O capítulo 14 do Evangelho de Mateus começa com o rei Herodes inquieto por ouvir falar de Jesus. Este Herodes é filho do outro rei Herodes que quis matar Jesus quando criança. Agora este Herodes manda encarcerar João Batista porque este o acusa de viver em adultério com Herodias, mulher de seu irmão.

A princípio Herodes não quer matar João por temer que o povo se revolte. Mas durante uma festa ele fica tão encantado com a dança da filha de Herodias que promete dar a ela o que pedir. Por sugestão  da mãe ela pede a cabeça de João Batista numa bandeja, e é atendida.

Agora Herodes acha que Jesus é João Batista ressuscitado que voltou para atormentá-lo. Sua consciência está inquieta. Ele já tinha mandado prender o profeta para livrar-se da consciência que volta e meia é incomodada pelas denúncias de adultério feitas por João Batista. Agora o remorso de ter assassinado João também o persegue.

Porém este é um remorso mais de pavor do que do tipo que leva ao arrependimento. Se Herodes vivesse hoje, provavelmente procuraria um analista para tratar desse sentimento de culpa, ao invés de reconhecer e confessar seu pecado a Deus.

Deus nos deu a consciência e ela é útil, porém ela também pode nos enganar, já que foi corrompida pelo pecado juntamente com nosso corpo, nossa inteligência, nossa vontade etc. Não dá para confiar nela. Ela é como um despertador, que nos ajuda a acordar, mas que pode ser desligado se quisermos continuar dormindo. Hitler é o caso típico de uma pessoa que desliga esse despertador.

Em suas cartas o apóstolo Paulo fala de uma “boa consciência”, de uma “consciência limpa”, de uma “consciência fraca”, de uma “consciência cauterizada”, de uma “consciência corrompida”e de uma “má consciência”, de uma “consciência culpada”etc. Como saber qual a condição de sua consciência e se ela está correta ou apenas pregando uma peça em você? Conferindo pela Bíblia, a Palavra de Deus (1 Tm 1:5; 3:9; 1 Co 8:10; 1 Tm 4:2; Tt 1:15; Hb 10:22; Rm 2:15).

Paulo escreveu a Timóteo: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra”(2 Tm 3:16-17).

Quando Herodes ouve falar de Jesus, fica inquieto e preocupado. Quando uma pessoa que já encontrou a salvação em Jesus ouve falar dele fica feliz. O incrédulo tem aversão a Jesus. O crente tem aversão ao pecado. Como você se sente ao ouvir falar de Jesus? Se algo o aflige, por que não conta a Jesus?

Por Mario Persona

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões pessoais, questões doutrinárias, ataques pessoais, citações nominais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório