“E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós.” (I Corintios 11:19)

O fato de sermos cristãos é demonstrado até mesmo através das pequenas atitudes, as quais muitas vezes julgamos irrelevantes. Seguir Jesus Cristo nos possibilita mudar de atitude em relação a diversos aspectos em nossas vidas e ao nosso redor, pois agora priorizamos o reino de Deus, permitindo assim que nossas escolhas sejam baseadas e formuladas em Sua Palavra.

Sabemos que cometeremos erros, mas sempre teremos a chance de nos redimir enquanto buscarmos agradar ao Senhor fazendo o que contribui à pregação pura e verdadeira do evangelho. Desta forma, substituímos ações que antes eram motivadas pela carne e agora damos vazão ao Espírito, para que Ele nos conduza em todos os momentos e circunstâncias, não apenas quando nos for conveniente.

Infelizmente, muitos buscam agir como cristãos efetivamente apenas quando convém em determinada situação, ou se deixam orar apenas por obrigação ou consciência pesada. Deus quer um relacionamento eterno conosco, que seja puro e sincero; Ele conhece nossos desejos e intenções, portanto sabe muito bem o que nos leva a Ele. Continue lendo »


Gabriel não deixa Maria em suspense. Afinal, ela quer saber como poderá ser uma virgem mãe, e ainda mais de alguém tão extraordinário. Ele explica a Maria o inexplicável: “O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com a sua sombra. Assim, o Santo que há de nascer será chamado Filho de Deus” (Lc 1:35).

Tente imaginar a cena: Maria, uma jovem comum, morando em Nazaré, cidade da qual os judeus costumavam dizer que nenhuma coisa boa podia vir dali (Jo 1:46), e noiva do jovem José, que logo ficará sabendo que ela está grávida de outro. A coisa toda já seria estranha sem a informação de que tal concepção será virginal.

Mas o assunto de Deus em sua Palavra não é Maria, e sim Jesus. Tudo, de Gênesis a Apocalipse, gira em torno dele e felizes aqueles que são figurantes nos eventos estrelados pelo Filho de Deus. Maria é uma privilegiada, porém não foi por meio dela e para ela que Deus criou todas as coisas. Foi por Jesus e para Jesus. Continue lendo »


Sabe uma pessoa um dia, me magoou com suas palavras, fiquei ressentido com isso! fui até a pessoa, disse isso e pedi perdão, a pessoa pediu tambem, perdoamos vice e versa, mais ela voltou a fazer isso, oque faço?

Leia a Bíblia, estude a Palavra de Deus. Ore pedindo entendimento ao Espírito Santo sempre antes de ler. E não perca mais tempo com isso.

.

Edificação seria da vida espiritual, ou coisas boas para minha vida? Pq eu faço academia.. e estudare não edifica a vida espiritual, eai?

Edificação é crescimento espiritual.

.

O que fazer para não cair em tentação?

Ler a Bíblia, orar, manter comunhão com pessoas cristãs, dar testemunho da própria fé e ser sério com as coisas de Deus. Continue lendo »


Maria não se desespera e nem duvida, ao ouvir da boca do anjo a notícia de que ela será mãe do Filho de Deus e futuro Rei de um reino sem fim. Deus a escolheu e a preparou para este momento. Ela teria o privilégio de ser a mãe de Jesus, mas antes Deus achou por bem avisá-la de seus planos. Este é o modo de Deus.

Embora nem sempre possamos conhecer todos os seus desígnios, ou compreender os que conhecemos, Deus gosta de se comunicar conosco e contar aquilo que acha importante sabermos. Ele fez assim quando o próprio Jesus, muito tempo antes de nascer aqui em um corpo de carne, apareceu em forma humana a Abraão acompanhado de dois anjos.

O objetivo da visita era avisar Abraão e Sara, já nos seus cem e noventa anos de idade respectivamente, que eles teriam um filho apesar de Sara ter sido estéril até ali. Ela não pôde deixar de rir da notícia, sendo repreendida pelo Senhor: “Existe alguma coisa impossível para o Senhor?” (Gn 18:14). Mas a visita ainda não tinha terminado. Abraão teria uma prova de quão perto e acessível é o Senhor daqueles que são seus e têm comunhão com ele. Continue lendo »