAR ALONSO CARRERA disse:

    Boa noite. Germano.
    Estou lendo suas respostas e sua posição quanto esta prática maligna e anti-Bíblica do dízimo. Meus parabéns estas correto em sua posição e devemos sim dar um basta nestas FALSAS PALAVRAS E MENTIRAS sempre com base na PALAVRA e não em sabedoria maligna e do homem. Veja o que tenho postado a mais de ano já leia se posivel e se puderes me envie resposta. Eu também fui enganado por 29 anos por estas mentiras no pregar Malaquias dos FALSOS pregadores. Hoje sou LIVRE só OFERTO COM AMOR AJUDO OS POBRES E OS NECESSITADOS. HOJE SIM CUMPRO A PALAVRA.

    APRENDA A ESTUDAR E A ENTENDER O DÍZIMO

    (Se você faz parte do grupo dos sábios que entenderão (Daniel 12-10)
    repassem esses anexos para outros)

    O povo de Israel ainda não existia, mas existia um homem chamado Abraão (Gên.12-1), que era um homem muito temente a Deus, Deus fez um concerto com Abraão, um acordo, que, abençoaria os seus descendentes, a sua semente e que eles, se tornariam uma grande nação diante do Senhor. Deus prometeu dar a terra de Canaã aos seus descendentes também (Canaã era uma terra boa, que pertencia a outros povos, que seguiam ídolos). Veja o acordo de Deus com Abraão em: Gênesis 15-18, Gên.17-7, Gên.17-9, Gên.17-10, Josué 24-3, etc. ( A Verdade nos liberta de todos os enganos e falsidades )

    Gênesis 12, 1
    Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.

    Gênesis 15, 18
    Naquele mesmo dia fez o Senhor um pacto com Abrão, dizendo: À tua descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até o grande rio Eufrates;

    Gênesis 17, 7
    estabelecerei o meu pacto contigo e com a tua descendência depois de ti em suas gerações, como pacto perpétuo, para te ser por Deus a ti e à tua descendência depois de ti.

    Gênesis 17, 9
    Disse mais Deus a Abraão: Ora, quanto a ti, guardarás o meu pacto, tu e a tua descendência depois de ti, nas suas gerações.

    Gênesis 17, 10
    Este é o meu pacto, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: todo varão dentre vós será circuncidado.

    Josué 24, 3
    Eu, porém, tomei a vosso pai Abraão dalém do Rio, e o conduzi por toda a terra de Canaã; também multipliquei a sua descendência, e dei-lhe Isaque.
    Abraão teve um filho, chamou-o de Isaque (Gên.21-3),
    Gênesis 21, 3
    E, Abraão pôs no filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, o nome de Isaque.
    Isaque teve dois filhos; Esaú e Jacó, Deus escolheu a Jacó e trocou o seu nome para Israel (Gên.32-28),

    Gênesis 32, 28
    Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mais Israel; porque tens lutado com Deus e com os homens e tens prevalecido.
    e com isso, todos os descendentes de Abraão, ficaram conhecidos como povo de Israel. Na época, houve uma grande seca e fome em toda a terra, mas na terra do Egito, tinha muita comida e com isso, povo de Israel foi ao Egito (Gên.46-7)
    Gênesis 46, 7
    Os seus filhos e os filhos de seus filhos com ele, as suas filhas e as filhas de seus filhos, e toda a sua descendência, levou-os consigo para o Egito.
    com aproximadamente setenta pessoas, para trabalharem e peregrinarem no Egito, com a benção e proteção de Deus, o povo de Israel multiplicou e se tornou um grande povo na terra do Egito. Israel não tinha uma terra própria, uma pátria, mas eles tinham a promessa de Deus para com Abraão, que Ele, lhes daria a terra Canaã. Depois de 400 anos, de Israel estar na terra do Egito, Deus levantou Moisés (Êxo.3-12),
    Êxodo 3, 12
    Respondeu-lhe Deus: Certamente eu serei contigo; e isto te será por sinal de que eu te enviei: Quando houveres tirado do Egito o meu povo, servireis a Deus neste monte.
    para tirar Israel do Egito e levá-lo a terra de Canaã (vocês não estão mais inocentes)
    Jacó teve 12 filhos (ver: Gênesis 35-18 a 35-26)
    Gênesis 35, 18
    Então Raquel, ao sair-lhe a alma (porque morreu), chamou ao filho Benôni; mas seu pai chamou-lhe Benjamim.
    Gênesis 35, 19
    Assim morreu Raquel, e foi sepultada no caminho de Efrata (esta é Bete-Leém).
    Gênesis 35, 20
    E Jacó erigiu uma coluna sobre a sua sepultura; esta é a coluna da sepultura de Raquel até o dia de hoje.
    Gênesis 35, 21
    Então partiu Israel, e armou a sua tenda além de Migdal-Eder.
    Gênesis 35, 22
    Quando Israel habitava naquela terra, foi Rúben e deitou-se com Bila, concubina de seu pai; e Israel o soube. Eram doze os filhos de Jacó:
    Gênesis 35, 23
    Os filhos de Léia: Rúben o primogênito de Jacó, depois Simeão, Levi, Judá, Issacar e Zebulom;
    Gênesis 35, 24
    os filhos de Raquel: José e Benjamim;
    Gênesis 35, 25
    os filhos de Bila, serva de Raquel: Dã e Naftali;
    Gênesis 35, 26
    os filhos de Zilpa, serva de Léia: Gade e Aser. Estes são os filhos de Jacó, que lhe nasceram em Padã-Arã.
    cada filho de Jacó deu origem a uma tribo de Israel, Israel é constituído por 12 tribos, que são os 12 filhos de Jacó (os patriarcas). Levi é um dos filhos de Jacó, é o patriarca da tribo de Levi, chamados de levitas também. Após Israel entrar na terra de Canaã, Deus escolheu a tribo de Levi (os levitas) para serem os seus sacerdotes (Números 3-6, Núm. 8-14),
    Números 3, 6
    Faze chegar a tribo de Levi, e põe-nos diante de Arão, o sacerdote, para que o sirvam;

    Números 8, 14
    Assim separarás os levitas do meio dos filhos de Israel; e os levitas serão meus.
    para cuidarem do seu Templo, Deus fez um acordo (concerto) com a tribo de Levi, que somente os seus descendentes, os nascidos na tribo de Levi, poderiam serem sacerdotes de Deus. Quando o povo de Israel entrou na terra de Canaã, 11 tribos de Israel receberam pedaço de terra para trabalharem, a terra Canaã foi repartida entre 11 tribos de Israel, más a tribo de Levi (os levitas) que eram os sacerdotes de Deus, não receberam terra para trabalharem (Deut.10-9, Deut.18-2),
    Deuteronômio 10, 9
    Pelo que Levi não tem parte nem herança com seus irmãos; o Senhor é a sua herança, como o Senhor teu Deus lhe disse.)

    Deuteronômio 18, 2
    Não terão herança no meio de seus irmãos; o Senhor é a sua herança, como lhes tem dito
    porque, o serviço deles, eram cuidarem do Templo de Deus, e não trabalharem com a terra, com plantações e criações de gados, no lugar da terra para a tribo de Levi (levitas), Deus deu todos os dízimos e ofertas (Números 18-19,Deut.26-12),
    Números 18, 19
    Todas as ofertas alçadas das coisas sagradas, que os filhos de Israel oferecerem ao Senhor, eu as tenho dado a ti, a teus filhos e a tuas filhas contigo, como porção, para sempre; é um pacto perpétuo de sal perante o Senhor, para ti e para a tua descendência contigo.

    Deuteronômio 26, 12
    Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita do terceiro ano, que é o ano dos dízimos, dá-los-ás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem.
    que o povo levavam ao seu Templo, Deus deu para os sacerdotes e seus familiares. Veja então que, os dízimos e ofertas, Deus deu para a tribo de Levi, no lugar da terra, após a entrada na terra de Canaã, e com isso, todos os dízimos e ofertas que as 11 tribos de Israel levavam para Deus, no seu Templo, que eram de Deus, Deus deu todas essas coisas para a tribo de Levi, veja então, que o dízimo está ligado ao povo de Israel, e não tem nada a ver com os nossos dias atuais. (Observação: No velho Testamento, os sacerdotes eram os descendentes da tribo de Levi, (os levitas). No novo Testamento, o nosso Sacerdote é o Senhor Jesus, aqui mudou o sacerdote, também muda a Lei de Moisés (Hebreus 7-12),
    Hebreus 7, 12
    Pois, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.
    é por isso, que no novo Testamento, não pede e nem cobra o dízimo, foi abolido por Jesus (2Corintios 3-14),
    2 Coríntios 3, 14
    mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto, permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele abolido;
    Estamos mortos para a Lei e para o dízimo (Gálatas 2-19)
    Gálatas 2, 19
    Pois eu pela lei morri para a lei, a fim de viver para Deus.
    Deus colocou o povo de Israel na terra de Canaã e deu uma Lei para Israel seguir, Israel deveria ser um povo santo, habitado em uma terra santa (Canaã) em (Deut. 4-26),
    Deuteronômio 4, 26
    hoje tomo por testemunhas contra vós o céu e a terra, bem cedo perecereis da terra que, passado o Jordão, ides possuir. Não prolongareis os vossos dias nela, antes sereis de todo destruídos.
    Deus tomou o céu e a terra em testemunhas contra o povo de Israel, que eles, só poderiam permanecerem na terra, com a benção e a proteção de Deus, se eles guardassem toda a Lei, do contrario, eles seriam arrancados da terra (pelos inimigos), já que Deus, tinha tirado um povo pecador da terra de Canaã e não poderia colocar um outro pecador, dando a sua benção e proteção. A Lei que Deus deu para Israel seguir em Canaã, tinha aproximadamente 60 itens, nessa Lei, foi colocado a BENÇÃO e a MALDIÇÃO na Lei (Deut. 11-26),
    Deuteronômio 11, 26
    Vede que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição:
    diante do povo de Israel, a benção, se Israel seguisse toda a Lei, todos os itens da Lei, e a maldição, se Israel deixasse de seguir toda a Lei (Deut.27-12, Deut.27-13).
    Deuteronômio 27, 12
    Quando houverdes passado o Jordão, estes estarão sobre o monte Gerizim, para abençoarem o povo: Simeão, Levi, Judá, Issacar, José e Benjamim;
    Deuteronômio 27, 13
    e estes estarão sobre o monte Ebal para pronunciarem a maldição: Rúben, Gade, Aser, Zebulom, Dã e Naftali.
    Para Israel evitar a maldição da Lei, Israel tinha que seguir todos os itens da Lei, sem quebrar e sem faltar nenhum item, sob pena de virem todas as maldições da Lei dada através de Moisés. Vejam em (Deut. 27-26),
    Deuteronômio 27, 26
    Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, para as cumprir. E todo o povo dirá: Amém.
    onde fala, que são malditos, todos os que não confirmarem TODOS os itens da Lei, que tinha aproximadamente 60 itens. Vou dar um
    exemplo: Se a Lei tinha 60 itens, se você guardasse e seguisse 59 itens da Lei e negasse ou quebrasse somente UM item, já vinha todas as maldições da Lei sobre você, veja a confirmação disso em: (Tiago 2-10),
    Tiago 2, 10
    Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.
    onde fala que, se você guardasse toda a Lei e tropeçasse ou quebrasse um único item da Lei, um único ponto, já vinham todas as maldições da Lei de Moisés sobre você, você seria culpado de quebrar toda a Lei, veja isso também em: (Romanos 2-25),
    Romanos 2, 25
    Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se guardares a lei; mas se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão tem-se tornado em incircuncisão.
    onde fala que, a circuncisão era um item da Lei (Levítico 12-3),
    Levítico 12, 3
    E no dia oitavo se circuncidará ao menino a carne do seu prepúcio.
    mas ela só tinha valor, se todo o resto da Lei fossem seguido, sem faltar nenhum (Tiago 2-10, Romanos 2-25, Deut.27-26),
    Tiago 2, 10
    Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.

    Romanos 2, 25
    Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se guardares a lei; mas se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão tem-se tornado em incircuncisão.

    Deuteronômio 27, 26
    Maldito aquele que não confirmar as palavras desta lei, para ás cumprir. E todo o povo dirá: Amém.
    sob pena, de virem todas as maldições da Lei, isso também serve para o dízimo, o dízimo era um item da Lei, más o dízimo só tinha valor, se todo o resto da Lei fosse cumprido. Vejam então, que o dízimo só tinha valor para o povo de Israel, se eles seguissem todo o resto da Lei Moisés.

    Muitos hoje defendem e é a favor do dízimo, más não tem conhecimento da verdade, do que está escrito, não tem um entendimento Espiritual, e com isso, não passam de ignorantes, o amor cego e sem entendimento, estão com um véu sobre as suas cabeças, não passam de crentes tapados (tapados pelo véu) por seguirem a lição do velho Testamento, ver (2Corintios 3-14),
    2 Coríntios 3, 14
    mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto, permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele abolido;
    (é a palavra que fala), tem um amor a Deus sim, más um amor cego, e sem
    entendimento, o mesmo amor que levou o povo de Israel a matar o Senhor Jesus (entenderemos no fim dos dias claramente, Ver (Jeremias 23-20 e Jeremias 30-24. Só os sábios entenderão – Daniel 12-10).
    Jeremias 23, 20
    Não retrocederá a ira do Senhor, até que ele tenha executado e cumprido os seus desígnios. Nos últimos dias entendereis isso claramente.

    Jeremias 30, 24
    Não retrocederá o furor da ira do Senhor, até que ele tenha executado, e até que tenha cumprido os desígnios do seu coração. Nos últimos dias entendereis isso.

    Daniel 12, 10
    Muitos se purificarão, e se embranquecerão, e serão acrisolados; mas os ímpios procederão impiamente; e nenhum deles entenderá; mas os sábios entenderão.
    Em (Malaquias 3-10),
    Malaquias 3, 10
    Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.
    onde ele manda pagar o Dízimo. Vejam: Malaquias está no velho Testamento, Malaquias é um profeta enviado para o povo Israel, não a nós. O Profeta Malaquias, não está mandando o povo de Israel pagar o Dízimo sozinho, pagar o Dízimo isolado, más sim, juntamente com todo o resto da Lei, já que a Lei, não podia ser quebrada (Tiago 2-10, Rom.2-25),
    Tiago 2, 10
    Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.

    Romanos 2, 25
    Porque a circuncisão é, na verdade, proveitosa, se guardares a lei; mas se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão tem-se tornado em incircuncisão.
    e o Dízimo sozinho não tinha nenhum valor, trazia a maldição e não a benção. Em (Malaquias 3-10),
    Malaquias 3, 10
    Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós tal bênção, que dela vos advenha a maior abastança.
    ele manda o povo de Israel pagar o Dízimo e seguir todo o resto da Lei, dada por Moisés, e com isso, Deus abriria as janelas do Céu para Israel, que veria a maior abastança (fartura, riquezas) e todas as outras nações, iriam chamarem a nação de Israel de bem aventurados (Malaquias 3-12).
    Malaquias 3, 12
    E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos Exércitos.
    Vejam bem, o povo de Israel tinha por obrigação pagar o Dízimo, porque estava na Lei de Moisés, se eles não pagassem, vinham todas as maldições da Lei sobre eles, e além do mais, eles tinham que pagarem os dízimos, porque esses dízimos e ofertas eram a herança da tribo de Levi, os levitas (Números 18-24),
    Números 18, 24
    Porque os dízimos que os filhos de Israel oferecerem ao Senhor em oferta alçada, eu os tenho dado por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse que nenhuma herança teriam entre os filhos de Israel.
    que não receberam terra (Números 18-20),
    Números 18, 20
    Disse também o Senhor a Arão: Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles nenhuma porção terás; eu sou a tua porção e a tua herança entre os filhos de Israel
    ao entrarem na terra de Canaã. Vejam: os dízimos e as ofertas eram de Deus, mas Deus deu-as à tribo de Levi, no lugar da terra, ao entrarem na terra de Canaã. Se Israel não pagasse o dízimo, Israel estaria roubando à Deus e a tribo de Levi ficaria sem herança em Canaã.
    Em nenhum ponto da Bíblia, fala que, pagar o dízimo sozinho, pagar o dízimo isolado, atrai benção, ao contrário, atrai a maldição, porque você não está seguindo todo o resto da Lei de Moisés. Seguir a Lei de Moisés hoje é negar o Senhor Jesus, é trazer a maldição sobre a sua cabeça, já que, o Senhor Jesus aboliu a Lei de Moisés, conforme: (2Corintios 3-14).
    2 Coríntios 3, 14
    mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto, permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele abolido;
    (Só os sábios entenderão (Daniel 12-10). A verdade nos liberta de todos os enganos e falsidades)
    Daniel 12, 10
    Muitos se purificarão, e se embranquecerão, e serão acrisolados; mas os ímpios procederão impiamente; e nenhum deles entenderá; mas os sábios entenderão.
    No novo Testamento, o Senhor Jesus só fala uma vez sobre o Dízimo, em
    Mateus 23, 23
    Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.
    aqui o Senhor Jesus, não está falando para você e nem para mim, aqui em
    Mateus 23, 23
    Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.
    é a conversa do Senhor Jesus com os escribas e fariseus, eles não aceitaram o Senhor Jesus e nem a sua Doutrina, isso porque, eles estavam seguindo a Lei de Moisés e com isso, eles tinham direito e obrigação de cobrarem o dízimo do povo, senão,vinham todas as maldições da Lei sobre eles, isso porque, eles estavam no domínio da Lei do velho Testamento, só que eles, só se preocupavam de receberem os dízimos e ofertas, e não se preocupavam de ajudarem os mais pobres e necessitados (ver Isaias 1-11 a Isaias 1-18),
    Isaías 1, 11
    De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? diz o Senhor. Estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes.
    Isaías 1, 12
    Quando vindes para comparecerdes perante mim, quem requereu de vós isto, que viésseis pisar os meus átrios?
    Isaías 1, 13
    Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação. As luas novas, os sábados, e a convocação de assembléias … não posso suportar a iniqüidade e o ajuntamento solene!
    Isaías 1, 14
    As vossas luas novas, e as vossas festas fixas, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de às sofrer.
    Isaías 1, 15
    Quando estenderdes as vossas mãos, esconderei de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei; porque as vossas mãos estão cheias de sangue
    Isaías 1, 16
    Lavai-vos, purificai-vos; tirai de diante dos meus olhos a maldade dos vossos atos; cessai de fazer o mal;
    Isaías 1, 17
    aprendei a fazer o bem; buscai a justiça, acabai com a opressão, fazei justiça ao órfão, defendei a causa da viúva.
    Isaías 1, 18
    Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se-ão como a lã.
    e com isso, o Senhor Jesus chamou-os de hipócritas (Mat.23-23),
    Mateus 23, 23
    Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas.
    Em (Hebreus 7-18),
    Hebreus 7, 18
    Pois, com efeito, o mandamento anterior é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade
    Fala que o dízimo é fraco e inútil, isso porque, o dízimo está na Lei de Moisés e a Lei foi abolida pelo Senhor Jesus, ver: (2Corintios 3-14),
    2 Coríntios 3, 14
    mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, à leitura do velho pacto, permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele abolido;
    (Atos 2-45),
    Atos dos Apóstolos 2, 45
    E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um.
    Vemos que, os primeiros Cristãos, vendiam tudo e repartiam entre os mais pobres e não para pastores construírem igrejas ou para fazerem programas em rádios e TVs. Em (Lucas 18-22),
    Lucas 18, 22
    Quando Jesus ouviu isso, disse-lhe: Ainda te falta uma coisa; vende tudo quanto tens e reparte-o pelos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me.
    O Senhor Jesus manda o Jovem rico vender tudo e dar aos pobres e não para pastores, padres ou lideres religiosos.
    Em (Mateus 25-35 e Mateus 25-40),
    Mateus 25, 35
    porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;

    Mateus 25, 40
    E responder-lhes-á o Rei: Em verdade vos digo que, sempre que o fizestes a um destes meus irmãos, mesmo dos mais pequeninos, a mim o fizestes.
    fala que, a única forma de darmos dinheiro para Deus e ao Senhor Jesus, é através dos pobres e necessitados, se o seu dinheiro não for diretamente para os pobres, você não está dando nada para o Senhor Jesus. Um dizimista fala assim: Eu comprei um carro novo. Um não dizimista, um não temente à Deus, compra vários carros novos, até melhores, não passa de um testemunho ridículo, um falso testemunho.
    Os padres falam que, o dízimo é partilha, seria partilha, se o dinheiro fosse distribuído para os pobres e necessitados, assim como os primeiros Cristãos, conforme vemos em (Atos 2-45 e Atos 4-34).
    Atos dos Apóstolos 2, 45
    E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um.

