Satanás sempre está por detrás de quem se opõe a Jesus. A oposição no capítulo 11 de Lucas surge quando “Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo falou, e a multidão ficou admirada. Mas alguns deles disseram: ‘É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa demônios’. Outros o punham à prova, pedindo-lhe um sinal do céu” (Lc 11:14-17).

O homem acaba de ser liberto de um demônio que o deixava mudo, e mesmo assim eles duvidam de Jesus, que vinha ensinando a Palavra de Deus e dando provas de ser ele o Salvador do mundo. E ainda pedem um sinal. Estes são dois aspectos do trabalho de Satanás: criar obstáculos à graça, dando pouco valor a Jesus e à sua Palavra, e colocar grande importância nos sinais. A oposição à graça ocorre quando alguém ensina que existe alguma condição para você receber o perdão de seus pecados. O homem possesso nada podia fazer, nem pedir socorro, pois era mudo. Ele dependia totalmente de Jesus para libertá-lo.

Deus pode agora agir em graça porque Jesus morreu recebendo sobre o seu corpo os pecados de todos os que nele creem e o juízo divino que esses pecados mereciam. Ao morrer, ele cumpriu todas as condições para que você tivesse sua dívida completamente quitada. Se você crê em Jesus como seu Salvador, nada ficou para você fazer e nenhum pecado para ser pago. William Fereday, um britânico que viveu no século 19 e buscava ter paz com Deus, conta o que aconteceu ao ser abordado por um homem após uma reunião de estudo bíblico. Continue lendo »


Germano, li aquele seu post que fala da jarra e tal. Sério, é perfeito.. eu entendi melhor como é a vida. Tipo.. não dá pra virar um “super” cristão da noite pro dia, mas com o tempo e com dedicações a leitura da bíblia, junto com a oração.. da pra se tornar um cristão verdadeiro e não hipócrita.

Isso mesmo. Agora é se dedicar com seriedade ao estudo e leitura da Bíblia e jamais descuidar da vida de oração.

.

Germano, falei pra minha mãe que não tenho religião. Ela começou a brigar comigo e eu disse que era cristã. E ela disse que é a mesma coisa que evangélica (que é o que ela é). Não tem nada a ver né?

Existem diferenças, embora só Deus conheça o coração de cada um de nós. De uma maneira geral, evangélicos vão à igreja, enquanto cristãos são a Igreja.

.

Germano, nada do Antigo Testamento vale pra nós?

Tudo do Antigo Testamento vale para nós. A questão é: “Vale PARA QUÊ?”

Uma maneira objetiva de descobrirmos qual o sentido de um versículo ou passagem bíblica, é fazermos as seguintes perguntas em relação àquela passagem:

– QUEM disse isto?

– O QUE foi dito?

– QUANDO isto foi dito?

– COMO isto foi dito?

– ONDE isto foi dito?

– PORQUE isto foi dito?

– PARA QUEM isto foi dito? Continue lendo »


Por que tanta gente é enganada pelos falsos profetas e mestres da cristandade? Uma razão é a proliferação dos chamados “testemunhos”. Alguns deixam de ler a Palavra de Deus para seguirem testemunhos de homens. Basta alguém contar uma bênção que recebeu, e imediatamente sua experiência é aceita como verdade. Ao mesmo tempo revelações, sonhos e sensações são mais valorizados do que a própria Palavra de Deus. Enquanto alguns parecem ter uma conexão banda larga com o céu, outros vivem frustrados por não sentirem coisa alguma.

Embora Deus possa, através do Espírito, trazer ao coração de uma pessoa a direção de como agir em uma determinada situação, esta é a exceção, não a regra da vida cristã. Muitos que se deixam levar por essas coisas acabam dependentes de falsos profetas e incapazes de ter uma vida normal sem alguma mensagem vinda do além. Hoje o velho horóscopo do jornal ganhou os púlpitos.

A carta aos Hebreus diz que “há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho” (Hb 1:1-2). Jesus ressuscitou, subiu aos céus e deu os dons, designando “alguns para apóstolos, outros para profetas” (Ef 4:11). Deus não mais revela a sua Palavra como fazia a Israel, e nem como a revelou aos apóstolos. Estes lançaram os fundamentos da igreja, tendo Paulo recebido a missão de completar a Palavra de Deus, como ele explica em Colossenses 1:25. Hoje Deus usa os dons de “evangelistas, pastores e mestres” para ministrar aquilo que já está revelado nas escrituras e nas epístolas dos apóstolos. Continue lendo »


Uma característica notável que identificará uma assembleia biblicamente reunida é que os papéis estabelecidos na Palavra de Deus para os irmãos e as irmãs serão colocados em prática. Apesar de isso ser uma prática comum na Igreja, as Escrituras não indicam que exista uma única posição na casa de Deus para homens e mulheres. Em 1 Timóteo 2:8-16 vemos que na cristandade os irmãos e as irmãs têm papéis distintos e complementares.

Ali é dito: “Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda. Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras. A mulher aprenda em silêncio com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão. Salvar-se-á, porém, dando à luz filhos, se permanecer com modéstia na fé, no amor e na santificação”.

A epístola de Paulo a Timóteo enxerga a Igreja como a “casa de Deus” (1 Tm 3:15). Esse aspecto da Igreja considera os santos em sua responsabilidade pública perante o mundo como testemunhas de Deus como um Deus Salvador (1 Tm 1:1; 2:3). Como vasos de testemunho de Deus, os cristãos devem exibir o verdadeiro caráter de Deus perante o mundo, portanto santidade e ordem devem ser visíveis em suas vidas. O mundo deveria poder observar a casa de Deus e conhecer a Deus. O grande propósito da epístola, portanto, é instruir a ordem adequada à casa de Deus. Continue lendo »