Muitas pessoas perguntam: “Como eu faço para interpretar o texto bíblico?” Ou: “Como eu faço para saber se algo na Bíblia se aplica aos dias de hoje?” E ainda: “Se toda a Bíblia é a Palavra de Deus, porque alguma parte não teria validade para mim?”

Para interpretarmos corretamente o texto bíblico precisamos levar em consideração algumas coisas e quem nos ensina é a própria Bíblia quando diz: “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.” (II Timóteo 3:16-17)

Ou seja, toda a Escritura é proveitosa, mas não para que a apliquemos em nossas vidas como se toda a Bíblia fosse escrita para nós nos dias de hoje. A Bíblia é o único livro (na realidade são 66 livros) em toda a história da humanidade que inicia no primeiro dia da história da humanidade e termina no último. Durante os últimos seis mil anos Deus tem tratado com a humanidade usando diferentes formas de tratamento. Por exemplo, no Velho Testamento o Espírito Santo inspirava os santos profetas e hoje o Espírito Santo habita os salvos em uma condição totalmente diferente de tratamento de Deus para com o homem.

Portanto, quando lemos a Bíblia precisamos saber se aquilo que ali está escrito tem aplicação prática nós nos dias de hoje ou não. Um método simples que pode nos ajudar é perguntarmos, ao ler qualquer passagem da Bíblia que nos cause dúvida, QUEM, O QUE, QUANDO, COMO, ONDE, PORQUÊ e PARA QUEM. Ao lermos uma passagem, faremos as seguintes perguntas:

QUEM disse isso?

O QUE foi dito?

QUANDO foi dito?

COMO foi dito?

ONDE foi dito?

PORQUE foi dito?

PARA QUEM foi dito?

Ao usarmos esse método, poderemos solucionar muitas das dúvidas que temos ao ler a Bíblia. Vamos tomar como exemplo uma passagem do Velho Testamento e uma do Novo Testamento:

Em primeiro lugar, a passagem em Êxodo 20:1-22: “Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o SENHOR teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.

Não terás outros deuses diante de mim.

Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.

Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o SENHOR o dia do sábado, e o santificou.

Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá.

Não matarás.

Não adulterarás.

Não furtarás.

Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

E todo o povo viu os trovões e os relâmpagos, e o sonido da buzina, e o monte fumegando; e o povo, vendo isso retirou-se e pôs-se de longe. E disseram a Moisés: Fala tu conosco, e ouviremos: e não fale Deus conosco, para que não morramos. E disse Moisés ao povo: Não temais, Deus veio para vos provar, e para que o seu temor esteja diante de vós, afim de que não pequeis.

E o povo estava em pé de longe. Moisés, porém, se chegou à escuridão, onde Deus estava. Então disse o SENHOR a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: Vós tendes visto que, dos céus, eu falei convosco.”

.

Aplicando as perguntas mencionadas temos:

.

QUEM disse isso?

Resposta: Quem disse foi o próprio Deus.

.

O QUE foi dito?

Resposta: No texto lemos que o próprio Deus diz ao povo que Ele foi quem os tirou do Egito, Deus dá uma série de mandamentos para o povo, o povo fica amedrontado e retira-se colocando-se longe e dizem para Moisés para que Moisés fale com Deus porque eles estavam com medo de morrer. Moisés diz ao povo para que eles não temam, pois Deus não quer que eles pequem e vai ele mesmo falar com Deus. Então Deus diz a Moisés para que ele diga ao povo: “Vós tendes visto que, dos céus, eu falei convosco”, ou seja, aquele povo era tão importante para Deus que Ele mesmo veio falar com o povo.

.

QUANDO foi dito?

Resposta: Três meses depois de os hebreus haverem sido libertados do Egito: “Ao terceiro mês da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, no mesmo dia chegaram ao deserto de Sinai,” (Êxodo 19:1)

.

COMO foi dito?

Resposta: De três formas: o próprio Deus falou com o povo, o próprio Deus escreveu nas pedras e Moisés falou com o povo.

.

ONDE foi dito?

Resposta: No Monte Sinai, no deserto.

.

PORQUE foi dito?

Resposta: “E disse Moisés ao povo: Não temais, Deus veio PARA VOS PROVAR, e PARA QUE O SEU TEMOR ESTEJA DIANTE DE VÓS, AFIM DE QUE NÃO PEQUEIS.” (Êxodo 20:20)

Ou seja, para provar o povo, para que eles temessem a Deus e para que não pecassem.

.

PARA QUEM foi dito?

Resposta: “Então disse o SENHOR a Moisés: Assim dirás AOS FILHOS DE ISRAEL: Vós tendes visto que, dos céus, eu falei convosco.” (Êxodo 20:22) Portanto, isso foi dito aos israelitas e só para os israelitas. Não tem aplicação prática para nós nos dias de hoje.

.

Já no Novo Testamento temos a passagem em I Corintios 14:26-37: “Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus. E falem dois ou três profetas, e os outros julguem. Mas, se a outro, que estiver assentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro. Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros; para que todos aprendam, e todos sejam consolados. E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas. Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz

Como em todas as igrejas dos santos, as vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.”

.

Aplicando as perguntas temos:

QUEM disse isso?

Resposta: Paulo, o apóstolo dos gentios.

.

O QUE foi dito?

Resposta: De uma maneira geral, Paulo ensina à Igreja como proceder quando os santos se reúnem. Veja que ele diz: “Quando vos ajuntais…” É quando a Igreja se reúne em assembleia.

.

QUANDO foi dito?

Resposta: Esta carta de Paulo aos Coríntios foi escrita por volta do ano 55.

.

COMO foi dito?

Resposta: Através de uma carta escrita por Paulo: “Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem;” (I Corintios 5:9)

.

ONDE foi dito?

Resposta: As cartas eram lidas quando a Igreja estava reunida em assembleia. E as cartas circulavam entre as várias congregações que existiam espalhadas pelo mundo. Foi dito na Igreja que havia em cada cidade.

.

PORQUE foi dito?

Resposta: Para colocar ordem no culto e porque são mandamentos do Senhor: “Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que AS COISAS QUE VOS ESCREVO SÃO MANDAMENTOS DO SENHOR.” (I Corintios 14:37)

.

PARA QUEM foi dito?

Resposta: Ao dizer “Quando vos ajuntais” e “Como em TODAS as Igrejas dos santos”, Paulo mostra que são mandamentos para a Igreja, ou seja, válidos para os cristãos nos dias de hoje.

.

Esperamos que você possa ler e estudar a cada vez com mais dedicação o texto bíblico e confiando sempre que o Espírito Santo de Deus é quem nos dá o entendimento.

Germano Luiz Ourique

.

Condições de uso: Os textos do blog Leia a Bíblia podem ser copiados e utilizados livremente em correspondência, escolas, blogs e sites pessoais. Vedada a reprodução por empresas, igrejas, veículos de comunicação corporativos e programas de rádio/TV. Favor citar a fonte.

.

Comentários: Fique à vontade para comentar. Serão publicados os comentários com base bíblica e fundamentação lógica. Opiniões, questões doutrinárias, citações pessoais, assuntos fora do texto bíblico, comentários sem base bíblica, textos copiados de outros sites e blogs bem como assuntos fora do tema do blog e links externos serão deletados. O assunto aqui é SÓ A BÍBLIA ou assuntos diretamente relacionados ao texto bíblico. Obrigado por comentar.

Germano Luiz Ourique


Comente!

(*)Campos de preenchimento obrigatório