    Atos dos Apóstolos 4, 34
    Pois não havia entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam terras ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que vendiam e o depositavam aos pés dos apóstolos.
    Vemos em (Atos 4-34), que todo o dinheiro arrecadado pelos Apóstolos (pastores), era para distribuir para os mais pobres e necessitados e não para construírem templos (basta um em cada bairro), fazerem programas em rádios e TVs. ou pagarem salários
    Em (Deuteronômio 26-12),
    Deuteronômio 26, 12
    Quando acabares de separar todos os dízimos da tua colheita do terceiro ano, que é o ano dos dízimos, dá-los-ás ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que comam dentro das tuas portas, e se fartem.
    vemos que Deus, manda o povo de Israel, pegar o dinheiro do dízimo e distribuir para os pobres. (damos a Jesus, (Mateus 25-35),
    Mateus 25, 35
    porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;
    Muitos pastores e lideres religioso, falam que, o dízimo é devolver a Deus, dar dinheiro para pastores, padres e lideres religiosos, isso é devolver a Deus? A Bíblia fala que, quando damos aos pobres e necessitados, estamos dando ao Senhor Jesus, ver (Mateus 25-35, Mateus 25-40),
    Mateus 25, 35
    porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;

    Mateus 25, 40
    E responder-lhes-á o Rei: Em verdade vos digo que, sempre que o fizestes a um destes meus irmãos, mesmo dos mais pequeninos, a mim o fizestes.
    O Senhor Jesus, só fala de dois grupos de pessoas, os que ajudam os pobres, a sua direita, irão para o céu. Os que não ajudam, estarão a sua esquerda para irem ao inferno, vemos isso em (Mateus 25-33 até Mateus 25-46).
    Mateus 25, 33
    e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à esquerda.

    Mateus 25, 46
    E irão eles para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna
    Deus tinha nojo dos cultos e orações de Israel, por Israel não ajudar os pobres, vemos isso de (Isaias 1-11 até Is. 1-18).
    Isaías 1, 11
    De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? diz o Senhor. Estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes.
    Isaías 1, 12
    Quando vindes para comparecerdes perante mim, quem requereu de vós isto, que viésseis pisar os meus átrios?
    Isaías 1, 13
    Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação. As luas novas, os sábados, e a convocação de assembléias … não posso suportar a iniqüidade e o ajuntamento solene!
    Isaías 1, 14
    As vossas luas novas, e as vossas festas fixas, a minha alma as aborrece; já me são pesadas; estou cansado de as sofrer.
    Isaías 1, 15
    Quando estenderdes as vossas mãos, esconderei de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei; porque as vossas mãos estão cheias de sangue
    Isaías 1, 16
    Lavai-vos, purificai-vos; tirai de diante dos meus olhos a maldade dos vossos atos; cessai de fazer o mal;
    Isaías 1, 17
    aprendei a fazer o bem; buscai a justiça, acabai com a opressão, fazei justiça ao órfão, defendei a causa da viúva.
    Isaías 1, 18
    Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos como o carmesim, tornar-se-ão como a lã.
    Vemos de (Mateus 25-33 a Mateus 25-46),
    Mateus 25, 33
    e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à esquerda.

    Mateus 25, 46
    E irão eles para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna
    O Senhor Jesus falando de uma forma clara, disse que, a única forma de darmos dinheiro a Ele, é dando aos pobres e necessitados, e os que ajudam os pobres e necessitados, estarão a sua direita para irem ao céu (Mateus 25-33 a 25-46).
    Mateus 25, 33
    e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à esquerda.

    Mateus 25, 46
    E irão eles para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna
    Gastar milhões com programas religiosos em rádios e TVs. Isso
    Não é ato de justiça e misericórdia para com os mais pobres e necessitados e com isso, tudo se torna à fé morta, conforme vemos em (Tiago 2-14).
    Tiago 2, 14
    Que proveito há, meus irmãos se alguém disser que tem fé e não tiver obras? Porventura essa fé pode salvá-lo?
    O dinheiro é seu, mas você não está mais inocente, você esta sabendo.
    Muitos lideres religiosos falam que, o dizimo é devolver a Deus, mas isso não esta escrito no novo Testamento,
    isso não foi falado pelo Senhor Jesus e nem por Paulo, então essas pessoas estão falsificando a Doutrina Cristã,
    são os falsificadores da palavra, que o Paulo falou em: (2Corintios 2-17 (2Corintios 4-2).(Efésios 4-14).(1Timoteo 1-7).(1Timoteo 6-5).(2Pedro 2-1). (2Pedro 2-3).
    2 Coríntios 2, 17
    Porque nós não somos falsificadores da palavra de Deus, como tantos outros; mas é com sinceridade, é da parte de Deus e na presença do próprio Deus que, em Cristo, falamos.

    2 Coríntios 4, 2
    pelo contrário, rejeitamos as coisas ocultas, que são vergonhosas, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; mas, pela manifestação da verdade, nós nos recomendamos à consciência de todos os homens diante de Deus.

    Efésios 4, 14
    para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro;

    1 Timóteo 1, 7
    querendo ser doutores da lei, embora não entendam nem o que dizem nem o que com tanta confiança afirmam.

    1 Timóteo 6, 5
    disputas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade é fonte de lucro;

    2 Pedro 2, 1
    Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.

    2 Pedro 2, 3
    também, movidos pela ganância, e com palavras fingidas, eles farão de vós negócio; a condenação dos quais já de largo tempo não tarda e a sua destruição não dormita.
    Me mostre no novo Testamento, aonde que esta escrito que, o dízimo é devolver a Deus? Falado pelo Senhor Jesus ou por Paulo?
    Deus é fiel, mas em nenhuma passagem da Bíblia esta escrito que, Deus esta trocando ou troca a sua fidelidade para com os homens em troca do dizimo, então, se os lideres religiosos vem usando a fidelidade de Deus para cobrar o dizimo do povo, tais pessoas estão falsificando a Doutrina Cristã, são os falsificadores da palavra do Senhor Jesus, já que isso, não está escrito no novo Testamento. Veja se está escrito no novo Testamento, veja se foi falado pelo Senhor Jesus ou por Paulo, seja um sábio e não um tolo sem entendimento.
    Em (Jeremias 23-20), e (Jeremias 30-24),
    Jeremias 23, 20
    Não retrocederá a ira do Senhor, até que ele tenha executado e cumprido os seus desígnios. Nos últimos dias entendereis isso claramente.

    Jeremias 30, 24
    Não retrocederá o furor da ira do Senhor, até que ele tenha executado, e até que tenha cumprido os desígnios do seu coração. Nos últimos dias entendereis isso.
    fala que, no fim dos dias (nossos dias atuais) iremos entender claramente. Só os sábios entenderão, ver Daniel 12-10.
    Daniel 12, 10
    Muitos se purificarão, e se embranquecerão, e serão acrisolados; mas os ímpios procederão impiamente; e nenhum deles entenderá; mas os sábios entenderão.

    OBSERVAÇÃO:

    PROVÉRBIOS: 9, 10 DIZ ASSIM:
    O TEMOR DO SENHOR É O PRINCIPIO DA SABEDORIA;
    E O CONHECIMENTO DO SANTO É O ENTENDIMENTO.

    É COM ESTE TEMOR NO QUAL A PRÓPRIA PALAVRA NOS ENSINA TER. QUE ELABORAMOS ESTE ESTUDO SOBRÊ O DÍZIMO DOS DIAS DE HOJE. ESTE ESTUDO É VERDADEIRAMENTE A LUZ DA BÍBLIA SAGRADA, QUEM LER ESTE ESTUDO. CONSTATARA QUE TODOS OS VERSÍCULOS MENSIONADOS E EXPOSTOS SÃO ENCONTRADOS NA PALAVRA E QUE TODOS ESTES VERSÍCULOS EXPLICAM PASSO A PASSO, COMO ERA DEVOLVIDO O DÍZIMO NO VELHO TESTAMENTO E COMO É DEVOLVER HOJE A LUZ DA BÍBLIA. DESDE GÊNESIS NO VELHO TESTAMENTO ATÉ O NOVO TESTAMENTO.

    CESAR ALONSO CARRERA – Email. alonsocarrera@hotmail.com

  149. Arthur Dinizz disse:

    Jesus é Deus e os seus mandamentos são os mesmos. O autor do texto está equivocado, o dízimo é uma obrigação de todo cristão e, como dizer que não precisamos guardar a lei de moisés? Temos que guardar sim, os dez mandamentos são para hoje também, e uso a mesma passagem bíblica usada no texto para provar; “Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos” em Tiago 2:10 , então, o autor está ele próprio se contradizendo. Eu digo, o dízimo é uma obrigação do cristão mas tem que ser devolvido com alegria, não esperando algo em troca, porque com Deus não se negocia.
    O Autor do texto precisa ler mais a palavra e se converter. Veja o que disse o Senhor Jesus: Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim revogar, mas cumprir.
    Porque em verdade vos digo: Enquanto não passar o céu e a terra, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, sem que tudo se cumpra.
    Aquele, pois, que violar um destes mínimos mandamentos, e assim ensinar aos homens, será chamado mínimo no reino dos céus; mas aquele que os observar e ensinar, esse será chamado grande no reino dos céus.
    Mateus 5:17-19
    Abraços.

  150. Cesar Alonso Carrera disse:

    Com base na BÍBLIA, peço que nos ajude esclarecer alguns pontos (com base bíblica, lógico): Na pratica anti-bíblica de cobrança do DÍZIMO
    QUESTÕES BÁSICAS SOBRE O DÍZIMO
    (que os pastores não abordam)
    1. Em qual circunstância e contexto foi instituído o dízimo?
    2. O dízimo era aliança de Deus com todos os cristãos ou somente com a tribo de Levi (Hebreus 7:5)?
    3. Para quê servia o dízimo? (Deuteronômio 26:12)
    4. Por que apenas agricultores e criadores de rebanho davam o dízimo e os demais das outras profissões nunca deram o dízimo?
    5. Por que o dízimo era dado somente em alimentos se já havia dinheiro na época? (Deuteronômio 14:22-26)
    6. Abraão deu o dízimo daquilo que sobrou da guerra (despojos) depois de matar os reis, e então veio Melquisedeque “cobrar” o pedágio a Abraão por passar naquela terra (imposto ao rei de Salém). E este fato (pagamento do dízimo) ocorreu apenas uma vez ou há registros de que tornou-se prática comum na vida de Abraão? (Hebreus 7:4)
    7. Se o templo é a casa do tesouro, então por que Abraão não levou os despojos (dízimo) para o templo ao invés de entregar nas mãos de Melquisedeque?
    8. Se disserem que não havia templo erigido ao Senhor na época, então por que Abraão dizimou, já que o dízimo é pra manter templos?
    9. Jacó fez um voto de dar o dízimo e ele cumpriu? Se cumpriu, onde está registrado?
    10. Porque na Bíblia não tem exemplo de dizimistas fiéis?
    11. Por que as ofertas eram dadas (também) em dinheiro, mas o dízimo jamais foi dado em dinheiro?
    12. Por que os apóstolos e os cristãos do primeiro século nunca mencionaram nem praticaram a cobrança de dízimos e apenas falaram de ofertas (coletas) para os necessitados?
    13. Nas duas vezes que Jesus falou de dízimo, Ele mencionou dinheiro? Por que não, se já havia dinheiro em uso naquela época? E por que Ele apenas falou sobre dízimos com judeus e não com gentios?
    14. Por que os (verdadeiros) apóstolos nunca mencionaram nem ensinaram a prática do dízimo após o sacrifício do Mestre e somente ensinaram e praticaram a coleta de ofertas voluntárias para socorro dos necessitados?
    15. Por que os primeiros cristãos não cobravam dízimos para a manutenção de templos?
    16. Em algum lugar na Bíblia existe o exemplo da igreja genuína de que eram “mantenedores” de templos?
    17. Qual é o templo mencionado no NT em que o Senhor faz morada? Além deste verdadeiro templo, existe algum outro que tenha sido ordenado pelo Senhor (não pelos homens) que fosse edificado e mantido?
    18. A viúva pobre e os demais deram ofertas em dinheiro. E quanto ao dízimo… na época em que ainda era válido (até o sacrifício de Cristo), alguém o deu em dinheiro?
    19. Os fariseus deram dízimo em dinheiro? Ou em endro, cominho e hortelã? (Mateus 23.23)
    20. Por que a palavra dízimo, embora signifique décima parte, nunca é relatada na Bíblia como a décima parte em dinheiro? E por que os líderes evangélicos enfatizam tanto uma “verdade” que não está registrada em nenhuma página?
    21. É verdade que só o dinheiro do dízimo tem poder sobre o “devorador”? E o poder que há em Jesus? Não tem efeito?
    22. Onde encontramos na Bíblia que o “devorador” é um demônio? De verdade!
    23. Se dizem que o nosso dinheiro é para Deus por que dizem que Deus não precisa do nosso dinheiro?
    24. Se o dízimo é realmente válido para os nossos dias e para o nosso povo, por que não praticar também o sacrifício de animais, já que ambos faziam parte do mesmo “pacote” e também fazem parte do manjado e repetido discurso de Malaquias 3:8-11?

    Meu email. alonsocarrera@hotmail.com

  151. germano disse:

    Arthur Dinizz,
    .
    Jesus é Deus. Os mandamentos NÃO são os mesmos (Jo 13:34). O autor do texto NÃO está equivocado; você é que está quando diz que “o dízimo é uma obrigação de todo cristão”. Pelo simples fato de que é impossível o dízimo ser obrigação de um cristão. Cristãos no sentido de seguidores de Cristo só existem a partir da criação da Igreja em Atos 2, quando Jesus Cristo já havia morrido, ressuscitado, passado 40 dias aqui na terra e subido aos céus à vista dos apóstolos como consta em Atos 1. Não existia mais dízimo.
    O dízimo foi instituído na Antiga Aliança, só para os judeus, nunca foi dinheiro e nunca foi para Deus. Destinava-se ao sustento dos Levitas, a tribo que cuidava do Templo em Jerusalém e que não existe mais já há dois mil anos. Ninguém além dos judeus dava o dízimo.
    Não temos que guardar nada. Nem leis nem dias de festa nem coisa nenhuma. As ordenanças de Jesus Cristo foram a ceia e o batismo. Fim. Leia Gálatas com muita atenção.
    Sua aplicação dos versículos bíblicos é equivocada e fora do contexto.
    Recomendo que você examine com muita atenção as 24 perguntas do comentário do Cesar Alonso Carrera aí acima examinando na sua Bíblia as passagens que se referem a cada uma das perguntas. Talvez você se dê conta.

  152. Gisa Panza disse:

    O Novo Testamento deixa claro que o Senhor Jesus reconhecia o dízimo como um mandamento válido aos Israelitas, inclusive, era judeu e nascido sob a Lei (“Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,” Gl 4.4), com a missão de cumpri-la (“Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra.” Mt 5.17,18). Cuidado com o que se tira e acrescenta da Bíblia. Todo a palavra precisa ser examinada cuidadosamente. E assim ensinada. Amém

  153. Moisés Santos disse:

    Incrível como o abuso psicológico aprisiona as mentes. A partir do momento que tomo pra mim as leis que foram dadas exclusivamente aos Judeus: Abro mão da salvação pela Graça, e abraço a condenação pela Lei. Vamos direto ao que interessa: Não dar o dízimo condena algum cristão ao inferno? Pergunte ao seu líder: Quer seja apóstolo, pastor, bispo… Se ele disser que “SIM” – Fuja desse larápio, pois ambicioso até a morte ele é. Quando Jesus repreende os fariseus e escribas, ele diz que “O mais mais importante eles não fazem: Praticar a Justiça, a Misericórdia e a Fé”. É como se voltasse a falar que eles “Coavam o mosquito e engoliam o camelo”. Mas, se por outro lado, o seu líder sair com a desculpa de que: “Dízimo é um ato de fé”. Então significa que a pregação que ele usa em Malaquias é apenas uma forma de forçar você a pagar um tributo da Lei. Gente! Somos salvos pela graça! Em cristo eu posso me unir a irmãos de uma congregação, e “contribuir com ofertas” para a manutenção do lugar onde acontece a reunião. Em Cristo eu posso ajudar a todos quanto me compadecer, e isso pode acabar passando dos “10%” obrigatórios da Lei; cujos líderes ambiciosos tanto cobiçam. Por ser Cristão, se quer calculo isto, simplesmente me compadeço “naturalmente” e ajudo! Quando não posso ajudar como quero – Eu divido o meu pão.
    Mesmo assim, isso não é bondade, nem visa um retorno de bênçãos. Isso não me salva! Isso não vai me enriquecer aqui na terra! Isso é um tal de “AMOR” que pelo mover do Seu Espírito Santo em nós, causa essa ação de “Justiça, Misericórdia, e Fé”. Não somos bons! Não somos salvos por bondade nossa, nem por bons atos. Primeiro recebemos de Deus, a saber: A salvação. Depois, mais que naturalmente, “UMA VEZ MUDADOS”, passamos tentar fazer as coisas certas, para agradar aquele que nos “Adotou” em “Cristo”, e porque o nosso coração transformado, automaticamente nos causa o desejo de “VER O PRÒXIMO E A SUA NECESSIDADE” como se fosse nós mesmos.
    Saiam do colostro! Cresçam em Cristo! Abandonem a sombra do ambicioso, e descasem na sombra do Onipotente. Não existem Levitas no mundo cristão! Cristo se quer veio da tribo de Levi! Não existe “Casa do tesouro no mundo cristão! Vós sois as pedras preciosas, afogueadas, unidas a ROCHA. Nâo existe “A CASA DE DEUS” no mundo cristão! Vós sois o templo não construído por mãos de homem, onde “Ao Crer em Cristo e Naquele que o enviou – Torna-se morada do Espírito Santo de Deus. Disse o Mestre: Misericórdia quero e não sacrifício, ide pois e aprendei o que significa.
    .
    REFLITAM!

  154. Paulo R disse:

    Dou oferta do meu salario + q o dizimo ,coloco na salva e nao pego recibo, é eu e Deus.

  155. germano disse:

    Paulo R,
    .
    Só que esse deus aí que quer dinheiro não é o da Bíblia. Pense. E leia a Bíblia.

  156. Rafa disse:

    A Paz de Cristo irmão Germano.
    Concordo com seu estudo em 100% .
    Sou grato a Deus pela sua vida, que sejamos igreja onde quer que formos, que sejamos testemunhos vivos de cristãos, que sejamos chamados de cristãos assim como os apóstolos pela primeira vez em Antioquia, não por por pertencerem a um placa de denominação x ou y, mas por parecerem com Cristo no seu viver. Glória a Deus pela sua vida e que possamos crescer em Graça e conhecimento da palavra de Deus. Que o Espírito Santo nos dê discernimento em tudo. Amém. :)

  157. Júlio Cezar disse:

    Germano, vc é um usado de Deus. Sua sabedoria é notável. Uma pessoa como vc tem capacidade de salvar muitas almas use o dom de Deus.
    Q Deus te abençoe cada vez mais.

  158. Jesse disse:

    Germano, parabens pelo esclarecimento sobre a questao do dizimo, recentemente obtive esse esclarecimento assistindo um video do pastor caio fabio explicando todas essas questoes, hoje mudei de grupo denominacional estou em um que nao prega o dizimo mais sim a concientização de manter um lugar para as reunioes de comunhao. Aprendi bastante lendo seu artigo e com os comentarios postados e principalmente lendo a Biblia como referencial seguro.

  159. Daniel Rocha disse:

    Caro irmão Germano, concordo com vc e também com o irmão Gleison, sobre o dízimo e sobra as denominações, mas fiquei um pouco confuso quando se trata das leis, porque sabemos que Jesus disse que não veio descumprir as leis, como fica as leis dos dez mandamentos? Fica na paz.

  160. germano disse:

    Daniel Rocha,
    .
    “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, O QUAL FOI POR CRISTO ABOLIDO;” II Corintios 3:14

  161. Junior Oliveira disse:

    Paz de Cristo amados

  162. Junior Oliveira disse:

    Confesso que a mais de 10 anos conheci a Jesus, más só agora consegui abrir os olhos em outro angulo para ver seu ponto de vista Germano. Então quero deixar aqui meu testemunho.
    ”Dias atras, Deus me deu Gálatas 5 para estudar. Ontem chegou um conhecido (não muito chegado) , e entramos no assunto desse estudo, onde ele começou a citar os versiculos e me lembrei que alguns foram os mesmos do meu estudo. Na hora senti que Deus ali falara comigo, confirmando o estudo e tudo que tinha aprendido. Em um determinado ponto da conversa entramos no dízimo, e ele me disse isso que você coloca aqui, que o dízimo não existe mais, e que o que existe é oferta alçada, ou seja voluntária. Me questionei e repensei sobre o que ele tinha me dito neste dia. Orei a Deus, e ele me levou em Deuteronomio, onde descobri 14:22 (Deus me levou, pois eu não sabia). Após, pesquisei no google e achei seu post.
    Enfim. Vou continuar orando para que Deus fale mais e mais comigo, pois na verdade quem convence o homem do certo ou errado, é o Espírito Santo de Deus. Mas desde já, agradeço pelas palavras do post, e que seria bom todos olharem para seus próprios atos e saberem o que realmente vale a pena seguir, ” Lei ou Graça ? ”

    II Corintios 3
    15-E até hoje quando é lido Moisés, o véu esta posto sobre o coração deles.
    16- ”MAS” , QUANDO SE CONVERTEREM AO SENHOR, então o véu se tirará.

    HOJE HOJE HOJE HOJE HOJE HOJE
    Efésios 2:8
    ” Pela GRAÇA sois salvos, por meio da fé,
    e isso não vem de vós, é dom de Deus (…) ”

  163. Ra disse:

    Jesus não guardava o sábado? Ele cumpriu a Lei perfeitamente. O que ele fez no sábado, estava de acordo com a Lei sim, e não com a interpretação dos discípulos de Hilel. Você tem que estudar mais o judaísmo e o hebraico para entender melhor a Lei de Moisés e o próprio Novo testamento. Fica a dica: “A vida é mais importante que o preceito.” E outra a Lei não foi abolida, ele vigora até hoje para quem não nasceu de novo. Pois ele tem valia para quem está vivo e não para os que morreram em Cristo, Paulo fala isso. O próprio Senhor diz que não seria tirado uma virgula ou til da Lei. Essa teologia sistemática grega romana só faz engodar as pessoas meu caro. Por isso que não é bom que todos ensinem porque serão mais cobrados. Graça e Paz. Que o Espírito de Cristo te dê sabedoria que ensina a respeito de todas as coisas.

  164. adriana disse:

    a palavra de Deus não nos obriga a nada, só fazemos se quisermos ou tiver fé
    para se devolver o dizimo, um dia saberemos a respeito disso, obedecer é melhor é claro se não tiver apego a matéria, tanto o antigo testamento como o novo fazem parte da palavra de Deus, não existe velho testamento e sim antigo, pois se trata de um testamento que o Senhor Deus nos deixou, somente para aqueles que se coloca na posição de filhos.

  165. germano disse:

    Adriana,
    .
    Se a Palavra de Deus não obrigasse ninguém a nada ela não teria mandamentos, teria “sugestões”. Mas não é isso que está escrito:
    .
    “Bem-aventurados aqueles que guardam os seus MANDAMENTOS, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.” Apocalipse 22:14
    .
    “Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os MANDAMENTOS de Deus e a fé em Jesus.” Apocalipse 14:12
    .
    “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os MANDAMENTOS de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.” Apocalipse 12:17
    .
    “Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus MANDAMENTOS. Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus MANDAMENTOS; e os seus MANDAMENTOS não são pesados.” I João 5:2-3
    .
    Quanto ao dízimo, leia novamente o post com calma e atenção que você entenderá.
    .
    E o Velho Testamento (leia 2 Co 3:14) faz parte da Bíblia, sim, Mas o que tem aplicação prática para os cristãos hoje está na Bíblia do livro de Atos em diante. Principalmente as cartas de Paulo.

  166. ramon disse:

    Paz a todos oh quão suave é que os irmãos vivam em união……. Sl.133….. Jesus nos ensinou amai o teu próximo como a ti mesmo em nome de Jesus isso faz mal tanta discussão ninguém sabe tudo apenas vivam as promessas de Deus que Jesus nos de sabedoria para aprendermos a sua palavra para ganhar almas para o Senhor e não ficar discutindo sabe o que eu aprendi …. que quase ninguém da um bom testemunho de fé estamos cercados de uma nuvem de testemunhas….

  167. Carlos Antonio da Silva disse:

    Leiam Mateus 5, 17-20, e verão que Jesus não aboliu a Lei e os Profetas, mas levou a perfeição. Então devemos sim devolver nossa dízimo como prova de gratidão e amor a Deus que nos deu tudo.

  168. germano disse:

    Carlos Antonio da Silva,
    .
    Se temos que “devolver” o dízimo, por favor responda:
    .
    – Você vai uma vez por ano a Jerusalém dar o dízimo?
    Porque o dízimo tinha um único lugar determinado por Deus para ser dado e esse lugar é a cidade que tem o Seu nome, Jerusalém:
    “Mas o lugar que o SENHOR vosso Deus escolher de todas as vossas tribos, para ali pôr o seu nome, buscareis, para sua habitação, e ali vireis. E ali trareis os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, E OS VOSSOS DÍZIMOS, e a oferta alçada da vossa mão, e os vossos votos, e as vossas ofertas voluntárias, e os primogênitos das vossas vacas e das vossas ovelhas.” Deuteronômio 12:5-6
    “ Então HAVERÁ UM LUGAR QUE ESCOLHERÁ O SENHOR VOSSO DEUS PARA ALI FAZER HABITAR O SEU NOME; ALI TRAREIS TUDO O QUE VOS ORDENO; OS VOSSOS HOLOCAUSTOS, E OS VOSSOS SACRIFÍCIOS, E OS VOSSOS DÍZIMOS, e a oferta alçada da vossa mão, e toda a escolha dos vossos votos que fizerdes ao SENHOR.” Deuteronômio 12:11
    .
    – Onde você compraria os gêneros alimentícios e animais para dar o dízimo?
    Porque o dízimo sempre foi o produto da agricultura e pecuária. Nunca foi dinheiro. Se o israelita não pudesse levar os seus animais e o produto da agricultura até Jerusalém, devia vender e comprar novamente em Jerusalém. Veja:
    “E, perante o SENHOR teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do TEU GRÃO, DO TEU MOSTO E DO TEU AZEITE, E OS PRIMOGÊNITOS DAS TUAS VACAS E DAS TUAS OVELHAS; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias. E QUANDO O CAMINHO TE FOR TÃO COMPRIDO QUE OS NÃO POSSAS LEVAR, POR ESTAR LONGE DE TI O LUGAR QUE ESCOLHER O SENHOR TEU DEUS PARA ALI PÔR O SEU NOME, QUANDO O SENHOR TEU DEUS TE TIVER ABENÇOADO; ENTÃO VENDE-OS, E ATA O DINHEIRO NA TUA MÃO, E VAI AO LUGAR QUE ESCOLHER O SENHOR TEU DEUS; E AQUELE DINHEIRO DARÁS POR TUDO O QUE DESEJA A TUA ALMA, POR VACAS, E POR OVELHAS, E POR VINHO, E POR BEBIDA FORTE, E POR TUDO O QUE TE PEDIR A TUA ALMA; COME-O ALI PERANTE O SENHOR TEU DEUS, E ALEGRA-TE, TU E A TUA CASA;” Deuteronômio 14:23-26
    .
    – Você é israelita?
    Porque o dízimo era uma ordem de Deus somente para os israelitas. Nunca existiu dízimo fora de Israel.
    “E eis que AOS FILHOS DE LEVI TENHO DADO TODOS OS DÍZIMOS EM ISRAEL POR HERANÇA, pelo ministério que executam, o ministério da tenda da congregação.” Números 18:21
    .
    – Onde você encontraria um Levita para dar o dízimo se não existem mais Levitas?
    Porque o dízimo nunca foi para Deus, o dízimo era destinado ao sustento dos israelitas pertencentes à tribo de Levi:
    “Porque os dízimos dos filhos de israel, que oferecerem ao SENHOR em oferta alçada, TENHO DADO POR HERANÇA AOS LEVITAS; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel nenhuma herança terão.” Números 18:24
    .
    Não existe mais o Templo, não existem mais Levitas, não somos israelitas e dízimo nunca foi dinheiro. Como você poderia “fazer a vontade de Deus” devolvendo dízimo se nem existem condições para isso? Por favor, use o cérebro que Deus lhe deu e pare de acreditar nos outros. Leia a Bíblia e entenda de uma vez por todas: “NÃO É O QUE VOCÊ FAZ É O QUE JESUS CRISTO FEZ!” Enquanto não entender isso você será mais um enganado pelo sistema religioso inventado pelos homens. Pense.

  169. Junior Oliveira disse:

    A Paz do Senhor a todos aqueles que creem.
    Realmente a Lei não foi abolida, e ela esta para aqueles que transgridem violentamente a Deus, e nem se quer entendem o que é Paz de Deus. Agora, já que todos aqui são conhecedores da palavra, e mesmo assim de dividem em opiniões, gostaria de deixar só uma passagem que Jesus deixou, simples e direta sobre quem cumpre ou não o certo.
    .
    Galatas 5:14
    Pois ”TODA” a lei se cumpre numa só palavra, a saber: Amarás ao teu próximo como a ti .
    .
    Vamos parar de descutir, pois se não acabaremos jungando um ao outro. Aliás, quando Jesus diz: ROMANOS 14
    1. Acolham o fraco na fé, sem lhe criticar os escrúpulos. 2 Um acredita que pode comer de tudo; outro, sendo fraco, só come legumes. 3 Quem come de tudo, não despreze quem não come. E quem não come, não julgue aquele que come, porque Deus o acolhe assim mesmo. 4 Quem é você para julgar um servo alheio?
    .
    Se você da Dízimo e sente-se feliz com a Paz de Deus, continue dando . Já o que não dá Dízimo e sim oferta voluntaria, e sente paz nisso, então continue assim, pois Deus nos ama da mesma forma, e não somos ninguém para julgar.
    .
    Vamos orar, vamos pedir para que o Espírito Santo nos diga o que fazer ou não, e vamos amar profundamente , da maneira verdadeira que se deve amar o nosso próximo, pois assim cumpriremos a Lei, e Deus nos amará da mesma forma.
    .
    A paz fique com aqueles que creem em Jesus.

  170. gabriel disse:

    Amarás a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo…

  171. Francisco Godoes Sobrinho disse:

    Acho muito legal estar participando desse assunto sobre dízimo. A muito tempo venho discordando do ponto de vista de pregadores q até chamam agente de ladão; infiel etc… Pois são verdadeiros lobos. Eles nunca pregam q o irmão deve ajudar uns aos outros. Socorrer alguém ou coisa parecida. Sabe porquê? Têm um medo danado de faltar pra eles. Devemos contribuir sim, mas com pessoas; com doentes; com crianças desamparadas, pé-descalços, roupinhas surradas etc… . Temos muitas oportunidades de praticar boas obras. Você ja se deparou com alguém pedindo um pão ou um copo de leite na padaria pela manhãm? É aí que fazemos a diferença. Voce já foi solidário com um vizinho que trabalha duro e tem muitas dificuldades em casa para cuidar da família? É aí q fazemos a diferença. Voce já patrocinou algo que fizesse alguém feliz? Já teve oportunidade de comprar um remédio para uma pessoa q estava precisando? Já comprou Bíblia para doar? Faça a diferença irmão!! Glorifique o nome de Jesus em sua vida cara!! Pare de encher gazofilácio de Igrs. sustentando luxúria e bancando pessoas espertas q estão atraz da grana dos simples.

  172. Francisco Godoes Sobrinho disse:

    Para Igor: Onde estiver dois ou trez reunidos em meu nome, alí estarei também. A mulher samaritana pergunta a Jesus onde adorar, nosso Senhor respondeu: em qualquer lugar, desde que seja em Espírito e em Verdade.
    Cornélio não entregava dízimo. No entanto, Deus falava com ele. E aí Igor? como fica? Cornelio não era judeu (Atos 10) Voce pode até continuar entregando seu dinheirinho suado pra uma denominação, mas saiba que existe alguém la fora precisando muito mais de voce que um prédio (Igreja). Jesus disse q os pobres sempre estariam no mundo para receberem bençãos dos homens de Deus. Recolhendo num Gazofilácio, voce não está entregando para Deus. Derrepente voce está financiando luxúria; altos salários etc… Jesus vai dizer a muitos que não os conhece. Porque teve sede e não deram nada para Ele beber; teve fome e não deram de comer; estava nu e não O deram nada pra vestir etc… E agora? Onde está Jesus hoje? fala sério irmão!!!

  173. Francisco Godoes Sobrinho disse:

    Gente!! o Ir. Germano está indicando passagens bíblicas para facilitar o entendimento! Eu já desconfiava disso a muito tempo. Eu sempre questionei Prs. nadando em luxo em detrimento a irmãos q tem nada na mesa. Irmãos q não tem casa pra morar. Uma serta noite na Ig (onde acostumamos chamar) o Pr reclamou q o lanche das Quarta-feira à noite q seria apenas para aqueles q vinham direto do trabalho, uns ainda uniformizados, estava sendo deglustado por irmão que vinham de casa. Veja q abisurdo!! O ir q vinha de casa, talvez estava agradecendo a Deus porque tinha ali algo pra matar sua fome, e o Pr. mandando parar de se alimentar com o tal lanche. Sabe porque o Pr proibiu? Pra economizar o dinheiro q gastaria a mais com os q vinham de casa. Sabe q esse mesmo Pr disse quando saiu da Igr indo para outra no RJ, pois iria ganhar salário bem maior? Que estava deixando na conta bancária da Ig R$ 500.000,00 reais. Será q eles pençam que Jesus vai recolher esse dinheiro e esses prédios todos como “Bom trabalho meus servos”? Isso acontece porque a maioria das pessoas ainda não entenderam esse erro berrante. E são duras no raciocínio. Também não leem a Palavra Eb 13:15-16

  174. eline bastos disse:

    num adianta não! fizeram lavagem celebral já no bercário,ensinam a dar dízimo,mas os que ensinam só ensinam isso,não ensinam a não fazer acepcao de pessoas,só eles são ungidos quem senta no banco d aigreja nao é ungido!quando algém ta doente ninguém visita(e olha que esse é a verdadeira religão,visitar os presos,os doentes,os orfao,as viuvás) e nenhum desse momento jesus tocou no dizimo como seu ensinamento! e outro porque que essas pessoas que exigem dizimos,não dividem com acomunidade da igreja como na irgreja primitiva?porque também não sustentam os levitas e os cantores como está escrito em neeemias? francamente! dar dizimo é muito cômodo! pois só isso e a pessoas continua cega achando que DEUS tá orgulhoso dele! porque não observam todo o novo testamento e cumprem na integra,e outra acontribuicão é necessária,mas d eacordo com meu coracão,com seu coracão,já fui tocada pelo espirito santo no ano de 2007 a dar 1..000 reais de oferta,e foi especifico,não foi porque alguem me pdeiu,ou porque fiz um acampanha,foi determinado que eu desse e assim eu fiz,e ele me estou e eu fui aprovada,de l;a pra cá,EU DOU SE TENHO como contribuir e só em obras especificas,e ultimamente é na obra missionaria,me doei por inteiro,faco a obra,vou a valados,vou lugares longicuos d eond eninguém quer ir,prego,dou testemunho,e ainda faco faculdade,não tenho desculpra pra tamnha cegueira!

  175. juvenal oliveida de andrade disse:

    Quando Jesus disse de a Cezar oque é de Cezar e a Deus oque é de Deus Ele estava se referindo realmente a tudo o que é de Deus e não somente aos dizimos e ofertas.

  176. kleber barreto disse:

    Se preocupar em dar ou não o dizimo é demonstrar que estamos amando mais o dinheiro do que a Deus. se é certo ou não , não sei , eu sei que eu dizimo como forma de gratidão á Deus por tudo que ele faz por mim.

  177. ticiane disse:

    Sou da congregação Crista e não cobramos dizimos e sim que de coração da sua oferta, sem aquele sistema de cestinha que muito constragedor, e sim envelope no final do culto se vc sentir doa o que quizer, temos em cada envelope a descrição, ( construção, obra da piedade, viagem, manutenção), e nossa igreja existe a 105 anos e muitas igrejas no Brasil e no mundo, todos sem dizimo.

  178. germano disse:

    Kleber Barreto,
    .
    E mesmo sem saber se é certo ou não você faz? Isso não lhe parece falta de zelo com as coisas de Deus? Ocorre que não existe mais o dízimo. E se você faz algo que não existe, como é o nome disso?

  179. Mateus disse:

    Paz seja contigo Germano, quero te parabenizar pelo Blog e peço que o Senhor continue te usando como ferramenta para a expansão do reino de Cristo e não de denominações. Percebi lendo algumas postagens que muitos se chocam quando é falado que para ser cristão não precisa fazer parte de denominação nenhuma e isso é muito triste, pois o mundo religioso tem contaminado a cada dia mais as mentes das pessoas, que por fim acabam “se conformando com este século”. Se olharmos para a Palavra veremos que Deus uniu dois povos com sua morte, ou seja, judeu e gentio, e hoje muitos ao invés de unir tem dividido o corpo de Cristo devido a tantas divisões que tem surgido com o passar do tempo, e como se não bastassem as doutrinas que às acompanham são das mais diversas e distantes do que nosso Senhor realmente quis ensinar, e as pessoas tornam a fazer exatamente como os judeus lá no passado “fazendo o que parece bom aos seus próprios olhos”, e ao invés de analisarem as Escrituras, preferem ficar com o que um ou outro que se diz revestido de poder afirma. Não estou julgando ninguém basta olharmos à nossa volta e veremos claramente que o que digo é verdade, daí eu pergunto por que será que Jesus e seus discípulos nos exortaram tanto em relação à vigilância quanto aos falsos mestres, profetas, ensinadores, cristos, apóstolos e etc, será que foi só coincidência? Certamente que não se já tinha problema no começo da igreja quanto mais agora com tantos dizendo ser igreja, mas defendendo placa de seus grupos e não o evangelho de Cristo, e não para por aí, pois negam o Senhor não fazendo o que ele manda, e cancelam o sacrifício de Jesus Cristo se submetendo às antigas leis que foram direcionadas especificamente para o povo judeu, dentre elas o “dízimo”, pois foi uma ordem direta de Deus às 12 tribos de Israel para darem aos levitas (Tribo de Levi) pois não tinham parte na herança com as 12 tribos, devido os mesmos serem incumbidos pelo próprio Deus para cuidarem tanto da ministração no tabernáculo e depois no templo, como no ensinamento dos estatutos e juízos dados por Deus no monte Sinai isso é muito claro, mas alguns acabam tirando texto de contexto e querem colocar as pessoas novamente debaixo da lei e veja o qua a Palavra diz: Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da “maldição”; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.
    Gálatas 3:10. Se os judeus, para quem a lei foi direcionada não conseguiram cumprir, como nós gentios conseguiríamos? Alguém postou que foram 613 leis, mas na verdade foram 624, pois os 10 mandamentos também foram encravados na cruz por Cristo, pois bem… o que é melhor: Estar debaixo de maldição se submetendo à leis que não perdoam pecados e que são impossíveis de cumprir todas (pois o único que conseguiu cumprir foi Jesus), ou estar debaixo da graça que Cristo Jesus nos concede por meio de sua morte na cruz lavando e perdoando todos os nossos pecados??? A escolha é individual.
    E voltando mais uma vez ao dízimo, além de ser um mandamento para os judeus manterem os levitas, quem for um leitor fiel das Escrituras há de concordar que nunca foi usado dinheiro como dízimo e sim os frutos da terra e do rebanho dos judeus.
    Deu pra perceber que usei somente 1 citação das Escrituras, pois vi que tudo que tratei aqui pessoas mais maduras que eu abordaram anteriormente.
    Saibam que se fosse para o reino de Deus que é a igreja (o corpo de Cristo), ter um nome, quem o nomearia seria o seu dono, o Verdadeiro Pastor que dá a vida por suas ovelhas, mas ele não deu nenhum nome próprio para o seu rebanho, fica isso como uma observação e alerta, e aquele que ama realmente a Cristo fará o que Ele manda.
    Paz seja com todos.

  180. Júlio de Paiva disse:

    Prezados, eu respeito aqueles que baseiam sua afirmação que o entregar o dizimo é da lei antiga
    que não é mais praticada nos dias de hoje, eu discordo plenamente com esse argumento, é um argumento de pessoas que se dizem nascido de novo para não entregar o dizimo,pois deveriam rever seus pontos de vista. Pois o nosso Deus Diz, “todas as coisa hão de passar mas as minhas palavras não” Sou dizimista há muitos anos e tenho prazer em ser dizimista. Irmãos quando nós passamo
    por uma nova vida com Cristo Nós sentimos prazer em estar dizimando. Graça de Paz

  181. germano disse:

    Júlio de Paiva,
    .
    Não se trata de você “ter prazer” e sim de obedecer. O foco da Bíblia não é você, é Jesus.

  182. Vagner disse:

    Não concordo também eu acho que cada um de nos deveriamos ler mas a biblia biblia, porque. meu amigo germano que Deus abra o seu entendimento,porque dízimo. e uma questão de fé ore mas e leia mas a biblia
    Germano acho que que v esta muito precipitado ore mas e leia mas a palavra.
    Você. Ja ouviu a história. Do dono da ….. Deus abeçoe a cada um de vocês fiquem na paz

  183. germano disse:

    Vagner,
    .
    Você me chama de “precipitado” e recomenda que eu leia a Bíblia. Só que usou para justificar o seu argumento uma história do mundo (que eu cortei do texto) sem nenhuma base bíblica. Se você quer argumentar com relação a qualquer assunto bíblico, precisa usar o texto bíblico. É por isso que o nome do blog é leia a Bíblia. Use o texto bíblico para comentar e eu passarei a levar você a sério.

  184. Jair disse:

    Os judeus de hoje não pagam o dizimo porque eles não tem mais templo, mas ajudam socialmente hospitais, creches, e escolas, muita filantropia.

  185. Luan Souza disse:

    Explicou bem, o assunto do dizimo me intrigava e eu passei a orar pra viver o verdadeiro evangelho, pra não envergonhar a Deus. De fato não deve ser cobrado e tudo que não é de bom grado é recusável a Deus. Dizimo é pela fé, e não restrito a um prédio, sim a Deus podemos dizimar nas obras de Deus, mais como você disse segundo nossa prosperidade.

  186. pr ale disse:

    Irmao Germano ,gstaria de conversar mais com o irmão em CRISTO,amem!
    Afinal devemos estar em comunhão com todos os santos,viver em harmonia,quanto a igreja acredito na palavra do SENHOR,que diz que ele o nosso DEUS,nao habita em templo feito por homens,dia após dias,pessoas dicutem sobre crenças,religioes,dizimos,ofertas,sobre postura,mais pouco se discute sobre a volta de JESUS e seu grande amor por todos nos,gostei de seu estudo e maravilhoso ver quando um de nos consegue separar tempo nos dias de hoje,com tanta tecnologia ,para estudar e tentar entender e compartilhar a bíblia,que e a palavra de DEUS,que o nosso PAI CELESTIAL,o abençoe.
    Aguardo noticias no email,a paz que excede todo entendimento esteja convosco.

  187. Denise disse:

    Concordo com Verônica. Ninguém explica o final de Mateus 23:23. Todos agem como se não existisse, porém os pastores alegam que é aí que está a confirmação do Dízimo no NT. É exatamente neste ponto que Jesus está concordando com a prática do Dízimo e não abolindo-o. “Sem deixar de lado as outras coisas”. Ou seja o Dízimo. Se isto estiver errado, gostaria da explicação dessa pequena sentença, já que quem a usa são pastores com grandes conhecimentos teológicos.

  188. germano disse:

    Denise,
    Para ajudar no raciocínio, publico aqui abaixo o comentário da Verônica.
    Verônica disse: Em Mateus 23:23 o Senhor Jesus exorta os fariseus que tinha o máximo de cuidado em dizimar até das mínimas coisas, mas não obedeciam sua palavra. Ele ensinou que devíamos obedecer sem deixar de lado as outras coisas. (dízimo).
    .
    E que está escrito em Mateus 23:23 é:
    “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.”
    .
    Portanto, o que Jesus diz em Mateus 23:23 é:
    Deveis fazer essas coisas: NÃO desprezar o mais importante da LEI, que são o juízo, a misericórdia e a fé.
    E não deveis omitir essas coisas: dizimar inclusive o endro, a hortelã e o cominho.
    .
    Uma das maneiras mais fáceis de interpretar um texto bíblico é fazendo as perguntas:
    Quem, o quê, quando, como, onde, porque e para QUEM.
    Aplicando a Mateus 23:23 temos:
    – QUEM disse isso? Jesus Cristo.
    – O QUÊ foi dito? Para NÃO desprezar o mais importante da LEI, que são o juízo, a misericórdia e a fé e não omitir o dízimo do endro, da hortelã e do cominho.
    – QUANDO foi dito isso? Durante o ministério de Jesus quando Ele falava aos seus discípulos e à multidão (Mt 23:1).
    – COMO isso foi dito? Pessoalmente por Jesus Cristo.
    – ONDE foi dito isso? No Templo em Jerusalém.
    – PORQUE foi dito isso? Para abrir os olhos e ouvidos dos seus discípulos e da multidão (e eventualmente dos religiosos), quanto à iniquidade dos fariseus, saduceus e escribas (os religiosos da época) que eram como sepulcros caiados (Mt 23:27), bonitinhos por fora e podres por dentro.
    – E finalmente, PARA QUEM foi dito isso? Para os escribas e fariseus, os hipócritas, aos quais Jesus Cristo diz logo em seguida no versículo 24: “Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo.” Isso foi dito também para os seus discípulos e à multidão, alertando-os de quem eram na verdade aqueles que se consideravam os “donos” do Templo em Jerusalém. (Isso me lembra alguns “proprietários de templos” que existem hoje em dia).
    Portanto, quando a Verônica diz que “Ele ensinou que devíamos obedecer sem deixar de lado as outras coisas. (dízimo)”, ela comete um erro de interpretação. Veja que Jesus Cristo era judeu e estava dentro do Templo falando para judeus a respeito de práticas dos judeus.
    Além disso, devemos ter muito cuidado ao aplicar qualquer coisa que foi dita por Jesus como se tivesse aplicação prática para nós hoje porque Jesus não veio pregar para os gentios. Jesus veio pregar o Evangelho do Reino de Deus para os judeus. “E ele, respondendo, disse: Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.” (Mateus 15:24) Hoje é pregado o Evangelho da Graça de Deus para todos, gentios e judeus. Hoje, se um judeu quiser ser salvo terá que crer e aceitar Jesus como Senhor e Salvador. O Evangelho da Graça de Deus é aquele do qual Paulo de Tarso (Saulo) foi incumbido de pregar (At 20:24) tendo sido comissionado pelo próprio Jesus Cristo como o “apóstolo dos gentios” (Rm 11:13, 1 Tm 2:7).
    E por fim, quando Jesus Cristo falou SÓ PARA OS JUDEUS que eles deveriam dizimar sem omitir o mais importante da LEI, ainda era Velho Testamento. Eu explico: quando é que um testamento pasa a ter validade? DEPOIS da morte do testador, não é assim? Pois o NOVO TESTAMENTO só tem validade a partir da morte de Jesus. Tudo o que ocorreu ANTES da morte de Jesus é Velho Testamento. O NOVO TESTAMENTO e o nosso acesso direto ao Pai se deu a partir do momento que o véu do Templo se rasgou de alto a baixo no exato instante da morte de Jesus.
    Portanto, o que Jesus disse em Mateus 23:23 não tem aplicação prática para nós hoje, gentios vivendo dois mil anos depois de Jesus Cristo ter abolido o Velho Testamento:
    “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, O QUAL FOI POR CRISTO ABOLIDO;” II Corintios 3:14
    Você não encontra nada na Bíblia que justifique hoje a prática do dízimo, que foi destinado por Deus unicamente aos Levitas (Nm 18:21) e era uma ordenança de Deus exclusivamente para os judeus (Nm 18:24). Você não encontra na Bíblia nenhum gentio dizimando no Velho Testamento e nem dízimo no Novo Testamento. Quem usa Mateus 23:23 para tentar justificar arrecadação de dízimo ou está enganado ou está enganando você. Ninguém com um mínimo de conhecimento teológico afirmaria que a prática do dízimo é aplicável aos dias de hoje.

  189. Denise disse:

    Denise
    No vídeo que assisti sobre dízimo, o pastor usa a palavra “referendar” p/ explicar a frase que citei do
    versículo MT: 23.23. Foi isso que me confundiu, quando fui ver o seu significado: REFERENDAR: aceitar a responsabilidade de alguma coisa já aprovada por outrem, concorrendo assim p/ que ela se realize ou se cumpra. Me deu a impressão que isso significaria trazer o dízimo p/ os dias de hoje. Mas com sua explicação vi que fui eu que não entendi a interpretação do versículo.
    Agradecida.

  190. Karina disse:

    Meu querido irmao entendo que queres ajudar, mas a propia bíblia diz que o crente vivera pela fé . Se a salvação é individual então acho que devolver ou não devolver o dízimo é escolha de cada fiel. Temos que examinar a bíblia mesmo porque o mundo perece por falta de conhecimento ,mas temos que ter cuidado com certos contextos pois nos últimos dias o amor de muitos se esfriará e já estamos na era apocalíptica então nã é de se admirar tanta polêmica a respeito da palavra.Uns roubam dos fieis isso é obvio, mas o olhos do Senhor estão em todo lugar contemplando os bons e os maus . Não é porque à infieis que deixaremos de ser fieis o que fazer ou deixam de fazer darão conta com Deus ,pois é melhor obedecer que sacrificar uma eternidade…

  191. germano disse:

    Karina,
    .
    A Bíblia não diz que “o crente” viverá pela fé. O que está escrito é:
    – “Eis que a sua alma está orgulhosa, não é reta nele; mas o justo pela sua fé viverá.” Habacuque 2:4
    – “Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé.” Romanos 1:17
    – “E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.” Gálatas 3:11
    – “Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.” Hebreus 10:38
    .
    Portanto, quem viverá da fé é o justo, não o crente. E o que você “acha” não faz a menor diferença. Já o que está escrito na Bíblia faz. Ser fiel é obedecer e não fazer o contrário do que Deus ordena. Leia novamente o post estudando na sua Bíblia as passagens porque você não entendeu o conteúdo do texto.

  192. Sidney disse:

    Não consigo entender o propósito de tanta bobagem (na realidade acho que entendo: ou falta de compreensão ou má intenção mesmo. Só pode ). Vejo que muita gente diz que não deve dar dizimo porque tem muitos lideres mercenários. Tenho que concordar que realmente eles existem. Entretanto, existem muito mais lideres abnegados e que estão realmente preocupados em fazer a obra de Deus, mas neste caso não vejo ninguém usando isso como argumento para dizer: encontrei um líder religioso que faz a obra de Deus, agora vou devolver o dizimo. Na realidade a coisa se resume mais ou menos nisso: Se muitas pessoas não são abnegadas para devolver a Deus 10% do que Deus dá (ou até mesmo outro valor em ofertas) tenho certeza de que não entregarão o coração e muito menos 100% da própria vida. Jesus mesmo usou o exemplo da viúva pobre que deu TUDO o que tinha (e era dinheiro, não era vaca, não era trigo,…ERA DINHEIRO!!!!). Ela entregou tudo porque tinha confiança em Deus e o fez por gratidão (E OLHA QUE ELA ERA POBRE). Ela não ficou falando que os lideres religiosos eram mercenários ou que não realizavam o trabalho que deveriam fazer, e olha que os lideres daquela época eram piores dos que os de hoje. Tampouco Jesus a reprovou para que não desse sua oferta por causa dos lideres maus, ao contrario, Jesus exaltou a atitude da mulher, por que ela confiou em Deus e o fez com a motivação correta: colocou Deus em primeiro lugar, acima das sua próprias necessidades. Ah! antes que alguém diga: mas não era dizimo era oferta. EU SEIIII!!! (rsrs) Estou apenas usando esse exemplo para demonstrar que quem não coloca Deus em primeiro lugar sempre vai ficar buscando uma desculpa pra jogar a culpa em algo ou alguém. Esta é a síndrome de Adão, que colocou a culpa em Deus e em Eva, pelo pecado que cometeu. Fiquem na paz e espero que Deus continue iluminando aqueles que, como a viúva pobre, são sinceros e não estão preocupados com o que os outros fazem ou deixam de fazer, mas colocam a vida totalmente nas mãos do Senhor.

  193. germano disse:

    Sidney,
    .
    – O que “muita gente” diz não faz a menor diferença; o que está escrito faz. E o que está escrito é que não existe mais dízimo.
    – A Igreja não tem “líderes”. A Igreja é um corpo vivo cujos membros são todas as pessoas salvas desde o dia de Pentecostes (Atos 2) até hoje pela graça de Deus através da fé em Jesus Cristo que é a cabeça deste corpo.
    – O exemplo da viúva que você cita não serve como exemplo para o assunto do post nem tem aplicação prática para a Igreja. Jesus Cristo estava no Templo, em Jerusalém, quando o fato ocorreu e a Igreja nem existia ainda.
    – Colocar Deus em primeiro lugar é fazer a Sua vontade, não a vontade dos homens.
    – Ser sincero é ler e estudar a Palavra de Deus com amor e dedicação orando sempre antes de ler e CONFIANDO que o Espírito Santo de Deus lhe dará entendimento.
    – Você não sabe o que é a Igreja. Leia o post http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja

  194. José Aquino disse:

    Está claro – Se você é cristão, deve seguir o novo testamento, ou seja, os ensinamentos de Cristo, que aboliu a Lei de Moisés. Então cristão não está obrigado a pagar dízimo, mas como ensina São Paulo, contribuir com o que você pode ou quer, com sua igreja. Agora se você quer seguir o velho testamento não és cristão, és no máximo Judeu.

  195. Weslei disse:

    Estudo muito Bom!
    A igreja que frequento não “cobra – Pede – Obriga” dízimos, sobrevive somente de ofertas, sendo totalmente voluntária, tudo que entra relacionado a finanças é para despesas e oque sobra para ajudar a comunidade “Órfão, viúva o viajante”
    Vivemos totalmente a Lei da Graça, nova aliança. Somos um povo próspero e abençoado, sem condenações que já foram abolidas por Jesus.

  196. Adilson disse:

    Bem! Por curiosidade joguei o tema na net e parei aki….. queria entender pq meu tio que é pastor prega que o dizimo nao é pros dias de hoje..e realmente entendi, principalmente por encontrar provas biblicas. Tambem entendo por que ele sai de sua casa e viaja varios km para levar a palavra a familias em suas casas em forma de celulas, como diz ele, levar alimento p quem tem fome, sem esperar nenhum retorno financeiro em troca…mas mesmo assim vai..
    Li a maioria dos comentarios e percebo que muitos nao entendem o verdadeiro motivo da morte de Jesus. Mas tudo bem! Digo, nao sou contra a oferta que vem do coração, mas a questao do dizimo esta cada vez mais clara para mim. A questao nao é dar dinheiro, mas sim se é certo ou nao. Sempre vi a imposiçao do dizimo como barganha, mas hj vejo que Deus supre minhas necessidades simplismente por que me ama, sem que eu precise pagar por esse amor, e que eu nao estou roubando ele, pois ele simplismente me dá, por amor e sua infinita misericordia.
    Obrigado a todos os comentarios, pois ajudaram a enriquecer meu entendimento.

  197. Marcos disse:

    Meu Deus!
    Como o entendimento das pessoas mudaram no decorrer séculos. Distorcendo a Palavra de Deus, e principalmente falando do mesmo assunto: Dizimos e ofertas!!
    Até qdo nós, homens pecadores iremos distorcer e desagradar à DEUS.
    JESUS morreu por tds, os JUDEUS e NÃO JUDEUS. Eu faço parte dos NÃO JUDEUS porque eu não sou de Israel. Mas minha vida, alma e espirito pertencem a Jesus. Eu dizimo e oferto e graças à DEUS nunca me faltou nada.

  198. Herminio disse:

    As mesmas pessoas que são contra o dizimo , igrejas , pastores e etc . São as mesmas que dizem que o diabo foi destruido e não existe mais. Então o diabo usa essas pessoas com a bíblia para desmotivarem os fiéis a não devolverem seus dízimos e assim sem dinheiro não tem como a igreja ficar aberta. O diabo tentou Jesus usando a bíblia . Isso são os comichão que Jesus falou. Eu considero as Palavras do Senhor Jesus mais valiosas do que as palavras de Paulo. Abra o olho igreja. Discuta não viva sua fé . O diabo é astuto leiam o texto da tentação de Jesus.

  199. germano disse:

    Herminio,
    .
    Você não sabe o que é a Igreja. Leia o post: http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja/
    .
    Quem falou em comichão foi Paulo, não Jesus: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;” II Timóteo 4:3
    .
    Você não entendeu o post. Leia novamente tantas vezes quantas sejam necessárias até entender.

  200. germano disse:

    Marcos,
    .
    Leia o que a Palavra de Deus diz do que fazemos: “Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniquidades como um vento nos arrebatam.” Isaías 64:6
    .
    Entenda que você não é parâmetro para nada só porque você se sente bem fazendo uma besteira. Leia a Bíblia e deixa de bobagem que você não faz a menor ideia do que foi o entendimento humano no decorrer dos séculos. Para aprender o que é a Igreja leia o post: http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja/

  201. francisca wesp disse:

    O Dizimo nao e mais obrigado a dar e tao pouco a guarda do sabado! porque se faz um tem que fazer o outro tambem! Os dois eram da LEI

  202. J.Rubens disse:

    O DÍZIMO, indiscutivelmente, era parte integrante do conjunto de CERIMONIAIS contidos e instituídos na Lei Mosaica do Antigo Testamento. Com a Nova Aliança, NÃO SE PODE MAIS FALAR EM LEI MOSAICA, EM RITOS CERIMONIAIS MOSAICOS, O QUE, OBVIAMENTE, INCLUI A FIGURA DO DÍZIMO.

  203. J.Rubens disse:

    A propósito, e diferentemente do que pessoas habitualmente asseveram, Abraão JAMAIS pagou ou cumpriu o cerimonial do dízimo, pois que em verdade ele DEU A MELQUISEDEQUE o que a Bíblia chamou de dízimo mas que consistia exclusivamente dos DESPOJOS DE GUERRA, isto é, Abraão não deu nada de si mesmo.

  204. J.Rubens disse:

    Além disso, não se pode esquecer que a própria CIRCUNCISÃO também era ANTERIOR À LEI (Abraão e todos os de sua casa foram circuncidados), e nem por isso, EVIDENTEMENTE, a circuncisão está “vigente” em nossos dias. Por último, não é verdade que o Senhor Jesus tenha “defendido” o DÍZIMO no Novo Testamento, na medida em que, quando Ele se dirige ao Fariseus da época, Ele notoriamente e enfaticamente os repreendia porque, submissos à Lei, pretendendo ser “cumpridores” da Lei, afrontavam a Lei com suas hipocrisias ridículas. Por isso que o Senhor Jesus disse que eram “Fariseus hipócritas, pois que dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e esqueceis o mais importante DA LEI (DA LEI), o juízo, a misericórdia e a fé. Deveis fazer essas coisas sem omitir aquelas.” FICA ESCANDALOSAMENTE CLARO, portanto, que o DÍZIMO pertencia à Lei Mosaica (DISSE-O O PRÓPRIO SENHOR JESUS) e com a Nova Aliança não mais se pode falar em Lei Mosaica ou Cerimoniais Mosaicos SEM INCORRER EM BLASFÊMIA.

  205. J.Rubens disse:

    Apregoar o dízimo “invocando” o Livro de Malaquias 3:10 é abrir as comportas de uma inominável absurdeza. Apregoar o dízimo “invocando” o episódio de Melquisedeque e Abraão, como se ali fosse um típico “exemplo” de dízimo, como se ali estivesse uma “tipologia” do dízimo, como se ali nascesse ISOLADAMENTE a figura mística e sagrada do dízimo, é uma inadjetivável absurdeza.

  206. J.Rubens disse:

    Apregoar o dízimo fechando ouvidos às próprias palavras do Senhor Jesus no Novo Testamento (quando se dirigiu aos fariseus, quando falava a todas as pessoas que viviam SOB A LEI) é uma impronunciável absurdeza. Apregoar o dízimo “monetário”(sic) lançando ao esquecimento que esse cerimonial ou rito consistia no oferecimento AOS SACERDOTES LEVITAS das primícias da agricultura, de animais escolhidos etc., é uma intraduzível absurdeza.

  207. J.Rubens disse:

    Apregoar o dízimo “isoladamente” como se ele, E SOMENTE ELE, houvesse “escapado”(sic) ou sido especialmente escolhido dentre todos os cerimoniais do Velho Testamento, é uma inqualificável absurdeza, que muitíssimo perceptivelmente tem como inconfessada mola propulsora o notório e triste receio de que os adeptos das várias denominações religiosas deixem de oferecê-lo, deixem de pagá-lo, na medida em que, conscientizados, não se sentirem compelidos por um misticismo como esse, que persiste por séculos.

  208. Lucio disse:

    Pra mim e manter a fé em Jesus cristo, e na palavra de Deus, que esta escrita no livro da vida que e a bíblia,e ajuda os órfãos e as viúva nessa parte não vejo ninguém comentar, incrível isso tantos coitadinhos morrendo de fome.Desculpem pois sou muito leigo ainda fiquem na paz de Deus.

  209. Solange disse:

    Estava procurando um estudo com base biblica sobre este assunto , por que nos dias de hoje a maioria não vive oque prega , e eu sempre acreditei que jesus cristo não estipulou valor de dizimo , mas entendo que se fazemos parte de uma denominação temos que ajudar , e entendo tambem que mesmo os que não fazem parte e tenham jesus cristo como seu salvador tambem devem ajudar , mas eu tinha uma duvida … queria respostas de que adianta todo o mes darmos os dez % de dizimo pra uma denominação , se eu posso ajudar um nescecitado com este valor , e realmente acredito que temos que ser dizimistas , mas nao acredito que só é válido se for os dez % , não é questão de valorisar mais o dinheiro do que jesus cristo , mas de ser prudente muitos são fiéis no dizimo , mas não tem amor o próximo , muitos c escondem atras do dizimo achando que já estão salvo só pelo fato de dizimar , … hoje não pregam mais o amor pelas almas , a maioria prega , prosperidade , como ser vencedor , como vencer seus inimigos … e assim vai , dificil é ver falar do amor de jesus cristo, como ele nos ensinou a viver e tratar o proximo , acredito que nosso proximo não e nosso inimigo e sim nosso irmão , não temos que vence-los sim ama-los e dificil somos fracos , humanos pecadores , mas se cremos em jesus cristo como base na nossa vida conseguimos todas as coisas , Germano , creio que vc vive oque prega , trasparente em suas respostas , bom saber que ainda existe servos verdadeiros e claros sobre a palavra de deus .

  210. Lucio disse:

    A religião pura e imaculada para com Deus e Pai , e esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guarda – se da corrupção do mundo.
    Tenho duvidas sobre o dizimo já li varias vezes o novo testamento, e não achei nenhum capítulo, e nem um versículo que prove que o dízimo e obrigatório.Mateus 23:23 Ai de vos, escribas e fariseu, hipócritas! pois que dizimais a hortelã , o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei ,o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porem, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.
    2 corintios 8: 12 Porque ,se ha prontidão de vontade , e aceitável segundo o que alguém tem e não segundo que não tem.Pois digo isto não para que haja alivio para os outros e aperto para vos, as vezes a gente ta endividado, como e que vou tira do meu aperto pra alivia o outro. Ja vi muitos pastores dizer, não importa se vc ta endividado ou mesmo desempregado nem que for um bico que vc fizer, tem que devolver o dizimo ao Senhor, sendo que Deus não precisa de dinheiro já e tudo dele.
    2 Corintios 9: 7 Cada um contribua segundo propôs no seu coração,não com tristeza,nem por constrangimento; porque Deus ama ao que da com alegria

  211. aldino weis disse:

    ola , amigos, realmente entrei de cabeça nessa briga de palavras e estudos, o,principal e que jesus tirou e livrou da escravidão, e tirou todo o fardo,e livra de todo o jugo ,e se deu em oferta de sacrificio por nós ,e veio para que a lei se cumprisse nele ,então vira o messias ele veio , e aboliu a lei nos livrando dela pois por ela ninguem seria salvo,e somos livres agora para contribuir ,conforme cada um sinta em seu coração ,para faser a unica vontade de jesus ,e dois mandamentos ele deixou o primeiro amar ao proximo como a si proprio e 2 ide e pregai o evangelio a toda criatura ,quem ouvir e crer e for batizado sera salvo e quem não sera condenado ,se voce ver jesus não pregava em templos ,pois a templos ele disse não ficara pedra sobre pedra,vemos que hoje ,investem se milhoes e bilhoes em templos ,e nquanto milhoes de pessoas se arastam no mundo sem ter oque comer e nem onde morar cade o amor ao proximo,o dizimo e uma ganãncia queri eu ver se o governo fosse cobrar 10 % dos valores que a igreja faturra o tamanho do berro ia ser muito grande e sera que esses que cobram dizimo hoje eram dizimista pimenta nos olhos dos outros e quisuco,jesus disse aranca a trave do teu olho e depois tira o cisco dos outros ,eu que estou escrevendo isso fui dizimista por muitos anos ,mas conforme aprendi a palavra fui vendo a palavra de galax 5 um pouco de fermento leveda toda a massa,por tanto qwuem e dizimista volta na lei ,e crucifica jesus seu salvador novamente ,somos livres por cristo de toda ,a lei. veja , exemplo um homen uma mulher quando si amam ,di verdade ,com ou sem dinheiro ,eles vão se amar ,sem um cobrar nada do outro e as provisoes vem de maneira natural ,assim tambem e o que prga a palavra se realmente prega por amor as almas Deus e seloso e fas com que as pessoas contribuam ,e mais com alegria essa contribuição e que alegra o coração de Deus ,ja falei com pessoas ,que fasem partes de igrejas onde ,o estatuto reza ,dizimo vestes cabelos e por ai vai nem muitos deles conseguem carregar o fardo que por cima de si colocaram ,esse irmão disse que ele não prospera por que não e fiel no dizimo ,me deu pena dele ,e falei a ele que existem pesos colocados em nossas mentes que nos ,acusam ,e espliquei a ele que somos livres ,ou sera que Deus quer que sejamos escravos ,ele não e Deus ditador e sim de amor ,se não o fosse jamais mandaria o filho para nos libertar da lei,pois pela lei ninguem se salva e por cristo livres estamos da lêi

  212. Lucio disse:

    Tesouro no céu
    Mateus 6: 19
    Nao ajunteis para vos tesouros na terra ,onde a traca e a ferrugem os consomem,e onde os ladroes minam e roubam;
    20 Mas ajuntai para vos tesouros no céu ,onde nem a traca nem a ferrugem os consomem, e onde os ladroes não minam nem roubam.
    21 Porque onde estiver o teu tesouro,ai estará também o seu coração.
    Engraçado isso não,pergunto eu porque os lideres das igrejas estão cada vez mais ricos, sendo que Jesus era um líder, nasceu pobre morreu pobre.
    E ai alguém me explique isso por favor senhores teólogos. EU só tiro conclusões só na bíblia.

  213. Hermes disse:

    Faço parte de uma igreja que não cobra dízimo porém todos temos a consciência de que a igreja tem dispezas e precisam ser supridas, Cristo disse de graça recebeste e de graça passadas a diante temos que viver de nosso próprio suor mas aqueles que não tiverem condições para tal Deus enviará seu anjos e suprirá suas necessidades de acordo com sua vontade.

  214. Francimar disse:

    Vou encontrar que os pos e os contra. Entendo que a época, o dízimo serviam aos seus verdadeiros propósitos, como nós sabemos que era para o sustento do Templo como também atendia as viúvas, aos órfãos e aos estrangeiros, correto? E hoje? Cabe no tempo atual? Hoje se amaldiçoa quem não dá dízimo! Quem o recebe sabe empregar o mesmo? Dúvidas e dúvidas! Leiam Mateus 6:19 e tirem suas conclusões. Sei de uma só coisas, quem recebe fica cada vez mais rico e quem dá fica cada vez mais pobre.

  215. Flavio disse:

    Dizimo significa a decima parte de um todo. Proverbios 3:9. Eu confio em meus irmaos cooperadores do reino.(pastores,evangelistas etc.) eu sou livre, liberto, para ajudar, minha congregação, faz a vontade de Deus. Pregar sobre os telhados o evangelho.

  216. Alcione disse:

    Concordo com a postagem. Antigamente dava o dízimo na igreja que frequento agora ñ mais. No entanto, acho justo doar algo em torno de 10% porque entendo que a obra de Deus precisa de mantimento. Por isso, utilizo minhas doações pra ajudar a manter o grupo de evangelismo e algumas obras sociais no qual faço parte. Prefiro fazer assim ao invés de doar pra alguma denominação religiosa que sequer presta contas aos irmãos.

  217. Mano ze disse:

    Bom dia, Caros
    1: Toda a Bíblia é espiritual
    2-Quando se fala de ofertas e dízimos não tem nada haver com bens matérias
    3Atos 17:24-25 O Deus que criou o Universo e tudo o que nele existe é o Senhor dos céus e da terra, e não habita em santuários produzidos por mãos humanas.

    Ele também não é servido pelas mãos dos homens, como se precisasse de algo, porquanto Ele mesmo concede a todos a vida, o fôlego e supre todas as nossas demais necessidades
    4-Se falam o Abrão deu Dizimo sim deu a um imortal que não tinha pai e nem mãe.
    5-Quando ler a bíblia, não leia somente a letra mais sim busca o espirito que vivifica
    6-A palavra que vos digo é espiritual
    7-Procura compreender as coisas espirituais de forma espiritual

  218. Carlos disse:

    Eu concordo plenamente no estudo em foco, na verdade o que se ver hoje em dia é muitas igrejas ricas, luxuosas, pastores ricos, fazendas etc… Deus não chamou vc pra ser fazendeiro, nem empresario as custas dos dízimos dos fiés, a palavra afirma que os obreiros vivam do evangelho, não diz enriqueça do evangelho.

  219. Cesar Alonso Carrera disse:

    DÍZIMO – Mateus 23:23
    “Ai de vós,
    escribas e fariseus, hipócritas!
    Pois que dizimais a hortelã,
    o endro e o cominho,
    e desprezais o mais importante da lei,
    o juízo, a misericórdia e a fé;
    deveis, porém,
    fazer estas coisas,
    e não omitir aquelas.”.
    (Mateus 23:23).
    – Mais uma vez Jesus direciona palavras duras aos escribas e fariseus; chama-os de hipócritas! – Ele diz: “Vocês dão o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas DESPREZAM o mais IMPORTANTE da lei…”.
    – Veja bem: “Desprezam o mais importante da LEI!”. – Da LEI, amado (a). – Quando Jesus falou isto, a LEI ainda estava em vigor. – Observe o versículo abaixo:
    “Porque onde há testamento,
    é necessário que intervenha a morte do testador.
    Porque um testamento tem força onde houve morte;
    ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?”.
    (Hebreus 09:16-17).
    – Quando Jesus dirigiu estas palavras para os FARISEUS, a LEI levítica dos dízimos ainda estava em vigor.
    – Como o escritor aos Hebreus deixa bem claro: “Onde há testamento, é necessário que morra o Testador, para que passe a ter valor!”. – Jesus, o Testador, ainda estava vivo amado (a).
    – O Novo Testamento (Graça), passou a ter validade somente depois da morte e ressurreição de Cristo Jesus. – A morte representa o fim da Antiga Aliança. – A ressurreição o início da Nova Aliança! – Com o fim da Antiga Aliança, a “adoração no templo” judaico foi substituída pela adoração a Cristo Jesus, nosso Salvador em Espírito e verdade!
    – Mas somente depois da morte do Testador!
    – Quando Jesus falou aos FARISEUS sobre o dízimo, o sacerdócio levítico ainda estava em vigor, o Testador ainda não tinha morrido:
    “Ai de vós,
    escribas e fariseus, hipócritas!
    Pois que dizimais a hortelã,
    o endro e o cominho,
    e desprezais o mais importante da lei,
    o juízo, a misericórdia e a fé;
    deveis, porém,
    fazer estas coisas,
    e não omitir aquelas.”.
    (Mateus 23:23).
    – Jesus não falou isto para seus discípulos, Ele falou para os ESCRIBAS e FARISEUS:
    “Ai de vós,
    escribas e fariseus, hipócritas…”.
    (Mateus 23:23).
    – Jesus não disse: “Ai de vós, meus discípulos!”. – Jesus disse: “Ai de vós, ESCRIBAS e FARISEUS!”. – Jesus se dirige àqueles que seguiam a lei de Moisés (escribas e fariseus), e não a seus discípulos (você e eu).
    – A Igreja de Jesus formada por seus discípulos, não segue a LEI judaica amado (a)! – Nós não somos judeus; somos de Cristo! – Quando Jesus disse que era necessário levar o dízimo e não omitir o principal da LEI, que é o amor, foi porque os levitas ainda estavam trabalhando no Templo, pois o Templo ainda não tinha sido destruído. – Jesus ainda não tinha sido crucificado, o véu do Templo ainda não tinha se rasgado de alto a baixo… – Todos ainda estavam debaixo da Lei!
    – O dízimo foi uma lei levítica que fazia parte das leis cerimoniais abolidas por Cristo na cruz. – Depois de Sua morte, não há mais a necessidade de um sacerdócio levítico, e se não há mais o sacerdócio levítico, também não há mais a necessidade da prática do dízimo. – A Escritura afirma que as leis de ordenanças nos serviram de aio ou tutor para nos conduzir a Cristo:
    “De maneira que a lei nos serviu de aio,
    para nos conduzir a Cristo,
    para que pela fé fôssemos justificados.
    Mas, depois que veio a fé,
    já não estamos debaixo de aio.
    Porque todos sois filhos de Deus
    pela fé em Cristo Jesus.
    Porque todos quantos fostes batizados em Cristo
    já vos revestistes de Cristo.”.
    (Gálatas 03:24-27).
    – Ela era apenas uma sombra do verdadeiro cordeiro que era Cristo:
    “PORQUE tendo a lei a sombra dos bens futuros,
    e não a imagem exata das coisas,
    nunca,
    pelos mesmos sacrifícios
    que continuamente se oferecem cada ano,
    pode aperfeiçoar os que a eles se chegam.”.
    (Hebreus 10:01).
    – Quando Cristo foi crucificado, tudo o que era ordenanças ou cerimoniais foi abolido na cruz. – O véu que separava o lugar Santo do lugar Santíssimo, rasgou-se de auto a baixo invalidando assim todo o ritual judaico:
    “E o véu do templo se rasgou em dois,
    de alto a baixo.”.
    (Marcos 15:38).
    – Hoje não precisamos mais circuncidar nossos filhos, não precisamos
    mais comer ervas amargas, nem sacrificar animais, porque Cristo foi o último cordeiro a ser sacrificado. – O sangue de Cristo uma vez por todas fez a expiação pelos nossos pecados.
    – E a pergunta que devemos fazer é: “Se nós não precisamos mais circuncidar nossos filhos, nem comer ervas amargas, nem sacrificar animais, porque devemos dar o dízimo?”. – A maior prova de que a LEI do dízimo foi abolida por Cristo na cruz, está na conversão do levita Barnabé:
    “Então José, cognominado pelos apóstolos,
    Barnabé (que, traduzido, é Filho da consolação),
    LEVITA, natural de Chipre,
    Possuindo uma herdade,
    vendeu-a, e trouxe o preço,
    e o depositou aos pés dos apóstolos.”.
    (Atos 04:36-37).
    – Barnabé era um LEVITA, vivia dos dízimos conforme a LEI determinava que vivessem os levitas. – Mas ao abraçar a fé no Cristo Jesus, vendeu sua propriedade e depositou o valor aos pés dos apóstolos. – Os apóstolos receberam o valor ofertado, porém, o valor era repartido entre àqueles que necessitavam de ajuda:
    “Não havia, pois,
    entre eles necessitado algum;
    porque todos os que possuíam herdades ou casas,
    vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido,
    e o depositavam aos pés dos apóstolos.
    E repartia-se a cada um,
    segundo a necessidade que cada um tinha.”.
    (Atos 04:34-35).
    – A denominação que você freqüenta faz isto? – A denominação religiosa reparte o dinheiro com aqueles que necessitam ou o dinheiro fica todo para o “pastor”?
    – Barnabé era um respeitado líder religioso. – Era um levita de nascença, um membro da tribo de Levi que desempenhava tarefas no Templo.
    – Abandonou tudo por amor de Cristo! – Largou seu emprego de levita e o conforto material que lhe proporcionava o recolhimento do dízimo, para viver de acordo com a Nova Aliança estabelecida por Cristo Jesus. – Por amor de Cristo nós também devemos largar tudo e segui-lo.
    – Infelizmente existem hoje “pastores” que ainda estão recebendo dízimo dos irmãos. – Estes “pastores” não são judeus, não são levitas, mas se beneficiam.

  220. xama silva disse:

    otimo estudo,jesus veio para abolir a lei judaica que ate oje os judeus veneram,pq eles seguem a lei com toda disciplina,mas a lei mata e o espirito vivifica,jesus veio para sermos abençoados em todas as areas mas o povo não entende isso.

  221. Edma disse:

    muito bom texto, estava muito confusa com tanta pregação sobre dizimo (obrigatoriedade) foi muito valioso. obrigada

  222. Carlos alberto disse:

    Xô entender! Comcordo com o dizimo mas sobre a lei gravada nas pedras serem abolidas docpu estranho. Se entendermos dessa forma entao posso matar, roubar, cobiçar a mulher do proximo e etc. Ora, se o nao mataras foi abolido logo posso matar pois cristo resolve isso pra mim.

  223. Emídio disse:

    O dízimo foi uma ordenança de Deus para sustentar os sacerdotes que eram da tribo de Levi. Não existe tal ordenança para o Cristianismo, existe o ensino do Apóstolo Paulo sobre ofertas em II Coríntios 9:7. Em Malaquias, Deus repreende os sacerdotes que roubavam o dízimo. Quem quiser contribuir com o dízimo pode fazê-lo, como voto, como fez Jacó; não como ordenança.

  224. mario lovisi petrosino disse:

    Na minha opiniao O Senhor Jesus nao aboliu o dizimo, apenas acrescentou algo que e fazer por amor. Nao adianta dar o dizimo, e os pastores nao apascentarem as ovelhas do Senhor. Tem alguns lugares se nao derem o dizimo nao ficam na denominaçao. Gostaria de saber onde esta o coraçao dessas pessoas. A instituiçao do dizimo foi da parte de Deus. Abel ofereceu o melhor ao criador com amor. A bem da verdade que muitos querem receber bençaos de Deus mas nao querem nem ajudar aos necessitados.
    Tenho recebido muitas bençaos em obedecer uma ordenança deaDeus. E por isso que o diabo tem amarrado e induzido muitos a rebeliao.

  225. germano disse:

    Mario,
    .
    Leia novamente o texto com atenção. Você não entendeu.

  226. germano disse:

    Carlos Alberto,
    .
    Talvez você ache estranho por não conhecer o texto bíblico: “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;” II Corintios 3:14

  227. Cesar Alonso Carrera disse:

    Uma perguntinha BÁSICA mais que faria grande efeito no meio EVANGÉLICO E CRISTÃO. E também uma CURIOSIDADE nossa os CRISTÃOS.

    Quantos (QUANTOS) pastores ou líderes das inúmeras organizações religiosas denominacionais que existem e que são criadas semana após semana se disporiam a “trabalhar na obra”(sic) se não houvesse a imensa motivação derivada do DÍZIMO? Respondam PREGADORES, e até mesmo irmãos que defendem o FALSO DÍZIMO, como sendo A SALVAÇÃO DO MINISTÉRIO, SALVAÇÃO DA IGREJA, SALVAÇÃO DAS CONTAS, e muito mais. Vou aguardar para ver se haverá um PREGADOR atual que usa desta PRATICA que venha a público, dar a sua versão. DUVIDO.

  228. Cesar Alonso Carrera disse:

    A PAZ DO SENHOR A TODOS. Uma perguntinha BÁSICA mais que faria grande efeito no meio EVANGÉLICO E CRISTÃO. E também uma CURIOSIDADE nossa os CRISTÃOS. Quantos pastores ou líderes das inúmeras organizações religiosas denominacionais que existem e que são criadas semana após semana se disporiam a “trabalhar na obra”(sic) se não houvesse a imensa motivação derivada do DÍZIMO? Respondam PREGADORES, e até mesmo irmãos que defendem o FALSO DÍZIMO, como sendo A SALVAÇÃO DO MINISTÉRIO, SALVAÇÃO DA IGREJA, SALVAÇÃO DAS CONTAS, e muito mais. Vou aguardar para ver se haverá um PREGADOR atual que usa desta PRATICA que venha a público, dar a sua versão. DUVIDO. Meu email: alonsocarrera@hotmail.com

  229. Alex disse:

    Prezado, Já esteve à frente de uma igreja? Sabe realmente o que uma liderança passa para lidar com pessoas que são intransigentes e que só pensam em seus próprios interesses? Sua hermenêutica é falha e sem fundamentos. Preocupe-se em angariar almas para o Reino de Deus. Vc dedicaria todos os seus proventos para a manutenção de um local que estivesse sob sua liderança? A propósito vc é ao menos ofertante? Vc ao menos é membro de alguma instituição religiosa? E se for, porque tem sido um peso a mais para os seus pastores? Não convém que seja feito assim. Que Deus possa ter misericórdia de sua vida.

  230. Giany disse:

    Concordo plenamente com você irmão Germano, a palavra de DEUS é clara: “meu povo sofre por falta de conhecimento”….amém

  231. germano disse:

    Prezado pastor Alex Silva,
    .
    À frente de “UMA IGREJA”? “LIDERANÇA”? “Pessoas que são intransigentes e que só pensam em seus próprios interesses”? Você deve saber bem do que está falando porque esse é você. Intransigente e só pensa em seus próprios interesses. Você não se dá conta?
    Você não sabe que Deus tem UMA IGREJA neste mundo? Leia o post:
    http://leiaabiblia.blog.br/deus-tem-%e2%80%9cuma%e2%80%9d-igreja-nesse-mundo/
    Você não sabe que a liderança da Igreja de Deus é exclusividade do Espírito Santo de Deus? Leia os posts:
    http://leiaabiblia.blog.br/quem-deve-liderar-nas-reunioes-da-igreja/
    http://leiaabiblia.blog.br/lideres-cegos/
    http://leiaabiblia.blog.br/jesus-foi-rejeitado-pelos-lideres-religiosos/
    Aliás, você nem sabe o que é a Igreja, leia o post:
    http://leiaabiblia.blog.br/voce-realmente-sabe-o-que-e-a-igreja/
    .
    Desde quando ser “membro de uma instituição religiosa” muda alguma coisa sobre alguém perante Deus a não ser pelo fato de que quem é “membro de uma instituição religiosa” está indo frontalmente contra a Palavra de Deus?
    E de onde você tirou essa palhaçada de “tem sido um peso a mais para os seus pastores” se o supremo Pastor da Igreja de Deus se chama Jesus Cristo e os salvos (membros da Igreja) são reis e sacerdotes para Deus? Ap 1:6
    O peso que eu fui Jesus Cristo carregou na cruz, eu sou salvo pela graça de Deus através da fé em Jesus Cristo. Pense.

  232. francis hime felix felicio disse:

    Paz do Senhor irmão Germano.Além de ser impossível desassociar o dízimo da lei,só quero dizer que o mesmo foi introduzido no Novo Concerto em 585 d.C,no concílio de Mâcon pela igreja romana.Nem Cristo,nem os apóstolos e muito pior Paulo,ensinou isso para nós.Dízimo é um mito.O próprio Paulo,em 2 Co 9,além de deixar bem claro que as contribuições são extremamente de caráter voluntário,no contexto ele mostra para nós a verdadeira intenção do nosso Deus,citando o Salmos 112.9:Distribui,dá aos pobres,a sua justiça permanece para sempre e sua riqueza se exaltará em glória.As contribuições são essenciais,mas o que “eles” fazem hoje,é horrendo e asqueroso.Podem usarem osbargumentos que quiserem,mas quando chegam na teologia paulina,eles se enrolam,pois o âmago da pregação do apóstolo do Senhor foi que o homem só é justicado pela fé do evangelho,nada mais.

  233. Josi disse:

    Nossa amei, amei dimais. Foi muito bem explicado. Não tenho nem uma durvida. Obrigada q deus a bemçoe.

  234. Davi Silva disse:

    Muito bem explicado , dizimo é mito , porque as ofertas são voluntario cada um contribui segundo o propósito do seu coração.

  235. Meire Paiva disse:

    Gostei dos seus comentários, Sr. Germano. Permita-me enfatizar que muitos aprenderam errados sobre a BÍBLIA e hoje com tantas pregações sobre o EVANGELHO DA PROSPERIDADE a casa de Deus, que é para adoração e oração, tornou-se um comércio ao qual o próprio JESUS condenou. Não creio nesse dízimo de obrigação, mas creio que todos devem ajudar suas igrejas e que as mesmas devem ser transparentes naquilo que realmente gastam. Minha humilde opinião é que TODAS AS LIDERANÇAS DE IGREJAS distorcem a palavra de DEUS para aquilo que lhes convém. Isso não é julgamento e sim realidade. A árdua jornada que temos de amar ao próximo, isso poucas igrejas de tijolos ensinam. Vejo muitos debatendo e até se irritando com outros, por isso que digo que é árdua essa jornada, pois não nos ensinam corretamente.

  236. sebastiao disse:

    dízimos era para os judeu e não pra gentil foi um pacto de jaco com Deus e pertence ao AT vivemos o NT Jesus disse em o NT MT 23-23 se vocês quiserem dizimar entao devem amar o próximo também.

  237. Lincoln Fernandes disse:

    Boa noite.
    Gostaria de deixar minha msg a vocês que li varios partes das interpretações de vossas senhoria. Trabalhei na maior ministério evangélico ou o mais próspero. So vi podridão naquilo meus irmãos. Amém.

  238. Rui Barboza Diogo disse:

    Sr Carlos Alberto, você pode matar, roubar, cobiçar a mulher do próximo, só que agindo assim você não estará obedecendo os mandamentos do nosso Senhor Jesus Cristo que é: amarás o próximo…., quem ama o próximo como Jesus nos amou não irá quer nenhum mal a este. Quem ama, não comete homicídio, não cobiça o que pertençe ao próximo, pois ama o próximo, não rouba do seu próximo, pois só irá querer o seu bem. os Dez mandamentos se resume em amar o próximo como a ti mesmo e posteriormente Jesus disse: amar o próximo como eu vos amei. Jesus ordenou que nós amemos o nosso próximo como Ele nos amou e, se conseguirmos agir assim, nunca, jamais iremos querer o mal a alguém, nem desejar subtrair algo dele, dele material ou imaterial.
    Em relação ao dízimo, só resumindo: Jesus Cristo, os doze apóstolos e nenhum dos discípulos da igreja primitiva coletou ou ordenou a coleta do dizimo. em nenhuma referência bíblica se encontra ordenança de entrega do dízimo para Cristãos. A Prática era unica e exclusiva à judeus e para fins específicos, não para construção de templos, manutenção deste, ou até mesmo assalariar quem quer que seja, pois somente os judeus pertencentes à tribo de Levi tinha ordença de coletar e administrar o dízimo e não há um cristão sequer que aí se enquadre.

    Grato.

  239. Josiel disse:

    Germano Boa noite na Paz de Cristo
    Olha realmente vejo o quanto o fim dos tempos se aproxima desde a ascensão do nosso Senhor
    Nos últimos dias muitos apostastarao da fé o amor se esfriará e o Rei do século aparece a todo instante
    O medo pregado pelos falsos pastores por amarem mais o dinheiro o poder iludem a fé das pessoas .
    Acho que dizimar e colocar sua vida na presença de Deus fazer o que Jesus nos ordena :reconhece a existência de Deus .
    Acho que devemos olhar mais ao nosso redor acudir os sedentos tanto de pão como também de Mana celestial
    Acho que isso se resume no reino que nosso Senhor quer de Seus servos
    Amai a Deus sobre todas as coisas
    Amai uns aos outros asssim como Eu vos amei
    Amém ora vem Senhor Jesus
    Obrigado irmão

  240. Júnio César disse:

    Bom, penso o seguinte: De acordo com a Lei dada a Moisés, somente o sacerdote poderia receber o dízimo. Então quem recebe teria que ser da tribo de Levi. Se não qualquer um poderia recolher. Se a Lei não mudou, então nada mudou. Jesus é o sacerdote eterno. Mas se Ele é da Tribo de Judá, também não poderia recolher o dízimo, já que ele não é Levita. Então onde a Lei mudou para que qualquer um possa recolher o dízimo?

  241. Júnio César disse:

    Não tinha lido antes. A publicação do Rui Barbosa já explica tudo. O dízimo também era recolhido somente para fins específicos. Somente órfãos, viúvas, levitas e estrangeiros. Não poderia recolher dízimo se não fosse para um desses fins. E hoje é recolhido para isso? Qual pastor de qualquer denominação de hoje em dia é da tribo de Levi para ter autoridade de recolher os dízimos?

  242. Roberto Nogueira disse:

    Parabéns! Excelente postagem! Concordo com tudo! Inclusive sobre “igreja”! Não tenho nada à acrescentar! Muito bom!

  243. Edgard C. Nascimento disse:

    Olá, irmão Germano, demais irmãos, simpatizantes e militantes!

    Quero parabenizar o excelente nível de compreensão do estudo sobre a questão do Dízimo. Num segundo momento, quero trazer a importância das “igrejas físicas” (congregações, organizações, como os santos da comunidade da galácia, éfeso, etc). Por ora, Deus abençoe a todos.

  244. Keila disse:

    Foi dito que os dízimos e ofertas nunca foram para Deus. Poderia me explicar no livro de ICronicas 29:14-18 que fala sobre a oferta de riquezas para a construção do Templo no reinado de Davi.

  245. germano disse:

    Keila,
    .
    “Porque quem sou eu, e quem é o meu povo, para que pudéssemos oferecer voluntariamente coisas semelhantes? Porque tudo vem de ti, e do que é teu to damos. Porque somos estrangeiros diante de ti, e peregrinos como todos os nossos pais; como a sombra são os nossos dias sobre a terra, e sem ti não há esperança. SENHOR, nosso Deus, toda esta abundância, que preparamos, para te edificar uma casa ao teu santo nome, vem da tua mão, e é toda tua. E bem sei eu, Deus meu, que tu provas os corações, e que da sinceridade te agradas; eu também na sinceridade de meu coração voluntariamente dei todas estas coisas; e agora vi com alegria que o teu povo, que se acha aqui, voluntariamente te deu. SENHOR Deus de Abraão, Isaque, e Israel, nossos pais, conserva isto para sempre no intento dos pensamentos do coração de teu povo; e encaminha o seu coração para ti.” I Crônicas 29:14-18

    Como você mesmo disse, as ofertas do povo de Israel foram para a construção do Templo em Jerusalém, não para Deus, pois o próprio Davi diz: ” Bendito és tu, SENHOR Deus de Israel, nosso pai, de eternidade em eternidade. Tua é, SENHOR, a magnificência, e o poder, e a honra, e a vitória, e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu é, SENHOR, o reino, e tu te exaltaste por cabeça sobre todos. E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo. Agora, pois, ó Deus nosso, graças te damos, e louvamos o nome da tua glória. Porque quem sou eu, e quem é o meu povo, para que pudéssemos oferecer voluntariamente coisas semelhantes? Porque tudo vem de ti, e do que é teu to damos.” I Crônicas 29:10-14

    Além disso, nos dias de hoje o que vemos no judaísmo não tem aplicação prática para nós. Hoje o que tem aplicação prática é o que está na Bíblia de Atos em diante. Observe que até a morte de Jesus é tudo Velho Testamento e o mesmo foi abolido pelo próprio Senhor Jesus: “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;” II Corintios 3:14

    Não existe mais nenhum Templo ou lugar onde o cristão deva adorar pois somos o templo do Espírito Santo: “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” I Corintios 6:19

    E as ofertas se destinam ao sustento dos irmãos, como está em I Corintios 16:1-3 “ORA, quanto à coleta que se faz para os santos, fazei vós também o mesmo que ordenei às igrejas da Galácia. No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade, para que não se façam as coletas quando eu chegar. E, quando tiver chegado, mandarei os que por cartas aprovardes, para levar a vossa dádiva a Jerusalém.”

    Recomendo que você leia o livro “A Ordem de Deus” que você pode baixar gratuitamente aqui: http://aordemdedeus.blogspot.com.br/
    Recomendo também que você o leia estudando e acompanhando com a sua Bíblia cada uma das passagens citadas no livro, como faziam os bereanos (Atos 17).
    Se você fizer isso, vai se surpreender com a quantidade de erros que vemos por aí hoje em dia.

  246. Zaidoh disse:

    Henrique Medeiros : A lei

  247. Dicena Sousa disse:

    Leia deuteronômio cap:26 vs 12 e dizima como Deus instituiu a Moisés. Quando Deus instalou a igreja, o homem mudou para a forma como é hoje, depositando nas mãos dos líderes religiosos. Saiba que Deus não recebeu nenhum dos teus dízimos.

  248. Gerdson sousa disse:

    E muito fácil diferencia uma coisa da outra, e esses tipos de comentários vão longe, dízimo é bíblico, e isso é inquestionável, uns vão argumentar que não é pra dizimar + porque o dízimo é da lei, sendo que Deus deixou registrado que Abraão deu o dízimo, Jacó disse que se Deus o abencoasse ele daria o dízimo, E daí em diante essa prática evoluiu, nunca deixou de existir, o que foi abolido foi o ministério sacerdócio, não esqueça que Jesus é o nosso sumo sacerdote, Jesus diz em Mt 23.23Ai de vós, doutores da Lei e fariseus, hipócritas! Porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas tendes descuidado dos preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé. Deveis, sim, praticar estes preceitos, sem omitir aqueles ( é claro que aqui eles davam o dízimo em hortaliça, cereais, animais e assim por diante, hora se o meu pagamento ou o que tiro da terra é podruto, animal, não posso da dinheiro, mas se o que ganho é dinheiro não posso dá outra coisa, isso é muito claro, vc da 10% do que te vem a mão),então Jesus reprova eles aqui não no fato de dizimar, E sim dos preceitos mais importantes; justiça, misericórdia e fé, Jesus ainda diz deveis, sim praticar esses preceitos, sem omitir aqueles. agora você sabe porque Jesus não tratou com mais amplitude esse assunto? porque que é infiel aos seus dízimos e ofertas, sempre vai achar um meio, sempre vai encontrar apoiadores ao seu argumento, sempre vai dizer que é da lei, que foi abolido o sacerdócio isso e aquilo, agora quem é fiel DIZIMISTA não importa o que aconteça ele sempre vai dizimar, podem dizer que ele (a), está dando dízimo pra homens, que Deus nunca recebeu seus dízimos e sim o homem, que os dízimos não eram dinheiro como falam os do novo tempo, os donos da verdade, podem falar o que quiser, infiel é infiel, fiel é fiel.

  249. germano disse:

    Gerdson Sousa.
    .
    Ou você não leu o texto, ou leu e não entendeu ou entendeu mas não acredita na Palavra de Deus. Não existe dízimo no Novo Testamento. Jesus Cristo aboliu o Velho Testamento. Leia: “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;” II Corintios 3:14

  250. Ivo Franco disse:

    Graças eu dou a Deus pela existência desse estudo. Me esclareceu tudo sobre dízimo no Velho e no Novo Testamento e ainda me mostrou que devo contribuir com a Obra de Deus para ajudar meus irmãos na fé (pastores ou não), não com 10%, mas conforme minha prosperidade e conforme Deus propor em meu coração.
    O que importa é que eu ame a Obra de Deus e ame a meus irmãos como a mim mesmo.

  251. Gilmar disse:

    Excelente estudo. Parabéns, meu irmão! Muito perspicaz, que Jesus Cristo te abençoe sempre.

  252. Marcelo disse:

    vamos arrumar mil analfabetos e dar pra vc germano ministrar aí quero ver onde vc vai por eu vou à igreja não pela placa não pelo pastor mais pela graca de Deus.
    Bem q tá escrito que muitos viveria suas próprias paixões .fica aí com seu individualismo .sabe tudo

  253. Lia disse:

    Germano vc sabe o significado da palavra dízimo??

  254. germano disse:

    Lia,
    .
    Sei.

  255. Marcondes disse:

    Jesus nunca mandou dar dízimos para pastor. O dízimo também nunca foi em dinheiro, leia Dt.14:22-27. O dizimo era para os levitas que tiveram parte na terra prometida. Jesus não disse traga os dízimos para os pastores, por que os dízimos era para os levitas, os levitas eram sacerdotes. Não tem mais sacerdote.

  256. Vanderson disse:

    Parabéns, Germano!
    Ainda bem que há pessoas esclarecidas como você, mas, infelizmente, há exploradores e pessoas que não raciocinam da forma correta. Propagam o que vários espertalhões ensinam.
    Deus te abençoe!

  257. Peter Barbosa disse:

    Esta é a verdade, e acreditem, existe Doutrina hoje em dia com estes ensinamentos, não vou citar nome para evitar polemicas. As escrituras são a verdade, infelizmente alguns mesmo consultando as escrituras se mantém cegos pra não contrariar sua doutrina.

  258. Marcelo disse:

    Pela segunda vez tento postar comentário aqui e o comentário sem motivo nenhum é excluído , é uma falta de respeito do autor do blog com as pessoas que discorda do seu modo de pensar. Se fosse um comentário desrespeitoso concordaria o que não é caso. O autor do blog pensa que só a sua forma de pensar é correta e bíblica , excluiu o meu comentário sem nenhum argumento e base bíblica alguma é simplesmente um ato de intolerância e desrespeito com a opinião e ponto de vista do próximo.

  259. germano disse:

    Marcelo,

    Aqui no blog são publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões pessoais, questões doutrinárias, ataques pessoais, citações nominais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog são excluídos. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Seu comentário foi excluído por um desses motivos. Refaça seu comentário seguindo as regras e o mesmo será publicado.

    Germano Luiz Ourique

  260. Marcos Antônio disse:

    Amados quero desejar a todos a paz do Senhor. Vejo mais discussões do que o que mais importa pra Deus, que é um ensino proveitoso, e muitas confusão em questão de interpretação de textos. Por ex: comparar o dízimo dos tempos do AT com os tempos de hoje, naquele tempo do AT era moedas até mesmo de trocas, já no tempo de Jesus existia moedas, por isso que levaram uma moeda de César, outra linha de interpretação absurda de tal escritor desse site, Deus não habita em templo feito por mãos de homem, usar esse texto para não participar de uma denominação é de uma ignorância absurda, claro e evidente que ELE não habita em templo feito por mãos de homem, pois ELE habita em nós, porém senhor da sabedoria fraca, as igrejas foram e são feitas para nós e não para Deus, como vc participa da Santa Ceia? Ou como vc oferta? E já que vc usou o texto de Jesus em MT 23.23 é pra colocar aquele cominho, hortelã e o endro pra onde, pra sua casa é? Como sustentar uma igreja hoje sem dinheiro? Quais os meios que a palavra de Deus nos orienta para que haja mantimentos na casa do Senhor, e que casa era essa, era em nós já que somos a casa de Deus, quando Jesus disse que a casa de meu Pai será chamada casa de oração, ELE estava falando de qual casa? Se vc vier me dizer que era sobre nós, vou te perguntar e aqueles cambistas, vendedores de pombos estavam vendendo aquilo a onde? Porque os apóstolos se reuniam para fazer suas reuniões espirituais. Isso é pra vc aprender alguma coisa que vc ainda precisa, as sinagogas foram feitas no cativeiro por que o povo de Israel se reuniam para adorar a Jeová Nissi, logo aprendemos que nós hoje participamos de uma congregação para juntos congratular-mos e darmos o nosso louvor ao nosso eterno Deus que já vem dos primórdios, outra coisa, dízimo é uma forma de agradecimento a Deus pela prosperidade que o nosso Pai tem nos dado, se eu recebo 10.000 e quero dar o dízimo do MEU salário na obra de meu Deus o que vc ou qualquer outra pessoa tem haver com isso? Estou agradecendo ao meu Deus e tenho sido ABENÇOADO poderosamente por minha fidelidade a Deus, trago os meus dízimos por obedecer a palavra de Deus se o mordomo da igreja que é o pastor, fizer mau uso deste dinheiro, ele que pague o preço diante de Deus que sabe de todas as coisas, minha e sua obrigação é ensinar a palavra de Deus, mas é sim ensinar corretamente, e não venha- me com argumentos fracos e rasteiro, pois sou igual os de Beréia, gosto de examinar a palavra de Deus, todos os dízimos devolvidos na Bíblia é do que se ganhava e do que se ganha, se naquela época ganhava a benção de Deus através da plantação que se recebia de Deus o suplemento da terra, hoje é diferente a forma de ganhar os meios de sustentação, e é diferente dos tempos até mesmo de Jesus, os tempos mudaram, mais a bíblia não mudou. Jesus simplesmente aboliu o que nos tempos de hoje e principalmente pra nós os gentios se considera desnecessário, por ex: sacrifício de animais, circuncisão, matar por apedrejamento quando se era pego em adultério e etc… E poderíamos fazer outras colocações de alguns erros em suas colocações, e outra coisa, seja humilde, vc gosta muito de mandar as pessoas estudar a palavra como se vc soubesse mais do que elas, provavelmente vc é o cara. Saia dessa ideia exaltada e fraca desse negócio dos desigrejados, isso foi uma criação diabólica para as pessoas não participarem de alguns dogmas da igreja, deixado pelo o próprio Jesus. E um dos principais participantes desse ideologia é **************, o qual tem proliferado essa praga de ensinamento errôneo, e muitos tem seguido esse tipo coisa e tem-se tornado pessoas solitárias espirituais por não terem uma família espiritual, quero que vc nos explique quando Jesus apareceu para João na ilha de Patmos e lhe pediu para entregar as sete cartas para os sete que estavam nas sete igrejas, onde estava essas igrejas e essas igrejas, eram pessoas que Deus habitava nelas? Faça essas perguntas a vc mesmo. Tá bom! Fica na paz do Senhor Jesus Cristo. AMÉM!

  261. germano disse:

    Marcos Antônio,
    .
    As regras para comentar aqui no blog são claras: Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões pessoais, questões doutrinárias, ataques pessoais, citações nominais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog serão excluídos. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico.
    .
    Seu comentário, embora infrinja todas as questões assinaladas em negrito logo aí acima, será publicado e respondido aqui para que você (e eventualmente mais alguém) possa entender melhor a questão da heresia e apostasia ligadas à prática de dizimar nos dias de hoje. Seu comentário, além de conter vários erros absurdos de interpretação do texto bíblico, cita nominalmente pessoas que não estão aqui para se defender das suas acusações e isso é uma enorme covardia e falta de educação. É por isso que deletamos os comentários que contém citações pessoais e notadamente quando essas citações são acusações. No caso, editei e ocultei o nome da pessoa que você acusa.
    .
    É interessante notar que você não cita nem ao menos um versículo bíblico sequer para embasar as besteiras que escreveu, o que mostra o seu desconhecimento da Palavra de Deus e da aplicação para os dias de hoje. Quando você diz que “poderíamos fazer outras colocações de alguns erros em suas colocações” eu acho graça não com desdém ou falta de humildade porque sei que todo conhecimento vem de Deus e não é meu, embora muitas pessoas aqui acreditem que eu seja prepotente, arrogante e coisas do tipo. Não, eu simplesmente sou direto quando falo e escrevo e quando vejo um ignorante como você não tenho nenhum problema em comunicar ao interlocutor a respeito da sua ignorância, burrice, analfabetismo funcional ou o que seja. Mas sempre diretamente, jamais falando pelas costas.
    .
    Não existe na Bíblia nada que confirme as sua afirmação de que “o que mais importa pra Deus é um ensino proveitoso”. O que encontramos na Palavra de Deus é:
    “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e IMPORTA que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.” (João 4:23-24)
    Portanto, é isso que importa para Deus e não “ensino proveitoso”. Deus não precisa de nenhum “ensino proveitoso” além daquele que nos é dado pelo Seu Espírito Santo. E não precisamos de nada além da Bíblia, a Palavra de Deus, para que estejamos preparados:
    “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ENSINAR, para REDARGUIR, para CORRIGIR, para INSTRUIR EM JUSTIÇA; para que o homem de Deus seja PERFEITO, E PERFEITAMENTE INSTRUÍDO PARA TODA A BOA OBRA.” (II Timóteo 3:16-17)
    É por isso que eu recomendo que as pessoas estudem a Palavra de Deus, porque é isso que a Palavra de Deus diz (e eu MOSTRO na Palavra o que está escrito). Quando Paulo se despediu dos anciãos em Éfeso ele disse o quê a eles? Que eles criassem uma EBD? Que consultassem algum “pastor”? Que se tornassem membros de algum “clube” ou comunidade criada pelos homens? Não! O que Paulo disse foi:
    “Agora, pois, irmãos, ENCOMENDO-VOS A DEUS E À PALAVRA DA SUA GRAÇA; a ele que é poderoso para vos edificar e dar herança entre todos os santificados.” (Atos 20:32)
    Ensino proveitoso nos dá o Espírito Santo através da Bíblia. Nada mais.
    .
    Quando você fala em “comparar o dízimo dos tempos do AT com os tempos de hoje”, mostra que não entendeu que TODO o Velho Testamento foi abolido por Cristo confrome está escrito em (II Corintios 3:14) “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do VELHO TESTAMENTO, O QUAL FOI POR CRISTO ABOLIDO;”
    Não existe mais dízimo desde o primeiro século por algumas razões básicas que uma leitura atenta do texto bíblico nos esclarece:
    1) O dízimo NUNCA FOI PARA DEUS: “Porque os dízimos dos filhos de Israel, que oferecerem ao SENHOR em oferta alçada, TENHO DADO POR HERANÇA AOS LEVITAS; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel nenhuma herança terão.” (Números 18:24)
    2) O dízimo NUNCA FOI DINHEIRO: “Certamente DARÁS OS DÍZIMOS DE TODO O FRUTO DA TUA SEMENTE, QUE CADA ANO SE RECOLHER DO CAMPO. E, perante o SENHOR teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao SENHOR teu Deus todos os dias. E QUANDO O CAMINHO TE FOR TÃO COMPRIDO QUE OS NÃO POSSAS LEVAR, POR ESTAR LONGE DE TI O LUGAR QUE ESCOLHER O SENHOR TEU DEUS PARA ALI PÔR O SEU NOME, QUANDO O SENHOR TEU DEUS TE TIVER ABENÇOADO; ENTÃO VENDE-OS, E ATA O DINHEIRO NA TUA MÃO, E VAI AO LUGAR QUE ESCOLHER O SENHOR TEU DEUS; E AQUELE DINHEIRO DARÁS POR TUDO O QUE DESEJA A TUA ALMA, POR VACAS, E POR OVELHAS, E POR VINHO, E POR BEBIDA FORTE, E POR TUDO O QUE TE PEDIR A TUA ALMA; COME-O ALI PERANTE O SENHOR TEU DEUS, E ALEGRA-TE, TU E A TUA CASA; PORÉM NÃO DESAMPARARÁS O LEVITA QUE ESTÁ DENTRO DAS TUAS PORTAS; pois não tem parte nem herança contigo. (Deuteronômio 14:22-27)
    3) O dízimo era uma ordem Deus SÓ PARA OS JUDEUS, para mais ninguém:
    “E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os DÍZIMOS EM ISRAEL por herança, pelo ministério que executam, o ministério da tenda da congregação.” (Números 18:21)
    “Porque os DÍZIMOS DOS FILHOS DE ISRAEL, que oferecerem ao SENHOR em oferta alçada, tenho dado por herança aos levitas; porquanto eu lhes disse: No meio dos filhos de Israel nenhuma herança terão.” (Números 18:24)
    4) O dízimo era entregue só aos Levitas e SÓ EM JERUSALÉM por ordem de Deus:
    “Então HAVERÁ UM LUGAR QUE ESCOLHERÁ O SENHOR vosso Deus para ali fazer habitar o seu nome; ALI TRAREIS TUDO O QUE VOS ORDENO; os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e toda a escolha dos vossos votos que fizerdes ao SENHOR.” (Deuteronômio 12:11)
    .
    Mas o que prova que você tem problemas sérios para interpretar um texto é quando confunde o dízimo a ser entregue aos Levitas com o imposto devido a César ao dizer que “naquele tempo do AT era moedas até mesmo de trocas, já no tempo de Jesus existia moedas, por isso que levaram uma moeda de César”. Por favor, leia com calma e atenção para entender:
    “É-nos lícito dar TRIBUTO a César ou não? E, entendendo ele a sua astúcia, disse-lhes: Por que me tentais? Mostrai-me uma moeda. De quem tem a imagem e a inscrição? E, respondendo eles, disseram: De César. Disse-lhes então: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.” (Lucas 20:22-25)
    Obs.: Tributo é sinônimo de imposto. Isso não tem absolutamente nada a ver com dízimo.
    .
    Você afirma também que “outra linha de interpretação absurda de tal escritor desse site, Deus não habita em templo feito por mãos de homem, usar esse texto para não participar de uma denominação é de uma ignorância absurda, claro e evidente que ELE não habita em templo feito por mãos de homem, pois ELE habita em nós, porém senhor da sabedoria fraca, as igrejas foram e são feitas para nós e não para Deus, como vc participa da Santa Ceia? Ou como vc oferta?”
    Eu diria que linha de interpretação absurda é alguém que se denomina cristão não saber que fazer o que a Palavra de Deus não diz é heresia. Leia com atenção as perguntas abaixo e procure na sua Bíblia as respostas:
    – Que autoridade nos dá a Palavra de Deus para estabelecermos igrejas denominacionais ou não denominacionais em meio ao testemunho cristão, quando as Escrituras condenam a criação de seitas e divisões entre os crentes? (1 Co 1:10; 3:3; 11:18-19)
    – Com que autoridade vinda de Deus os cristãos denominam suas assim chamadas “igrejas” como Presbiteriana, Batista, Pentecostal, Aliança, Cristã Reformada, Anglicana etc., quando não há na Bíblia instruções para nos reunirmos em qualquer outro nome além do nome do Senhor Jesus Cristo? (Mt 18:20; 1 Co 5:4)
    – Que autoridade têm os cristãos para ornamentarem seus lugares de adoração à semelhança do tabernáculo e do templo da ordem judaica do Antigo Testamento? Muitos desses edifícios, chamados de “igrejas”, são ornamentados com ouro e outros materiais preciosos. Muitos desses edifícios, chamados “igrejas”, têm um altar. Outros têm partes do prédio destacadas como sendo mais sagradas do que outras. Que autoridade têm os cristãos para emprestarem coisas assim do judaísmo, quando a Bíblia indica que o cristianismo não é uma extensão da ordem judaica, mas possui um caráter totalmente novo de aproximar-se de Deus? (Hb 10:19-20; 13:13; Jo 4:23- 24)
    – Será que existe qualquer base na Palavra de Deus para chamar esses edifícios de “igrejas”? A definição bíblica de “igreja” é de uma reunião de crentes que, pelo evangelho, foram chamados para fora, tanto dentre os judeus como dentre os gentios, e são unidos em um único corpo a Cristo, sua Cabeça no céu, pela habitação do Espírito Santo. (At 11:22; 15:14; 20:28; Rm 16:5; 1 Co 1:2; Ef 5:25)
    – Que autoridade as Escrituras dão para se colocar um homem na igreja (chamado de Ministro ou Pastor) para “conduzir” a adoração? As Escrituras ensinam que o Espírito de Deus foi enviado ao mundo para guiar a adoração cristã (Fp 3:3; Jo 4:24; 16:13-15). A Bíblia indica que é o Senhor, por intermédio do Espírito, quem preside na assembleia dos santos e dirige os procedimentos do modo como Lhe apraz. (1 Co 12:11; Fp 3:3)
    Aqui tem cinco, mas você pode encontrar mais 30 perguntas como essas para estudar e refletir se ler o livro A Ordem de Deus – Para os Cristãos Congregarem Para Adoração e Ministério que você pode baixar gratuitamente no site A Ordem De Deus.
    Participar de uma denominação, algo criado pelos homens e totalmente contra a vontade de Deus, é uma heresia. Simples assim, pois como você mesmo diz “as igrejas foram e são feitas para nós e não para Deus”. E isso é no mínimo uma ofensa a Deus.
    Quanto a participar da ceia e ofertar, a Palavra nos ensina que “Onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome [em nome do Senhor Jesus Cristo], aí estou eu no meio deles.” (Mateus 18:20)
    Portanto, é em qualquer lugar.
    .
    Quando você pergunta “E já que vc usou o texto de Jesus em MT 23.23 é pra colocar aquele cominho, hortelã e o endro pra onde, pra sua casa é?”, faz confusão entre o que é o Velho Testamento e o Novo Testamento. Entenda que o Novo Testamento só tem início após a morte de Jesus. Nem é tão difícil assim de entender porque um testamento só tem validade após a morte do testador, mas como as Bíblias que temos colocam os evangelhos no Novo Testamento, muitas pessoas erradamente pensam que o Novo Testamento inclui os Evangelhos quando isso não é verdade. Tudo até a morte de Jesus é Velho Testamento. Jesus era judeu, cumpriu a Lei, viveu como um judeu e quando curava, dizia para a pessoa fazer o que ordenava a Lei:
    “Disse-lhe então Jesus: Olha, não o digas a alguém, mas vai, MOSTRA-TE AO SACERDOTE, E APRESENTA A OFERTA QUE MOISÉS DETERMINOU, PARA LHES SERVIR DE TESTEMUNHO.” (Mateus 8:4)
    Já no Novo Testamento, quando Paulo ou qualquer um dos discípulos curava alguém, você não encontra mais a ordem de cumprir a Lei e se apresentar ao Sacerdote no Templo em Jerusalém.
    E quando Jesus fala sobre o dízimo do endro, da hortelã e do cominho (no Velho Testamento), Ele está se dirigindo aos fariseus hipócritas: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.” (Mateus 23:23 )
    A não ser alguém seja um fariseu hipócrita vivendo no tempo do Velho Testamento, a passagem não tem nenhuma aplicação prática nos dias de hoje.
    .
    A seguir você pergunta: “Como sustentar uma igreja hoje sem dinheiro? Quais os meios que a palavra de Deus nos orienta para que haja mantimentos na casa do Senhor, e que casa era essa, era em nós já que somos a casa de Deus, quando Jesus disse que a casa de meu Pai será chamada casa de oração, ELE estava falando de qual casa? Se vc vier me dizer que era sobre nós, vou te perguntar e aqueles cambistas, vendedores de pombos estavam vendendo aquilo a onde?”
    Bem, a “Casa do Senhor” não existe mais desde o ano 70 quando o Templo de Jerusalém, que era o ÚNICO LUGAR onde os judeus deveriam adorar (Jo 4:20) foi destruído pelos Romanos que invadiram Jerusalém. Exatamente como Jesus havia profetizado em Mateus 24. Entenda que o Templo em Jerusalém era o local da habitação de Deus entre o Seu povo até a morte de Jesus. Hoje o único Templo de Deus hoje é o corpo dos salvos: “Ou não sabeis que o VOSSO CORPO É O TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO, QUE HABITA EM VÓS, PROVENIENTE DE DEUS, e que não sois de vós mesmos?” (I Corintios 6:19)
    Ah! Os cambistas e vendedores estavam no Templo em Jerusalém. Que não existe mais. Nem os Levitas. Nem mais nada do judaísmo.
    .
    O absurdo seguinte que você diz é: “Isso é pra vc aprender alguma coisa que vc ainda precisa, as sinagogas foram feitas no cativeiro por que o povo de Israel se reuniam para adorar a Jeová Nissi, logo aprendemos que nós hoje participamos de uma congregação para juntos congratular-mos e darmos o nosso louvor ao nosso eterno Deus que já vem dos primórdios”.
    É muito comum encontrar nas denominações criadas pelos homens, um grande número delas adeptas da “teologia do pacto” que vê a Igreja como se fosse uma continuação de Israel. Isso é um erro pois “tudo se fez novo”. A Igreja é um mistério de Deus do qual não se tinha conhecimento até o seu início no dia de Pentecostes (Atos 2).
    As sinagogas só existiam em território judeu e jamais existiram quando estes estiveram no cativeiro. As sinagogas jamais foram um lugar de adoração senão que eram lugares de estudo das escrituras:
    “E percorria Jesus toda a GALILÉIA, ENSINANDO NAS SUAS SINAGOGAS e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.” (Mateus 4:23)
    “E percorria Jesus TODAS AS CIDADES E ALDEIAS, ENSINANDO NAS SINAGOGAS DELES, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo.” (Mateus 9:35)
    Jesus ensinava NAS SINAGOGAS E NO TEMPLO: “Jesus lhe respondeu: Eu falei abertamente ao mundo; EU SEMPRE ENSINEI NA SINAGOGA E NO TEMPLO, onde os judeus sempre se ajuntam, e nada disse em oculto.” (João 18:20)
    Sinagogas eram locais de estudo; só o Templo em Jerusalém era lugar de adoração. Judeus jamais se reuniriam em uma sinagoga para adorar. E congregação é um grupo de crentes salvos reunidos em qualquer lugar adorando em espírito e em verdade. Não tem absolutamente nada a ver com se dirigir a um prédio.
    .
    Quando você diz que “dízimo é uma forma de agradecimento a Deus pela prosperidade que o nosso Pai tem nos dado” e que “trago os meus dízimos por obedecer a palavra de Deus se o mordomo da igreja que é o pastor, fizer mau uso deste dinheiro, ele que pague o preço diante de Deus que sabe de todas as coisas, minha e sua obrigação é ensinar a palavra de Deus”, comete vários erros:
    1) Prosperidade (ou Teologia da Prosperidade) é uma doutrina satânica introduzida pelo príncipe deste mundo nas igrejas com o objetivo de tirar Jesus do foco do crente. O que está escrito é “Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.” (I Timóteo 6:8) e ainda “Confirmando os ânimos dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé, pois QUE POR MUITAS TRIBULAÇÕES NOS IMPORTA ENTRAR NO REINO DE DEUS.” (Atos 14:22). E mais: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; NO MUNDO TEREIS AFLIÇÕES, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16:33)
    Teremos, portanto, aflições, tribulações e devemos estar contentes tendo com o que nos cobrir e o nosso sustento. As bênçãos terrenas eram para os judeus. As bênçãos do cristão são celestiais: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as BÊNÇÃOS ESPIRITUAIS NOS LUGARES CELESTIAIS EM CRISTO;” (fésios 1:3)
    2) Quem diz “trago os meus dízimos por obedecer a palavra de Deus” não conhece a Palavra de Deus – já lhe mostrei porque. Quem dá dízimo faz o que a Palavra de Deus não ordena e se torna um herege.
    3) Não existe “mordomo da igreja” na Bíblia. Isso é uma invenção dos homens e essa recriação de dízimo foi a forma que os espertos encontraram de tomar dinheiro dos incautos para sustentar algo que Deus não ordenou – além deles mesmos, é claro!
    4) Quando você diz “ele que pague o preço diante de Deus que sabe de todas as coisas”, tenta tirar o traseiro da seringa mas isso não funciona assim com Deus e eu lhe mostro na Palavra porque. Em primeiro lugar, somos responsáveis perante Deus por tudo o que fazemos, não adianta tentar jogar a responsabilidade para outro: “De maneira que CADA UM DE NÓS DARÁ CONTA DE SI MESMO A DEUS.” (Romanos 14:12)
    E já que Deus não lhe diz para dar dinheiro para pastores, quem vai responder é você mesmo. Além disso, muitos ditos “cristãos” não tem noção da posição de um salvo perante Deus. Muitas pessoas não tem noção da responsabilidade de um salvo nos dias de hoje perante Deus. Leia com MUITA ATENÇÃO:
    “E nos fez REIS E SACERDOTES PARA DEUS E SEU PAI; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.” (Apocalipse 1:6)
    Somos SACERDOTES perante Deus. Veja o que diz Paulo com relação a isso:
    “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.” (Romanos 12:1)
    O crente hoje é um sacerdote perante Deus e adentra nos lugares celestiais ao Santo dos Santos, aquele local que existia no Templo em Jerusalém e onde o sacerdote ia uma vez por ano oferecer sacrifícios morrendo de medo de ser morto por Deus se cometesse um erro. É ISSO que Cristo nos proporciona através da Sua morte e foi por isso que o véu do Templo se rasgou de alto a baixo.
    Só quando entendemos, pelo poder do Espírito Santo, o que foi que Deus nos proporcionou através da morte de Jesus é que percebemos o quanto é ofensivo para Deus, alguém que tem o poder de orar na presença de Deus, algo inimaginável para um judeu do Velho Testamento, oferecer “dinheiro para Deus” e ainda “através de outro homem”.
    5) Ao dizer que “minha e sua obrigação é ensinar a palavra de Deus” eu fico pensando aqui o quanto você realmente acredita nisso porque de nós dois só um ensina a Palavra de Deus. O outro só tem opiniões.
    .
    Para finalizar, porque a sua sequência de insanidades é grande, eu faço uma pergunta (por favor, me responda usando o texto bíblico como eu faço e explico):
    – Aonde eu posso encontrar, na Palavra de Deus, os tais “dogmas da igreja, deixado pelo o próprio Jesus”???
    E uma recomendação: leia os posts Existe uma cronologia profética nas cartas às 7 igrejas? e ainda: As cartas proféticas – Assim você entenderá o significado das cartas proféticas às Igrejas no Apocalipse.
    Resumindo: o seu comentário tem o objetivo claro e específico de justificar perante mim e perante você mesmo as suas atitudes, as suas crenças e o seu comportamento como “dizimista” em uma comunidade que você acredita ser a Igreja. Não é. A Igreja é a reunião das pessoas salvas pela graça de Deus através da fé em Jesus Cristo desde o dia de Pentecostes até hoje. A Igreja não tem nome, não tem placa, não tem CNPJ e não tem dízimo porque isso ficou lá no Velho Testamento. Tem oferta para sustento única e exclusivamente dos irmãos necessitados. A Igreja não evangeliza, não ensina e é um corpo vivo cuja cabeça é Jesus Cristo e os salvos são os membros.
    Dê a você mesmo uma chance de aprender a verdade e sair do erro. Leia a Bíblia.

  262. disse:

    Eu não dou dízimo para “instituição com placa de igreja” porque isso não tem base bíblica (dar dízimo não justifica ninguém, não entra na balança de Deus), seja na lei ou antes da lei. Abraão que estipulou e desejou dar 10%, não iria fazer nenhuma diferença para Deus se não tivesse dado e não seria visto como ingrato. Deus exige eu que sou livre ter que dar dízimo??? kkk Me provem na bíblia onde Deus exige dízimo para abençoar aqueles que creram em Cristo Jesus.. Ora, é claro que Jesus não podia falar contra o dízimo, pois não era esse o objetivo de Jesus e reparem que em momento nenhum o ensinamento se tratou de dízimo, mas sim de hipocrisia religiosa (da mesma forma que existe hoje em quem condena quem não dá o dízimo). vão estudar a bíblia!

  263. Pedro disse:

    Engraçado não consigo entender quando vc disse que Jesus Cristo aboliu a lei de Moisés, ois em Mateus,5.17-18,,,o próprio Jesus Cristo disse, não penseis que vim revogar a lei ou os profetas, não vim para revogar,vim para cumprir,,, Apocalipse 14_12, diz aqui está à perseverança dos santos os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Cristo Jesus,,,meu amigo é irmão em Cristo,me responda se não existe mais lei depois do sacrifício de Jesus Cristo, Então eu posso adulterar,Eu posso comprar e não pagar, eu posso mentir,eu posso matar, porque não existe lei?, Você está totalmente enganado, elevando outros ao engano,A lei que foi abolida foi a lei cerimonial, pesquisa mais afundo a Bíblia seja mais humilde, aí sim vc irá escutar a voz do espírito santo, está voz que vc está escutando não procede de Deus,

  264. germano disse:

    Pedro,
    .
    Você não consegue entender porque ou não lê a Bíblia ou porque lê e não consegue interpretar textos. Leia:
    .
    “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje O MESMO VÉU ESTÁ POR LEVANTAR NA LIÇÃO DO VELHO TESTAMENTO, O QUAL FOI POR CRISTO ABOLIDO;” (II Corintios 3:14)
    .
    Lendo o Capítulo de 2 Coríntios 3 com atenção você entenderá que Paulo diz aos coríntios que eles são o testemunho vivo (carta escrita nos corações no v.2) da pregação feita através do Espírito Santo de Deus. Diz ainda que a capacidade para tal não vem de quem prega o Evangelho da Graça de Deus e sim do próprio Deus (v.5).
    Paulo diz que o MINISTÉRIO DA MORTE (a Lei) e da condenação (v.7) era TRANSITÓRIO (ou seja, tem tempo determinado e tem fim), assim como transitória era a glória de Deus estampada no rosto de Moisés através da luz que havia no seu rosto. Paulo diz no versículo 11: “Porque, se o que era transitório foi para glória, muito mais é em glória o que permanece.”, ou seja, o ministério do Espírito (v.8).
    E afirma que Moisés colocava um véu sobre a face para que os israelitas não vissem o fim daquilo que era transitório (a luz no rosto de Moisés) e que “até hoje” (no primeiro século) os israelitas tinham os seus sentidos endurecidos por não entender que Cristo aboliu o Velho Testamento substituindo-o pelo ministério do Espírito.
    .
    Em Mateus 5:17-18 Jesus Cristo diz: “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.”
    O que você não entende é que cumprir é terminar, acabar, levar até o fim. E foi exatamente o que Cristo fez, tanto que as suas últimas palavras na cruz foram “Está consumado” (João 19:30). Neste momento o véu do Templo em Jerusalém se rasgou de alto a baixo e a partir daí cada salvo pela graça de Deus através da fé em Jesus Cristo passa a ser um sacerdote diante Deus (Ap 1:6) podendo adentrar ao Santo dos Santos (aquele lugar onde o só o Sacerdote israelita podia entrar soo uma vez por ano) e oferecer sacrifícios ESPIRITUAIS agradáveis a Deus por Jesus Cristo (1 Pedro 2:5).
    .
    Quanto a Apocalipse 14:12, essa passagem não tem nenhuma aplicação prática para nós nos dias de hoje pelo simples fato de que a Igreja só aparece no Apocalipse até o Capítulo 3 e depois só no final. Tudo no Apocalipse, do capítulo 3 até o fim, no Capítulo 20, se refere ao período da grande tribulação e aos israelitas que aqui estarão na terra porque a Igreja já terá sido arrebatada pelo Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e estará com Ele no céu até a volta (Ap. Capítulo 20) para julgar o mundo (1 Co 6:2) juntamente com o Senhor. Então, quem guarda os mandamentos de Deus e a fé em Jesus são os 144 mil, o remanescente (israelita) fiel. Não tem nada a ver conosco.
    .
    Quanto a “adulterar, comprar e não pagar, mentir, matar, porque não existe lei”, você deveria ler a Bíblia com atenção. Leia, por favor:
    .
    “Sabendo que o homem NÃO É JUSTIFICADO PELAS OBRAS DA LEI, mas PELA FÉ EM JESUS CRISTO, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e NÃO PELAS OBRAS DA LEI; PORQUANTO PELAS OBRAS DA LEI NENHUMA CARNE SERÁ JUSTIFICADA.” (Gálatas 2:16)
    .
    “Porque eu, pela lei, ESTOU MORTO PARA A LEI, PARA VIVER PARA DEUS.” (Gálatas 2:19)
    .
    “Não aniquilo a graça de Deus; porque, SE A JUSTIÇA PROVÉM DA LEI, SEGUE-SE QUE CRISTO MORREU DEBALDE.” (Gálatas 2:21)
    .
    “Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito PELAS OBRAS DA LEI OU PELA PREGAÇÃO DA FÉ?” (Gálatas 3:2)
    .
    “Aquele, pois, que vos dá o Espírito, e que opera maravilhas entre vós, fá-lo PELAS OBRAS DA LEI, OU PELA PREGAÇÃO DA FÉ?” (Gálatas 3:5)
    .
    “Sabei, pois, que OS QUE SÃO DA FÉ são filhos de Abraão. Ora, tendo a Escritura previsto que Deus havia de JUSTIFICAR PELA FÉ OS GENTIOS, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti. De sorte que OS QUE SÃO DA FÉ SÃO BENDITOS COM O CRENTE ABRAÃO. TODOS AQUELES, POIS, QUE SÃO DAS OBRAS DA LEI ESTÃO DEBAIXO DA MALDIÇÃO; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las. E É EVIDENTE QUE PELA LEI NINGUÉM SERÁ JUSTIFICADO DIANTE DE DEUS, PORQUE O JUSTO VIVERÁ DA FÉ.” (Gálatas 3:7-11)
    .
    “CRISTO NOS RESGATOU DA MALDIÇÃO DA LEI, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;” (Gálatas 3:13)
    .
    “Logo, para que é a lei? Foi ordenada POR CAUSA DAS TRANSGRESSÕES, ATÉ QUE VIESSE A POSTERIDADE A QUEM A PROMESSA TINHA SIDO FEITA [Jesus Cristo]; e foi posta pelos anjos na mão de um medianeiro.” (Gálatas 3:19)
    .
    “Logo, a lei é contra as promessas de Deus? De nenhuma sorte; porque, SE FOSSE DADA UMA LEI QUE PUDESSE VIVIFICAR, A JUSTIÇA, NA VERDADE, TERIA SIDO PELA LEI. Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa PELA FÉ EM JESUS CRISTO fosse dada aos crentes. Mas, antes que a fé viesse, ESTÁVAMOS guardados debaixo da lei, e ENCERRADOS para aquela fé QUE SE HAVIA DE MANIFESTAR. De maneira que A LEI nos SERVIU de aio, PARA NOS CONDUZIR A CRISTO, para que PELA FÉ fôssemos justificados.” (Gálatas 3:21-24)
    .
    “SEPARADOS ESTAIS DE CRISTO, VÓS OS QUE VOS JUSTIFICAIS PELA LEI; DA GRAÇA TENDES CAÍDO.” (Gálatas 5:4)
    .
    Pedro, o que a Palavra de Deus me mostra é que você decaiu da graça ao tentar se justificar pela lei. Você pode achar o que quiser, mas é exatamente isso que diz a Palavra de Deus e você (acredito) acabou de ler.
    Por fim, o que a Palavra de Deus nos ensina é:
    .
    “Porque todos os que são GUIADOS PELO ESPÍRITO DE DEUS, ESSES SÃO FILHOS DE DEUS.” (Romanos 8:14)
    E ainda:
    “Mas, SE SOIS GUIADOS PELO ESPÍRITO, NÃO ESTAIS DEBAIXO DA LEI.” (Gálatas 5:18)
    .
    É com humildade que eu afirmo: Eu sou guiado pelo Espírito. E você?


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório